1. Caro Visitante, por que não gastar alguns segundos e criar uma Conta no Fórum Valinor? Desta forma, além de não ver este aviso novamente, poderá participar de nossa comunidade, inserir suas opiniões e sugestões, fazendo parte deste que é um maiores Fóruns de Discussão do Brasil! Aproveite e cadastre-se já!

Dismiss Notice
Visitante, junte-se ao Grupo de Discussão da Valinor no Telegram! Basta clicar AQUI. No WhatsApp é AQUI. Estes grupos tem como objetivo principal discutir, conversar e tirar dúvidas sobre as obras de J. R. R. Tolkien (sejam os livros ou obras derivadas como os filmes)

O caso Omm Seti

Tópico em 'Atualidades e Generalidades' iniciado por Rúmil de Lórien, 22 Jan 2003.

  1. Olá pessoal!
    Entrei neste clube desde que surgiu mas nunca participei.
    Agora estou propondo um novo assunto!
    Gostaria de saber se alguém aqui já ouviu falar do caso Omm Seti e o que acha dele.
    Acabei de ler sobre ele num livro chamaado "O Livro de Ouro dos Mistérios da Antigüidade" (muito bom por sinal).
    Bom, pra quem nunca ouviu falar, darei uma explicação rápida, talvez depois eu poste tudo que sei:
    Omm Seti é como ficou conhecida uma moça que seria a reencarnação de uma mulher do Egito Antigo.
    Esta Omm Set (seu nome era Dorothy Alguma-coisa) caiu de uma escada com três anos de idade. Foi dita morta por um médico e quando ele voltou com o atestado de óbito a garota estava brincando alegremente.
    Depois disto a garota passou a ter um fascinio intenso pelo Egito.
    Alegava-se não se sentir em casa e coisas assim.
    Mais velha, se tornou egiptóloga e foi morar no Egito.
    A mulher egpícia que teria reencarnado em Dorothy tinha uma caso amoroso com o Faraó Seti (ou Sethi), da décima-nona dinastia.
    Dorothy alegava ter encontros com este faraó.
    ela nasceu em 1908 e já morreu...
    Bom, quem souber sobre ela se expresse aqui.
    Quando eu voltar aqui talvez explique mehor, se for necessário.
     
  2. Logan Mcloud

    Logan Mcloud Usuário

    veio numa boa.... vc pode me dizer pq negu q reencarna eh sempre uma pessoa importante e nao um zé niguem???? pq ela nao eh uma reencarnaçao de ua lavradora?
    ou uma escrava q morreu aos 3 anos? e sim uma amante do seti? ......


    I want DISbelive

    abraços Dwarf
     
  3. No caso essa egípcia não era importante...
    Acabou sendo por ter um caso com este faraó.
    Ela era uma sacerdotisa por quem Seti se apaixonou.
    Ficou grávida, o que não era permitido e,para não manchar o nome do faraó se suicidou.

    Realmente concordo com você.
    Mas as vezes existe reencarnaçao de pessoas comuns, só não percebemos por não haver nada de enriquecedor nesta experiência...

    A,anhã ou no máximo no fim de semana ponho aqui tudo que sei sobre ela, é que agora o livro está inacessível.
     
  4. Cain

    Cain Usuário

    Esses casos sempre possuem uma explicação extra e certa, q geralmente não acompanha o original
    pra deixar um certo ar de misterio
    disturbios psicologicos existem muitos...
    e quem disse q essa egiptologa, nao escreveu um livro e pra vende-lo criou essa historia sobre sua propria infancia, midia rules :)
    pode ser verdade
    ou não

    :oops:
     
  5. Logan Mcloud

    Logan Mcloud Usuário

    corcordo cain........ a midia eh muito poderosa mesmo...... haja visto Hitler.....


    abraços Dwarf

    ps.: avatar legal
     
  6. Fox

    Fox Visitante

    Baseado no quê você faz essa afirmação gravíssima?

    Esse clube não aceita achismos e meias-informações. Sinto muito, mas você precisa fundamentar tudo o que você fala aqui. :wink:
     
  7. Anigel

    Anigel Eu atropelo duendes!

    Cara, me desculpe, mas essa história está para lá de mal contada. Para se constatar um óbito há uma série de procedimentos padrão que devem ser seguidos. Ele voltou de onde com o atestado de óbito? Ela foi levada para algum hospital? Há documentos (ficha de internação, exames realizados, etc) que comprovem isso? Quem garante que ela simplesmente não queria vender mais livros?


    O Logan, levantou um ponto interessante. Eu particularmente não acredito em reencarnação, mas acho que esse é um assunto para ser discutido em outro fórum. Se eu não me engano esse não é o tópico para o "eu acho" ou "eu acredito".

    100+

    :kiss:
     
  8. Logan Mcloud

    Logan Mcloud Usuário

    exatame nte srt. anigel...... q legal concordamos de novo!!!!!! vai chover!!!!

    :kiss: Dwarf
     
  9. Cain

    Cain Usuário

    avante companheiro :wink:
     
  10. Desculpe!!!!!!
    Acho que não me expressei bem...
    O que eu quis dizer é (vou dar um exemplo pra explicar melhor):
    Tá lá o Zé, mora em SP, tem um trabalho comum, uma vida comum, não faz nada de exuberante e essas coisas assim.
    Ele morre e re-encarna no João.
    O que o João vai ter pra provar que ele é um reencarnação do Zé :o?:
    Agora, se o Zé fosse alguém famoso, o João falaria : "O Zé reencarnou em mim, ele que fez coisa e tal..."
    Bem, não sei se me expressei bem, mas ta aí.....

    Quanto ao caso do atestado de óbito, o médico tinha examinado a menina, constatou que ela estava morta e foi buscar/mandar fazer um atestado de óbito e voltou com ele....

    Ah, e essa moça não escreveu nenhum livro não.Mas escreveram uma biografia dela.

    Bem, o livro que encontrei essas informações é este aqui...:
    O Livro de Ouro dos Mistérios da Antigüidade
    De Peter James e Nick Thorpe
    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)
     
  11. Cain

    Cain Usuário

    rumil, entendo o seu ponto de vista, mas vc nao pode negar que semrpe q uma dessas reencarnaçoes aparece tem algo de comercial por tras, nem q seja um extra recebido pela tv ou tal

    ninguem usa isso para o beneficio do mundo, tipo einstin reencarnou em mim farei o q puder para o bem da ciencia sem ser um porco capitalista

    mais ou menos nesse nivel :p
     
  12. Anigel

    Anigel Eu atropelo duendes!


    :o?: Ela foi leveda para algum hospital? :o?:

    :o?: Convenhamos, que essa história está para lá de mal contada. Imagine que você tem uma filha de três anos que cai de uma escada. O que você faz? Corre para um hospital? Não, chama um médico que vem em casa. O médico constata o suposto óbito, o que ele faz? Segue os procedimentos padrão e leva o corpo para um hospital para ser encaminhado ao IML? Não, ele vai ao hospital pegar um formulário para preencher o atestado de óbito. Ele volta e a menina está viva. O que ele faz? Leva a menina para o hospital para ser melhor avaliada? Não. Deixa a menina brincando, afinal isso é muito mais importante do que avaliar se houve algum dano.

    :o?: Percebe a quantidade de furos que há nessa história? :o?:
     
  13. Aniel

    Aniel Usuário

    Isso tá parecendo aquele filme A Múmia 2...realmente as pessoas fazem qq coisa para ganharem proeminência, principalmente agora em que estamos mergulhados numa "onda mística"...tá aí o Paulo Coelho...
     
  14. Oziel

    Oziel Usuário

    Esta história parece ser muito complexa, no que diz respeito a reencarnação, pois no que me diz respeito nem todas a s relegiões acreditam, mas eu já li em algum outro lugar sobre o assunto, aliás eu estou pesquisando sobre o assunto para um trabalho escolar, em outro lugar li que ela tinha 4 anos quando sofreu o acidente, caiu da escadaria, após o médico constatar o óbto ele não foi buscar o atestado, mas sim a família foi prepara-la para o funeral e a encontraram brincando alegremente, a propósito o nome dela era Dorothy Eady e era inglesa, as anomalias começaram a surgir meses depois, que ela começou a dizer que queria ir pra casa...

    Alguns anos depois quando ela tinha uns 7 anos seus pais foram visitar o museu de British, e como toda criança ela se sentia numa tremenda chatice de antiguidades...
    Até avistar a seção egípcia ela correu e começou a se interessar e a dizer que ela conhecia aquela língua - quando avistou um papiro com hieróglifos - só que havia se esquecido, e quando encontrou a múmia de Faraó Seti I, ela parou e ali ficou, depois de alguns minutos seus pais foram chamá-la para irem embora, mas ela reclamou e disse : Deixe-me ficar esta é a minha família, esta é minha terra...

    Depois disso ela começou a se interessar pelo Egito, seu pai comprou uma enciclopédia infantil e na capa tinha a foto do Templo de Seti I, e ela disse, esta é minha casa, mas cadê o jardim e porque etá toda quebrada.

    O tempo passou e Dorothy começou a trabalhar no museu British...

    Depois em 1933 ela foi para o Egito, mas só conseguiu morar em Abidos em 1956, que é a cidade do Templo de Seti I, teve um filho e o batizou de Seti, por isso ficoum conhecida como Omm Seti que quer dizer Mãe de Seti.

    Ela se tornou egiptologa, e em seus estudos insistia em dizer sobre o jardim em frente ao Templo de Seti I, nas escavações arqueólogos descobriram o Jardim, impossível de ser imaginado no deserto um sistema de irrigação tão peculiar.

    A próxima descoberta foi a Biblioteca secreta, que apesar de nem as sacertodisas saberem ela alegara que o próprio Faraó Seti I à contara...

    Depois de algum tempo ela começou a receber visitas que seriam do próprio Faraó. E conversava sobre tudo, sobre o Império Egípicio entre outros assuntos, para os desacreditados desta história, existe até hoje o Diário de Dorothy Eady, sem nenhum estudo aprofundado em seu Diário até hoje, este mistério encanta e desafia os limites da imginção Humana ...
     

Compartilhar