1. Caro Visitante, por que não gastar alguns segundos e criar uma Conta no Fórum Valinor? Desta forma, além de não ver este aviso novamente, poderá participar de nossa comunidade, inserir suas opiniões e sugestões, fazendo parte deste que é um maiores Fóruns de Discussão do Brasil! Aproveite e cadastre-se já!

Dismiss Notice
Visitante, junte-se ao Grupo de Discussão da Valinor no Telegram! Basta clicar AQUI. No WhatsApp é AQUI. Estes grupos tem como objetivo principal discutir, conversar e tirar dúvidas sobre as obras de J. R. R. Tolkien (sejam os livros ou obras derivadas como os filmes)

Cientista brasileiro é premiado.

Tópico em 'Ciência & Tecnologia' iniciado por Finwë, 30 Set 2010.

  1. Finwë

    Finwë Alto Oficial de Erebor

    O neurocientista brasileiro
    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)
    recebeu do Instituto Nacional de Saúde dos Estados Unidos (NIH em inglês) o prêmio Transformative R01, no valor de 4 milhões de dólares (6,7 milhões de reais) para continuar desenvolvendo pesquisas na área de neurobiologia. De acordo com o NIH, esse prêmio tem a intenção de apoiar pesquisas com potencial de transformar "a forma como pensamos e conduzimos a ciência".

    Ele é fundador do
    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)
    (IINN), que já arrecadou cerca de R$ 100 milhões em investimentos, e um dos pesquisadores mais respeitados na área de neurociência;

    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)

    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)
     
    Última edição: 30 Set 2010
  2. Ecthelion

    Ecthelion Mad

    Sempre bom saber que um brasileiro está fazendo um excelente papel numa pesquisa importante da neuro.
     
  3. Morfindel Werwulf Rúnarmo

    Morfindel Werwulf Rúnarmo Geofísico entende de terremoto

    Ele tortura uns animais aqui em Natal, no tal Instituto de Neurociências.
     
  4. Excluído042

    Excluído042 Excluído a pedido

    Há um bom tempo venho me perguntando sobre os métodos desses cientistas que usam animais como cobaias.
    Fico extremamente triste com isso, com os maltratos, na verdade, nem sei o que pensar direito sobre isso. Queria ser veterinária. :osigh:

    Mas ao mesmo tempo, me pergunto tbm, fazer homem de cobaia?
    É melhor né? Pelo menos o homem tem como se defender e não é inocente.

    Mas voltando ao assunto do tópico..
    É bom ver nossa gente crescer na ciencia.
     
  5. Morfindel Werwulf Rúnarmo

    Morfindel Werwulf Rúnarmo Geofísico entende de terremoto

    No final eles vão ter de usar em seres humanos de qualquer jeito, animais não são, no todo, iguais aos seres humanos.
     
  6. Excluído042

    Excluído042 Excluído a pedido

    Sim... é verdade.
    Não são iguais aos seres humanos.
    Mas de qualquer forma, doi meu coração.
     
  7. Morfindel Werwulf Rúnarmo

    Morfindel Werwulf Rúnarmo Geofísico entende de terremoto

    Não sei se você entendeu, mas eu sou terminantemente contra testes em animais.
     
  8. Excluído042

    Excluído042 Excluído a pedido

    Ah sim... :oops:


    Bem, entendo a busca da ciencia, e se não fosse esses testes em animais, muitos remédios não estariam disponíveis para nós.
    Mas isso me deixa muito triste. Tpw, prefiro nem saber ou ver essas coisas..

    Mas voltado ao assunto do tópico...
    Penso no futuro em usar essa técnica. :hihihi:
     
  9. Morfindel Werwulf Rúnarmo

    Morfindel Werwulf Rúnarmo Geofísico entende de terremoto

    Não é a melhor atitude a se tomar, se pude ver o documentário Terráquos (Earthlings, EUA, 2005) você talvez pense diferente, não precisamos de metade das coisas que usamos os animais para conseguir (peles, couro etc), sempre há os sintéticos e quando testam em animais e dá certo vão testar nos seres humanos e pode não dá certo. O organismo dos animais não é igual ao dos seres humanos e uma doença provocada artificialmente não é a mesma coisa de uma natural.
     
  10. Excluído042

    Excluído042 Excluído a pedido


    Morfindelm,
    Talvez vc tbm não tenha entendido meu ponto de vista. Minhas palavras podem ter causado ambiguidade.
    Eu entendo eles(os cientistas que usam animais como cobaias), mas não sou a favor.

    Eu não ia comentar aqui.. Pq falariam que seria muito radical e etc.
    Mas sempre partir da idéia de que seria melhor usar os parentes deles, no lugar dos animais.

    Ah sim..
    Pode até não ser a mesma coisa..
    Mas o importante, é que ajuda a ciencia a buscar por resultados.
    Vc tem algum artigo que fale sobre essa diferença dos organismos.. queria saber mais disso. xD

    Parto do principio que, as células são as mesmas, os glóbulos brancos são os mesmo e etc. Tanto em animais, quanto em pessoas.
    Logo, o resultado que a doença causa no animal pode não ser idêntico ao que causaria no ser humano, por causa da herança genética.. e por questões externas, por não ser natural, mas sei pouco sobre isso, confesso.
    Mas na maioria dos casos, pelo que vejo, não tem tanta diferença... A reação da doença sendo inserida artificialmente.

    Exemplo de "doenças" introduzida em animais.

    Instituto butantan..
    Eles injetam em cavalos, venenos de cobras, escorpiões e fazem soro para as pessoas usarem. Esse soro tem salvado muitos vidas.
    Método: injetam o veneno, esperam alguns dias e depois retiram o sangue do cavalo, e depois separam os anticorpos presentes no sangue e fazem o soro.
    O animal depois de algum tempo, ja esta imune ao veneno. Mas o sangue continua produzindo esses anticorpos.

    Bem esse método tem se mostrando bem eficaz.
    Mas em todo caso, sou contra tortura em animais.
     
    Última edição: 11 Out 2010
  11. Morfindel Werwulf Rúnarmo

    Morfindel Werwulf Rúnarmo Geofísico entende de terremoto

    Não acho radical não, eu concordo, não é pelo bem da ciência? Em tempos remotos o sacrifício era realmente um sacrifício, era sempre uma pessoa da casa real, depois passaram a usar qualquer um, e deixou de ser um sacrifício para quem iria ser recompensado no final, eles lucram milhôes com as pesquisas sobre a tortura de milhões de animais indefesos, cujo único erro foi serem pegos e serem "inferiores".
     
  12. Excluído042

    Excluído042 Excluído a pedido

    Verdade..
    Tem um cara que ja estudei que se infectou para poder descobrir como curar uma doença.. Só que esqueci quem era e qual era a doença.

    Era algo relacionado a vermes. Só lembro disso.
     

Compartilhar