1. Caro Visitante, por que não gastar alguns segundos e criar uma Conta no Fórum Valinor? Desta forma, além de não ver este aviso novamente, poderá participar de nossa comunidade, inserir suas opiniões e sugestões, fazendo parte deste que é um maiores Fóruns de Discussão do Brasil! Aproveite e cadastre-se já!

Dismiss Notice
Visitante, junte-se ao Grupo de Discussão da Valinor no Telegram! Basta clicar AQUI. No WhatsApp é AQUI. Estes grupos tem como objetivo principal discutir, conversar e tirar dúvidas sobre as obras de J. R. R. Tolkien (sejam os livros ou obras derivadas como os filmes)

Invasão do "politicamente correto" em Agatha Christie

Tópico em 'Generalidades Literárias' iniciado por Leonardo Pastor, 6 Mar 2009.

  1. Leonardo Pastor

    Leonardo Pastor Usuário

    O famoso livro "O Caso dos Dez Negrinhos", de Agatha Christie, está sendo vendido agora com outro nome. Sim, isso mesmo, mudaram o nome do romance para ficar "politicamente correto". O título agora é "E não sobrou nenhum", publicado pela Globo de Bolso.

    Mas há algo curioso. Logo abaixo do novo nome, na capa, a editora escreveu "Anteriormente publicado como O Caso dos Dez Negrinhos". Se a intenção é mudar o nome, por que colocar também o anterior?

    Eis uma explicação: nos Estados Unidos, devido justamente ao "niggers" no título, resolveram modificá-lo e utilizar "And Then There Were None". Lá, portanto, o famoso livro da escritora britânica é conhecido por esse nome. Basta, por exemplo, vereficar na Amazon.

    Resultado: a Editora Globo resolveu seguir a estupidez do politicamente correto dos estadunidenses.

    (publicado no
    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)
    -> http://www.viscerasliterarias.com/2009/03/invasao-do-politicamente-correto-em.html )
     
  2. Anica

    Anica Usuário

    Na verdade não acredito que tenha exatamente a ver com seguir ao politicamente correto norte-americano. Desde 1985 os ingleses também usam "And then there were none", e por causa das adaptações para teatro, cinema, tv e afins ele ficou como o mais conhecido em inglês. O que aconteceu é que a Editora Globo deve ter resolvido padronizar a tradução e deixá-la o mais próximo possível do original.

    É tipo I am Legend, que em primeiras edições no Brasil era "A última esperança sobre a terra" mas na edição que veio depois do lançamento do filme se aproximou do título original, com "eu sou a lenda".

    Não vou negar que exista uma certa preocupação com o politicamente correto, embora seja interessante observar que a primeira vez que o título foi publicado nos Estados Unidos foi em 1940, quando ainda não existia a cultura do processo muito menos do politicamente correto no país, quanto mais a preocupação com os negros.
     
  3. imported_Raphael

    imported_Raphael Usuário

    Parece-me que é mais um caso escrachado de censura politicamente correta ( que não está restrita aos “estadunidenses”). Se houvéssemos traduzido o título por aqui como “O Caso dos Dez Crioulinhos” – ainda que não dê para comparar crioulo com nigger – provavelmente muita gente também teria feito barulho.

    Não li o livro, portanto não posso dizer se o nome da obra é pertinente a sua história. Em todo caso, penso que isso é irrelevante. Nada justifica a mudança do original, até por uma questão histórica. Ofensivo por ofensivo, não só títulos, como livros inteiros de três ou quatro décadas atrás precisariam ser reescritos.
     
  4. Anica

    Anica Usuário

    Volto a insistir: o título atual é "And then there were none" tanto na inglaterra quanto nos estados unidos. E a inglaterra não seguiu o politicamente correto, mas o mercado: o livro era mais conhecido pelo título norte-americano, porque saíram mais releituras norte-americanas em outras mídias. Sujeito entra na livraria e pede "And then there were none", eles não têm, o que acontece? Não vendem.

    O fato de no Brasil adotarem o título que é está sendo usado no original (repetindo: tanto na inglaterra quanto nos estados unidos) me parece muito mais um cuidado do tradutor do que um caso de politicamente correto. BTW, acho engraçado que todo mundo enche a boca para falar de absurdos de tradução de títulos e quando a editora se propõe a seguir o original, aí começam com essa balela de politicamente correto, fala sério.

    Era. Mas o texto também foi alterado.

    Bom, antes de atirarmos pedras e alegarmos que a mudança foi por ser ofensivo (e tanto você quanto o Leonardo estão colocando isso como um fato, quando não o é), talvez valha a pena saber a razão da mudança. Volto a repetir: o título (e o texto) foram primeiramente alterados em 1940. Negros eram lixo para a sociedade norte-americana, eu duvido que eles dariam a mínima para quem estavam ofendendo ali ou não (da mesma forma que a Agatha ao escrever o livro).

    Resumindo: eu também odeio a cultura do politicamente correto, mas sinceramente não acho muito razoável criticar atitudes de uma editora sem conhecer todo o contexto da história.
     
  5. imported_Raphael

    imported_Raphael Usuário

    Você sabe dizer por que da alteração, Ana? Sua explicação no primeiro parágrafo para a mudança na Inglaterra é razoável e faz sentido.
     
  6. LucasCF

    LucasCF Usuário

    Olha, eu não li o livro, mas pelo que me parece esse título conta o final, não é não?


    hehe. Gostei do que
    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)
    falou:

    O
    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)
    não gostou muito dessa história:

    É quem sabe reescrevendo o passado, não cria-se uma sociedade livre de defeitos para os futuros cidadãos né? :P


    edit:
    http://cantodojota.blogspot.com/2009/02/o-caso-dos-dez-negrinhos-ou-dos-dez.html
    mais gente indignada. na verdade tem muita gente indignada. :P
     
  7. imported_Raphael

    imported_Raphael Usuário

    O Reinaldo Azevedo teve a mesma reação que pessoas contrárias à hipocrisia politicamente correta costumam ter. Foi a primeira impressão que eu tive também ao ler a mensagem do Leonardo. No entanto, a explicação da Anica sobre uma exigência puramente de mercado (procura)fez sentido – se for mesmo esse o ocorrido.

    Ainda assim, se o Azevedo diz que foi uma “exigência contratual” no caso aqui do Brasil, a história muda um pouco. Seria interessante saber o porquê dela.

    Sobre reescrever o passado, Lucas. Só serviria para tropeçarmos ainda mais no futuro.
     
  8. LucasCF

    LucasCF Usuário

    ele só errou em dizer que negro não tem a mesma conotação racista que lá. aí depende do jeito que você falar.

    e eu sei, tô só zuando o que tão falando, e o que tão fazendo. :D
     
  9. Leonardo Pastor

    Leonardo Pastor Usuário

    Anica, o título original, dado por Agatha Christie, é Ten Little Niggers. Foi publicado assim pela primeira vez na Inglaterra. E, inclusive, existem edições lá, hoje, que usam este título (basta dar uma pesquisada por "Ten Little Niggers" na busca no Amazon.co.uk).

    A questão não seria um "politicamente correto" da década de 40 nos Estados Unidos, até porque a mudança pode ter ocorrido muito mais por preconceito - o mercado estadunidense não aceitando um livro de título com a palavra "negros". O fato é que, mesmo o título original sendo Ten Little Niggers, mesmo o nome já popular de O Caso dos Dez Negrinhos aqui no Brasil, por que mudar, agora, o título?
     
  10. Clara

    Clara Que bosta... Usuário Premium

    Bom, pelo que me lembro da história...
    eram dez pessoas numa ilha e havia as estátuas de dez negrinhos, em cima de uma mesa acho, conforme as pessoas iam morrendo as estatuazinhas iam desaparecendo...
    Como o texto foi alterado?
    O que colocaram no lugar?
    Alguém sabe? Leu o livro com a alteração? Porque eu li esse livro quando ainda se chamava "O caso dos dez negrinhos".
     
  11. LucasCF

    LucasCF Usuário

    Não li esse livro mas pelo que sei sobre alteraram no poema de 'little niggers' para 'little soldier boys'; algo assim...
     
  12. Anica

    Anica Usuário

    Não fui clara no uso do termo original. Seria algo como "o novo original". Sim, foi publicado assim na inglaterra. Mas o padrão, inclusive na inglaterra, é o and there were none. se há edição como ten little niggers ou não isso não é relevante a medida que em qualquer sebo você encontra o caso dos dez negrinhos independente dessa nova edição da globo.

    Como falei antes: por que ao invés de tirar as conclusões você não perguntou para a editora? Me parece mais coerente. Vai que foi traduzido de uma edição cujo título é and there were none? Etc. etc. etc.
     
  13. Breno C.

    Breno C. Usuário

    Então... só li o primeiro post, se eu falar o que alguém já disse, me perdoem.

    Primeiro não acho que exista uma Invasão do "politicamente correto" em Agatha Christie até porque esse foi um caso isolado. Não vou me colocar de um lado em especifico. Para mim o titulo original é leve, só depende mesmo de quem está lendo e interpreta a coisa errado.
    Na verdade o preconceito está muito mais na mente das pessoas do que nos atos alheios. E falo o isso do alto da minha afro descendência!
     
  14. Leonardo Pastor

    Leonardo Pastor Usuário

    Eu já entrei em contato com a assessoria da editora. Ainda estou aguardando resposta.
     
  15. LucasCF

    LucasCF Usuário


    Realmente Anica, acho mais provável que tenha sido alterado justamente porque não queriam no título de um bom livro o nome "negros/niggers" :D
     
  16. Anica

    Anica Usuário

    Não foi bem isso que eu quis dizer no parágrafo que vc citou, então não entendo o "Realmente Anica". :think:
     
  17. LucasCF

    LucasCF Usuário

    É, não era para ter "Realmente". É que o que você falou me fez lembrar essa ideia. Desculpe. :D

    Edit: só falei merda eim.
     
  18. JLM

    JLM mata o branquelo detta walker

    esse "está sendo vendido agora" é de 2 anos pra cá, não? pq o livro q tenho da editora globo de 2007 mantem o título original. basta
    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)
    q fiz qdo li ele.
     
  19. Leonardo Pastor

    Leonardo Pastor Usuário

    JLM,

    Essa edição é de 2009.
     
  20. Leonardo Pastor

    Leonardo Pastor Usuário

    Explicação da editora:

    "O título foi modificado por correção política. Nos Estados Unidos, o livro sofreu acusações de racismo.
    A alteração é uma exigência contratual do agente literário dos herdeiros de Agatha Christie e foi feita em todas as edições do livro, dentro e fora do Reino Unido. O romance, publicado em 1939, é montado em torno de uma canção folclórica inglesa -- "Ten Little Niggers" -- que agora foi substituída por outra, "Then There Were None", sem, no entanto, mudar o enredo. A Globo tomou o cuidado de avisar o leitor, referindo o antigo título na capa para que ele não pense tratar-se de um livro inédito da famosa escritora."


    http://www.viscerasliterarias.com/2009/03/editora-explica-troca-de-titulo-de.html
     

Compartilhar