• Caro Visitante, por que não gastar alguns segundos e criar uma Conta no Fórum Valinor? Desta forma, além de não ver este aviso novamente, poderá participar de nossa comunidade, inserir suas opiniões e sugestões, fazendo parte deste que é um maiores Fóruns de Discussão do Brasil! Aproveite e cadastre-se já!

Narsil, a espada dos reis.

Acima de tudo: é claro que o cavaleiro faz a espada e não a espada faz o cavaleiro, mas creio que Narsil não era só uma relíquia histórica e que sua importância resumi-se à estar em eventos importantes, uma prova de seu misterioso poder é o fato de ela poder ''acertar'' um ser não-material, no caso: o Rei dos Mortos, uma característica que fazia o exército dos mortos ser imbativel era o fato de nada conseguir acertá-los(pelo contrário, só eles podem acertar os outros), Aragorn defendeu o ataque do Rei dos Mortos com ela, o que prova que não só era uma espada qualquer e que não era só afiada como comentou Olikan, mas tinha algum poder em especial.
 

Alcarinollo

Usuário
Acima de tudo: é claro que o cavaleiro faz a espada e não a espada faz o cavaleiro, mas creio que Narsil não era só uma relíquia histórica e que sua importância resumi-se à estar em eventos importantes, uma prova de seu misterioso poder é o fato de ela poder ''acertar'' um ser não-material, no caso: o Rei dos Mortos, uma característica que fazia o exército dos mortos ser imbativel era o fato de nada conseguir acertá-los(pelo contrário, só eles podem acertar os outros), Aragorn defendeu o ataque do Rei dos Mortos com ela, o que prova que não só era uma espada qualquer e que não era só afiada como comentou Olikan, mas tinha algum poder em especial.

Caro senhor de Gondor, esta, como muitas outras, é uma cena do filme que não encontra amparo na obra de Tolkien. Mas uma coisa eu concordo com você: Assim como Narsil/Andúril, a lança de Gil Galad, Glamdring, Gutmog, Gurthang, os punhais dos hobbits dados a eles por Tom Bombadil, a corda élfica dada a Sam e tantas outras armas tinham sim, características "mágicas" que lhes permitiam atuar de forma mais eficaz contra as forças do mal, ou mesmo penetrar em defesas "mágicas" de seus inimigos.
Neste campo, apesar de reconhecer o poder de Narsil/Andúril, sou mais inclinado a admiração pela espada Glamdring, que era empunhada por Gandalf desde sua aventura contra o dragão Smaug (O Hobbit), e que pertenceu ao rei Turgon de Gondolin!
 
Assim como Narsil/Andúril, a lança de Gil Galad, Glamdring, Gutmog, Gurthang, os punhais dos hobbits dados a eles por Tom Bombadil, a corda élfica dada a Sam e tantas outras armas tinham sim, características "mágicas" que lhes permitiam atuar de forma mais eficaz contra as forças do mal, ou mesmo penetrar em defesas "mágicas" de seus inimigos.

É isso que venho tentando provas nesse tópico, mas não haverá alguma comprovação do poder de Narsil?
 
As provas, ou as evidências que busca, são, simplesmente óbvias.
Ela foi forjada pelo mais renomado ferreiro da Primeira Era, Telcar de Nogrod, fora feita com o intuíto de derrotar os servos de Morgoth, foi usada por Elendil durante a Guerra da Última Aliança, contra o mais poderoso dos servos de Morgoth. Não saberia te informar quanto as Eras anteriores, ou até sua chegada às mãos de Elendil, mas a questão é que foi de suma importância na Terceira Era, na decis
ão do destino da Terra-Média. Simplesmente pelo fato em particular de sua forjadura e origem, além de seu uso na Segunda Era, ela seria imensamente renomada, uma relíquia humana, digna de ser guardada como um tesouro dos edain em Rivendell.
Quanto a sua "magia", de certo ela mesmo se quebrando com o ataque de Sauron, notávelemente após ter sido reforjada como Andúril ela mostra vitalidade e excelência nas Batalhas, e traz o medo para junto dos inimigos de seu portador. Nada mais direto é dito, como produzir "luz" em alerta, ou algo do tipo, mas isso não seria necessário, tendo em vista sua origem e renome.
Simplesmente ela carrega a parte essencial da resistência humana e élfica contra o mais poderoso dos servos de Morgoth na Terceira Era, e o desfeixo (já reforjada) do destino da Terra-Média na Terceira Era.
 
Última edição:

Olikan

Usuário
as armas de tolkein, eram afiadas, naum tanto resistente comparado com a natung, mas possuiam alguns efeitos magicos menores, como "avisar" q vinham orcs, má sorte, reagir com a reação do dono....
tanto no nibelungo e tolkein, o verdadeiro poder da arma está em quem a utiliza....

opa! calma Senhor_de_Gondor
eu naum disse q a narsil, tinha ou naum magia...
pra falar a verdade, eu naum falei nada, soh comparei os 2 autores, ja q tinham pedido...

na minha opinão, a narsil naum possue magia de efeito, ela é suficientemente afiada a ponto de acreditar q é magica e possue um valor historico suficiente à elevar a moral das pessoas....(sabe, akele cliche de falar umas coisa bonita e empunhar a espada ao alto, e o povo começa a gritar) :obiggraz:
 

Nilmë

Usuário
Como disse Aracáno Elessar....ela foi forjada por um dos maiores e renomados ferreiros, e isso já lhe concedo grande respeito, já que por ele ser renomado tens que ter motivo para isso, não é a toá que ele forjava armaduras e espadas, que se tornavam grandes armas.
E também pelos feitos de Narsil, espada que cortou os dedos do Senhor do Escuro e que foi guardada a muito em Valfenda...guardada por um motivo, talvez não por sair fogo de sua lâmina ou luz reluzente de seu fio...mas sim pela sua história, porque talvez se fosse outra espada o destino da Terra Média poderia ser outro...
 
De certo, foi isso que quis dizer.
Não pretendo discutir seus efeitos mágicos, nem o fato de existirem ou não, acho isso de importância secundária.
O verdadeiro valor de Narsil está em sua história, desde a forjadura até a reforjadura, e feitos vindouros.
 

Valinor 2021

Total arrecadado
R$150,00
Meta
R$4.800,00
Termina em:
Topo