1. Caro Visitante, por que não gastar alguns segundos e criar uma Conta no Fórum Valinor? Desta forma, além de não ver este aviso novamente, poderá participar de nossa comunidade, inserir suas opiniões e sugestões, fazendo parte deste que é um maiores Fóruns de Discussão do Brasil! Aproveite e cadastre-se já!

Dismiss Notice
Visitante, junte-se ao Grupo de Discussão da Valinor no Telegram! Basta clicar AQUI. No WhatsApp é AQUI. Estes grupos tem como objetivo principal discutir, conversar e tirar dúvidas sobre as obras de J. R. R. Tolkien (sejam os livros ou obras derivadas como os filmes)

Estrelas de Tolkien...

Tópico em 'J.R.R. Tolkien e suas Obras (Diga Amigo e Entre!)' iniciado por Washu_Hakubi, 25 Nov 2002.

  1. Washu_Hakubi

    Washu_Hakubi Usuário

    Nossas estrelas são planetas distantes, certo?
    Mas Arda é o único mundo que existe no meio do Vazio, certo?
    Então, o que são as estrelas que os elfos e homen tanto gostam?
    Quer dizer, se foi Varda quem criou as estrelas, não podem ser mundos completos distantes, como no caso real...porque dá muito trabalho criar um mundo.E só Eru pode fazer isso.
    Então o que são essas estrelas na verdade?
    A vedade está lá fora? :lily:
     
  2. liteeliniel

    liteeliniel Usuário

    Bom, as estrelas não são planetas e sim gases ou astros. Não são planetas sólidos. Por isso não haveria o menor problema em Varda te-las criado.
     
  3. Eönwë

    Eönwë Usuário

    Washu-chan, você não foi na escola, não? Estrela é um grande astro incandescente. Não tem nada a ver com planeta a não ser que ambos ficam no espaço. :wink:

    Acho que é bem dificil fazer essas comparações entre o mundo real e o mundo de Tolkien. Não dá pra dizer o que eram exatamnte as estrelas no universo de Tolkien...
     
  4. Engethor

    Engethor Son of Jango

    São pontinhos brilhantes criados por Varda para iluminar e embelezar a noite em Arda. ;)
    Talvez tenham a forma de um pentagrama. :obiggraz:


    PS: nossas "estrelas" podem ser planetas ou as bolas gasosas habituais. Não é à toa q Vênus já foi tb chamado de Estrela D'Alva ou Vésper.

    PS 2: Então Arwen ganhou um de seus títulos por causa de Vênus?
     
  5. liteeliniel

    liteeliniel Usuário

    Timão - São vagalumes... vagalumes que ficaram grudados naquela coisa grande azul escura.
    Pumba - Eu sempre pensei que fossem bolas de gás estourando a milhões de quilometros daqui.
    Simba - Me disseram uma vez que os grandes reis do passado estão la, olhando para nós.

    Ai, é só escolher!!! :obiggraz:
     
  6. liteeliniel

    liteeliniel Usuário


    Vênus (Afrodite), deusa do amor e da belza.
    Isso explica tudo! :mrgreen:
     
  7. Curunír

    Curunír Usuário

    A terra-média não seria a nossa própria Terra? Era a pretenção de Tolkien, certo?
    Então as estrelas são os sóis de outros sistemas, galáxias, etc...
     
  8. Nénar

    Nénar Usuário

    Esse é um tópico que eu não poderia deixar passar em branco! 8-)

    Nós sabemos que Eärendil com a Silmaril seria correspondende ao que chamamos de Vênus, o corpo celeste mais brilhante no céu depois do Sol e da Lua. Tolkien diz que Varda criou novas estrelas antes do despertar dos elfos, e seus nomes aparecem no Silmarillion: Carnil, Luinil, Nénar (tá explicado de onde veio o meu nick :obiggraz: ), Lumbar, Alcarinquë e Elemmírë.
    No HoME X, Christopher Tolkien comenta sobre os nomes das estrelas e revela que seu pai originalmente tinha escolhido nomes para cada um dos planetas, menos Vênus (Eärendil) e Plutão. Desta forma, Elemmírë seria Mercúrio, Carnil seria Marte, Lumbar seria Saturno, Alcarinquë seria Júpter. Nénar seria primeiramente Netuno, mas depois passou a ser Urano e Luinil se tornou Netuno.
    Um ponto interessante que Christopher comenta é o fato de Netuno e Urano não serem visíveis a olho nu. No texto, Tolkien pai escreveu que Varda "fez estrelas novas e mais brilhantes para a chegada dos primogênitos", afirmação que entra em conflito com essas novas estrelas serem os planetas mais externos. Mas não temos como chegar a uma conclusão final a respeito.
    Mas respondendo à pergunta original do tópico:

    :wink:
     
  9. Olwë

    Olwë Usuário

    Fiquei interessado pelas estrelas ao ler o post da Nénar (dá até medo de escrever depois dela, mas tudo bem...)

    No capítulo Do início dos tempos, no Silmarillion está relatado que Varda criou algumas estrelas nos tempos remotos da sua labuta em Eä.

    Antes da chegada dos Primogênitos, quando as Lamparinas já haviam sido destruídas por Melkor e as Árvores iluminavam apenas Valinor, tais estrelas eram os únicos luzeiros que, precariamente, iluminavam a Terra-média (o Sol e a Lua ainda não haviam sido criados).

    A Terra-média viva na penumbra e isso preocupava os Valar. Assim, Varda pegou o orvalho armazenado de Telperion e fez mais estrelas para iluminar a Terra-média. Esse trabalho é considerado a maior de todas as obras dos Valar desde que chegaram a Arda.

    Tais novas estrelas eram novas e mais brilhantes: Carnil (vermelha, Marte), Luinil (que brilha com luz azul, Netuno), Nénar (Urano) e Lumbar (Saturno).

    Algumas das estrelas mais antigas (daquelas feitas em tempos remotos) Varda reuniu e dispôs como sinais nos céus de Arda: Wilwarin (quer dizer borboleta e provavelmente é a constelação de Cassiopéia), Telumendil, Soronúmë, Anarríma, Menelmacar (Espadachim do Céu, a constelação de Órion, prenúncio da Última Batalha, talvez uma alusão ao papel de Turin na Última Profecia) e Valacirca (a Foice dos Valar, situada bem ao norte, a constelação da Ursa Maior e sinal do destino).

    Conforme o texto, Menelmacar foi a última a subir e quando a chama azul de Helluin (a estrela Sírius) cintilou nas névoas acima dos limites do mundo, os elfos despertaram em Cuiviénen.

    Vênus corresponde à Silmaril arrancada por Beren e Lúthien da coroa de Melkor e portada por Eärendil à bordo da nau Vingilot. As outras duas foram perdidas no mar e nas profundezas da terra. Não fosse por isso poderia haver outros dois luzeiros...

    A Valacirca é a constelação em louvor à qual Beren cantou um hino de desafio a Morgoth, consumindo suas últimas forças em resposta à canção entoada por Lúthien diante de Tol-in-Gaurhoth. Os nomes reais das estrelas que a compõe são: Mégrez, Dubhe, Mérak, Phecda, Alioth, Mizar, Alcor e Alkaïd.

    A Valacirca é também o símbolo da Valinor. :wink:
     
  10. Galahan

    Galahan Lazy elven artist

    Creio que não podemos tomar por base as verdades científicas por nós adotadas para explicar as obras de Tolkien e vice e versa. Afirmar que Tolkien estaria pensando cientificamente em toda a criação de sua obra seria um engano, pois ele escrevia apenas de forma a satisfazer sua própria estética. Nesse ponto, a criação do mundo e o surgimento das estrelas, conforme narrado no Silmarillion, estaria mais ligado ao sentido legendário e metafórico da criação do mundo na Biblia. O fato de Tolkien ter utilizado-se de conhecimentos científicos para tentar criar um senso de realismo a sua obra não pode ser tomado ao pé da letra. Então, Varda poderia ter criado as estrelas apenas como sendo isso, pontinhos brilhantes e bonitos num céu escuro para a admiração dos elfos e homens.
    Mas para quem gosta de ficar com a cabeça nas estrelas, aí vai um mapa das constelações, fazendo uma comparação dos nomes por nós adotados, e aqueles constantes nas obras do professor (ah, é bem grandinho):
    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)
     
  11. Barlach

    Barlach Verde. E arqueiro

    o pessoal já tá misturando tolkien com ETs... :mrgreen:
     
  12. Northern Lad

    Northern Lad Usuário

    Pra mim é exatamente isso...
    E também em sinal de poder... Eu lembro que a Valacirca (Foice dos Valar) foi pendurada no céu em sinal da vitória deles sobre Melkor...
     
  13. The Man T.

    The Man T. Usuário

    Bem, vejam só... se o sol é a fruta de uma arvore dourada e a lua é a folha de uma arvore prateada(não tenho certeza se é exatamente isso, mas a idéia continua a mesma), dizer q as estrelas são pontinhos brilhantes no céu num parece nenhum absurdo. :mrgreen:
    Mas pra kem prefere o lado mais cientifico, eu diria q Varda qdo fez as estrelas a partir do orvalho de telperion e colocou-as no ceu, fez com q elas chegassem ate o espaço e ficassem como as estrelas do nosso mundo real.
     
  14. Ivan

    Ivan Vai passar do joelho

    Tão dizendo que Vênus é o corpo mais brilhante no Céu depois do Sol e da Lua mas de acordo com os meus (parcos) conhecimentos astronômicos é Sirius que brilha mais, Vênus é apenas a primeira a aparecer, daí seu nome de estrela vespertina.
    Tolkien especificou que a Silmaril era Vênus ou foi uma dedução?

    Aliás, porque a luz das estrelas ou do sol e da lua não podiam reacender as árvores se elas brilhavam com sua luz?
     
  15. Engethor

    Engethor Son of Jango

    Sirius é a estrela mais brilhante.
    Vênus é o corpo celeste mais brilhante. (fora Sol e Lua, naturalmente)
    Logo, Vênus é mais brilhante q Sirius. ;)


    O Sol e a Lua foi o máximo q eles conseguiram fazer com o q restou das árvores. Eram insuficientes para restaurar o brilho de outrora.
     
  16. Nénar

    Nénar Usuário

    O corpo celeste mais brilhante no céu depois do Sol e da Lua é Vênus sim. Mas Vênus é um planeta. A estrela mais brilhante vista da Terra é Sirius, alfa da constelação de Cão Maior.
    Popularmente Vênus é conhecido como Estrela Vespertina e Estrela D'alva pois aparece cedo nos céus e demora mais tempo a sumir pela manhã.

    Na Letter # 297, Tolkien explica que Eärendil deriva de um termo em Anglo-Saxão (éarendel) e diz:

    Aí está explicado porque Vênus é associada com a Silmaril. :wink:


    Quanto a reacender as árvores, eu acho que só a Luz pura que morava nas Silmarils seria capaz de fazer isso. É dito no Silma que Fëanor criou o fogo interno das silmarils a partir da fusão da luz das árvores e que essa luz sobrevive nas jóias. A flor e o fruto que originaram o Sol e a Lua foram produzidos depois que Ungoliant já tinha envenenado as árvores, e foi tudo que Yavanna e Nienna conseguiram fazer.
     
  17. Barlach

    Barlach Verde. E arqueiro

    acho q no próprio silma diz q a silmaril de earendil é a "estrela vespertina", ou seja, vênus. lúthien e arwen tbm são associadas a vênus graças a suas ligações com a silmaril (a primeira por te-le resgatado, e a segunda por ser uma "reencarnação" da primeira).
     
  18. Goba

    Goba luszt

    Bom, estrelas seriam "sóis" como já se foi respondido, e Vênus tem o título de estrel, mas ainda é um planeta! E claro que Varda poderia criá-las! :obiggraz:

    Bom, é isso o que tenho a dizer, mas não creio que nossas explicações científicas se apliquem à mitologia tolkeniana mesmo a intenção de Tolkin sendo fazer com que nosso universo sejo o dele! hehehehehe...

    Porém, o piloto do Sol nos observa, e um dia, Morgoth voltará! hehehehehe! :lol: :lol: :lol:

    Se é que ele já não está entre nós! :wink:

    Elen síla lúmenn' omentielvo! :beer:
     
  19. The Man T.

    The Man T. Usuário

    Duas perguntinhas:
    1) Um belo dia Ulmo poderia encontrar a silmaril q foi atirada ao mar e leva-la para Aman, pra q Yavanna refizesse as árvores?
    2) Earendil realmente se tornou uma estrela? Eu axava q ele apenas tinha um barkinho voador com uma silmaril....
     
  20. Fëohtar

    Fëohtar Usuário

    Washu-chan escreveu:
    Nossas estrelas são planetas distantes, certo?
    [/quote]

    Não, estrelas são estrelas e pronto, nada v planetas. :wink:

    Washu-chan escreveu:
    Mas Arda é o único mundo que existe no meio do Vazio, certo?
    [/quote]

    Não, oque existe no vazio é EÄ e dentro do EÄ é que esta Arda. :wink: :mrgreen:
     

Compartilhar