1. Caro Visitante, por que não gastar alguns segundos e criar uma Conta no Fórum Valinor? Desta forma, além de não ver este aviso novamente, poderá participar de nossa comunidade, inserir suas opiniões e sugestões, fazendo parte deste que é um maiores Fóruns de Discussão do Brasil! Aproveite e cadastre-se já!

Dismiss Notice
Visitante, junte-se ao Grupo de Discussão da Valinor no Telegram! Basta clicar AQUI. No WhatsApp é AQUI. Estes grupos tem como objetivo principal discutir, conversar e tirar dúvidas sobre as obras de J. R. R. Tolkien (sejam os livros ou obras derivadas como os filmes)

Nazgûl: Os Espectro do Anel

Tópico em 'J.R.R. Tolkien e suas Obras (Diga Amigo e Entre!)' iniciado por Finrod, 18 Fev 2004.

  1. Finrod

    Finrod Visitante

    Eles eram servos de Sauron, que tinham 9 anéis dos 19 criados pelos os grandes ferreiros élficos, tudo sob a tutela de Sauron...

    Mais sobre os Nazgûl:

    Os Nazgûl podem sentir a presença de outros seres vivos, existe o rumor que podem mesmo sentir o cheiro de sangue quente. Durante o dia eles se movimentam pouco e vêem muito mal, dependem fortemente das suas montarias para "ver" e "ouvir" o que está em volta. Mas durante a noite reinam absolutos. Na escuridão pouco lhes escapa, podem ver e ouvir longe... tanto no mundo real como no mundo dos espíritos no qual estão meio dentro, e meio fora. Suas armas eram muitas, eles levavam espadas de aço e de chama, maças e punhais com lâminas envenenadas ou mágicas. Usavam feitiços para envenenar e causar incêndios, e a maldição do hálito negro era como uma pestilência de desespero, seu terror gelou o coração de muitos dos seus maiores inimigos.

    Os Nazgûls eram intocáveis por armas?
     
  2. Proview

    Proview Go

    Não diria intocáveis... mas eles tinham uma grande resistência as armas...
    Tanto q só as armas elficas e do povo de numenor tinham um efeito consideravel neles...
    Mas veja o caso de Eowyn q matou o Bruxo-rei e axo q a espada dela era comum (claro q ela recebeu ajuda de Merry q estava com uma espada vinda de Númenor)
     
  3. Finrod

    Finrod Visitante

    Encontrei na Valinor este trecho:

    "Os Nazgûl eram intocáveis para as armas mortais, a menos que a lâmina usada fosse encantada ou feita por elfos."

    E agora sei que eles temem o fogo, por este trecho também.

    "Por serem criaturas da noite e do frio, é natural que tenham aversão ao calor e a luz do fogo, mas não é possível destruir um Nazgûl apenas por isso. Porém o fogo pode ser uma grande arma para distrair e enfraquecer esses espectros. "
     
  4. Elrond Meio-Elfo

    Elrond Meio-Elfo Usuário

    Mas se eles tinham medo do fogo porque diabos carregavam espadas de aço e de chamas? E como é uma espada de chama? Tipo, a do Balrog?
     
  5. Nandorë

    Nandorë Usuário

    Contraditório isso... Será que eles eram meio burros ou masoquistas?! Ehehehehe
     
  6. Finarfin

    Finarfin Usuário

    É dito que além do fogo, eles também temiam a água.... tanto que eles precisaram de um grande motivo para atravessar o Vau de Bruinen, e memso assim, foram receosos......

    Sobre eles possuírem espadas de chama, essa foi a primeira vez que li sobre issu....
     
  7. Fingolfin

    Fingolfin Feitiço de Áquila

    Acho que quem temia a água eram os cavalos dos Nazgul Firnafin

    Sobre espada de chama eu tb nunca ouvi falar.
     
  8. Pandatur

    Pandatur Usuário

    Também não lembro de nada sobre espadas de fogo.
    A espada de Eowyn obteve resultado atingindo o Nazgul porque assim que Merry o atingiu com a espada das Colinas dos Túmulos (que era trabalho de Ponente), ele rompeu os "encantamentos" dos tendões do rei-Bruxo. É masi ou menos assim. Estou sem o livro agora mas isso é dito assim que Merry acerta o vilão.

    E, Fingolfin, eram os Nazgul mesmo que temiam a água. Isso é dito no CI, no capítulo "A caçada ao Anel". Só que parece que Tolkien não conseguiu concretizar essa idéia, pois eles teriam sim que atravessar muita água para chegar ao Condado. Eu não estou com o livro agora, dêem um aprocurada lá e me avisem se estou falando certo ou se falei bobagem...
     

Compartilhar