1. Caro Visitante, por que não gastar alguns segundos e criar uma Conta no Fórum Valinor? Desta forma, além de não ver este aviso novamente, poderá participar de nossa comunidade, inserir suas opiniões e sugestões, fazendo parte deste que é um maiores Fóruns de Discussão do Brasil! Aproveite e cadastre-se já!

Dismiss Notice
Visitante, junte-se ao Grupo de Discussão da Valinor no Telegram! Basta clicar AQUI. No WhatsApp é AQUI. Estes grupos tem como objetivo principal discutir, conversar e tirar dúvidas sobre as obras de J. R. R. Tolkien (sejam os livros ou obras derivadas como os filmes)

Ministério Público pede o afastamento da governadora do RS

Tópico em 'Atualidades e Generalidades' iniciado por Kainof, 7 Ago 2009.

  1. Kainof

    Kainof Sr. Raposo

    Nesta quarta-feira 05/08/09, integrantes do Ministério Público Federal, em entrevista coletiva, apresentaram documento de mais de 1200 páginas fruto da operação Rodin que investigava desvios do Detran. Foi instaurada ação civil por improbidade administrativa contra a Governadora do Rio Grande do Sul, Yeda Crusius, e mais oito acusados.

    Fonte:
    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)


    A notícia caiu como uma bomba no cenário político estadual. Parece que instantaneamente governo e oposição se movimentaram ou para defender-se ou para intensifcar os ataques.

    O governo nunca manteve uma coesão durante a gestão Yeda. Ocorreram diversos desentendimentos públicos entre a governadora (PSDB) e seu vice, Paulo Feijó (Dem). Vários secretários deixaram seus cargos, e os confrontos entre Yeda e o sindicato de professores estaduais são frequentes e intensos. Manifestações contra o governo e pedidos de impeatchment pululam na frente do Piratini ou mesmo em frente à casa da governadora. O momento que já não era dos mais agradáveis, parece que descambou de vez.
    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)


    Em nota de esclarecimento oficial no mesmo dia 05/08, o Palácio do Piratini, sede do governo estadual, rebateu:

    Fonte:
    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)


    O cenário político cá no estado pampeano está tenso, compatriotas!

    Não entendo exatamente os meandros políticos e jurídicos do caso, então se alguém entendido/informado puder esclarecer aos burraldos de plantão, agradecemos. :g:

    Sei não, mas não creio que o MP faria tal pronunciamento e tal pedido, que inclui afastamento de Yeda do governo e bloqueio de bens, entre outras providências requeridas, sem provas contundentes.

    Críticas producentes ou manipulação partidária do Ministério Público como afirmam os acusados e a Casa Civil, é o que esperamos que seja apurado justamente durante o processo.
     
  2. Elring

    Elring Depending on what you said, I might kick your ass!

    O máximo que pode acontecer é a Governadora ser convocada para prestar depoimento em uma CPI, caso abram uma. Até hoje nunca vi político por estas plagas ser punido com perda de mandato. Se um deputado foi absolvido de ter construído um castelo, mesmo com o flagrante de fotos e valores, não será agora que vão conseguir derrubar um Governo em reta final. Basta alguém discursar sobre a ingovernabilidade que pode afetar ainda mais o comério e blá, blá, blá... pronto! Ninguém mais vai lembrar de tal acusação sobra a ilustríssima Governadora.
     

Compartilhar