1. Caro Visitante, por que não gastar alguns segundos e criar uma Conta no Fórum Valinor? Desta forma, além de não ver este aviso novamente, poderá participar de nossa comunidade, inserir suas opiniões e sugestões, fazendo parte deste que é um maiores Fóruns de Discussão do Brasil! Aproveite e cadastre-se já!

Dismiss Notice
Visitante, junte-se ao Grupo de Discussão da Valinor no Telegram! Basta clicar AQUI. No WhatsApp é AQUI. Estes grupos tem como objetivo principal discutir, conversar e tirar dúvidas sobre as obras de J. R. R. Tolkien (sejam os livros ou obras derivadas como os filmes)
  1. David-gondorian

    David-gondorian Usuário

    Eu acho que o mundo de tolkien é muito complicado.
    Já li os 3 livros de Senhor dos aneis e ainda a nomes que dizem no forum e nao sei nada sobre eles.
    Tolkien devia ter feito uma enciclopédia ou um dicionário sobre a Terra Média.
     
    • Gostei! Gostei! x 1
  2. Eldenar

    Eldenar Usuário

    é natural, você tem de ler o silmarillion, o hobbit, os contos inacabados, e mais que nao me lembro.
     
  3. TorUgo

    TorUgo a.k.a. Tortoruguito...

    Aconselho-te a começares a ler O Silmarillion! No início vai ser complicado, porque são muitos nomes, mas tipo, ignora! :dente: No início não precisas de os saber todos, mas basta-te saber o essencial, depois os nomes vais guardando conforme vais discutindo e relendo alguma passagem que gostaste mais!

    No SdA realmente existem vários nomes que nós não compreendemos! Um deles, lembro-me perfeitamente de pensar o mesmo que tu por ele, era Elbereth, que eu não fazia a mínima ideia do que era e Frodo gritava aquilo sempre que precisava de ajuda! Também não compreendia quem era Ëarendil e muitas outras coisas!

    Mas se quiseres continuar a ler, lê o Hobbit, depois o Silmarillion, e, por fim, os Contos Inacabados de Númenor e da Terra Média. Os Filhos de Húrin são um bom livro para se ler mais intensamente essa história particular que está praticamente toda inserida nos Contos.
     
  4. Guilherme Thorikan

    Guilherme Thorikan Eu?? Eu não sou um

    Realmente se você for parar para lembrar e saber o que cada nome significa você acaba ficando louco. Mas é o que Torugo disse conforme for lendo mais você vai se acostumando.

    É importante dizer que começe lendo O Silmarillion pra poder ver de onde os nomes vem, mas como você já leu os SdAs não tem problema começa am ler o Silma que fica tudo mais facil.

    Abraço!
     
  5. Excluído045

    Excluído045 Banned

    Pra mim a forma mais fácil foi aprender os idiomas. Quando você começa a ter noções básica de quenya e sindarin, os nomes de pessoas e lugares são apreendidos facilmente porque você associa esses nomes aos seus significados em português. Tipo: as Echoriath é fácil decorar, quando você aprende que Echor é uma palavra sindarin que significa circundantes e que iath significa, em sindarin também, cerca. Logo Echoriath: Cercas Circundantes, Montanhas Circundantes. Fácil.

    Eu conheço o mapa de Beleriand melhor que o mapa da Terra-média. Por que é menor? Não. Porque li o Silmarillion umas 30 vezes e o Senhor dos Anéis umas 6 só? Talvez, ams creio que além das consultas obssessivas aos mapas, minha obssessão amior era decifrar os nomes de pessoas e lugares, aprender sobre os idiomas, um pouco de sua gramática, estrutura, pronúncia e, claro, um amor pelos alfabetos (caracteres Tengwar e runas Cirth).
     
  6. TorUgo

    TorUgo a.k.a. Tortoruguito...

    Mas o teu caso, caiu, é um caso particular de alguém que tem um grande apreço pelas línguas, facilidade em memoriza-las e compreende-las e grande paixão por mapas! Eu também tenho um razoável conhecimento da Terra Média e de Beleriand, porque gosto de mapas e passei muitas horas olhando pra eles! E, ainda assim, sei muito pouco de Sindarim ou Quenya!

    Como eu já disse, os nomes tu decoras normalmente como decoras os nomes de um romance qualquer, a diferença é que os nomes aqui são como se estivesses a ler um livro em russo! É difícil nomes como Piotr Nicholaevich ficarem na cabeça à primeira, mas acabam por ficar! =)

    Isto porque, em casos como os nomes dos Valar, que eu acho que nem sei todos, os nomes não têm um significado definido, que eu saiba... É questão de apreende-los!
     
  7. Excluído045

    Excluído045 Banned

    É, isso depende de cada um, mas ainda acho que a cartografia e a linguística foi o que mais me ajudou a guardar Arda na memória.
     
  8. Excluído028

    Excluído028 Excluído a pedido

    A quantidade de personagens foi uma das dificuldades que eu tive com o Silmarillion. Eu consegui compreender a história razoavelmente somente após a primeira das releituras que fiz. Um fator que me ajudou bastante foi o fascínio que desenvolvi com relação a algumas personagens. Isso me impulsionava a devorar cada palavra, cada letra do que se referia a esses indivíduos.
     
  9. lah feh

    lah feh Usuário

    Bom no inicio pra mim também foi complicado e tudo mais ..
    Mais depois de ler e ir estudando mais as obras de Tolkien Principalmente depois que li o Silmarillion começei a entender um pouco mais ..
    Mais conforme vc vai lendo e discutindo aqui sobre as obras vc vai entendendo mais e mais ..
    è so pegar firme e ler ler ler pesquisar assim vai ficar mais fácil para ter um bom entendimento sobre Tolkien e seu mundo que afinal é Magnifico , tenho certeza de que quando entender vais gostar demais é viciante ..


    ^^
     
  10. Excluído032

    Excluído032 Excluído a pedido

    Ah pra todo mundo no inicio é complicado, me lembro que comprei o Silmarillion, quando fui ler, logo desisti e larguei de mão o livro, bom depois de alguns anos criei coragem e li, ainda me confundo todo, mas o Silmarillion, já esclarece mtas coisas, mas é questão de costume, com vc menos espera,já sabe bastante coisa.
     
  11. Mairon

    Mairon Alquimista Andarilho

    Concordo com que os outros disseram, o melhor depois do SDA é ler o Hobbit e em seguida o Silmarillion, eu tambem diria os Contos Inacabados mas ainda não li então não posso dizer se é bom.
     
  12. Biorn

    Biorn Fiz uns rock's com Iluvatar

    To na metade do Contos Inacabados, e recomendo, é muito bom \o, fala em maior detalhes certas coisas do Silmarillion, mas voce teria que aguentar não ver o final das histórias, pq como diz o titulo são Contos Inacabados xD(Fiquei com raiva quando Tuor chegou no Reino Oculto e a história parou ali mesmo, nao aparecendo sua estadia lá nem mesmo a queda de Gondolin, mas não se pode ter tudo na vida ne xD)
     
  13. Dwimordene

    Dwimordene Usuário

    Olha, eu acredito que quanto mais vc lê, mais se interessa, mais as coisas ficam claras pra você. Assim como se vc ficar um tempão sem ler nada de Tolkien, envolvido em outros assuntos, vc acaba esquecendo e confundindo algumas coisas. O que me ajuda mt, quando estou em uma leitura e acabo me confundindo é o glossário do fim do Contos Inacabados, que apesar de ser bem sucinto, me ajuda bastante. Assim como ler O Silmarillion e o Contos ajuda vc a entender as coisas, e a melhor forma de memorizar é entender.
     
  14. Ahhhh isso eh normal! quando vc começa a ler mais de uma vez vai absorvendo tudo!^^ o silmarillion eu tbm soh consegui pegar bem depois da terceira vez que eu li! e sda eu ja li 5 vezes! e sempre acho alguma coisa que eu naum sabia e deixei passar despercebido!
     
  15. Passo'Gigante

    Passo'Gigante Aran adan

    Eu comecei pelo SDA por causa do filme, depois li o Silmarillion, Filhos de Hurin, Contos Inacabados, e faltame o Hobbit.

    Porque 1º o SDA por causa do filme (faz-nos entrar no "assunto"), depois o Silmarillion para começar do inicio, Filhos de Hurin que enquadra com a historia de Tuor no Silmar, Contos Incabados para "acabar" (lol), Hobbit depois por tambem ser um livro mais leve.
     
  16. Thorin III

    Thorin III Usuário

    Alguém entende todo o mundo real ou qualquer um dos milhões de mundos existentes neste universo infinito?Não, e arrisco dizer que não conhecemos nem sabemos metade sobre nós mesmos e metade do mundo que vivemos,e uma parte insignificante sobreo que há além dele.

    Tolkien não criou um mundo para ser entendido, e sim para ser lido e descoberto, e eu acho até muito interessante não saber tudo sobre alguma coisa, pois sempre teremos de aprender mais e nunca ficar acomodados.
     
  17. Penelope

    Penelope Usuário

    David, não te desanimes em relação às leituras. Essa sensação de confusão e dificuldade é natural no início, mas não é nada que você não possa absorver a medida que imerges na história, conheces os personagens e participa de discussões sobre as obras.
    Vi que tu não mencionou O Hobbit no teu post. Bem, acredito que O Hobbit, além de ser um livro adorável, é fundamental para acompanhar a narrativa de SdA com mais clareza.
    Tu já assistiu aos filmes? Esta também é uma boa alternativa para te ajudar a compreender e visualizar os eventos. :joinha:

    A dica do TorUgo é essencial. Eu também vivenciei essa situação que o TorUgo exemplificou e, quando me registrei no fórum, ainda não havia lido O Silmarillion, e por isso, ficava alheia à uma série de discussões.
    Assim que iniciei a leitura, tive um pouco de dificuldades sim para assimilar tantos personagens, mas nada que uma revisadinha em páginas anteriores não resolvesse.
    Eu consultava o tempo todo o glossário no final do livro, mas não recomendo que faças isso, porque ele é cheio de spoilers e acaba estragando as surpresas da história. :lol:
    Enfim, tu vais perceber uma série de relações entre personagens e eventos, que até então te eram complicados. :yep:
    Espero que tenhas uma boa leitura e que possa ter te ajudado. :)
     
    Última edição: 25 Jul 2009
    • Ótimo Ótimo x 2
  18. Elring

    Elring Depending on what you said, I might kick your ass!

    Não desanima! Quando assisti aos filmes, meu primeiro impulso foi o de adquirir a trilogia, mas um amigo meu já tinha lido O Silmarillion e me aconselhou a começar por ele para não ficar perdido. Podes terminar eles tranquilamente e sem stress quanto aos nomes. Garanto que, quando começares a ler O Silma, tuda a história ficará mais fácil e terás uma visão mais ampla de toda a T-m e suas Eras.
     
  19. Yehonatan

    Yehonatan My Redeemer Lives!

    Uma comparação da qual eu gosto muito é a do Silmarillion com a Bíblia. Em ambos os livros, há tanta história que vc tem que ler sabendo que toda vez que você reler vai (re)encontrar algo que não lembrava. Realmente não dá pra pegar tudo do Silma da primeira vez que se lê, mas persevere que vale a pena :joinha:
     
  20. Excluído045

    Excluído045 Banned

    Tuor? Não é o Túrin não? Filhos de Húrin? Túrin e Nienor.

    Uma comparação válida no que se refera à estilística, à complexidade narrativa e, claro, uma overdose de referências geológicas, histórico-geográficas, filosófico-teológicas, etc. Mas acaba aí.

    Comparar os textos não dá quando nos referimos a religião. É uma ofensa ficar pensando nas obras de Tolkien como um espelho do cristianismo, ele detestava esse tipo de insinuação, de ficarem fazendo comparações entre sua obra e textos sagrados, chamando SdA de alegoria. Há grande influência mitológica na forma desses contos e religião passa longe aqui, mesmo no Ainulindalë.

    Quanto aos Contos Inacabados eu comecei ontem à noite, estou na parte do encontro de Tuor e Voronwë, após o encontro do filho de Huor com Ulmo nas praias de Nevrast. O que me chamou a atenção foi a Introdução, por Christopher Tolkien, sobre como foram expostas os textos, suas formas inacabadas, diferentes versões e notas do autor, do editor e o grande trabalho editorial. É um livro em que os contos parecem ser de natureza puramente narrativa, sem muito de filologia, exceto no que toca ao nome de Galadriel. Recomendo sua leitura por último, depois do Silma e do SdA.
     

Compartilhar