1. Caro Visitante, por que não gastar alguns segundos e criar uma Conta no Fórum Valinor? Desta forma, além de não ver este aviso novamente, poderá participar de nossa comunidade, inserir suas opiniões e sugestões, fazendo parte deste que é um maiores Fóruns de Discussão do Brasil! Aproveite e cadastre-se já!

Dismiss Notice
Visitante, junte-se ao Grupo de Discussão da Valinor no Telegram! Basta clicar AQUI. No WhatsApp é AQUI. Estes grupos tem como objetivo principal discutir, conversar e tirar dúvidas sobre as obras de J. R. R. Tolkien (sejam os livros ou obras derivadas como os filmes)

Noticias Esportivas!!!

Tópico em 'Esportes' iniciado por Uglúk o Uruk-Hai, 16 Mai 2002.

  1. Uglúk o Uruk-Hai

    Uglúk o Uruk-Hai ... o maioral.

    Postem aqui oq vcs virem de noticias sobre qualquer esporte, desde futebol ate oas mais exoticos ok??? Eu vou colocando algumas noticias aqui mesmo ok??? Mas naum deixem tb de colaborar... E é claro discutir e comentar essas noticias... ok???

    E para abrir... a sim eu sou sãopaulino mas:


    São Paulo – O Corinthians fez o suficiente para empatar por 1 a 1 com o Brasiliense na noite desta quarta-feira, no estádio Serejão, em Taguatinga, e conquistar o título da Copa do Brasil. Também está garantida a vaga na Copa Libertadores da América de 2003.

    A equipe paulista (veja as notas) jogava pelo empate porque venceu a primeira partida por 2 a 1, no Morumbi, em São Paulo, na semana passada. Nesta quarta, o time do senador cassado Luiz Estevão (veja as notas) saiu na frente com um gol de Wellington Dias, de falta. Deivid empatou de cabeça na segunda etapa e terminou a competição como artilheiro, com 13 gols.

    Esse é o segundo título corintiano na Copa do Brasil, que bateu o Grêmio na final em 95.

    O time de Parreira entrou apático em campo, assim como aconteceu no primeiro jogo, no Morumbi, na quarta-feira passada. Os donos da casa rondaram a área corintiana desde o começo e levou perigo já aos 12min. Jackson recebeu na cara do gol e chutou para fora.

    O primeiro chute da equipe paulista que chegou no gol foi de Ricardinho, aos 23min, para fora. O Brasiliense respondeu aos 28min em cobrança de falta de Gil Baiano que Dida defendeu.

    O Corinthians assustou o goleiro Donizetti aos 34min. Vampeta carimbou o travessão adversário. O goleiro ainda chegou a tocar na bola.

    Mas o Amarelão jogava melhor e abriu o placar aos 41min. Aldo tomou a bola de Fabrício no meio e lançou Gil Baiano, que foi derrubado por Fábio Luciano na entrada da área. Wellington Dias cobrou no alto e Dida nem se mexeu.

    O Corinthians voltou um pouco mais acordado e desperdiçou boa chance aos 6min. Rogério cobrou falta na área e Gil cabeceou por cima.

    Mesmo jogando mal, a equipe alvinegra chegou ao empate. Leandro cruzou da esquerda e Deivid marcou de cabeça aos 19min.

    Os corintianos perderam excelente chance de garantir o título aos 22min. Kleber tabelou com Ricardinho e cruzou para o meio; Gil furou e Deivid chutou para fora, sem goleiro.

    O Brasiliense perdeu dois gols feitos aos 28 e 29min. Weldon criou os dois lances. No primeiro, Gil Baiano chutou por cima. No segundo, Wellington Dias furou na cara do gol.

    O Corinthians desistiu de atacar e passou a segurar o resultado. Nervoso, o time do senador cassado não conseguiu furar o bloqueio.

    Brasiliense 1 X 1 Corinthians

    Competição Copa do Brasil - final (2º jogo)
    Local Estádio Serejão, em Taguatinga.

    Público e Renda Não divulgados.

    Árbitro Wilson de Souza Mendonça (PE)
    Cartões amarelos Fabrício e Fábio Luciano (Corinthians)

    Cartões vermelhos Nenhum
    Gols BRASILIENSE: Wellington Dias (41min) CORINTHIANS: Deivid (19' do 2º)

    Brasiliense Donizetti, Moisés (Rodrigo Ayres), Aldo, Thiago e Emerson; Evandro, Carioca, Maurício (Lê) e Gil Baiano; Wellington Dias e Jackson (Weldon). Técnico: Péricles Chamusca

    Corinthians Dida, Rogério, Fábio Luciano, Anderson e Kléber; Fabrício, Vampeta (Fabinho) e Ricardinho; Leandro (Renato), Deivid e Gil. Técnico: Carlos Alberto Parreira
     
  2. Uglúk o Uruk-Hai

    Uglúk o Uruk-Hai ... o maioral.

    New Jersey bate Charlotte e faz final com Boston Quinta-feira, 16 Maio de 2002, 02h02

    New Jersey – O New Jersey Nets venceu o Charlotte Hornets nesta quarta-feira por 103 a 95, e estão na final do campeonato de basquete da NBA.

    O New Jersey encerrou os playoffs com 4 a 1, e disputam a final da Conferência Leste com o Boston Celtics, que eliminou na terça-feira o Detroit Pistons também por 4 a 1, ao vencer o último encontro por 90 a 81.

    Na final da Oeste jogarão Los Angeles Lakers e Sacramento Kings.
     
  3. Uglúk o Uruk-Hai

    Uglúk o Uruk-Hai ... o maioral.

    Luxa entra na onda de Zagallo e detona esquema de Felipão

    Sexta, 17 de maio de 2002, 13h05


    São Paulo – O técnico do Palmeiras, Vanderlei Luxemburgo, afirmou que é contra o esquema adotado pelo treinador Luiz Felipe Scolari. O mesmo discurso foi adotado por Zagallo, em entrevista ao Mundial 2002 TV de quarta-feira.

    "O 3-5-2 é errado a meu ver. No Brasil, só o Coritiba joga bem nesse esquema", afirmou Luxa à rádio Jovem Pan.

    "Na Seleção, o Cafu é um jogador de meio-de-campo (na Roma) adaptado na lateral. Além disso, o Brasil não é um país acostumado com três zagueiros."

    Se pela direita a equipe de Felipão terá problemas, na previsão do treinador palmeirense, a esquerda estará garantida, também de acordo com Luxa. "O Roberto Carlos joga no Real Madrid com uma linha de dois zagueiros. Ele pode ter um pouco de dificuldades, porque ele não é de habilidade, é de velocidade, mas é um atleta inteligente."

    O treinador palmeirense, que já dirigiu o time brasileiro, lembrou do empate por 1 a 1 com Portugal para exemplificar sua crítica ao esquema 3-5-2. "O Anderson Polga, no momento que ele saiu para o jogo, perdeu a bola e ficou de volante, não de líbero. Com isso, deu espaços no momento do gol."

    "A cultura do Brasil é de dois zagueiros. O 3-5-2 não tem nada de moderno. Poucas equipes jogam assim hoje", contou Luxa
     
  4. Uglúk o Uruk-Hai

    Uglúk o Uruk-Hai ... o maioral.

    Irritado, Felipão mantém 3 zagueiros em amistoso

    Sexta, 17 de maio de 2002, 19h08


    São Paulo - O técnico Luiz Felipe Scolari voltou a sair do sério nesta sexta-feira, durante a entrevista coletiva que deu logo após o treinamento para o amistoso que a Seleção fará neste sábado contra um time da Catalunha, na Espanha. O motivo é o atraso na preparação de sua equipe para a estréia no Mundial.

    O treinador adiantou ainda que pode improvisar no amistoso colocando o Gilberto Silva no lugar de Anderson Polga.

    "Não tenho nada para falar. Não vi ainda o Lúcio, o Luizão e o (Anderson) Polga. Eles chegaram, foram dormir e eu tive que ir para uma recepção (oferecida pelo governador da Catalunha). Agora eles estão na clínica fazendo testes, vocês querem que eu fale o quê?", disse.

    Polga e Luizão, assim como Lúcio e mais três jogadores, Roberto Carlos, Dida e Vampeta, só se uniram ao grupo que vai disputar a Copa nesta sexta, 17 dias antes da estréia contra a Turquia, dia 3 do mês que vem.

    Irritado, o treinador se recusou a anunciar o time que vai começar a partida de sábado. "Só vou saber isso amanhã (sábado) de manhã. Mas vou jogar com três zagueiros. Se não for com o Polga, vou colocar o Gilberto Silva", revelou ele. Lúcio foi vetado pelos médicos da Seleção devido a uma contusão no tornozelo direito.

    No ataque, o treinador deve optar por Denílson ao lado de Ronaldo na vaga de Rivaldo, contundido. O atacante do Betis ganhou a vaga em duelo com o capetinha Edílson.

    Apesar do mistério, o técnico fez pouco caso da partida contra o combinado espanhol, que deve reunir quase 100 mil pessoas. "A única coisa que me preocupa é o que acontecerá no dia 3 de junho, contra a Turquia", disse.

    No final do dia, depois de muitas dúvidas, Felipão decidiu poupar o lateral Roberto Carlos do amistoso.

    O time que deve começar a partida de sábado, às 16h, com total cobertura do Terra Esportes de ser: Marcos; Gilberto Silva, Edmílson, Roque Júnior; Cafú, Emerson, Kléberson, Ronaldinho Gaúcho e Júnior; Denílson e Ronaldo.
     
  5. Nunis

    Nunis Steve Young

    Qto a vitória dos Nets não veio nenhuma surpresa... Apesar de ser o pior time do leste nas duas ultimas tempordas, com a vinda do Kidd ( q pra mim é o melhor jogador da NBA no momento) q era do suns, o time se tornou um dos favoritos ja que tinha bons jogadores, mas naum havia um entrosamento...

    Qual é o time do oeste q vai pra final???

    ah,Eu sei q num tem nada a ver, mas só uma perguntinha...

    O Brasil ganhou a copa 4 vezes, duas da Itália, uma da suécia e uma da ????

    putz ninguém sabe...
     
  6. Knolex

    Knolex Well-Known Member In Memoriam

    Tchecoslováquia Relgal...

    A Copa de 62 o Brasil venceu sobre a Tchecoslováquia...
     
  7. Uglúk o Uruk-Hai

    Uglúk o Uruk-Hai ... o maioral.

    Com show de Ronaldinho e Denílson, Brasil bate Catalunha

    Sábado, 18 de maio de 2002, 18h05


    São Paulo – A Seleção Brasileira bateu a equipe da Catalunha por 3 a 1 neste sábado, no Camp Nou, campo do Barcelona. Ronaldinho fez dois e Edmílson também conferiu. A equipe do técnico Luiz Felipe Scolari volta a jogar no próximo sábado, contra a Malásia, no último amistoso antes do Mundial 2002.

    Felipão não pôde contar com Lúcio e Rivaldo, que estão se recuperando de contusão. Já Roberto Carlos foi poupado.

    A partida valeu pelas jogadas de Denílson e Ronaldinho. Apenas os dois conseguiram criar perigo ao gol catalão. Ronaldo acertou só uma jogada – aos 30min, quando cruzou para Denílson que chutou, para defesa do goleiro Baldez - e ainda perdeu, de cabeça, um gol feito aos 16min.

    Pelas laterais, Cafu foi bastante acionado, mas não teve bom aproveitamento. Pela esquerda, Júnior esteve atrapalhado e perdeu muitas bolas no primeiro tempo, mas melhorou no segundo.

    Já a defesa não teve muito trabalho, mas Anderson Polga – que era dúvida antes da partida – se atrapalhou em algumas saídas de bolas e quase complicou a vida do goleiro Marcos.

    O time catalão começou com mais posse de bola. O Brasil não conseguia passar do meio-de-campo. O primeiro gol saiu em uma jogada individual de Ronaldinho, aos 21min. Ele partiu para cima da zaga e sofreu falta dentro da área, mas o árbitro marcou fora. O ex-atleta do Grêmio tratou de corrigir o erro do juiz e fez a cobrança no ângulo, abrindo o placar.

    Com a vantagem, os brasileiros começaram a se soltar mais, principalmente Denílson. Aos 44min saiu o segundo da Seleção, mais uma vez com Ronaldinho. Ele aproveitou o vacilo da zaga, livrou-se da marcação, invadiu a área e tocou na saída do goleiro, com muita categoria.

    A Seleção voltou sonolenta para o segundo tempo. Felipão esbravejou muito no banco. A Catalunha se aproveitou e marcou aos 17min. Depois de cruzamento de Cruyff na área, Roger ganhou de Edmílson e tocou para Luis Garcia, que cabeceou fraco. Marcos espalmou, a bola bateu dentro do gol e o brasileiro tirou. O árbitro validou.

    No momento em que o Brasil estava ameaçado, uma bola parada aliviou a situação da Seleção. Aos 30min, Kleberson bateu escanteio, Roque Júnior atrapalhou o goleiro Arnau (que substituiu Baldez). Ele espalmou nos pés de Edmílson, que pegou bem na bola e marcou.

    Felipão aproveitou para colocar Belletti, Vampeta, Gilberto Silva, Juninho Paulista, Edílson e Luizão. Nenhnum deles se destacou.
     
  8. Uglúk o Uruk-Hai

    Uglúk o Uruk-Hai ... o maioral.

    Essa eu coloco com gosto...hehehe

    São Paulo larga na frente contra Palmeiras; Timão cai
    Domingo, 19 Maio de 2002, 17h54





    São Paulo – O São Paulo derrotou o Palmeiras por 2 a 0 neste domingo, em São Caetano, pela primeira rodada do Supercampeonato Paulista. Reinaldo e Fábio Simplício conferiram.

    Com a vitória, a equipe do Morumbi pode perder por até um de diferença na segunda partida. Em caso de vitória do Verdão pela mesma diferença do primeiro jogo, a vaga será definida nos pênaltis.

    Já o Corinthians perdeu para o Ituano por 2 a 0, na casa do adversário. Agora, o time do técnico Carlos Alberto Parreira precisa vencer por três gols de vantagem para chegar às finais – se a diferença for de dois, a decisão será nos pênaltis. A equipe do interior joga pelo empate ou derrota por até um de diferença.

    Os jogos de volta acontecerão na próxima quarta-feira. Os locais serão definidos pela Federação Paulista de Futebol
     
  9. Uglúk o Uruk-Hai

    Uglúk o Uruk-Hai ... o maioral.

    Vampeta perto de ganhar vaga na Seleção

    Segunda, 20 de maio de 2002, 14h11


    Rio - O técnico da Seleção Brasileira, Luiz Felipe Scolari, pode mudar o meio-campo da equipe no último amistoso antes da estréia no Mundial. O volante Vampeta pode fazer a dupla com Emerson, barrando Kléberson, que entrou como titular na partida contra a seleção da Catalunha.

    O treinador também disse que o time que iniciará o jogo no próximo sábado contra a Malásia tem grandes chances de ser o titular durante a Copa.

    "Tenho uma idéia do time e quero, contra a Malásia, escalar o time da estréia no Mundial", disse o técnico, que espera contar com Rivaldo, Lúcio e Roberto Carlos, ausentes do último teste brasileiro.

    Além de estar preocupado com as condições físicas de Rivaldo, que pode ser barrado por Denílson, Felipão disse que vai poupar o atacante Ronaldo dos treinos mais fortes para não correr o risco de perdê-lo para o Mundial.
     
  10. Mila Telcontar

    Mila Telcontar Usuário

    Novidade no treino de 3a., Vampeta diz que vai lutar por vaga

    21/05/02
    18:09


    SÃO PAULO (Reuters) - No segundo dia de treinos na Malásia, o técnico da seleção brasileira, Luiz Felipe Scolari, fez mudanças no time e treinou tanto no 4-4-2 quanto no 3-5-2. A principal novidade foi a entrada do volante Vampeta no lugar de Gilberto Silva.

    "Vou treinar forte e brigar por um lugar na equipe. Aqui, na seleção, todos são titulares em seus clubes, por isso é tão difícil ficar no banco", disse o jogador em entrevista à Rádio Bandeirantes.

    Essa foi a primeira vez que Scolari pôde contar com os 23 jogadores inscritos para o Mundial nos treinamentos, inclusive Rivaldo e Lúcio, recuperados de contusões.

    No treino da manhã no estádio Shah Alam, em Kuala Lumpur, Felipão deu ênfase ao aprimoramento dos passes e depois dividiu o grupo em três, para dar ênfase à marcação. A principal ordem dada pelo técnico foi que seus jogadores marcassem por pressão no campo do adversário e ocupassem o maior espaço possível do campo.

    Em seguida comandou um coletivo, em que montou a equipe no esquema 4-4-2 com Marcos; Cafu, Lúcio, Roque Júnior e Roberto Carlos; Gilberto Silva, Émerson, Ronaldinho e Rivaldo; Ronaldo e Edílson.

    À tarde, porém, ele voltou a colocar a defesa para jogar com três zagueiros. Com isso, o trio de ataque voltou a ser formado por Ronaldo, Ronaldinho e Rivaldo.

    O time do segundo coletivo foi formado por Marcos; Ânderson Polga, Lúcio e Edmílson; Cafu, Émerson, Vampeta, Rivaldo e Roberto Carlos; Ronaldo e Ronaldinho.

    Enquanto o Brasil treina na Malásia, o presidente da Confederação Brasileira de Futebol (CBF), Ricardo Teixeira, continua em Barcelona, de onde a seleção já saiu há dois dias.

    O Brasil enfrenta no próximo sábado a seleção da Malásia em Kuala Lumpur e em seguida viaja para a Coréia do Sul, onde estréia no dia 3 de junho contra a Turquia. Completam o grupo Costa Rica e China.
     
  11. Mila Telcontar

    Mila Telcontar Usuário

    Gente, este um esporte muito bom, relaxante........
    descobri este texto na internet e estou postando aqui para o conhecimento de todos.

    O que é Canyoning
    Autor: Carlos Zaith
    O Canyoning pode ser definido para um leigo como uma espécie de alpinismo praticado em cachoeiras. Mas o esporte vai muito além do rapel em cachoeiras, envolve tudo que diz respeito a exploração do ambiente dos canyons e dos rios em garganta.

    O Canionismo é muito extenso, mas a vitrine dessa prática é o rapel em cachoeiras, que se denomina como "cascading", e é amplamente praticado no Brasil.

    O conceito e premissas do Canionismo é o de ser uma atividade de baixo impacto no convívio com o ambiente natural e interferir o mínimo possível nesses locais.

    A emoção, obviamente, é o maior atrativo para os praticantes que se apaixonam pela exploração de canyons. E a adrenalina, se é que se pode chamar assim, se apresenta nas situações novas e inesperadas.

    A falta de técnica, equipamentos e principalmente o despreparo do grupo pode levar a sérios riscos. A má avaliação de uma situação e escolha incorreta do equipamento pode bloquear um esportista sob uma queda d’água e conseqüentemente levá-lo a morte. Os riscos são vários: desde quedas de pedras sobre os praticantes, até o risco de afogamento em águas brancas.

    Todas as regiões e "chapadas" onde nascem os rios mais acidentados servem de palco para o Canyoning. Dentro os locais já conhecidos no Brasil para essa prática, destacam-se: as Chapadas da Diamantina (BA) e dos Veadeiros (GO) e as escarpas da Serra do mar em São Paulo e Paraná; os grandes canyons da Serra Geral entre Rio Grande do Sul e Santa Catarina.
    Os grupos e associações começaram a surgir recentemente no Brasil e ainda não contam com força suficiente para a formação de uma federação, passo importante para a padronização das técnicas e procedimentos de segurança.
    As empresas que mais apoiam essa prática são as fabricantes de equipamentos como: PETZL, empresa francesa; a CAMP, empresa italiana; e a GUL, empresa inglesa de confecção de roupas de neoprene..
     
  12. Tonho Hammond

    Tonho Hammond Molusco

    Zidane está fora dos dois primeiros jogos da França no Mundial

    Das agências internacionais
    Em Paris (França)

    O meia Zinedine Zidane está fora dos dois primeiros jogos da França na Copa do Mundo do Japão e da Coréia do Sul. O meia sofreu uma lesão na coxa esquerda em um amistoso disputado no domingo contra a Coréia do Sul.

    "Não tenho boas notícias. Acabei de ser informado do resultado dos exames de raio-x e Zidane ficará fora de dois jogos", afirmou o presidente da Federação Francesa de Futebol, Claude Simonet.

    O presidente da federação, no entanto, disse que o fato não deve prejudicar a equipe na luta pelo seu segundo título consecutivo. "Se queremos ser campeões, temos que estar preparados para jogar sem a nossa maior estrela", declarou Simonet.

    A França estréia no Mundial na próxima sexta-feira, contra Senegal. Depois, a equipe enfrenta o Uruguai, no dia 6, a Dinamarca, dia 11.



    E tomara que não jogue os outros !!!!!!!!!!!!!
     
  13. Mila Telcontar

    Mila Telcontar Usuário

    Galera..... mais uma... pra agitar um pouco.....
    A Sociedade Brasileira de Corridas de Aventura confirmou na última semana a realização da primeira prova válida pelo Circuito Brasileiro de Corridas de Aventura no Paraná.

    A Extremaventura, será disputada entre os dias 18 e 20 de outubro, na região de Balsa Nova, município da Região Metropolitana de Curitiba (RMC), com as modalidades de orientação, canoagem em botes infláveis, ride&run, mountain bike, técnicas verticais e natação (travessias de rios), em um percurso de aproximadamente 250 quilômetros, o maior da modalidade esse ano no Brasil.
    O evento tem como objetivo divulgar as belezas naturais do Município de Balsa Nova e ajudar no desenvolvimento sustentável da região.
    As inscrições estarão abertas à partir do dia 15 de julho a um custo de R$ 400,00 por equipe, que serão formadas por quatro competidores, não sendo aceitas inscrições de equipes totalmente masculinas.
    A prova não terá equipe de apoio e será oferecida a premiação de
    R$ 8.000,00 aos participantes divididos da seguinte forma:
    1° colocado R$ 4.000,00
    2° colocado R$ 2.000,00
    3° colocado R$ 1.000,00
    4° colocado R$ 600,00
    5° colocado R$ 400,00

    Fora a premiação em dinheiro será oferecido troféu ao primeiro colocado e medalhas para aqueles que chegarem até a quinta posição. Para ajudar a fomentar o esporte no Estado e ajudar na formação de novas equipes, será promovida uma mini corrida no domingo dia 20 de outubro, que será aberta para participação individual, de duplas, trios e quartetos, não sendo exigido a formação de equipes mistas e podendo ser disputada por atletas maiores de 14 anos.
    Informações: (41) 3027-5822 ou e-mail:
     
  14. Leir

    Leir Quem é vivo, né...

    O time de vôlei brasileiro ganho dos argeninos(hahahaha) e dos italianos....QUE BOM!
     
  15. Strider

    Strider Usuário

    André Sá enfrenta Tim Henman

    O brasileiro André Sá vai jogar contra o inglês Tim Henman pelas quartas-de-final do torneio de Wimbledon. Sá vai jogar pela primeira vez na quadra central do complexo.

    Sá já igualou a marca de Gustavo Kuerten e Thomas Koch ao chegar nas quartas do badalado Grand Slam inglês.


    Vamo lá Sá! O Brasil inteiro tá com vc! Vamo mostrar que vc foi pra Wimbledon para ganhar! O Brasil ja ganhou dos ingleses no futebol! Agora vc mostra a gente é superior no tenis tambem! FORÇA SÁ!
     
  16. Frøðø Baggins

    Frøðø Baggins Tricampeão mundial

    Chuva adia partida de Sá para quinta-feira


    Quarta-feira, 03 Julho de 2002, 16h07
    Atualizada: Quarta-feira, 03 Julho de 2002, 16h41


    São Paulo – A chuva atrasou nesta quarta-feira o início da partida entre André Sá e Tim Henman, que teve de ser adiada para quinta por causa da falta de luz natural. O horário para a disputa pelas quartas-de-finais do Torneio de Wimbledon ainda será definido.

    Antes da interrupção, o inglês ainda teve tempo de fechar o primeiro set em 6/3.

    O tenista mineiro tenta superar o feito de Gustavo Kuerten, que há três anos havia chegado às quartas-de-final do Grand Slam.

    O vencedor desta partida entre Sá e Henman enfrenta nas semifinais o classificado do confronto entre o australiano Lleyton Hewitt e o holandês Sjeng Schalken.

    A chuva atrapalhou Sá também durante o disputa do primeiro set. O brasileiro, depois de confirmar seu saque, vendia caro o segundo game. A chuva paralisou o jogo com 40 a 40, mas Henman conseguiu confirmar seu saque depois de aproximadamente uma hora de interrupção.

    O inglês conseguiu em seguida quebrar logo o segundo serviço de Sá, que perdeu a chance de dar o troco em seguida. O mineiro perdeu três break points. Depois disso, Henman deslanchou e fechou o primeiro set em 6/3.
     
  17. Strider

    Strider Usuário

    Wimbledon: Henman acaba com o sonho brasileiro das semifinais


    WIMBLEDON, INGLATERRA - O sonho da inédita semifinal brasileira em Wimbledon acabou. Nesta quinta-feira, o britânico Tim Henman eliminou o mineiro André Sá, por 3 sets a 1, 6/3, 5/7, 6/4 e 6/3, em partida válida pelas quartas-de-final do Grand Slam inglês, o terceiro da temporada de 2002.

    Ao chegar às quartas-de-final, Sá igualou os melhores resultados de Thomas Koch e Gustavo Kuerten na competição. Koch foi quadrifinalista em 1967 e Gustavo Kuerten, em 1999. Somente Maria Ester Bueno, na chave feminina, foi tricampeã.

    O primeiro set foi disputado ainda na quarta-feira. As chuvas, que atingiram todo o complexo de Wimbledon, atrasaram o início das partidas em cinco horas e, após a vitória de Henman por 6/3, o jogo foi interrompido e adiado por falta de luz natural.
    No reinício, já na manhã desta quinta-feira, Sá parecia que poderia vencer o poderoso jogo de saque e voleio de Henman. No segundo set, o mineiro chegou a estar perdendo por 5/4 com 15/40, mas se recuperou e quebrou o saque do britânico no décimo game, fechando em 7/5.

    O terceiro set foi marcado pelo equilibrio. Os tenistas mantiveram, com esforço, seus serviços até o nono game, quando Henman quebrou o saque do brasileiro e fechou em 6/4.

    No quarto, a superioridade e experiência do tenista do Reino Unido falaram mais alto. Ele logo abriu uma vantagem de 3/0 e não foi mais ameçado por Sá, que só ganhou três games (6/3).

    A vitória manteve vivo o sonho britânico de conquistar o primeiro título na grama de Wimbledon desde 1936. O último súdito da rainha a vencer em casa foi Fred Perry. Profissional desde 1993, Henman já igualou seus melhores resultados na competição. Em 1998, 99 e 2000 ele também chegou às semifinais.


    Esta foi a quinta participação de Sá no torneio mais tradicional do circuito profissional e seu melhor resultado fora obtido em 1999, quando alcançou a segunda rodada.


    No ranking de entradas, Sá obtém sua melhor posição. Com a chegada às quartas, ele soma 215 pontos (já com os descartes de outras participações) e deve ficar entre os 60 melhores do mundo. Sua colocação de maior destaque foi em 2000, quando chegou a ser número 79. Na Corrida dos Campeões, que conta apenas os resultados da temporada, ele deve pular da 87ª e ficar entre os 50.

    André Sá nasceu e reside em Belo Horizonte. Tem 25 anos e é profissional desde 1996. Em toda a carreira já soma US$ 720 mil em prêmios, mas não possui título algum.

    ____________________________________________

    :cry: :cry: :cry: :cry: :cry: :cry: QUE PENA!! MAs tudo bem! Valeu por ter chegado tao longe!
     
  18. Mila Telcontar

    Mila Telcontar Usuário

    A Seleção Brasileira masculina de vôlei venceu Portugal por 3 sets a 0, neste sábado, na cidade do Porto, conquistando a terceira vitória na primeira fase da Liga Mundial de Vôlei. A partida foi relativamente tranqüila, com duração de 1h17min, e o time comandado pelo técnico Bernardinho só encontrou dificuldades no segundo set. As duas equipes voltam a se enfrentar na mesma cidade neste domingo, às 14h de Brasília.

    No primeiro set, os brasileiros venceram com o placar mais dilatado, por 25 a 16, em apenas vinte minutos. Já no segundo, o domínio foi de dois pontos até o Brasil desperdiçar um set point e permitir o empate em 24 a 24 para os portugueses. Acabou fechando em 26 a 24 em 26 minutos. Já na terceiro, a equipe brasileira apenas administrou a superioridade do jogo e venceu por 25 a 22, em 23 minutos.

    Na próxima sexta-feira e no próximo domingo, a seleção de Bernardinho enfrenta a Polônia, em Goiânia, na seqüência da Liga Mundial de Vôlei.
     
  19. Frøðø Baggins

    Frøðø Baggins Tricampeão mundial

    Montoya desbanca Rubinho e faz a pole
    Sábado, 06 Julho de 2002, 10h03
    Atualizada: Sábado, 06 Julho de 2002, 12h53


    São Paulo – No último minuto do treino classificatório neste sábado, o colombiano Juan Pablo Montoya, da Williams, fez o melhor tempo e vai largar na frente no GP da Inglaterra, em Silverstone. O brasileiro Rubens Barrichello ficou em segundo, e o alemão Michael Schumacher, em terceiro.

    A prova acontece neste domingo, às 9h (horário de Brasília), e terá acompanhamento online do Terra Esportes.

    O resultado surpreendeu o próprio Montoya. "Não sei como aconteceu", disse.

    Já Rubinho lamentou o tráfego na última volta. E Schummy confessou que teve problemas para arrumar o carro.

    A pole position de Montoya - a quarta consecutiva dele na temporada – freou a boa seqüência de Rubinho, que dominou os treinos livres e ganhou o GP da Europa, última etapa disputada até agora.

    A segunda fila será completada pelo alemão Ralf Schumacher, da Williams. Em seguida vão largar os dois carros da McLaren – o finlandês Kimi Raikkonen e o escocês David Coulthard.

    Os outros brasileiros não foram bem – ambos ficaram atrás dos companheiros de equipe. Felipe Massa, da Sauber, cravou o 11º tempo, um atrás do alemão Nick Heidfeld. Já Enrique Bernoldi, da Arrows, ficou em 18º, duas colocações atrás do também alemão Heinz-Harald Frentzen, seu companheiro de equipe.

    Depois de muita indecisão, a Arrows conseguiu colocar os carros na pista. Durante a semana, a equipe ficou ameaçada devido a uma dívida de US$ 12 milhões com a Ford. A escuderia chegou a ficar fora do treino livre de sexta, mas conseguiu renegociar a dívida.

    Confira os tempos:

    Posição – piloto – equipe - tempo

    1 – MONTOYA - Williams BMW - 1'18"998
    2. BARRICHELLO - Ferrari - 1'19"032
    3. M.SCHUMACHER – Ferrari - 1'19"042
    4. R.SCHUMACHER - Williams BMW - 1'19"329
    5. RAIKKONEN - McLaren Mercedes - 1'20"133
    6. COULTHARD - McLaren Mercedes - 1'20"315
    7. TRULLI - Renault - 1'20"516
    8. SALO – Toyota - 1'20"995
    9. VILLENEUVE - BAR Honda - 1'21"130
    10. HEIDFELD - Sauber Petronas - 1'21"187
    11. MASSA - Sauber Petronas - 1'21"191
    12. BUTTON – Renault - 1'21"247
    13. PANIS - BAR Honda - 1'21"274
    14. SATO - Jordan Honda - 1'21"337
    15. MCNISH - Toyota - 1'21"382
    16. FRENTZEN - Arrows Cosworth - 1'21"416
    17. FISICHELLA - Jordan Honda - 1'21"636
    18. BERNOLDI - Arrows Cosworth - 1'21"780
    19. IRVINE - Jaguar Cosworth - 1'21"851
    20. WEBBER - Minardi Asiatech - 1'22"281
    21. DE LA ROSA - Jaguar Cosworth - 1'23"422
    22. YOONG - Minardi Asiatech - 1'24"785

    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)


    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)


    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)

    PROCURA-SE ACERTO - Schumacher disse que não se sentiu à vontade com a Ferrari no treino
     
  20. Frøðø Baggins

    Frøðø Baggins Tricampeão mundial

    Serena vence irmã e leva título de Wimbledon
    Sábado, 06 Julho de 2002, 12h21
    Atualizada: Sábado, 06 Julho de 2002, 14h23
    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)



    São Paulo - A tenista americana Serena Williams conquistou neste sábado o torneio de Wimbledon terceiro Grand Slam da temporada, ao derrotar na final sua irmã Venus Williams por 2 sets a 0, parciais de 7/6 (7/4) e 6/3.

    Esta é a primeira vitória de Serena no tradicional torneio. “É incrível! Saquei muito bem por toda a partida e vencer uma bicampeã como a minha irmã Venus é algo muito especial”, disse Serena, que também fora campeã em cima da irmã em Roland Garros.

    Além da conquista do Grand Slam, Serena ganhará na segunda-feira outro presente: a liderança, pela primeira vez, do ranking da WTA.
     

Compartilhar