1. Caro Visitante, por que não gastar alguns segundos e criar uma Conta no Fórum Valinor? Desta forma, além de não ver este aviso novamente, poderá participar de nossa comunidade, inserir suas opiniões e sugestões, fazendo parte deste que é um maiores Fóruns de Discussão do Brasil! Aproveite e cadastre-se já!

Dismiss Notice
Visitante, junte-se ao Grupo de Discussão da Valinor no Telegram! Basta clicar AQUI. No WhatsApp é AQUI. Estes grupos tem como objetivo principal discutir, conversar e tirar dúvidas sobre as obras de J. R. R. Tolkien (sejam os livros ou obras derivadas como os filmes)

Pênis com espinhos revela guerra dos sexos

Tópico em 'Ciência & Tecnologia' iniciado por RSS, 12 Jun 2007.

  1. RSS

    RSS Usuário

    Machos de besouro ferem genitália das fêmeas, que contra-atacam com 'vagina' dura.
    No fim, nenhum dos sexos se beneficia do combate, já que nascem menos filhotes.

    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)
     
  2. Tisf

    Tisf Delivery Boy

    Entendo. Seria algum subgênero de coito?
     
  3. Dimitra Wormwood

    Dimitra Wormwood Usuário

    Pênis espinhudo.
    Inusitado, no mínimo.
    E deve doer infernalmente.
     
  4. Kurt

    Kurt El Doctor

    :eek:
     
  5. Dimitra Wormwood

    Dimitra Wormwood Usuário


    Me deixa confabular oras!
    liberdade de expressão! :neutral:
     
  6. Kurt

    Kurt El Doctor

    Calma, moça. 8-O Eu só achei engraçada a analogia. :obiggraz:
     
  7. Dimitra Wormwood

    Dimitra Wormwood Usuário

    tudo bem,
    tava te enchendo =P
     
  8. Malaman

    Malaman Passion, what else?

    Eu também fiquei um pouco de boca aberta com o seu post lá em cima, mas voltando ao assunto...

    0-0"?
    Ri-me como tudo a ler a noticia:lol:
     
  9. Hamfast

    Hamfast Melodia e distorção

    Interessante...Bem, pelo menos eles não se matam após o coito.
     
  10. Katrina

    Katrina Usuário

    Isso é muito comum no Reino Animal :yep:

    Algumas serpentes também possuem 'espinhos' em seus órgão copuladores (hemipênis), por exemplo a Cascavel (Crotalus durissus) e se não me engano isso já foi relatado para outras espécies de coleopteras.
     
  11. [F*U*S*A*|KåMµ§]

    [F*U*S*A*|KåMµ§] Who will define me?

    Vixe.
    Eu li o titulo e pensei que era sobre um pau com espinhas e cravos.
    :eek:
     
  12. Lady Nati

    Lady Nati ---

    Dos besouros eu já tinha ouvido falar,mas das serpentes,interessante,eu não sabia.
    ...:roll: .
     
  13. Silenius

    Silenius Ehre und Stolz

    Que coisa horrível... Qual a graça?
     
  14. Katrina

    Katrina Usuário

    Não é que seja engraçado, mas não deixa de ser interessante os artifícios utilizados pela natureza quando o assunto é reprodução. Afinal, este tipo de aparato não deixa de ser uma forma inteligente e inusitada de se garantir a propragação do pool genético. Voltando ao exemplo do besouro, pensem bem, após a cópula a fêmea geralmente fica 'impossibilitada' de copular com outros machos, no final nascem poucos filhotes porém a garantia do macho ter 'semeado' seus gens é maior...
     
  15. Silenius

    Silenius Ehre und Stolz

    Desculpa, me expressei terrivelmente mal. A graça era acerca do coito em si. Vagina dura e pinto espinhento, credo.
     
  16. Rise from Darkness

    Rise from Darkness NightWalker

    bem, pelo meos essa espécie não toma corno... rs
     
  17. Vivi

    Vivi Parmandili of Thrones

    isso seria resquicios de k estrategista? pensei que fossem r :think:
     
  18. Rise from Darkness

    Rise from Darkness NightWalker

    Se avaliarmos outros exemplares da natureza, também questionaríamos o layout reprodutivo de certas espécies como "estratégia"...

    O que eu acho é que temos uma vairedade reprodutiva muito grande, não necessáriamente teríamos uma explicação "estratégica" para todas.
     
  19. Katrina

    Katrina Usuário

    Neste caso não se explicaria por estratégia k ou r. Entende-se por estrategista k aquela espécie que produz poucos descendentes porém estes têm mais chance de sobreviverem até a idade adulta, os estragistas r pelo contrário produzem proles numerosas mas com pouca taxa de sobrevivência dos filhotes. Aqui não significa dizer que a prole do besouro têm mais chance de sobrevivência, mas sim que o 'papai' besouro apresenta maior chance de passar seus genes para a prole (e somente dele e de nenhum outro besouro).
     

Compartilhar