1. Caro Visitante, por que não gastar alguns segundos e criar uma Conta no Fórum Valinor? Desta forma, além de não ver este aviso novamente, poderá participar de nossa comunidade, inserir suas opiniões e sugestões, fazendo parte deste que é um maiores Fóruns de Discussão do Brasil! Aproveite e cadastre-se já!

Dismiss Notice
Visitante, junte-se ao Grupo de Discussão da Valinor no Telegram! Basta clicar AQUI. No WhatsApp é AQUI. Estes grupos tem como objetivo principal discutir, conversar e tirar dúvidas sobre as obras de J. R. R. Tolkien (sejam os livros ou obras derivadas como os filmes)

Notícias Interlagos deve ficar fora do calendário da Fórmula 1 em 2014

Tópico em 'Esportes' iniciado por Ana Lovejoy, 15 Abr 2013.

  1. Ana Lovejoy

    Ana Lovejoy Administrador

    XANGAI - São Paulo está fora do calendário da Fórmula 1 em 2014. E dependendo da evolução dos fatos, o Brasil também ficará. É o que afirmou Bernie Ecclestone, promotor do Mundial, ao Estado neste domingo em Xangai em entrevista exclusiva. “As promessas de reforma de Interlagos não foram cumpridas. Agora, chega. Não fosse a relação antiga e os sentimentos que me ligam ao Brasil, a Fórmula 1 já não estava mais lá.”

    Há muito Ecclestone vem exigindo da Prefeitura de São Paulo a adequação do autódromo às necessidades atuais da Fórmula 1. “O traçado é um dos melhores do mundo, com certeza. Mas a estrutura à disposição do público e das equipes é a pior do calendário. Não é preciso ser como isto aqui (o circuito chinês), mas deve atender às nossas necessidades operacionais.”

    O dirigente inglês, que levou a Fórmula 1 para o Brasil em 1972, disse que se colocou numa situação difícil com sua condescendência em relação à prova de São Paulo. “Não podemos mais cobrar nada dos outros autódromos com Interlagos ano após ano mantendo-se como está. Os demais administradores sabem o que é Interlagos, isso nos desmoraliza.”

    Segundo Ecclestone, os representantes das equipes dizem que não há espaço para guardar as panelas e os alimentos, e que as reuniões têm de ser feitas dentro dos boxes por causa da ausência de salas, dentre outros constrangimentos. “Nem em pistas de rua, como Mônaco, Melbourne e Montreal, enfrentamos essas dificuldades.”

    A equipe do ex-prefeito Gilberto Kassab realizou um projeto, definido junto com integrantes da FIA, para reestruturar o autódromo com a criação de nova área de boxes, salas, banheiros e paddock no início da Reta Oposta. Tudo segue o padrão de exigência da entidade. E incluiu o valor da obra, estimado em R$ 120 milhões, no orçamento da Prefeitura deste ano.

    O atual prefeito, Fernando Haddad, contudo, não iniciou os trabalhos. “Este ano não espero mudanças. Mas se o autódromo não estiver na condição que a Fórmula 1 necessita em 2014 não iremos a São Paulo”, garante Ecclestone.

    O Brasil está fora, então, do calendário? “Se até antes da definição do calendário não tivermos garantias de o autódromo estar como exige a Fórmula 1, sim. Não vamos sequer usar o tradicional asterisco de ‘sujeito a melhorias no autódromo’. Temos de saber já antes, de São Paulo ou outra cidade do Brasil.” A primeira versão do calendário é distribuída, em geral, no fim de julho.

    SANTA CATARINA DE OLHO
    Ele diz ter alternativas a São Paulo. “Estive antes do Natal em Santa Catarina e confesso ter ficado impressionado com a disposição daquela gente em levar adiante o projeto de nos receber lá.” A convite do governador do Estado, Raimundo Colombo, e um grupo de empresários, Ecclestone viu de perto o que seria feito caso aprovasse a mudança do local do GP do Brasil.

    “Acredito que se der o sinal verde eles iniciam imediatamente as obras. E o Rio de Janeiro também me procurou, mas lá seria um pouco mais difícil.”

    No caso de Santa Catarina, seria construído um autódromo concebido pelo arquiteto de quase todos os circuitos mais recentes do calendário, o alemão Herman Tilke, na cidade de Penha, no litoral Norte, integrado ao Parque Beto Carrero.

    Essa mesma disposição de criar as condições para receber a Fórmula 1 Ecclestone disse não sentir nas autoridades de São Paulo.

    “Cansei das promessas. Fui informado de que a cidade não vai fazer parte da Copa das Confederações porque o estádio não estará pronto. Com a Fórmula 1 acontecerá o mesmo.”

    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)
     
  2. Paraíba Hi-Tech

    Paraíba Hi-Tech Cabra Arretado

    O Brasil tem economia de 1° porte, mas investimentos que não chegam nem perto do que o país poderia suportar.
    Em algum lugar esse dinheiro todo se escoa...
    E não venham me dizer que é em educação, saúde ou projetos sociais!
     
  3. Fúria da cidade

    Fúria da cidade ㅤㅤ ㅤㅤ ㅤㅤ

    Interlagos tem história, é um autódromo clássico, mas exige manutenção constante e cara.

    E depois que surgiram esses super autódromos asiáticos que tem uma estrutura impecável as exigências subiram porque Interlagos hoje está muito atrás deles.

    Todo ano se gasta uma fortuna com recapeamento e nunca fica bom. Melhor gastar o sagrado dinheiro público nas ruas da Zona Leste que pelo menos acabaria com grande parte dos buracos e muitos vão agradecer

    Se não der pra Interlagos, tomara que outro estado mais preparado possa receber a F1 e assim permanecer no Brasil.
     
  4. Neithan

    Neithan Ele não sabe brincar. Ele é Mito

    Tem o melhor traçado da F1, IMO.

    Mas é foda esse atraso mesmo. O povo tem que se mexer. Perder Interlagos seria triste.
     
  5. Thor

    Thor ἀλήθεια

    Já faz alguns anos que ouvi um boato que o Aécio Neves e o Luciano Huck teriam comprado diversos lotes em uma região de Belo Horizonte, pois iriam construir um mega autódromo por lá, e consequentemente o valor dos lotes iriam multiplicar. Se for verdade, tomara que pelo menos seja com dinheiro privado, e não com dinheiro do estado.
     
  6. Vëon

    Vëon Do you know what time it is?

    Com o lobby de Santa Catarina e a inércia de São Paulo, é bem capaz mesmo.
     
  7. Thor

    Thor ἀλήθεια

    Aqui:
    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)


    Essa matéria fala de um autódromo internacional, que será construído próximo a Belo Horizonte, e que já irá receber a Moto GP em 2014.
     
  8. Ranza

    Ranza Macaco

    Pq não privatiza Interlagos?
    Vende pra alguém que gostaria de manter ele nas condições da FIA.
     
  9. Knolex

    Knolex Well-Known Member In Memoriam

    Acho interessante esse negócio de levar esses grandes eventos para lugares pouco conhecidos do Brasil. Ajudar a espalhar pra mais lugares a visibilidade do país, ao mesmo tempo em que não sobrecarrega a estrutura e os investimentos das principais cidades, que por si só já costumam ter um calendário bem rico de eventos.

    Pra SP, perder a F1 não vai realmente fazer muita falta, mas pra Penha seria transformador entrar no circuito.
     
  10. Fúria da cidade

    Fúria da cidade ㅤㅤ ㅤㅤ ㅤㅤ

    Isso é uma coisa que na minha opinião deveriam ter feito há muito tempo. Fazer uma concessão a uma grande empresa investir e modernizar e não usar dinheiro público.

    Dormiram no ponto.
     
  11. Como, não vai fazer falta? É o segundo maior evento do ano em termos de renda para a cidade!
     
  12. Ana Lovejoy

    Ana Lovejoy Administrador

    se dá tanta renda assim já deveriam ter se coçado para arrumar o autódromo há eras, né. há anos e anos (e bota anos) escuto essa conversa de ter que fazer melhorias para continuar no calendário, e sempre é só remendo, enquanto isso vão surgindo uns autódromos fodas lá fora que aumentam ainda mais o nível de exigência da coisa. se querem mesmo manter a f1, estão comendo uma bola gigante.

    sobre ser em penha, eu só acharia ruim porque interlagos é um circuito de traçado bom, daqueles que permitem ultrapassagem não só nos boxes e vira e mexe dá corrida emocionante. mas o autódromo de penha ainda não foi construído, então nada impede que seja tão bom quanto ou ainda melhor. além disso, fica mais perto aqui de curitiba hehehehhe dá até para fazer esquema de bate e volta só no domingo, o que para são paulo fica meio inviável. penha também é mais tourist friendly: não é uma cidade gigante como são paulo e já está acostumada com volume grande de gente chegando lá por causa do parque do beto carreiro (ao contrário de são paulo, que convenhamos, tem todas as suas belezas e comodidades de uma cidade grande, mas é bem complicada para alguém que vem de fora). isso para não falar do que o knolex já comentou:

    Ah, e vale lembrar que o litoral catarinense caiu nas graças dos gringos atualmente, ao ponto de alguns pilotos passarem uns dias em Jurerê logo depois do GP de São Paulo. Aposto que haveria um grande apoio por parte deles para Penha também. Eu acho que o principal porém seria a falta de um Hospital Grande por perto (por grande quero dizer "nos padrões do Albert Einstein"), deve ser o tipo de coisa que entra no pacote das exigências de segurança.

    enfim, eu acho que se sentirem que o bernie não tá brincando e resolverem se coçar será ótimo. mas se mudarem para penha, eu acho que será ainda melhor. só não acho que será o fim da f1 no brasil como algumas pessoas estão comentando. talvez uns anos sem corrida aqui (seja para reforma de interlagos, seja para construção de um novo autódromo), mas não acho que abririam mão de uma prova no nosso país tão fácil assim.
     
  13. Fúria da cidade

    Fúria da cidade ㅤㅤ ㅤㅤ ㅤㅤ

    Outro ponto a favor do lobby de Penha é que o Desafio Internacional das Estrelas que é aquela prova de Kart que o Massa organiza todo ano como confraternização de pilotos, aconteceu recentemente pela primeira vez lá e foi bem elogiado pelos pilotos que lá correram. É claro que brincar de kart é uma coisa e correr de F1 é outra.

    Já pra F1 o detalhe de em Penha não ter um grande hospital por perto em caso de um acidente grave não seria um grande problema se houver algum que possa dar a maior assistência possível em alguma cidade estrututada mais próxima. Quando o Senna se acidentou gravemente em Ímola ele foi levado de helicóptero pra Bologna que está a mais de 100km de distância. Em Spa-Francorchamps que ocorre entre cidades bem minúsculas do interior da Bélgica quando tem GP lá se precisar de estrutura médica de ponta também tem que viajar pra mais longe. Magny Cours no interiozão da França idem.
     
    Última edição: 16 Abr 2013
  14. Knolex

    Knolex Well-Known Member In Memoriam

    É o segundo maior, mas é apenas um entre milhares de eventos grandes. Pode ser um valor alto, mas no montante total não representa tanto assim.

    E se representasse, certamente já teriam resolvido as questões do autódromo, como a Anica falou.
     
  15. Fúria da cidade

    Fúria da cidade ㅤㅤ ㅤㅤ ㅤㅤ

    Exato até porque o que Sampa ganha com a F1 muito se dilue com que tem que gastar com as constantes e caras reformas.

    Até o evento da Fórmula Indy já vem tendo a sua viabilidade discutida. Se bobear é outro que após o término de contrato poderá não ser renovado.
     
  16. Paraíba Hi-Tech

    Paraíba Hi-Tech Cabra Arretado

    O problema lá é crônico! E não me iludo em achar que deixará de ser, se a corrida for transferida pra Penha, BH ou Cafundó do Judas.
    Por dois motivos principais:

    1- O empresariado brasileiro, antes de investir em uma concessão pública, sempre contabiliza o quanto o Estado vai lhe "oferecer" em obras de pouco interesse público, licitações fraudulentas ou isenções tributárias exageradas. Eles não querem realmente transformar um emprendimento deficitário em rentável. Via de regra, eles querem pegar um negócio deliberadamente sucateado e ganhar os louros da sua reestruturação, que na verdade foi financiada pelo nosso próprio dinheiro. No exterior, os governos são menos permissivos quanto a isso. O empresário reduz o seu lucro e ainda assim torna o negócio viável. O resultado é que todos ganham, governo, população e iniciativa privada. E como dizem por aí: um negocio só é bom, se for bom pra todas as partes!

    2- A situação de Interlagos não é recente. Os gestores já foram avisados há muito tempo! Mas a cultura deles é sempre de remediar e não de previnir. Quando se trata de um grande evento como esse, o amadorismo não tem mais lugar. Ou você se torna pro ou será excluído do clubinho dos pros! Simples assim... Como disse antes, nós temos capacidade e mercado pra um evento desse, mas o governo não investe o que deve não porque não tem o dinheiro ou porque não valha a pena usá-lo pra isso. O investimento não chega porque ele é desviado descaradamente!

    Um motivo tá intimamente ligado ao outro. E eles se sustentam num círculo vicioso tenebroso.
    Mas como rompê-lo no país dos malufs, tiriricas e felicianos?
    Minha dica: se você nunca foi a uma corrida de F-1 em Interlagos, vá esse ano!
     
  17. Ana Lovejoy

    Ana Lovejoy Administrador

  18. Elessar Hyarmen

    Elessar Hyarmen Senhor de Bri

    Parece que Ecclestone voltou atrás na decisão.
     
  19. Fúria da cidade

    Fúria da cidade ㅤㅤ ㅤㅤ ㅤㅤ

    É porque o prefeito Haddad já informou a imprensa que as obras vão começar e todas as exigências serão atendidas. Ouvi isso no rádio anteontem. Gastança de $$$ público a toque de caixa a vista.
     
    Última edição: 25 Abr 2013
    • Gostei! Gostei! x 1
  20. Elessar Hyarmen

    Elessar Hyarmen Senhor de Bri

    Eu só acho que é um descaso da FIA ter um unico premio de fórmula 1 na América do Sul, justamente pela história automobilista dos sul-americanos na F1.

    Aqui no continente tem espaço para mais uns dois grandes premios. Poderiam criar o Grande Prêmio da América do Sul e voltar com o GP da Argentina.

    E podiam voltar com o GP da Africa do Sul.
     

Compartilhar