1. Caro Visitante, por que não gastar alguns segundos e criar uma Conta no Fórum Valinor? Desta forma, além de não ver este aviso novamente, poderá participar de nossa comunidade, inserir suas opiniões e sugestões, fazendo parte deste que é um maiores Fóruns de Discussão do Brasil! Aproveite e cadastre-se já!

Dismiss Notice
Visitante, junte-se ao Grupo de Discussão da Valinor no Telegram! Basta clicar AQUI. No WhatsApp é AQUI. Estes grupos tem como objetivo principal discutir, conversar e tirar dúvidas sobre as obras de J. R. R. Tolkien (sejam os livros ou obras derivadas como os filmes)

Guerra Mundial Z (World War Z, 2013)

Tópico em 'Cinema' iniciado por JLM, 13 Nov 2012.

?

Sua nota para o filme.

  1. 10

    0 voto(s)
    0,0%
  2. 9

    9,1%
  3. 8

    27,3%
  4. 7

    18,2%
  5. 6

    27,3%
  6. 5

    18,2%
  7. 4

    0 voto(s)
    0,0%
  8. 3

    0 voto(s)
    0,0%
  9. 2

    0 voto(s)
    0,0%
  10. 1

    0 voto(s)
    0,0%
  11. 0

    0 voto(s)
    0,0%
  1. JLM

    JLM mata o branquelo detta walker

    praticamente 1 the running dead. alguém sabe se é baseado em algum livro?

    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)
     
    Última edição por um moderador: 5 Out 2013
  2. Felagund

    Felagund Well-Known Member

    Re: World War Z (EUA, 2013)

    É baseado no livro homônio, dizem que é muito legal, eu nunca li.

    Mas sei lá, eu não curto muito zumbi que corre, acho que num cenário desse o mundo acabava em 2 dias.
     
  3. Ana Lovejoy

    Ana Lovejoy Administrador

    Re: World War Z (EUA, 2013)

    sim, é baseado em um livro. o melhor livro de zumbi que já li. e provavelmente será uma porcaria como adaptação.

    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)
     
    • Gostei! Gostei! x 1
    • LOL LOL x 1
  4. JLM

    JLM mata o branquelo detta walker

    Re: World War Z (EUA, 2013)

    pelo trailer dá p ver se foge mto do livro, anica?
     
  5. Mohanah

    Mohanah Usuário

    Re: World War Z (EUA, 2013)

    Do livro só tem o nome mesmo, pelo que deu para ver nesse trailer. Acho que o livro mesmo só funcionaria como uma série de TV. Enfim, mais um filme de zumbi genérico para faturar com a modinha TWD.
     
  6. Ana Lovejoy

    Ana Lovejoy Administrador

    Re: World War Z (EUA, 2013)

    então, foi como comentei com alguém no facebook: lembro que quando vi o trailer de the road pensei "poutz, vão fugir completamente do enredo original só para deixar o filme palatável" - e aí quando vi foi foda, uma das minhas adaptações favoritas (em grande parte por causa da atuação do viggo). pode ser que o mesmo aconteça com o world war z: o trailer acabe sendo "negativamente" enganoso, digamos assim. mas pelo menos no que aparece ali deu a entender que eles focam em uma personagem só, mostrando linearmente a história, sem aproveitar a sacada do brooks que é construir a história a partir de diversos relatos (e cada relato de uma parte diferente do mundo, incluindo aí até o brasil). enfim, parece que transformaram a ideia de "como foi a guerra z" para "como um cara só para proteger a família venceu a guerra z".

    se eu fosse fazer o filme, faria como um mockumentary. seria MUITO FODA. mas assim, como filme de ação, blé.
     
    • Gostei! Gostei! x 1
  7. Tisf

    Tisf Delivery Boy

    Sendo otimista com que vi no trailer, talvez tenham colocado a história do Brad Pitt no trailer apenas como chamariz pro público ahahahah
     
    • Gostei! Gostei! x 1
  8. Ana Lovejoy

    Ana Lovejoy Administrador

    mas concorda que a quantidade de relatos tornava possível um filme cheio de gente famosa tipo love actually, né?
     
  9. Raphael S

    Raphael S Desperto

    Well, apesar de eu não ter visto zumbis nesse trailer, o que já é assustador, eu consegui um triple win neste tópico.

    Porque sei que tenho um filme novo de zumbis pra ver, porque sei que mesmo se eu não gostar terei um livro incrível pra ler, e porque achei OZ O Grande e poderoso após o trailer, não sabia que tinham feito uma versão moderna, mesmo que seja pré história do livro. Essa disney.
    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)

    Não pera...LSD

    By Raphael S
    The Mage of Oroz
     
    Última edição por um moderador: 5 Out 2013
    • Fail Fail x 2
    • LOL LOL x 2
    • Gostei! Gostei! x 1
  10. Calib

    Calib Visitante

    o que esperar de um filme assim?

    tem zumbi: bacana. tenho esperança.

    tem brad pitt com sua cara de cão sem dono: putz, lá vem merda...


    estou numa encruzilhada. verei o filme, sim; não sei se no cinema.
     
  11. Siker

    Siker Artista Comercial / Projetista Gráfico

    O fator adaptação é complicado, se não for para ser fiel ao livro, pra que adaptar? A intenção é fazer apenas uma releitura? Não teria como criar uma história original sem que ficasse muito parecida com a do livro?
    Eu não sei o porque escolhem fazer certas adaptações de certas formas, mas deixando isso de lado e vendo a produção apenas como um filme, parece ótimo.

    Por um momento os zumbis me lembraram a luta do Neo com os infinitos Agentes Smith, espero que não utilizem tantos efeitos desse tipo...
    E sobre zumbis correndo, eu gosto, traz mais adrenalina e realidade, afinal pessoas que acabaram de morrer e se tornaram zumbis não tem motivos para andar lentamente.
     
  12. Ana Lovejoy

    Ana Lovejoy Administrador

    né. se bobear tem muito mais filme de zumbi que corre do que filme de zumbi lerdo. aliás, acho que até nos mais recentes do romero os zumbis dele correm. eu não vou entrar no mérito científico da coisa pq bem, zumbis, isso requer suspensão da credulidade e talz. mas é evidente que dá muito mais emoção o cara fugir de monstros que podem alcançá-lo do que dos que ficam só se cambaleando pelas ruas. então por mim zumbis que correm não são problema. problema mesmo é em uma adaptação tirarem exatamente o que faz do livro algo superior aos demais. assim: É ÓBVIO que adaptação nunca é a mesma coisa. eu já passei da fase de ser fã xiita que fica procurando pelo em ovo só pra dizer que o livro é melhor e mimimi. stardust do gaiman, por exemplo, tem nada a ver e mesmo assim eu me diverti. mas o que acontece (aparentemente, enfatizo de novo que pelo trailer não dá para ter certeza) no caso do world war z é que eles pegam a sacada genial do brooks de história montada em relatos para transformar na história do brad pitt. nada contra o pitt, curto o cara e blablabla, mas as chances de ser uma cagada como no caso de eu sou a lenda*, é bem grande.


    _____
    *eu chorei na cena do cachorro, eu fiquei tensa, etc. mas eu sou a lenda do will smith tem NADA a ver com o livro do matheson em termos de ambientação e mesmo na conclusão da história (que faz o livro do matheson ser tão legal).
     
    • Gostei! Gostei! x 2
  13. JLM

    JLM mata o branquelo detta walker

    por ser 1 livro com vários povs será q os produtores ñ resolveram fazer d cada 1 1 filme diferente? penso q se anda meio na moda dividir livros em 2 3 partes, ainda + qdo o livro dá essa margem. assim, eles pegam 1 dos povs e testam; se fizer sucesso pegam outro senão abandonam a ideia.
     
  14. Siker

    Siker Artista Comercial / Projetista Gráfico

    eu sempre quis ver um filme de mortos vivos onde cada sequência mostrasse uma parte do mundo, com um grupo diferente de sobreviventes. É tão chato ver a mesma coisa de um grupo descobrir absolutamente tudo sobre o ocorrido, encontrar todas as respostas, a possível cura ou solução, a origem, os culpados, etc, etc...

    Bem mais realista seria cada grupo apenas buscar sobreviver, se deparando com certas informações no caminho, e o público ser capaz de alcançar as explicações juntando estes fragmentos, observando diversos grupos pelo mundo. Interessante saber que esse livro aparenta fazer exatamente isso (vou procurar ler), mas no cinema ninguém nunca tentou algo tão grandioso com esse tema apocalipse zumbi, é como se houvesse um preconceito que diminuisse o valor de qualquer produção envolvendo mortos vivos, com algumas exceções em produções independentes.

    Seria ótimo se World War Z conseguisse levar adiante a ideia do livro, mas por enquanto é difícil imaginar um filme de zumbi recebendo sequências de qualidade.
     
  15. Calib

    Calib Visitante

    Você tem noção de que isso depende muuuito de como o autor explica a origem do estado zumbi e seus sintomas, né?
    Porque, em tese, pessoas mortas não têm motivo nem de levantar-se, para começo de conversa.


    É uma questão de como o autor quer retratar a situação do apocalipse zumbi: zumbis que correm, pulam, escalam cercas, etc. são horrivelmente mais perigosos que zumbis à la Resident Evil. Seriam quase sempre letais. Isso significaria que várias personagens - crianças, gordos, velhos - não teriam a mínima chance de sair à rua se houvesse alguns zumbis por perto. Mesmo um atleta profissional possivelmente morreria fugindo de zumbis, que em tese não se cansariam de correr e o venceriam pelo cansaço.

    Então autores que querem explorar essas saídas à rua, que querem ter alguma liberdade e dar alguma possibilidade de sobrevivência às personagens decidem fazer zumbis lerdos. O pânico das pessoas então reside na quantidade de zumbis que se encontram pelo caminho, na dificuldade de abatê-los (The Walkind Dead meio que banalizou isso, mas né) e principalmente nas mordidas, que são uma sentença de morte quase certa.


    Num filme como Madrugada dos Mortos: os caras se abrigam num shopping. Beleza. Mas se quisessem sair dali para qualquer lugar da cidade, só o poderiam fazer com carros, e mesmo assim sem segurança nenhuma. Se tentassem ir andando, encontrariam um zumbi pelo caminho que os obrigaria a uma puta volta (durante a qual encontrariam mais zumbis, etc. e morreriam tentando).


    Acho possível fazer zumbis lentos, mas não precisam caminhar como lesmas. Poderiam dar corridinhas capengas. Afinal, se estão meio que se decompondo, também haveria uma limitação física para eles; zumbis não são esqueletos animados. Eles correm, mas para correrem precisam (suponho) que os músculos das pernas funcionem bem.



    Pois é. Mas nem precisariam ser filmes, que envolvem sempre mais custos e demora entre um lançamento e outro.
    Se fizessem uma série de TV... opa. Fizeram.
    Mas como eu reclamei antes, The Walking Dead, a meu ver, não explora tão bem a temática zumbi tanto quanto poderia.
     
    Última edição por um moderador: 22 Nov 2012
    • Gostei! Gostei! x 2
  16. Siker

    Siker Artista Comercial / Projetista Gráfico

    Claro, eu digo pelo lado físico, um corpo que está em perfeito estado (apesar de morto) não tem porque caçar caminhando, se uma pessoa se transforma por uma mordida no braço, por exemplo, tem que correr mesmo.
    Nem tenho como contar com cada fator diferente que cada história poderá abordar, existem diversas origens (vírus, maldições, mutações, possessões..), diversas razões que motivarão o morto (se alimentar, se divertir, se vingar, voltar à humanidade...), independente do ambiente em que o apocalipse ou "ocorrência" zumbi esteja acontecendo, zumbis 'frescos' correndo são bem mais reais (dentro do próprio contexto da história) do que todos os zumbis do mundo andando sempre vagarosamente.

    Esses dias eu tenho reparado nisso com relação aos vampiros, cada filme traz (inventa) uma nova característica, que claramente só existe para servir ao desenvolvimento da história, dos personagens, das cenas; não há problema nisso, o problema é só não conseguir justificar tais características dentro das lendas clássicas, é por isso que um vampiro que brilha gera tanta raiva enquanto ninguém fala nada sobre vampiros que não podem matar vampiros.
    No caso dos zumbis, morto vivo recém transformado andando que nem lesma raramente tem uma boa explicação, costuma não passar de uma estereotipagem tosca.

    É possível, desde que haja coerência entre tudo isso aí que você citou.

    Acredito que a intenção de The Walking Dead era explorar mais o drama em meio a esse apocalipse zumbi, e estão fazendo isso muito bem.
     
  17. Calib

    Calib Visitante

    O corpo de um recém-convertido pode estar em perfeito estado, mas o corpo não se move sem o comando do cérebro.
    Basta considerar que o vírus (ou maldição, etc.) zumbi limite bastante as faculdades mentais para que um zumbi não saia por aí correndo, nem seja muito esperto, etc. Afinal, se eles andam, por que razão chamar-lhes mortos-vivos? Porque talvez a morte seja cerebral, e talvez nem seja plena. Essas questões todas estão interligadas: a causa do estado zumbi e como a doença afeta o corpo. E zumbis não têm propriamente um estatuto de clássico nem de mito como os vampiros; não há uma obra de referência como um Drácula da vida. Tanto faz que o zumbi seja esperto e rápido ou burro e lento; não existe um modelo que se imponha com o peso da tradição. Autores têm plena liberdade. Eu entendo que você goste mais de zumbis rápidos, mas não deixe que seu gosto pessoal influencie a sua lógica. Zumbis correndo não são mais lógicos do que zumbis se arrastando; isso depende exclusivamente da explicação que você der para o fenômeno do zumbitismo. Como muitos autores preferem não dar explicação nenhuma e exploram simplesmente as consequências de uma epidemia, é inútil ficar discutindo como é que a coisa funciona.
     
  18. Siker

    Siker Artista Comercial / Projetista Gráfico

    Já aqui existem diversas variações, dependendo da origem da "contaminação" o corpo pode continuar andando, e até mesmo membros podem continuar se mexendo. Mas ok.

    Tudo tem a sua explicação, e tudo pode ser explicado, ou simplesmente sugerido ao público, mas não correr na maioria das vezes vem apenas mesmo como um estereótipo. Não há problema se houver coerência dentro do contexto, como eu tinha dito.

    Na verdade o cérebro é a única parte do morto vivo que volta a "ficar ativa", então não seria "uma morte cerebral", apenas uma morte comum, na qual uma parte do cérebro volta a atividade. Isso já explica a pouca inteligência e falta de memória do período em que era humano, mas até aí nada explica porque um zumbi pode andar mas não correr, a não ser pelo seu estado físico.

    Exato, e o que eu digo é que são raras as vezes onde a causa e como esta afeta o corpo do zumbi justificam essa regra de "não correr".

    É sempre interessante discutir. Me lembro que em algum lugar (talvez no tópico de True Blood) foi levantado a questão sobre como vampiros podem ter ereção se não tem sangue circulando no corpo, e no livro parece que havia uma explicação, mas não havendo explicações é comum tais dúvidas aparecerem e se tornarem um incômodo. É mais ou menos como a discussão de como o superman pegou a louis lane no ar sem te-la quebrado no meio.
    Por enquanto eu não conheço explicações que possam justificar um morto vivo ter força para quebrar portas, virar carros e abrir crânios, mas não ser capaz de dar uma corridinha que seja...

    Eu entendo tudo o que está dizendo, da liberdade e das origens diferentes para cada tipo de zumbi, mas a questão é apenas de lógica dentro de cada um destes ambientes. Da mesma forma que não vejo razão para que todos os zumbis (recentes e em decomposição) sempre andem como lesmas, não vejo problemas em se criar um apocalipse apenas com zumbis lerdos, desde que seja possível haver uma explicação plausível para sua lentidão.
     
    Última edição: 25 Nov 2012
  19. Calib

    Calib Visitante

    Eu nunca vi zumbis lentos que quebrassem portas e virassem carros. 8-O
     
  20. Siker

    Siker Artista Comercial / Projetista Gráfico

    Night of the Living Dead.

    Mas enfim, zumbis lentos se resumem a isso:
    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)
     
    Última edição por um moderador: 6 Out 2013
    • LOL LOL x 2

Compartilhar