1. Caro Visitante, por que não gastar alguns segundos e criar uma Conta no Fórum Valinor? Desta forma, além de não ver este aviso novamente, poderá participar de nossa comunidade, inserir suas opiniões e sugestões, fazendo parte deste que é um maiores Fóruns de Discussão do Brasil! Aproveite e cadastre-se já!

Dismiss Notice
Visitante, junte-se ao Grupo de Discussão da Valinor no Telegram! Basta clicar AQUI. No WhatsApp é AQUI. Estes grupos tem como objetivo principal discutir, conversar e tirar dúvidas sobre as obras de J. R. R. Tolkien (sejam os livros ou obras derivadas como os filmes)

Copa América 2004

Tópico em 'Esportes' iniciado por Ecthelion, 10 Jun 2004.

  1. Ecthelion

    Ecthelion Mad

    Parreira deixa estrelas de fora na convocação para a Copa América

    O técnico Carlos Alberto Parreira anunciou nesta quarta-feira a relação de jogadores que defendem a seleção brasileira na Copa América do Peru, que será disputada entre os dias 6 e 25 de julho. Como era esperado, o treinador deixou de fora da lista alguns dos principais titulares.

    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)

    Parreira não terá força máxima no Peru

    Dida, Cafu, Roberto Carlos, Kaká, Ronaldinho Gaúcho e Ronaldo foram preservados por Parreira e poderão descansar durante o recesso do futebol europeu. O treinador optou por poupar seus principais jogadores, que vêm de uma temporada desgastante na Europa.

    Assim, Parreira forma o grupo para a Copa América mesclando alguns titulares, jogadores que vêm compondo o elenco das Eliminatórias Sul-Americanas na reserva e outros que atuam no futebol brasileiro e tiveram poucas chances na seleção brasileira.

    Parreira incluiu três estreantes na lista para a Copa América. São eles os laterais Gustavo Nery e Gilberto e o atacante Vagner Love. Dos 22 jogadores convocados para a competição, 11 jogam no futebol brasileiro.

    Na primeira fase, a seleção brasileira jogará na cidade de Arequipa. Cabeça-de-chave do grupo C, o Brasil começa a campanha na competição diante do Chile, no dia 8. Três dias depois a equipe de Parreira enfrenta a Costa Rica. No dia 14, os brasileiros encerram a participação na primeira fase contra o Paraguai.

    Se classificam automaticamente para as quartas-de-final os dois primeiros colocados da chave. Os dois melhores terceiros colocados entre os três grupos da Copa América completam os oito classificados para as finais. As partidas de quartas-de-final, semifinal e final acontecem em jogo único.

    Confira a relação de convocados para a Copa América:

    Goleiros:
    Júlio César (Flamengo)
    Fábio (Vasco)

    Laterais:
    Mancini (Roma-ITA)
    Maicon (Cruzeiro)
    Gustavo Nery (São Paulo/Werder Bremen-ALE)
    Gilberto (São Caetano)

    Zagueiros:
    Juan (Bayer Leverkusen-ALE)
    Bordon (Stuttgart-ALE)
    Luisão (Benfica-POR)
    Cris (Cruzeiro)

    Meio-campistas:
    Dudu Cearense (Kashiwa Reysol-JAP)
    Renato (Santos)
    Edu (Arsenal-ING)
    Kleberson (Manchester United-ING)
    Júlio Baptista (Sevilla-ESP)
    Diego (Santos)
    Alex (Fenerbahçe-TUR)
    Felipe (Flamengo)

    Atacantes:
    Luís Fabiano (São Paulo)
    Adriano (Inter de Milão-ITA)
    Ricardo Oliveira (Valencia-ESP)
    Vagner Love (Palmeiras)

    fonte: UOL
     
  2. Paraíba Hi-Tech

    Paraíba Hi-Tech Cabra Arretado

    Alguém pode me responder por que o Parreira gosta tanto de usar jogadores que passaram a atuar no meio de campo em seus times, nas laterais?

    Eu não entendo isso!
     
  3. Ecthelion

    Ecthelion Mad

    Vc se refere ao Mancini e Gustavo Nery?! :wink:
    Talvez por falta de opção melhor... :wink:
     
  4. Fingolfin

    Fingolfin Feitiço de Áquila

    Ele faz isso desde 94 quando os laterais Jorginho e Leonardo jogavam no meio de campo de seus clubes.

    Mas eu acho correto, pra mim Copa America deve servir de seleiro mesmo. Vamos ver daí quem pode e quem não pode ser aproveitado na seleção.

    Desses aí meu time titular seria

    Fábio; Mancini, Luizão, Juan e Gilberto; Dudu, Edu, Alex e Felipe; Luiz Fabiano e + um.

    Queria muito ver o Felipe jogar na seleção, enquanto esteven o Vasco ele sempre foi um fiasco com a amarelinha. Obviamente esse não será o time, que provavelmente terá Edu como 3o homem e Alex como 4o do meio de campo.
    Outra ciosa q eu não gostei é só chamarem centroavante.
     
  5. Fúria da cidade

    Fúria da cidade ㅤㅤ ㅤㅤ ㅤㅤ

    É uma seleção no papel muita boa dando oportunidade a quem merece, mas sem o entrosamento natural de um grupo que joga a muito tempo junto, qualquer resultado a partir de uma semi-final já será lucro.
     
  6. Paraíba Hi-Tech

    Paraíba Hi-Tech Cabra Arretado

    Taí outro problema da seleção!
    Temos 4 jogadores com as mesmas características... Quem desses seria capaz de fazer o que faz o Ronaldinho Gaúcho? Nenhum!
    Nos jogos contra a Argentina e o Chile, tivemos esse problema! No primeiro jogo, o Ronaldo puxou pra si a responsabilidade e resolveu... No segundo, a história não foi bem assim e ficamos com o ataque meuio embolado. Eu preferia um cara como o Robinho ou um meia ofensivo, como Felipe ou Alex, jogando livre na frente, com apenas um atacante como referência dentro da área.
     
  7. Ecthelion

    Ecthelion Mad

    Eu acho q o time titular vai ser
    JC; Mancini, Juan, Luisão e Gustavo Nery; Renato, Kleberson, Edu e Diego; L. Fabiano e Ricardo Oliveira. :wink:

    Sim, entendo. Mas eu acho dificil o Parreira não usar 2 atacantes... Até pq ele quer testar os jogadores... :wink:
     
  8. Paraíba Hi-Tech

    Paraíba Hi-Tech Cabra Arretado

    Pra mim, a escalação vai ser:

    Julio César; Mancine, Juan, Luisão e Gustavo Nery; Kleberson, Edu, Julio Baptista e Alex; Luís Fabiano e Adriano.

    Esse é o time do Parreira! Não que eu concorde em gênero, número e grau...
     
  9. [F*U*S*A*|KåMµ§]

    [F*U*S*A*|KåMµ§] Who will define me?

    q bom q o Julio vá pra seleção.....
    assim dá pra ver melhor o Diego em ação numa sequencia pelo Flamengo.....
    Axo até q ele é melhor q o JC.....
     
  10. Anonymous_theOld

    Anonymous_theOld Usuário

    Achu q não vai mudar mto do q nós conhecemos... Argentina e Brasil na frente, depois vem Colombia, Venezuela e talz...
     
  11. Turgon

    Turgon 孫 悟空

    é so que a Argentina perdeu do Mexico......sera que vem alguma surpresa ai......jah que a Grecia foi campeã ne vai saber......
     
  12. Anonymous_theOld

    Anonymous_theOld Usuário

    pode até ser, pq o Boca perdeu a Libertadres né...
    Então os jogadores do Once Caldas podem ajudar a Colombia...

    sei lá... a briga mesmo é entre, México, Colombia, Chile e Venezuela...
     
  13. Ecthelion

    Ecthelion Mad

    Bom, já se passaram dois jogos da seleção e já dá p começar a avaliar cada opção do técnico.

    Até agora está mais ou menos assim p mim:
    JC- uma boa opção, até agora tá se garantindo no grupo das eliminatorias
    Juan- mais um q p mim se garantiu no grupo
    Luisão- apesar de ser lento, vem indo bem. Ta no grupo.
    Mancini- exibições abaixo do esperado.
    Gustavo Nery- ainda não é um jogador de seleção brasileira.
    Renato- exibições abaixo do esperado
    Edu- exibições abaixo do esperado
    Dudu- normal
    Kleberson- ainda nao recobrou a boa forma.
    Alex- grande decepção. Amarelou literalmente! Não consegue jogar o q jogou nos clubes.
    Diego- vem entrando bem nos jogos.
    L. Fabiano- segunda grande decepção, não vem jogando absolutamente nada, apesar do gol no primeiro jogo.
    Adriano- artilheiro, vem jogando bem.
    Maicon- normal
    Vagner Love- teve pouco tempo.
    Ricardo Oliveira- jogou mal no primeiro jogo.
     
  14. pelego

    pelego Usuário

    Eu não tenho olhado os jogos do Brasil com atençao, sempre q tá dando 1 jogo, ou eu to no pc, ou fazendo outra coisa ao mesmo tempo.. Então não dá pra eu faze uma analize... Eu acho q o parreira ta indo bem, bom, pelo menos o Casagrande tem elogiado ele. Gustavo Nery, Mancini, Vagner Love... não são jogadores pra seleção... Eu vi pouco do Vagner, mas quando vi, não pareceu um fora de série, como dizem... O Adriano era outro que eu não gostava, mas que agora to gostando. E pelo que o Ecthelion escreveu, ele não deu boas notas, altas notas, pra galera do meio.. É sinal q o esquema tá funcionando, q o Parreira está conseguindo fazer uma formação.
    Eu acho q o Brasil leva essa... Tem um time bom, e, principalmente, tem uma galerinha ali querendo mostra serviço.. E isso é importante hein :mrgreen:
     
  15. Ecthelion

    Ecthelion Mad

    É...Derrota, infelizmente... O Brasil jogou melhor mais não soube decidir o jogo...

    Cris- simplesmente abominavel!!! Nota 0!!!
    Felipe- boa atuação, jogou bem até sair por cansaço.
    Diego- entrou mal.
    Maicon- melhor do q o Mancini, o q é pouco...
     
  16. Turgon

    Turgon 孫 悟空

    Nossa que feio perder novamente pro Paraguai :disgusti:
    Mas nas finais o Brasil sempre cresce vamos esperar que o Brasil melhore o seu futebol e leve esse titulo....... :mrgreen:
    Acho que o Vagner deveria começar jogando :wink:
     
  17. Fúria da cidade

    Fúria da cidade ㅤㅤ ㅤㅤ ㅤㅤ

    Perder pro Paraguai que pra mim é um dos favoritos ao título não foi nenhuma surpresa. O time deles é mediano mas estava bem mais entrosado e está utilizando a Copa América como fase final de preparação pras Olimpiadas. Inclusive acredito que o Paraguai consiga até uma medalha lá.

    Quanto ao Brasil, com uma formação ainda longe do melhor entrosamento e preparo físico, se conseguir passar pelo México o que vier depois é lucro.. Não dá pra exigir demais.
     
  18. Ecthelion

    Ecthelion Mad

    Brasil B passa em teste e vai à semifinal

    Daniel Tozzi enviado especial do UOL
    Em Piura (Peru)

    O técnico Carlos Alberto Parreira deixou o campo do estádio Miguel Grau mais aliviado na noite deste domingo. A "seleção B" passou em seu primeiro teste de maior dificuldade nesta Copa América ao vencer o México por 3 x 0, na cidade de Piura.

    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)

    Adriano sofre pênalti do goleiro Sanchez no primeiro tempo de jogo

    Por muitos, o México era até considerado favorito à conquista da vaga nas semifinais da Copa América. A equipe dirigida por Ricardo Lavolpe tinha a melhor campanha na competição até o início da partida e vencera até a Argentina, que viajou ao Peru com os seus principais jogadores.

    Além de estar sem os seus medalhões, a seleção brasileira ainda havia perdido a última partida, contra o Paraguai (2 x 1, na última quarta-feira). Neste domingo, entretanto, os jogadores comandados por Parreira fizeram a sua melhor apresentação e não deram chances para os mexicanos.

    O principal nome da partida foi o atacante Adriano. Movimentando-se bastante em campo, o jogador da Inter de Milão marcou dois gols e se tornou o artilheiro da Copa América, com cinco tentos -passando Saviola (Argentina) e Bueno (Uruguai), com três. Os outros gol foram anotados por Alex, de pênalti, e Ricardo Oliveira -após passe de Adriano.

    Nas semifinais, a seleção brasileira enfrenta o Uruguai, que despachou o Paraguai também neste domingo ao impor um placar de 3 x 1. Na outra chave, Argentina e Colômbia disputam uma vaga na final da competição.

    O jogo
    O Brasil começou melhor na partida. Coincidência ou não, longe dos 2.304m de altitude de Arequipa, onde jogou na primeira fase da Copa América, a equipe de Parreira se movimentava mais e trabalhava melhor a bola.

    A primeira oportunidade, entretanto, surgiu de uma bola parada. Aos 4min, Alex cobrou cruzamento da esquerda e o zagueiro Juan completou de cabeça. No reflexo, o arqueiro mexicano Sánchez defendeu. A bola ainda bateu no travessão antes de sair.

    Três minutos mais tarde, o México quase chegou ao empate em um erro do Brasil. Arellano cruzou um escanteio na primeira trave e Gustavo Nery "furou". A bola bateu em Juan e saiu perto da trave de Júlio César. Aos 9min, mais um susto: Carmona avançou pela direita, passou por dois zagueiros e chutou à esquerda do goleiro do Flamengo.

    A partir dos 15min, o Brasil começou a ter maior posse de bola e a chegar com mais perigo no ataque, principalmente em cruzamentos. Foi assim aos 17min, quando Kleberson alçou pela direita e novamente Juan quase marcou (passou por cima) e aos 24min, quando Sánchez interceptou uma bola de Gustavo Nery antes que Luís Fabiano cabeceasse.

    Um minuto depois, entretanto, ocorreu o lance que originou o primeiro gol brasileiro. Adriano invadiu a área pela esquerda e chutou em cima do arqueiro mexicano. A bola voltou para o atacante da Inter de Milão, que apenas tirou a bola do alcance de Sánchez e aguardou que o juiz marcasse pênalti. Na cobrança, Alex olhou para a esquerda e mandou para o lado oposto, enganando o goleiro.

    Aos 30min, Juan deu mais um susto em Julio César. Depois de outro escanteio pela esquerda, a bola rebateu no zagueiro em direção à pequena área, mas o arqueiro conseguiu afastar a tempo.

    Um minuto depois, porém, o Brasil teve mais uma clara chance de gol: Luís Fabiano entrou na área pela direita e tocou rápido para Adriano, que ainda abriu para o centro antes de bater. Sánchez, mais uma vez, espalmou.

    A partir daí até o final da primeira etapa, o jogo ficou mais preso ao meio-de-campo. O México ainda teve mais três chances em cobranças de falta. Em uma delas, aos 36min, Altamirano chutou forte de longe, mas Júlio César defendeu.

    O Brasil voltou ainda melhor no segundo tempo, apostando novamente nas bolas alçadas. Aos 2min, Adriano cruzou pela esquerda e Luís Fabiano mandou para fora. Três minutos depois, em um escanteio pela direita, a seleção B poderia ter marcado o seu segundo gol com Juan, mas o árbitro anulou o lance alegando falta do zagueiro.

    O México quase empatou aos 19min, quando Briceño cruzou para Bautista, que, à queima-roupa, cabeceou para grande defesa de Júlio César no canto direito. O Brasil respondeu com um gol no minuto seguinte. Adriano recebeu de Alex pela esquerda na entrada da área e chutou no canto esquerdo de Sánchez.

    O Brasil seguia sem dar chances para a equipe mexicana e chegou ao terceiro novamente com Adriano, aos 33min. Depois de um lançamento, o atacante tirou o goleiro Sánchez com um leve toque para a direita e, quase sem ângulo, completou para a meta.

    Aos 41min, saiu o gol que sacralizou a vitória brasileira. Kleberson chutou de longe e Sánchez espalmou nos pés de Adriano. O atacante tirou o arqueiro do lance com um toque de calcanhar para Ricardo Oliveira, que havia entrado no lugar de Luís Fabiano e teve apenas o trabalho de empurrar para as redes.

    fonte: UOL
     
  19. pelego

    pelego Usuário

    Gostei do jogo :) . Só foi uma pena que o Adriano não tenha feito aquele gol de cabeça no finalzinho... Assim ele dispararia mais ainda na liderança da copa américa... Já q eu joguei todas as minhas fichas nele hehe
     
  20. Fúria da cidade

    Fúria da cidade ㅤㅤ ㅤㅤ ㅤㅤ

    Pelo placar deu a impressão que o jogo foi muito fácil, mas não fosse o Julio César o placar poderia ser 4x3 ou até 4x4.

    Agora jogando fora da altitude a seleção está rendendo mais. O Uruguai é um adversário marrento, mas tendo a cabeça no lugar dá pra passar.
     

Compartilhar