1. Caro Visitante, por que não gastar alguns segundos e criar uma Conta no Fórum Valinor? Desta forma, além de não ver este aviso novamente, poderá participar de nossa comunidade, inserir suas opiniões e sugestões, fazendo parte deste que é um maiores Fóruns de Discussão do Brasil! Aproveite e cadastre-se já!

Dismiss Notice
Visitante, junte-se ao Grupo de Discussão da Valinor no Telegram! Basta clicar AQUI. No WhatsApp é AQUI. Estes grupos tem como objetivo principal discutir, conversar e tirar dúvidas sobre as obras de J. R. R. Tolkien (sejam os livros ou obras derivadas como os filmes)

Eberron

Tópico em 'D&D 4ª Edição' iniciado por Barlach, 4 Jun 2009.

  1. Barlach

    Barlach Verde. E arqueiro

    Esse mês sai o cenário Eberron pra 4e.

    Enquanto não dá pra ler o livro, podemos falar das nossas expectativas pro cenário. Quem jogava?

    Eu joguei algumas vezes e gostei pra caramba. É muito bem amarrado e moderno, num sentido de não ser mais-do-mesmo cópia de FR que é cópia da TM. O que eu mais gosto do cenário é o foco que ele dá em organizações. Praticamente todo personagem é membro de alguma organização (acho que o meu personagem era membro de umas 3 ou 4).
     
  2. Elda King

    Elda King Senhor do passado e do futuro

    Eu não gosto de Eberron no geral (a "tecnomagia", artífices e as dragonmarked houses não fazem meu estilo de jogo, nem a "conquista da América" em Xen'drik, nem algumas raças). No entanto, é um dos cenários mais bem feitos que eu já vi, é bem original, foge dos moldes dos cenários clássicos. O panteão e a cosmologia, por exemplo, são muito interessantes; a história é bem elaborada, a política, a Profecia, e até os warforged eu aprendi a gostar (embora o visual de robôs me deixe meio hesitante... preferia que eles parecessem mais com golens).

    Agora, na 4E o que eu acredito que realmente ocorrerá com o cenário é que ele fique mais próximo do "padrão" 4E. Vai ter seus deuses, lugares, NPCs, organizações, dragonmarks, mas vai perder grande parte da identidade de suas raças e classes únicas, a cosmologia vai se mesclar com o World Axis (eu acredito que deve ficar bem interessante a combinação das duas, mas vamos esperar para ver...). Inclusive porque o jogo básico também se aproximou mais de Eberron, de certa forma. Já temos Shifters e Warforged como raças básicas, por exemplo, mas também o "clima" da 4E é mais direcionado nesse sentido.

    Não há muito o que esperar de novo de Eberron. Já temos o playtest do artífice, a confirmação da presença dos Kalashtar, já falaram que não vão haver alterações drásticas no cenário (nada como a Spellplague, pelo menos). Eu acho que as Dragonmarks vão ser através de multiclasse, assim como Spellscar por exemplo... Estou ansioso para ver os rituais e os backgrounds regionais (ou, agora depois do PHB2, backgrounds gerais), e vou dar uma olhada nos Kalashtar. Agora, o que realmente me deixa curioso é como Eladrin e principalmente Dragonborn vão se adequar ao cenário...

    Edit: acabei de ver na RPGArautos o seguinte:
    Bem, ficou bem melhor que em FR...


    Edit 2: saiu no site da Wizards mais preview.
    Lá não diz o que é, está no meio do preview dos rituais, mas parece ser um talento. Saíram também alguns backgrounds, eles parecem ser agrupados pelas Dragonmarked House: "Because in Eberron, a character's dragonmark (or lack of one) is at least as important as the nation in which he or she dwells."
     
    Última edição: 5 Jun 2009
  3. Barlach

    Barlach Verde. E arqueiro

    Pois é. Pelo o que falaram durante os previews da 4e, FR teria sua cronologia avançada e Eberron não. Basicamente, o cenário seria o mesmo da 3e.

    Ao contrário de você, eu gostei muito do cenário mágico-tecnológico de Eberron. Sempre ficava com uma pulga atrás da orelha com cenários que não lidavam com a consequencia da magia no mundo. E gostava principalmente do clima noir de Eberron, meio parecido com a Europa no século XIX, com nações em guerra, alianças, nacionalismo e avanços tecnológicos, tudo acontecendo ao mesmo tempo.

    Espero que esse livro venha com uma boa descrição do cenário, como teve o da 3e. Senão vou continuar usado o velho pra essas coisas e usar o novo só pelas regras.

    Pra ser honesto, tô quase querendo mestrar Eberron heheh.
     

Compartilhar