1. Caro Visitante, por que não gastar alguns segundos e criar uma Conta no Fórum Valinor? Desta forma, além de não ver este aviso novamente, poderá participar de nossa comunidade, inserir suas opiniões e sugestões, fazendo parte deste que é um maiores Fóruns de Discussão do Brasil! Aproveite e cadastre-se já!

Dismiss Notice
Visitante, junte-se ao Grupo de Discussão da Valinor no Telegram! Basta clicar AQUI. No WhatsApp é AQUI. Estes grupos tem como objetivo principal discutir, conversar e tirar dúvidas sobre as obras de J. R. R. Tolkien (sejam os livros ou obras derivadas como os filmes)

Saudades da Conmebol e Supercopa?

Tópico em 'Esportes' iniciado por Elessar Hyarmen, 13 Nov 2010.

  1. Elessar Hyarmen

    Elessar Hyarmen Senhor de Bri

    Você sente saudades daquelas épocas quando esses duas copas eram disputadas?

    Eu pessoalmente sinto e muito. Sempre achava mais emocionante que nos dias de hoje. Tinha mais gosto para assistir aos jogos e sempre ia ao Mineirão para ver os jogos do Cruzeiro, principalmente na Supercopa dos Campeões.

    Me lembro de jogos memorávais com o São Paulo contra o River, o Cruzeiro contra o Racing, Independiente e Vélez e assim vai...

    Depois veio a Mercosul e não vingou. Acho que faltou por parte das lideranças não só brasileiras, mas no geral de valorização da competição.

    Veio a Sulamericana, e ainda sinto uma não empolgação dos torcedores em geral (meu ponto de vista) bem como dos clubes. A própria Copa Conmebol achava mais interessante que a Sulamericana de hoje.


    Vocês acham que a Sulamericana vai crescer e ser mais valorizada uma vez que agora o campeão garante vaga na Libertadores?


    Tinha vontade que a Supercopa voltasse, achava a competição tão bacana...

    E vocês o que pensam?
     
    Última edição: 13 Nov 2010
  2. Fúria da cidade

    Fúria da cidade ㅤㅤ ㅤㅤ ㅤㅤ

    Pra mim depois da Libertadores, não existe torneio de clubes mais foda que a Supercopa.

    Ela representa pro futebol sulamericano o mesmo que o Torneio Rio-SP foi pro futebol brasileiro um torneio badalado, recheado de clássicos e estádios sempre lotados. A final de 93 São Paulo x Flamengo é pra mim tão inesquecível quanto qualquer final de brasileiro. O Cruzeiro é que tem mais lembranças já que conseguiu chegar em 4 finais, ganhando duas.

    Chegou até num ano (91 ou 92) entrar pra história pro Guiness Book como o torneio internacional de clubes de maior média do público do mundo, (com o Cruzeiro levando mais de 70.000 pagantes por jogo) superando marcas históricas de clubes da Liga dos Campeões da Europa.

    Pra quem nunca viu seu time disputa-la é obvio que sempre vão querer diminuir o torneio falando que era um "clube do Bolinha", mas e daí? O Torneio Rio-SP durante muito tempo também era e o o fato é que pra entrar pra esse clube da Supercopa havia um critério de acesso que não era convite: apenas ganhar a Libertadores :mrgreen:.

    A cobiça de entrar pro clube era tanta que o Vasco que até então nunca tinha dado importância pra um título que tinha ganho na década de 40, pediu urgentemente o reconhecimento para poder ter o direito de participar.

    Já a Copa Conmebol tem a sua equivalente atual a Sulamericana que tende a ganhar importância ao longo dos anos

    Mercosul fracassou porque foi um torneio que já nasceu cheio de falhas, feito inicalmente a base de convites se baseando apenas nas maiores torcidas dos países o que excluiu injustamente times tradicionais como o Santos e também criando um defeito grave que foi a divisão do continente sulamericano em 2 blocos: Mercosul e Merconorte o que gerou 2 torneios mais fracos. Ou seja o título é apenas 1/2 sulamericano, só representando metade da América do Sul.

    Entravam times sem expressão internacional como o Corinthians e o San Lorenzo. A única coisa boa que prestou foram as finais até que foram boas, mas só lotava estádio apenas nessa fase por causa da premiação boa em $$$ que ela dava e não pelo título em si, e se não fosse por isso teria sido um fracasso ainda muito maior.
     
    Última edição: 13 Nov 2010
  3. [F*U*S*A*|KåMµ§]

    [F*U*S*A*|KåMµ§] Who will define me?

    Apesar de eu já achar que todas essas competições na base do convitão serem coisas ultrapassadas, tem uma coisa boa. Ao menos nos livraríamos dos times de prefeitura/empresários/itinerantes.

    Apesar que quase que uma aberração tipo São Caetano iria participar da supercopa.
     
  4. Elessar Hyarmen

    Elessar Hyarmen Senhor de Bri

    Para muitos posso até tá falando besteira, mas a época da Supercopa foi a melhor época que eu gostava de assistir aos jogos de futebol internacional. Quem viveu esta época sabe muito bem, desde o final dos anos 80 ia com o meu pai pro estádio e durante minha adolescência e juventude nos anos 90 os jogos eram mais emocionantes.

    Não acho graça nenhuma nessa Sulamericana, e seria tão bom se a Supercopa voltasse.
     
  5. Ecthelion

    Ecthelion Mad

    A Conmebol era mais segunda linha do que a atual Sulamericanas. :lol:
     
  6. Fúria da cidade

    Fúria da cidade ㅤㅤ ㅤㅤ ㅤㅤ

    O que atrapalha na Sulamericana são essas inversões de cruzamentos de tabela já que impedem dois times de mesmo pais poderem fazer a final. Ficou tipo uma Copa do Brasil dentro de um torneio internacional.
     
  7. Elessar Hyarmen

    Elessar Hyarmen Senhor de Bri

    Por que a sulamericana não pode ser da mesma forma da Libertadores? Com grupos na primeira fase e mata-mata na segunda
     
  8. [F*U*S*A*|KåMµ§]

    [F*U*S*A*|KåMµ§] Who will define me?

    Porcausa das datas. Principalmente nosso.
    Além de não ter tantas equipes pra preencher tudo isso.
    Nesse quesito é diferente da Europa que tem 50 países e que já deixa dificil politicamente dividir quem vai pra CL. O restante vai pra UEFA.

    Normalmente logo depois do fim da Libertadores e da Copa do Brasil, o Brasileirão entra numa maratona de 1 mês (ou mais nos anos de Copa do Mundo) com jogos domingo/quarta, domingo/quarta. Não dá pra encaixar a sul-americana nesse período.
     
  9. Olha, a Conmebol até meados dos anos 90 não era tão zuada não. Claro, não era um SUUUUUUUPER torneio, mas empatava mais ou menos com a Sulamericana de hoje. Até o critério de classificação era o mesmo (ser bem colocado no campeonato nacional, mas não o bastante para a Liberta). A verdade é que só no Brasil (e um pouco na Argentina) você tem um maior número de times grandes, então ia muita tosqueira da Bolívia, Peru, Venezuela, etc. Mas a Sulamericana hoje também é assim.

    Agora, inesquecível foi o São Paulo ganhar em 1994. Nem tanto pelo título em si (que na época valia menos que um Paulistão, até porque o Paulistão era muitíssimo mais importante em 1994 do que hoje), mas porque o expressinho Tricolor surrou impiedosamente o Peñarol (queiram ou não, é um time clássico, na época não tava fudido como hoje e entrou com os titulares) na final e eliminou a galinhada na semi (e eles jogaram com os titulares... :lol:). E isso porque jogamos com o time vice campeão da Taça São Paulo daquele ano (mais o Juninho Paulista).

    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)




    Já a Supercopa era foda demais. Já até falei sobre ela aqui e concordo: não era a mesma coisa que a Liberta, mas era clássico atrás de clássico. Times regionais que nunca venceram a Liberta, como o Goiás, o Atlético do Paraná ou o Corinthians não entravam lá. A final contra o Flamengo em 1993 foi um dos jogos mais marcantes que vi na vida (fora que antes tiramos o Grêmio e o Independiente do torneio). E para mim, os maiores confrontos entre São Paulo x Flamengo que vi.

    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)
     

Compartilhar