1. Caro Visitante, por que não gastar alguns segundos e criar uma Conta no Fórum Valinor? Desta forma, além de não ver este aviso novamente, poderá participar de nossa comunidade, inserir suas opiniões e sugestões, fazendo parte deste que é um maiores Fóruns de Discussão do Brasil! Aproveite e cadastre-se já!

Dismiss Notice
Visitante, junte-se ao Grupo de Discussão da Valinor no Telegram! Basta clicar AQUI. No WhatsApp é AQUI. Estes grupos tem como objetivo principal discutir, conversar e tirar dúvidas sobre as obras de J. R. R. Tolkien (sejam os livros ou obras derivadas como os filmes)

Pesquisa revela que 46% dos jovens publicam sua localização na web

Tópico em 'Ciência & Tecnologia' iniciado por Morfindel Werwulf Rúnarmo, 10 Nov 2010.

  1. Morfindel Werwulf Rúnarmo

    Morfindel Werwulf Rúnarmo Geofísico entende de terremoto

    Estudo entrevistou 400 adolescentes entre 13 e 17 anos no Brasil.
    Golpistas conseguem buscar informações mais facilmente, diz executivo.


    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)

    Adolescentes publicam dados pessoais em redes
    sociais. (Foto: Divulgação)

    Uma pesquisa encomendada pela empresa de segurança McAfee divulgou nesta quarta-feira (10) que 46% dos adolescentes brasileiros entre 13 e 17 anos publicam suas localizações em perfis de redes sociais. O estudo
    realizado pela empresa TNS, entrevistou 400 jovens no Brasil.

    A pesquisa revelou que 71% dos adolescentes atualizam seus “status” nas redes sociais frequentemente, sendo que 8 em cada 10 participam ativamente desses sites. Conforme a pesquisa, 33% dos jovens compartilham fotos pessoais na internet com pessoas desconhecidas, 22% divulgam o número do celular e 21% o nome da escola.

    Segundo José Matias Neto, gerente de suporte técnico da McAfee, os maiores riscos de divulgar essas informações na internet são as práticas de engenharia social.

    disse Neto.
    completou.

    Entre as atividades mais praticadas pelos jovens na internet estão as redes sociais (83%), conversas por mensagens instantâneas (82%), e-mail (79%) e compartilhamento de fotos (67%). Segundo Alexandre Momma, diretor de atendimento da TNS, das 10 atividades mais praticadas pelos adolescentes na web, sete delas podem tornar públicas informações que deveriam ser privadas.

    Momma também mostrou que os adolescentes passaram a utilizar vários tipos de aparelhos para estar on-line. Conforme a pesquisa, 89% acessam a internet por um desktop, 49% usam um notebook e 25% entram na web pelo celular.

    disse Momma. A pesquisa também revelou que 77% dos entrevistados usam a web de seis a sete dias por semana.

    Lançamento

    A pesquisa fez parte dos lançamentos da McAfee para o final do ano. Entre os destaques está o "Family Protection", que permite monitorar e orientar os pais de jovens internautas sobre suas atividades on-line. Segundo Sérgio Oliveira, gerente da área de consumidor da McAfee, o serviço protege as famílias contra os riscos de acessar algum conteúdo inadequado.
    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)

     

Compartilhar