1. Caro Visitante, por que não gastar alguns segundos e criar uma Conta no Fórum Valinor? Desta forma, além de não ver este aviso novamente, poderá participar de nossa comunidade, inserir suas opiniões e sugestões, fazendo parte deste que é um maiores Fóruns de Discussão do Brasil! Aproveite e cadastre-se já!

Dismiss Notice
Visitante, junte-se ao Grupo de Discussão da Valinor no Telegram! Basta clicar AQUI. No WhatsApp é AQUI. Estes grupos tem como objetivo principal discutir, conversar e tirar dúvidas sobre as obras de J. R. R. Tolkien (sejam os livros ou obras derivadas como os filmes)

RIC, novo Documento

Tópico em 'Atualidades e Generalidades' iniciado por Indu, 8 Jan 2011.

  1. Indu

    Indu In sacanagi we trust

    "Vai ser lançado hoje, em Brasília, o Registro de Identidade Civil (RIC), o novo documento de identidade dos brasileiros, que deve substituir o atual RG. A carteira de identidade continuará válida pelo menos até que todos os cidadãos tenham sido recadastrados, segundo informações do Ministério da Justiça.

    O novo documento conta com diversos mecanismos de segurança, além de um chip, onde estarão armazenadas as impressões digitais do titular e informações como sexo, nacionalidade, data de nascimento, foto, filiação, naturalidade, assinatura, órgão emissor, local de expedição, data de expedição, data de validade do cartão e dados referentes a outros documentos, como título de eleitor e CPF..."

    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)


    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)


    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)

    ___________________________

    1984? Fim dos tempos, ultima cartada do Lula?
    Sou completamente a favor se no caso do RIC diminuirmos o volume de documentos (CNH, CPF, Titulo de Eleitor, RG, e Reservista). Mas se for para ser usado somente como RG não vejo o motivo pelo qual possa ajudar, é só um chip em um cartão de plástico com informações em inglês.
     
    Última edição por um moderador: 6 Out 2013
  2. Deriel

    Deriel Administrador

    Eu acredito que seja um processo. Em um primeiro momento vai substituir o RG (graças a deus! cada estado cuidando do seu RG não dá!), na sequencia o CPF (sendo o RG único no Brasil ele se confundirá com o CPF) chegando mesmo ao passaporte (por isso mesmo as informações em inglês).
     
  3. ExtraTerrestre

    ExtraTerrestre Usuário

    É burrice absurda se esse documento não valer como todos os outros.

    Do contrário, a iniciativa é fantástica.
     
    • Ótimo Ótimo x 1
  4. Raphael S

    Raphael S Desperto

    Um brinde aos futuros hackers de RIC

    By Raphael S
    Falsifurdemeros
     
  5. Fúria da cidade

    Fúria da cidade ㅤㅤ ㅤㅤ ㅤㅤ

    Pra mim veio em boa hora por um detalhe interessante..

    Quando fiz meu cadastro na receita federal pra ter meu CPF em 1988 (quando na época o documento ainda se chamava CIC) desde então há mais de 20 anos eu sempre andei com essa versão antiga na carteira, nunca chegando a usar a versão mais recente que é um cartão de plástico azul cuja taxa a ser paga na sua solicitação nem sei quanto custa. Afinal de contas o meu antigo documento CPF sempre foi bem aceito sem nenhuma rejeição.

    Agora já que haverá unificação de tudo não vou gastar dinheiro atualizando meu cartão de CPF. Já migro direto pra essa nova versão e pronto.
     
  6. Eriadan

    Eriadan Usuário Usuário Premium

  7. Lordpas

    Lordpas Le Pastie de la Bourgeoisie

    O custo do cpf é menos de R$ 5,00. :eh:

    De qualquer maneira, é mais ou menos o que o Fábio falou antes... tanto que se não me engano em 2011 serão apenas 11 cidades a fazer a mudança... ou seja, vai longe ainda essa história.

    Na Alemanha esses mecanismos de identificação são bacanas, servem até para comprar cigarros, coloca o cartão na máquina e ela verifica a questão etária.
     

Compartilhar