1. Caro Visitante, por que não gastar alguns segundos e criar uma Conta no Fórum Valinor? Desta forma, além de não ver este aviso novamente, poderá participar de nossa comunidade, inserir suas opiniões e sugestões, fazendo parte deste que é um maiores Fóruns de Discussão do Brasil! Aproveite e cadastre-se já!

Dismiss Notice
Visitante, junte-se ao Grupo de Discussão da Valinor no Telegram! Basta clicar AQUI. No WhatsApp é AQUI. Estes grupos tem como objetivo principal discutir, conversar e tirar dúvidas sobre as obras de J. R. R. Tolkien (sejam os livros ou obras derivadas como os filmes)

Logorama, 2009

Tópico em 'Cinema' iniciado por Goba, 26 Jul 2010.

  1. Goba

    Goba luszt

    Logorama (idem, 2009)

    Este curta-metra de animação de 2009, vencedor do Oscar de 2010 de melhor curta-metragem de animação, pinta de maneira quase expressionista o desespero consumista que nos assola há quase um século, e vem piorando.

    Mais informações [ame="http://en.wikipedia.org/wiki/Logorama"]aqui[/ame].

    No Vimeo:

    [ame="http://vimeo.com/10149605"]Logorama[/ame]

    No YouTube:

    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)
     
    Última edição por um moderador: 6 Out 2013
  2. Vëon

    Vëon Do you know what time it is?

    Bem foda. Será que tiveram que pagar/pedir autorização por todas as marcas registradas que aparecem ali ou nem precisa fazer isso?
     
  3. Goba

    Goba luszt

    Fiquei me perguntando a mesma coisa, não sei como funciona o copyrigth de logomarcas. Me parece difícil que eles tenham que ter pago pelo uso de tudo ali, seria uma fortuna, mas talvez uma autorização... Ainda mais porque a exposição de algumas marcas é bem negativa.
     
  4. Vëon

    Vëon Do you know what time it is?

    Foi justamente pela exposição negativa que eu fiquei na duvida. Pagar pra trocentas empresas é inviável e difícil acreditar que o McDonald's autorizaria aquilo pagando ou não.
     
  5. ExtraTerrestre

    ExtraTerrestre Usuário

    Se eu não me engano e pelas minhas observações, lá nos Estados Unidos eles são surpreendentemente muito mais tolerantes com a questão do uso de logomarcas por terceiros sem prévia concessão de direitos por parte do detentor, a não ser que seja para falsificar, para dizer que algum produto tenha aquela marca.

    Tanto que a Wikipédia em português não coloca as logos nos artigos sobre a empresa, ao contrário da em inglês.

    Eu acho que deveria funcionar assim. Desde que eu não use a marca para falsa promoção (o que inclui outras situações, como dizer que uma festa está patrocinada por tal empresa e não está), não há problema algum.
     

Compartilhar