1. Caro Visitante, por que não gastar alguns segundos e criar uma Conta no Fórum Valinor? Desta forma, além de não ver este aviso novamente, poderá participar de nossa comunidade, inserir suas opiniões e sugestões, fazendo parte deste que é um maiores Fóruns de Discussão do Brasil! Aproveite e cadastre-se já!

Dismiss Notice
Visitante, junte-se ao Grupo de Discussão da Valinor no Telegram! Basta clicar AQUI. No WhatsApp é AQUI. Estes grupos tem como objetivo principal discutir, conversar e tirar dúvidas sobre as obras de J. R. R. Tolkien (sejam os livros ou obras derivadas como os filmes)

Deftones

Tópico em 'Música' iniciado por .plück., 5 Jan 2004.

  1. .plück.

    .plück. Usuário

    Devo dizer que estou apaixonado por essa banda.
    (Editado pela moderação)
    Eles misturam um rock bem agressivo com uns tons calmos, é difícil explicar, só ouvindo mesmo.
    A voz do vocalista, Chino Moreno, eu não tenho vergonha de dizer: é muito sexy.
    Pra um vocal de uma banda de metal, é até estranho isso, mas é sério.
    Eu aconselho as músicas desse CD pra pessoas de todos os gostos, pq é muito bom. Quem curte algo mais calmo, eu não sei se devo chamar de progressivo, talvez não.. mas aconselho as músicas Luck You, Anniversary Of A Unniterresting Event e Moana. Essas 3, ouvidas uma seguida da outra, pelo menos pra mim, me deixa num estado... assim, "viajando". É como se elas entrassem no subconsciente. A melodia é perfeita.
    Quem curte algo mais pesado, bom, apesar de não ter berros, tem os gritos, que são a marca da banda, portanto quem gosta aconselho Bloody Cape, Hexagram e o primeiro single deles, 7 Words.
    Tem tb a música "When Girls Telephone Boys" que é a mais gritada deles, às vezes chega a ser cansativa, mas se puderem ver a letra vão mudar de opinião.
    É sério, eu não estou aconselhando em vão. Se puderem ouvir qualquer uma dessas músicas vcs irão ver do que estou falando.

    Aqui a biografia da banda:

    Chino Moreno - Vocal/Guitarra
    Abe Cunningham - Bateria
    Chi Chen - Baixo
    Frank Delgado - Turntables
    Stephen Carpenter - Guitarra


    Certamente uma das bandas mais badaladas de Alternative Metal, combinando elementos de punk, pop, hip-hop e metal. O Deftones conseguiu criar um estilo único e autêntico ganhando fãs de diversas tribos (desde punks a rappers).
    Os 4 integrantes originais (Chino, Abe, Stephen e Chi) se conheceram em um pista de skate quando eram moleques, em Sacramento, CA. Até que um belo dia resolveram montar uma banda, por volta de 1989. Stephen e Chi já estudavam música influenciados pelos pais.
    Assim começaram a tocar em festinhas e coisas assim (tocavam até cover de Danzig "Twist of Cain"). Foi então que o negócio começou a crescer e a banda nem nome tinha. A banda ganhou o nome de Deftones. Deftones não tem nenhum significado, é exclusivamenteo nome da banda e (para eles) tem o significado desse novo e único som da banda. A partir daí a banda começou a sair em turnês como bandas como: Bad Brains, KoRn, L7 e Quicksand.
    Depois de quatro anos ralando, a banda finalmente assina contrato com a Maverick Records (gravadora da Madonna) e sai "Adrenaline", o primeiro álbum. Adrenaline foi um sucesso vendendo 200.000 cópias e mais tarde chegando a vender mais de 500.000. Rendeu 13 meses de turnês com várias bandas: KoRn (a banda mais camarada), Bad Brains, White Zombie, Ozzy e Kiss, além da Warped Tour e 3 turnês americanas como banda principal. O produtor Terry Date (White Zombie, Pantera e Soundgarden), revolveu gravar o disco direto e sem efeitos para preservar a autêntica doçura e raiva do Deftones.
    Depois do sucesso de "Adrenaline", a banda consegui emplacar duas músicas inéditas em trilhas sonoras: "Teething" para "The Crow: City of Angels" e "Can't Even Breathe" para "Escape from L.A.". Em 97, a banda chama novamente Terry Date para ajudar no novo álbum chamado "Around The Fur". O álbum segue a mesma dinâmica de "Adrenaline", com músicas suaves e iradas se misturando. "Around The Fur" segundo Chino é mais pessoal e profundo.
    As letras são mais densas e obscuras mostrando um lado mais bizarro da banda.
    "My Own Summer (Shove It)" é hit de imediato, tocando nas rádios de rock, clip na MTV passando regularmente, acaba entrando na trilha sonora de "Matrix" e se torna um grande sucesso arrebanhando muito mais fãs para a banda.
    Após 3 anos de muitas turnês ao redor do globo acompanhado das melhores bandas, o Deftones lança seu maior sucesso comercial, "White Pony", mais uma vez na parceria Deftones e Terry Date. Neste álbum foi adicionado mais um integrante a banda, o DJ Frank Delgado, que manda muito bem nas Pickups nas faixas de "White Pony".
    O álbum chega ao número 3 na parada de Billboard. Em 2001,o Rock In Rio III recebe o Deftones em terras brasileiras.

    Aqui um review do álbum Deftones

    Deftones - Deftones
    Se existem poucas bandas que devido a sua originalidade e capacidade artística transpõe as barreiras do rótulos e qualquer tipo de catalogação mais simplória com certeza o Deftones se encontra entre elas.
    O Deftones se situa fora dos esteriótipos superfíciais e volta com seu novo álbum "Deftones". O quarto álbum traz excelentes novidades, de uma banda que consegue sempre surpreender e inovar em cada novo trabalho sem decepcionar seus fãs.
    "Deftones" talvez seja um suprasumo da fragildade e escuridão de "White Pony" com a energia the "Around The Fur" e "Adrenaline".
    O coletivo, depois dos 8 meses de descanço entre "White Pony" e "Deftones", não cesou seu contato com a música mantendo seus projetos paralelos. Isso parece ter, de certa forma, influênciado a construção desse novo álbum. Stephen Carpenter parece estar mais pesado do que nunca (tanto no som e como em pessoa), na faixa "When Girls Telephone Boys" chega até a soar como Fear Factory. Seria devido a presença de Christian Olde Wolbers, baixista do FF, na sua banda paralera Kush Project?
    O DJ Frank Delgado teve um força de DJ Crook do Team Sleep na composição de "Lucky You", a faixa eletrônica do álbum que entrou na trilha sonora de "Matrix Reloaded".
    Chino continua com seu vocal que mistura paixão e brutalidade, porém agora parece mais concentrado e forte do que em "White Pony".
    Resumindo e concluíndo: simplesmente imperdível esse novo registro do brilhante Deftones. Um álbum mais positivo e agressivo que o anterior porém que consegue manter suas caraterísticas únicas em misturar beleza e tristeza (basta olhar a capa...)
    "Hexagram". "Bloody Cape", "Minerva"...escolha qualquer uma pra começar, porém não deixe de ouvir o álbum todo!
    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)


    Fonte da biografia e do review:
    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)


    Desculpem o tópico muito grande, mas acho que vale a pena por uma banda dessas.
     
  2. Deftones é muito bom mesmo. Tenho apenas 1 cd deles, o White Pony, que eu não lembro quando lançou. Desse cd minhas preferidas são "Passenger", maravilhosa essa música que ainda conta com o vocal de Maynard J. Keenan do Tool/A Perfect Circle (eu sou MUITO suspeita pra falar dele) e com uma letra linda, e "Elite" que apesar de ser uma gritaria, eu acho muito legal :)
    Dos outros cds, gosto muito de "Be Quiet and Drive" e "7 Words"

    Eu tinha a fita com o show do Deftones no Rock in Rio até mais ou menos um ano atrás, quando eu emprestei ela e não vi mais a cara dela e nem de quem eu emprestei. Se bem que meu video tah quebrado e eu não poderia ver ela de novo... :tsc:. Quanto a esse show, eu achei ele bom, apesar de o Chino desafinar muito durante o show. A fusão de "7 words" com "Say it ain´t so" do Weezer ficou no mínimo interessante.
     
  3. Thico

    Thico The Passenger

    Eu fui no show do Deftones do Rock In Rio, na época eu fui com uma expectativa muito boa para banda, mesmo não indo lá pra ver eles... e o show deles foi decepcionante na minha opinião, depois eu não procurei mais nada sobre a banda, mas o que eu já ouvi deles eu não achei nada demais... e aquele vocal com efeitos de distorção enche o saco...
     
  4. Maglor

    Maglor Lacho calad! Drego morn!

    Opa, lembrando que a Valinor tem uma posição anti-pirataria, e isso logicamente inclui a divulgação de programas que façam compartilhamente de arquivos.

    Dêem uma olhada nas
    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)
     
  5. Urd Sama

    Urd Sama I can't contain myself anymore

    Deftones é uma q na minha opinião tem personalidade, segue uma linha diferente das bandas novas q apareceram ultimamente, tem personalidade... Eu gosto bastante, conheço desde o Around the Fur. A letra das músicas normalmente saum bastante melancólicas, e eu gosto da forma agressiva q eles passam essa melancolia, p/ mim é original e mais honesta q muita banda por aí, e naum tem muita firula mesmo, o objeto e ser agressivo...

    E a parceria em Passenger é muito foda!!!!! :grinlove:
     
  6. Eloredanna

    Eloredanna Usuário

    Eu não conheço mto, mas pelo q já ouvi parece ser bom sim ^^
    Não sei se compraria um cd deles.
    Acho q a música q mais rola deles é "mineva", né? Toda no Riff (programa da mtv), o diretor é fã de deftones.
     
  7. É que, se não me engano, Minerva é o clipe mais decente deles. Por isso que toca mais, desconfio.
    MAs já passaram bastante clipes que eu já vi...tinha uma época que só tocava o "Change (in the house of flies)" e "Back to School".
     

Compartilhar