• Caro Visitante, por que não gastar alguns segundos e criar uma Conta no Fórum Valinor? Desta forma, além de não ver este aviso novamente, poderá participar de nossa comunidade, inserir suas opiniões e sugestões, fazendo parte deste que é um maiores Fóruns de Discussão do Brasil! Aproveite e cadastre-se já!

O Westron seria mesmo possível?

Avastgard

Alwaystanding
Fiquei na dúvida se abria este tópico aqui ou no "Idiomas Tolkienianos", mas achei melhor aqui.

Minha pergunta é se um Idioma Geral, como Tolkien descreve o Westron, seria mesmo possível de se desenvolver e ser conhecido por tanta gente num cenário como o da Terra-média. Acredito que no nosso mundo globalizado o Inglês ainda não tenha a mesma abrangência que o Westron parece ter, já que aqui muita gente instruída não sabe falar Inglês, e na Terra-média, pessoas que não devem nem saber escrever parecem saber falar Westron.

Será que num cenário medieval cheio de guerras poderia haver uma língua difundida como o Westron?
 

JPHanke

Usuário
Acho que, se levarmos em conta o que a Terra-média é muito pequena comparada com o nosso mundo (em termos de espaço geográfico) e também diferenças culturais, acho que seria possível sim o Westron ser conhecido por praticamente todas as pessoas da TM.

Num cenário medieval onde ocorrem grandes batalhas, há muito deslocamento de tropas, então talvez seja possível que o contato entre estas várias tropas (por exemplo, elfos e homens na Última Aliança) fazem com que seja necessária uma língua comum aos aliados para que eles possam se organizar. E, claro, também haveria alguma absorção de elementos de uma língua pela outra. É como o caso de palavras trazidas para o Brasil durante a imigração de italianos, alemães, japoneses... há uma certa 'mesclagem'.

Quanto ao inglês, não sei se posso dizer isso, mas tenho a impressão que a grande maioria das pessoas da Europa falam inglêm muito bem. Acho que, caso seja verdade, podemos ter este exemplo a favor daqueles que creem que o Westron poderia se difundir em toda a TM!
 
Aiya

Deve-se lembrar que o Westrom da Terra-Média não abrange toda Arda, mas sim somente uma parte. O foco dele é principalmente na região onde o livro traz os mapas, mas e os confins desconhecidos de Arda? Será que têm conhecimento do Westrom? Também creio que seja precipitado comparar o Westrom com o Inglês. Compare com o Latim.

Na Europa antiga, o Latim era conhecido pelos principais líderes dos povos bárbaros, tais como Gauleses, Teutônicos, Saxãos, e por aí vai. Seus guerreiros e pessoas comuns também o conheciam, uma vez que Adriano, Imperador Romano e Representante na Ilha da Grã-Bretanha, utilizou habitantes bretões para construir a famosa Muralha de Adriano, mesmo sendo estes vistos como rebeldes (nem todos eram rebeldes, e alguns reconheciam a soberania romana se os romanos os protegessem da ameaça dos Caledônios, ou seja, Pictos e Escotos que habitavam a região onde hoje fica a Escócia). Edward Gibbon cita o conhecimento do latim por outros povos na célebre obra "A História do Declínio e Queda do Império Romano".

Pode-se então comparar o Westrom com o Latim, creio eu, sendo inclusive mais feliz na comparação.

Sére!
 

JPHanke

Usuário
:think:
concordo contigo, Ondon Rincewind. Acho que comparar o Westron com o Latim seria melhor que com o inglês mesmo, ainda mais por causa das características da época em que o Latim era usado serem mais próximas às da Terra-média que as condições atuais (para o caso da comparação com o inglês).
 
Logo, podemos concluir que o Westrom era perfeitamente possível.

Quanto ao inglês, não sei se posso dizer isso, mas tenho a impressão que a grande maioria das pessoas da Europa falam inglêm muito bem. Acho que, caso seja verdade, podemos ter este exemplo a favor daqueles que creem que o Westron poderia se difundir em toda a TM!

Acredite, não falam. É claro que há uma minoria que se expressa bem no inglês, contudo, como os países europeus têm uma população extremamente patriota, que mantém-se no tênue limiar que há entre o nacionalismo e a xenofobia, os europeus prezam mais seus idiomas maternos do que o Inglês. Digo isso por experiência própria, uma vez que já fui a Europa e me surpreendi também com esse fato. Diria até que nós, Brasileiros, somos mais preocupados com o Inglês do que eles, que numa atitude egocêntrica, estúpida e teimosa, se recusam a aprender o Inglês. Um exemplo: pedimos uma informação a um francês em inglês, pois meu pai queria que eu fizesse toda a conversação na viajem para treinar o idioma. Ele sabia falar inglês, pois me respondeu no idioma e ouvimos ele conversar com um inglês. Porém, se recusou a nos ajudar, dizendo em bom tom que só responderia se fosse em francês. Por sorte, meu pai é fluente em francês, então perguntou a ele. E aí sim ele respondeu. Egocentrismo, não?

Sére!
 

TorUgo

a.k.a. Tortoruguito...
Bem, como ele disse aí em cima, na Europa as pessoas não falam, na sua maioria, o Inglês! Na realidade, em muitos países as pessoas nem falam a sua língua na forma correcta! :rofl:

Bem, o que eu posso dizer é que por exemplo, em terras mais interiores como a minha, em Portugal, é muito raro encontrar pessoas que saibam inglês. Apenas os jovens e nem esses se interessam muito!

O latim é uma comparação melhor.

Quanto ao assunto do tópico, acho que seria possível pois o Westron foi o desenvolvimento das línguas da terra misturadas com as línguas trazidas pelos Numenoreanos. Sendo assim, em Gondor e Arnor seria normal falar-se esta língua comum. Os elfos, provavelmente comunicavam-se com os líderes de Gondor e Arnor em Sindarin, mas a população normal tinha de ser dirigida em Westron, e daí a necessidade de falarem também a mesma língua. Os anões, por fim, tinham a necessidade de falarem a língua do alvo do seu comércio pois, como sabemos, eles recusam-se a ensinar a sua própria língua. Outros povos como os Homens do Norte sentiram a necessidade consequente de apreender o Westron e assim foi. Quase todos os povos do Noroeste da Terra Média acabaram por adoptar o Westron como língua principal para melhorar a comunicação! :)

;D
 
Se minha mente não falha, sim. Afinal, Frodo se comunicava com Aragorn, por exemplo, através do Westron. Então, o Westron era o idioma oficial do Condado. E também não há menção nos livros de um idioma próprio dos hobbits, pelo que me lembre.
 
O Idioma Geral do Condado pode ser o Westron, se tratar a respeito dos viajantes. Mas entre eles, creio que é uma língua própria. Veja:

J.R.R. Tolkien em Carta #25 disse:
"A língua dos hobbits era notavelmente semelhante ao inglês, como era de se esperar: eles viviam apenas nas fronteiras do Mundo Selvagem, e não estavam totalmente a par disso. Os nomes de família permaneceram, na maioria, tão conhecidos e respeitados com justiça nesta ilha quanto o eram na Vila dos Hobbits e Beirágua. "

Disponível em: http://www.valinor.com.br/artigos/cartas-de-tolkien/carta-25/

Mas acho válido o uso do Westron como língua-geral d'O Condado.
 

Valinor 2021

Total arrecadado
R$100,00
Meta
R$4.800,00
Termina em:
Topo