1. Caro Visitante, por que não gastar alguns segundos e criar uma Conta no Fórum Valinor? Desta forma, além de não ver este aviso novamente, poderá participar de nossa comunidade, inserir suas opiniões e sugestões, fazendo parte deste que é um maiores Fóruns de Discussão do Brasil! Aproveite e cadastre-se já!

Dismiss Notice
Visitante, junte-se ao Grupo de Discussão da Valinor no Telegram! Basta clicar AQUI. No WhatsApp é AQUI. Estes grupos tem como objetivo principal discutir, conversar e tirar dúvidas sobre as obras de J. R. R. Tolkien (sejam os livros ou obras derivadas como os filmes)

Deixando se levar...

Tópico em 'Atualidades e Generalidades' iniciado por Lordpas, 21 Jun 2004.

  1. Lordpas

    Lordpas Le Pastie de la Bourgeoisie

    Foi um fato um tanto bárbaro, mas o que mais me chamou a atenção foi as consequëncias do mesmo.

    Moro em Caxias do Sul - RS, uma cidade não tão grande, mas com a problemática geral que os centros urbanos vem enfrentando.

    Aconteceu por aqui, hoje, uma paralização geral dos motoristas e cobradores de Ônibus, isso pq os assaltos que já eram freqüentes acabaram por resultar em uma tragédia. Um motorista acabou morrendo e todos paralizaram o tabalho e fizeram protestos na principal rua da cidade.

    Eis que eu passando por ali, achando normal, um ato nobre, um direito deles de pedir mais segurança, mas uma líder da massa começa a discursar e eu não pude deixar de ouvir suas palavras.

    A medida que se pronunciava, esta pessoa, dfendia a pena de morte e todos davam "hurras" de aprovação". Foi um discurso um tanto curioso e é sobre ele que venho a criar esse tópico. A medida que ela se tornava mais agressiva em suas palavras, mais a multidão gritava, a medida que mais ela instigava a violência, mais apoio recebia. Não sei se embalada pelas palmas e gritos da aglomeração, ou por simples capricho de se sentir "populista", a mulher praticamente quiz condenar a morte todos que praticavam algum crime, e o povo clamando por isso... Isso me preocupou...

    1- Um povo carente de direitos básico se torna altamente vulnerável a idéia descabidas, clamando por fazer segurança com as próprias mão caso ela não venha do Estado.

    2- A velha temática da pena de morte no Brasil.

    Quanto a essa, me posiciono totalmente contra e me pergunto se a mesma massa iria protestar em favor de uma reforma do Judiciário.

    Enfim, isso me deixou preocupado com o rumo que a massa pode tomar orientada por idéias precipitadas e desconexas e as consequências desses fatos para um país como o Brasil. Esse fato (a morte do motorista) é comum aos grandes centros e isso junto a outros fatores leva cada vez mais o povo a esquecer as bases.... bem como a razão...
     
  2. Nob

    Nob Usuário

    Lembre-se da Alemanha.

    Não é só no Brasil que a massa pode ser facilmente manipulada. A tecnologia impulsiona algo desse tipo em todos os países com educação precária.
     
  3. Lordpas

    Lordpas Le Pastie de la Bourgeoisie

    Exato, mas enquanto a educação é precária continuamos a se deixar levar.

    O que me preocupa é que é quase impossível de fazer uma reforma na educação a curto prazo. E o que isso pode levar o povo a fazer?

    Acho que vivemos agora no ápice de nossos 500 anos de falta de estrutura e planejamento, o resultado está aí... Chega o momento que o Estado não poderá contornar a situação sozinho... e isso me deixa com grande receio.
     
  4. Saranel Ishtar

    Saranel Ishtar Usuário

    O problema é que convém deixar o povo alienadinho, controlável, então a educação provavelmente não vai pra frente! Sempre com aquela máscara de educar, mas na verdade deseducando.

    Educação não é só escola, aliás a bagagem que vc pega da escola é muito pouca, em se falando de teorias passadas na lousa. Depende muito dos pais, dos amigos, enfim... e como o sistema é todo assim, alienador, parece que os mais jovens não têm escolha, a não ser que sejam muito, mas muito fortes mesmo.
     
  5. Lordpas

    Lordpas Le Pastie de la Bourgeoisie

    Apesar de eu ter opinião pessoal contra a pena de morte, acho que além de ser caro ela é inviável ao Brasil. Antes se faz necessária reformas básicas. Quem iria se prejudicar e acabar morrendo é o "Zé da periferia" e não o Coronel.

    Ok, foi uma comparação tosca, mas vcs entenderam o que quiz dizer. :humpf:
     
  6. Saranel Ishtar

    Saranel Ishtar Usuário

    Depende de que sistema vc está falando. Um ladrão começa a adquirir o hábito de roubar aonde? Não se deve ver as coisas isoladamente.
     

Compartilhar