1. Caro Visitante, por que não gastar alguns segundos e criar uma Conta no Fórum Valinor? Desta forma, além de não ver este aviso novamente, poderá participar de nossa comunidade, inserir suas opiniões e sugestões, fazendo parte deste que é um maiores Fóruns de Discussão do Brasil! Aproveite e cadastre-se já!

Dismiss Notice
Visitante, junte-se ao Grupo de Discussão da Valinor no Telegram! Basta clicar AQUI. No WhatsApp é AQUI. Estes grupos tem como objetivo principal discutir, conversar e tirar dúvidas sobre as obras de J. R. R. Tolkien (sejam os livros ou obras derivadas como os filmes)

Notícias Shonen Jump: Os Mangás que os Japoneses Desistiram de Ler

Tópico em 'Anime & Mangá' iniciado por Turgon, 2 Nov 2011.

  1. Turgon

    Turgon 孫 悟空

    Acredito que o maior fator disso ocorrer com esses mangás é o fator história grande. Naruto, One Piece e Bleach são mangás gigantescos com muitos volumes. A pessoa tem de ter paciência em acompanhar um capítulo por semana, mesmo em finais de Saga, aonde a história está com tudo.

    Não podemos alegar qualidade, pois são séries consagradas e que mesmo com um número de desistência grande, não saem dos primeiros lugares de vendas. Como muitas pessoas compram, é normal o número de desistentes ser maior também.
     
  2. Ree K.

    Ree K. Usuário

    Assim, esses mangás começam muito bons, então fazem um baita sucesso e ficam cansativos. Como são basicamente eles que sustentam a revista seria um desperdício deixar que o mangaka finalize a obra, ele acaba ficando sem ideias, enrolando e enrolando a história o máximo que pode, inventando coisas novas, anunciando fins que nunca chegam... Aí o pessoal cansa :-/

    Eu relutei muito em ler Bleach por causa do tamanho, mas ele é infinitamente melhor que Naruto, Kubo Tite soube fazer histórias a longo prazo mais interessantes que Kishimoto e ele desenvolve seus personagens. Mas parei de ler ambos, Naruto e Bleach, por causa do final que nunca chega. A gente desiste mesmo de ler.
     
  3. [F*U*S*A*|KåMµ§]

    [F*U*S*A*|KåMµ§] Who will define me?

    Eu tenho preconceitos mesmo com essas séries que são muito longas.
    Eu acredito que até a terceira temporada no máximo o autor chegou no ponto que ele, quando jovem sonhador, esperava contar de história. De resto ele apenas fica enrolando e embromando pois a série já alcançou sucesso suficiente pra se autosustentar.

    Principalmente se ele tem compromissos de ter que lançar volumes de tanto em tanto tempo. Se ao menos fosse lançamentos esporádicos apenas quando ele tivesse tido tempo de pensar, amarrar pontas, etc, aí até vai. Como costumam ser lançamentos de séries de livros que demoram anos de um livro pro seguinte.


    Claro que pra fã a série costuma ser divertida até o fim de qualquer forma. Como acontecem com os seriados infinitos americanos também. Ou as próprias novelas brasileiras que se prolongam mais do que o planejado pois estão com boa audiencia.
     
  4. Excluído045

    Excluído045 Banned

    Existe sim encheção de linguiça nos mangás, mas depende. Eu duvido que Kishimoto, por exemplo, enrole. Acho que ele conta a história que sempre quis contar, digo isso pela narrativa da série. Bleach já acho que tem muita enrolação em sub-tramas e sequencias de ação meio... prolixas.
     
  5. Thorin Escudo de Carvalho

    Thorin Escudo de Carvalho Part-time Ninja

    Eu simplesmente não consegui ir muito longe com naruto, tanto o anime quanto o mangá. No caso de Bleach a história gradualmente foi ficando cansativa, pra mim aquela p* terminou com Aizen sendo preso por 20 mil anos.
     
  6. Turgon

    Turgon 孫 悟空

    Não concordo com esse ponto de vista.

    Para um mangá fazer sucesso, ele precisa ser bom e manter a qualidade, caso não consiga, eles são logo cortados da revista. Basta ver os questionários semanais da Jump, aonde os leitores dão notas para os mangás e séries que começam a cair muito, logo são cortadas e substituídas por uma nova. Isso tudo é muito bem explicado no anime Bakuman e podemos entender como é difícil a vida de uma Mangaká, que sempre tem de estar inovando e criando histórias boas para continuar com suas publicações.

    O que costuma enrolar são os animes, com aqueles imensos fillers, muitos por estarem se aproximando dos mangás na história. Normalmente os mangás não possuem muita enrolação. Naruto (mangá) não é enrolado. Todos os arcos foram levando para essa guerra no mundo shinobi que está acontecendo agora. Os arcos tiveram um fundo, sempre um objetivo para que chegássemos como está hoje. Sejam nos planos do Tobi, sejam nos desenvolvimentos dos personagens e tantos outros aspectos.

    Naruto é uma história grande e bem trabalhada, se for pegar o contexto inteiro. Não é atoa que vende tão bem, mesmo tendo tantas desistências por parte das pessoas em acompanhá-lo. Entra muito naquela história que eu comentei, se o público é muito grande que acompanha o mangá, o número de pessoas que param tendem a ser maior também, mesmo que a porcentagem de algum outro seja maior.

    É um pouco do que eu disse acima. Gostaria de citar agora One Piece, que é uma série longa, onde hoje está no capítulo 645.

    Apesar do grande número de capítulos, a série só bate recordes de vendas. O mangá já superou a venda de Dragon Ball no Japão e está próximo de superar a venda de Dragon Ball no mundo inteiro. A cada volume ele vem batendo seu record, o que simplifica bem a ideia de que o mangá não vai decaindo, mas sim atraindo cada vez mais fãs! One Piece a cada arco conseguimos sentir um sentimento diferente no final. As histórias são muito bem criadas e Oda consegue passá-las de forma magnífica. O próprio Oda já declarou que o mangá chegou na sua metade, ou seja, ainda temos muitas aventuras dos Mugiwara para serem contadas e estão bem longe de serem cansativas ou enroladas. Só quem acompanha sabe da qualidade do anime/mangá de One Piece.

    Sim. Kishimoto não conseguiria chegar no arco atual sem desenvolver os arcos passados. Se ele deixasse tudo jogado, com uma guerra sem sentido, ai sim poderíamos questionar o mangá, mas não é isso o que acontece.

    Sempre temos um desenvolvimento e podemos ligar cada arco a esse último que está acontecendo. Não teria outra maneira de apresentar a história e por essa razão que ficou grande. É como um livro de vários volumes, mas muitos não entendem isso e acham que está acontecendo uma enrolação.

    Sim, não estou comentando dos fillers de anime, como expliquei acima.
     
    • Ótimo Ótimo x 1
  7. [F*U*S*A*|KåMµ§]

    [F*U*S*A*|KåMµ§] Who will define me?

    O cara ser criativo suficiente pra sempre estar inventando é uma coisa.
    Ele ter cada mangá pensado antes de produzi-los eu duvido muito. Ainda mais 600 como você falou.

    Mas eu não posso falar com propriedade especificamente destes exemplos pois não acompanho.
    Só que costumam ser assim mesmo que você disse. Tem subaventuras que levam a guerra maior. E depois? O cara vai inventar um modo coerente de incluir essa guerra dentro de algo maior. E daí por diante.
    DBZ é assim. Você sempre acha que o Goku tá enfrentando o supra-sumo da força, aí aparece que ele era o suprasumo daquele mundo. Tem o universo ainda. E tem o universo dentro do universo. E o universo invertido da onde sai o diabo. Etc.
    Pode parecer coerente, mas claramente são coisas emendadas na outra.

    Depois dessa guerra aí que você cita. O mangá acaba?
    Duvido que acabe.
     
  8. Elring

    Elring Depending on what you said, I might kick your ass!

    Agora pouco li a notícia de mais uma quebra de recorde de One Piece e parece que continuará assim. Como ele consegue essa proeza em cada lançamento é algo fora do normal. Manter uma base de leitores já é dificil, ampliar como o Eiichiro Oda tem feito é um feito e tanto.

    Creio que a razão de eu não acompanhar estes mangá seja o mesmo da enquete, elas não terminaram ainda. Dei uma olhada nos mangás do Kishimoto e ele tem uma técnica impressionante, nada fica estático nos quadros, mesmo quando os personagens estão parados. E conseguir esse efeito em todos os quadrinhos é foda. Só não comprei o mangá por causa do fim que nunca chega :dente:
     
  9. Turgon

    Turgon 孫 悟空

    Só digo que Oda é chamado de [F]Oda não é atoa.

    É como o Elring postou. One Piece está cada vez quebrando seus próprios recordes. O mangá é o mais vendido a um bom tempo, tendo superado todos os mangás anteriores já criados em números de vendas. O anime sempre está nas primeiras colocações de audiência, perdendo normalmente apenas para Sazae-san, que é considerado um "Simpsons" no Japão.

    O fato é que mesmo ele não tendo planejado a história como um todo, o que eu acho muito difícil, sendo que pelo menos uma base ele deva ter, o mangá não perde o ritmo a cada temporada, mas pelo contrário, consegue vender cada vez mais!

    É difícil comentar, mas a história de One Piece é excelente e a cada nova temporada temos mais surpresas, sendo cada temporada diferente da anterior. Não é atoa que o anime atrai tantos fãs e está tão bem no Japão, com vários produtos sendo criados.

    E como eu comentei no post acima, o mangá chegou apenas na metade! Agora que os maiores piratas estão sendo revelados. Como o próprio anime disse, temos o início de uma nova era e se passando no Novo Mundo, que seria a outra metade da Grand Line (mar que estão navegando).

    Não dá para comparar Dragon Ball Z com Naruto em quesito história. A história de Naruto é melhor desenvolvida, pois nela podemos encontrar um sistema totalmente novo criado no anime, ou seja, o mundo shinobi, como Kishimoto gosta de caracterizar. Nele temos um sistema econômico, social, cultural totalmente criado do zero e podemos observar isso durante os episódios. A história é muito bem criada, sendo contado a partir de um jovem garoto, Naruto, que só aprontava na vila até ele crescer e tornar-se herói dela. Nesse meio intervalo ele faz muitas amizades e muitos inimigos, com histórias realmente boas e muitas surpresas durante o decorrer dela, algo que não podemos observar em Dragon Ball Z, que segue mais ou menos sempre o mesmo roteiro.

    É complicado falar muito e descrever a história, para você tentar entender melhor como tudo é bem formulado e pensando desde o início, como o próprio Kishimoto chegou a declarar em uma de suas entrevistas. Ele declarou que já tem o final pronto de Naruto na cabeça a muito tempo e está escrevendo para alcançá-lo. É difícil uma série grande dessa não ter algo já planejado pelo Mangaká, pois sem isso, ele logo se perderia, tornando a história em um círculo sem fim e é algo que não encontramos em Bleach e One Piece, por exemplo também.

    Para você ter uma ideia, Naruto está no capítulo 562 e tivemos um grande surpresa nesses últimos capítulos. Uma surpresa tão grande que muda totalmente o rumo da Guerra! Como eu disse, só acompanhando para você perceber o quão bom está a história e criativa ao mesmo tempo. Sempre podemos esperar umas surpresas boas, mesmo com o mangá sendo longo e algumas demorando um pouco mais a serem reveladas.

    Quanto ao final, sendo Kishimoto, ele pretende finalizar sim o mangá. Tudo foi planejado para esse momento. Muitas surpresas e revelações foram feitas para esse momento. Personagens criados especificamente para o agora. Muito provavelmente será o último arco, sendo que o Naruto provavelmente deve alcançar seu sonho, mas ninguém tem certeza disso, pois Kishimoto pode muito bem nos aprontar mais surpresas. Não é atoa que o mangá anda tão bem em vendas.

    Mas irá chegar e é complicado ler mais de 600 capítulos tudo de uma vez depois. Por isso que eu prefiro acompanhar semanalmente os lançamentos, além de ter muitos assuntos a serem discutidos sobre o mangá.
     

Compartilhar