1. Caro Visitante, por que não gastar alguns segundos e criar uma Conta no Fórum Valinor? Desta forma, além de não ver este aviso novamente, poderá participar de nossa comunidade, inserir suas opiniões e sugestões, fazendo parte deste que é um maiores Fóruns de Discussão do Brasil! Aproveite e cadastre-se já!

Dismiss Notice
Visitante, junte-se ao Grupo de Discussão da Valinor no Telegram! Basta clicar AQUI. No WhatsApp é AQUI. Estes grupos tem como objetivo principal discutir, conversar e tirar dúvidas sobre as obras de J. R. R. Tolkien (sejam os livros ou obras derivadas como os filmes)

Ents, são seres imortais?

Tópico em 'J.R.R. Tolkien e suas Obras (Diga Amigo e Entre!)' iniciado por Roderick, 6 Ago 2010.

  1. Roderick

    Roderick Banned

    Esses dias me veio uma dúvida na cabeça, sobre os Ents, a raça de árvores humanóides da Terra Média; se não me engano eles já existiam desde a primeira era nos tempos de Belerian.

    A pergunta é: Eles eram imortais? Se sim, de onde eles tiraram esse dom da vida eterna?
     
  2. Barbárvore é uma das criaturas mais antigas da terra média, acredito então que fossem imortais, assim como os elfos, que poderiam ser mortos por algum ferimento.
     
  3. Roderick

    Roderick Banned

    Outra coisa são o destino das Entesposas que não é deixado claro no livro Duas Torres e também não especifica se eles são de fato imortais.
     
  4. No livro das Duas Torres não fala sobre o destino das Entesposas e também não diz se eles são de fato imortais.

    Eu tenho em mente que os ents seriam seres imortais tipo os elfos embora não esteja isso bem claro para nós. Entretanto, esse hipótese deles terem uma vida super prolongada talvez seria interessante. Mas se for assim, esses ents são os grandes eremitas da Terra média.

    Não sei se nas Cartas de Tolkien existe alguma coisa sobre isso
     
  5. Roderick

    Roderick Banned

    Bom, eu sempre imaginei que eles seriam como as árvores : duram muito mais do que qualquer outra criatura viva (com exceção dos Elfos) mas são mortais. No entanto a única pista que o livro nos dá é que Barbárvore é o ser mais antigo da terra média.
     
  6. No livro Duas Torres diz que elas partiram para terras distantes atravessaram o grande rio e foram fazer jardins para neles habitarem, lugar este que foi devastado e os homens em épocas mais recentes os chamavam de terras castanhas..
     
  7. Indily

    Indily Balrog de Pantufas Fofas

    Eles foram criados por Yavanna (uma das ainur) para proteger as árvores de que tanto amava. São chamados de pastores de árvores por isso. Ou seja, sim, eles existem desde o começo de Ëa na primeira era dos filhos de Ilúvatar.

    Se são realmente imortais não posso dizer, não li o suficiente pra tanto, mas pode ser que sim, já que o período de tempo deles é incrivelmente lento perto do nosso... fazendo que as coisas durem mais, vide o conselho deles no SdA.
     
    • Ótimo Ótimo x 1
  8. Lalaith.

    Lalaith. Usuário

    Sempre penso nos Ents como seres indiferentes ao tempo. Criaturas que sempre estiveram ali e sempre vão estar enquanto existirem árvores para serem protegidas.

    Mas essa é apenas a minha forma de ver os Ents.
    Acredito que o tempo para eles não passa da mesma forma que para nós, e sim de forma beeem mais lenta. Mas não saberia dizer se eles possuem ou não o dom da imortalidade.

    Quanto ao destino das Ent Esposas... bem, acho que esse é mais um mistério que Tolkien nos deixou.
     
  9. Anwel

    Anwel Nazgûl Cavaleiro

    Creio que são tão imortais quanto uma árvore.
    Imagino que eles apodreçam com o tempo, dependendo do ambiente e dos seres a sua volta.
     
  10. Yullia_

    Yullia_ Miss Gabriela Vanessa

    Concordo com que a Lalaith disse, ents sao seres indiferentes ao tempo, ou seja, eles nao sao afetados por ele.
    Talvez eles sejam afetados por fatores externos, como Anwel mesmo disse, mas discordo em trata-los como uma arvore qualquer.
    Eles foram criados para serem os pastores das arvores, logo, imagina-se que eles possuam mais resistencia e mais longevidade do que as comuns.
    E sobre as entesposas, ja foi discutido bastante isso aqui no forum, separei dois topicos que falam alguma coisa sobre o assunto, mesmo que de forma vaga.
    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)

    Nesse primeiro link, Fimbrethil postou uma carta que fala um pouco mais sobre elas, interessante o texto.
    "Eu penso que de fato as Entesposas tenham desaparecido para sempre, sendo destruídas com os seus jardins na Guerra da Última Aliança (Segunda Era 3429-3441) quando Sauron perseguiu uma política de terra devastada, e queimou a terra delas tentando retardar o avanço dos Aliados descendo o Anduin (o vol. II pág. 79 se refere a isso). Elas só sobreviveram na 'agricultura' transmitida aos Homens (e Hobbits). Algumas, naturalmente, podem ter fugido para o leste, ou até mesmo foram escravizadas: tiranos até mesmo em tais contos devem ter um acompanhamento econômico e agrícola para os seus soldados e forjadores. Se qualquer uma sobreviveu então, elas realmente seriam alienadas para longe dos Ents, e qualquer reaproximação seria difícil - a menos que a experiência da agricultura industrializada e militarizada as tivesse feito um pouco mais anárquicas. Eu espero que sim, mas não sei.
    Carta 144
    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)

    Nesse segundo link discutiram o que aconteceria se as entespostas nao tivessem sumido. Colocaçoes interessantes tambem..


    Espero ter ajudado :mrgreen:
    Na verdade, espero que o "Procurar" tenha ajudado. hahaha. :mrgreen:
     
  11. Snaga

    Snaga Usuário não-confiável!!!

    Essa pergunta tem duas respostas, então depende o que você exatamente quer saber.

    A imortalidade na obra de Tolkien vai além da vida corporal. Elfos tinham corpos resistentes ao tempo e às doenças, mas eram vulneráveis aos meios externos (ex.: armas, acidentes etc). Ou seja, seus corpos eram mortais, mas seu fëa não. Este fica sempre preso à Arda e pode voltar ao mundo físico quando bem entender.

    No caso dos Ents a coisa é diferentes. Seus corpos são tão mortais quanto uma árvore. Podem se quebrar, se queimar, apodrecer, enfim, morrer. Mas também podem viver, se levadas às circuntâncias certas, por muito e muito e muito tempo! Hoje existem árvores com mais de 500 anos. E só naõ existem árvores milenares porque o mundo muda e às destrói.

    No caso dos Ents, o mundo mudou. Mas por serem seres conscientes, souberam se adaptar à essas mudanças.

    Com relação, no entanto, aos seus fëas, fica meio difícil saber. Foi Yavanna quem os criou e Eru lhes deu a Chama Imperecível. Mas será que Eru ligou seus fëas à Arda, tal qual os dos elfos? Creio que não.

    Ou seja, tanto fisica quanto espiritualmente, Ents são mortais.

    Deve-se também levar em consideração a "dormência" dos Ents. Os mais velhos foram aos poucos endurecendo e se confundindo com árvores (Salgueiro-homem?) e isso pode ser considerado também como um tipo de morte para eles.

    Com relação às Entesposas, se perderam e se extingüiran há muito tempo. A tristeza maior da busca dos Ents por suas amadas está aí, no fato dela ser em vão. Mesmo assim eles ainda têm esperança.

    (Ok, ok, eu também ainda tenho esperanças. Talvez elas estejam por aí na Amazônia. Eu to falando sério.)

    É bem por aí mesmo.

    No entanto será que ele é mais velho que Tom Bombadil? :think:
     
    • Gostei! Gostei! x 3
  12. §Sarah§

    §Sarah§ A Lua que encobre a noite...

    Também concordo, acho apenas que eles teriam uma vida beeeem longa...como as arvores, mesmo.
    Existem com umas bem "idosas"...se não me engano na Suécia, encontraram uma viva de uns 9.000 anos(um pouco mais eu acho, não me recordo)...é bastante tempo considerando-se pra se viver ^^(tempo pra karanba *-*)
     
  13. Neoghoster Akira

    Neoghoster Akira Brandebuque

    Eu penso que a vida deles esteja associada também à existência das árvores. Em tese, enquando houvesse árvores para cuidar deveria haver Ents para cuidar delas. A existência de "entinhos" dá indicativo de algum tipo de ciclo de vida muito longo e um pouco diferente das outras espécies (Nascimento>crescimento>maturidade) até alcançar um número suficiente para o trabalho. Ao possuir um corpo nesse mundo eles podem sofrer acidentes e ataques fatais como ocorreu com a morte de parte deles nos experimentos e guerras contra Saruman.

    A vida da espécie Ent iria depender também da deterioração deste mundo. Alguns poderiam se tornar arvorescos demais e o mundo poderia eventualmente virar apenas um campo de árvores adormecidas, num tipo de regressão dos corpos deles. Talvez a alma deles permanecesse ligada apenas sutilmente e permanecesse com uma frágil ligação a esse mundo, pairando próxima a árvore adormecida de seu corpo arvoresco.
     
    • Gostei! Gostei! x 1
  14. Snaga

    Snaga Usuário não-confiável!!!

    Isso complementa bastante o que eu já disse, pois eu não tinha pensado nos entinhos.
    Como você falou, se existe procriação, então existe um ciclo de vida.
     
  15. Guga

    Guga Who care?

    Eu achei um trecho no SdA, As Duas Torres, bem interessante da própria Barbárvore falando sobre vida:

    Talvez isso possa sugerir que a vida deles tenham um prazo e que têm a mesma sina dos homens. :think:
     
    Última edição: 6 Ago 2010

  16. O trecho é explicíto: "...e nenhum dos dois permanecem muito no mundo..."
    O tempo de permanência é que é curioso! A noção de tempo para os ents é muuuito diferente da dos homens [que tem uma vida relativamente curta]; creio que a sua noção de tempo seja parecida com a dos elfos [já que esses são 'imortais']
     
  17. Deriel

    Deriel Administrador

    Talvez, cito como especulação, cad Ent esteja um tanto ligado à duração de vida da espécie de árvore a qual pertence. Cada Ent tem um aspecto externo, uma finidade árborea, por assim dizer, a qual poderia nos indicar a duração da vida em Arda dos mesmos.
     

  18. Hum...mas ents são pastores das árvores; supondo que cada um esteja relacionado com a duração de vida da espécie de árvore, acho que não seria um dado muito preciso, pois penso que ents viviam mais tempo,novamento, pelo fato de serem pastores de árvores!
     
  19. Dorak

    Dorak -Morgoth! Não me chame de

    Concordo com o que o Snaga e o Neoghoster Akira disseram, só vou complementar uma coisa na fala do amigo orc.
    Hoje em dia existem sim árvores milenares, a árvore viva mais antiga do mundo tem mais de 9 mil anos segundo estudos (um pinheiro na Suécia), isso sem falar do Parque das Sequóias nos EUA, onde se encontram árvores enormes e com vida milenar. Se no nosso mundo simples isso é possível, não vejo nada que impeça os Ents de terem uma vida tão prolongada, afinal existe muito mais magia no legendárium Tolkieniano.

    Também concordo com o que os dois disseram acima. Penso como o Deriel, que a longevidade dos Ents está ligada à espécie de árvore a qual ele pertence, mas mesmo assim a sua longevidade é prolongada, de uma forma que esse mesmo ent consiga ver vários ciclos de vida da sua própria espécie e assim cuidar do seu rebanho(e da floresta). Mas como eles conseguem exceder o tempo de vida de uma árvore normal, creio que essa resposta está na magia de Arda, ou seja, não há uma resposta exata.
     
    Última edição: 6 Ago 2010
    • Gostei! Gostei! x 1
  20. Nuno-510

    Nuno-510 Usuário

    Não se sabe se os Ents eram imortais muitos acreditavam que sim, mas não seria uma imortalidade igual á dos elfos, penso eu.
    Os elfos mesmo que perecessem, voltariam a encarnar em outro corpo, mas os ents já não. Os ents poderiam viver milhares de anos mas morriam e já não retornavam mais em novos corpos.
    Diz-se que os ents foram criados por Ilúvatar logo depois de Aulë criar os anões, em resposta aos pensamentos de Yavanna que estava temendo por suas florestas cairem sob os machados do povo de Arda. A lógica dis-nos que eles foram postos para dormir, pois em vários trechos do Silmarillion é dito que Ilúvatar queria que os elfos fossem os primeiros a caminhar na terra depois dos Ainur. Então se a barbarvore acordou junto dos elfos ele tem por volta de 11344 anos no tempo da guerra do anel. Mas isto é apenas uma especulação, pois não há relatos de quando os Ents despertaram.
    Eles poderiam viver milhares de anos, mas não era uma imortalidade igual a dos elfos.
     

Compartilhar