1. Caro Visitante, por que não gastar alguns segundos e criar uma Conta no Fórum Valinor? Desta forma, além de não ver este aviso novamente, poderá participar de nossa comunidade, inserir suas opiniões e sugestões, fazendo parte deste que é um maiores Fóruns de Discussão do Brasil! Aproveite e cadastre-se já!

Dismiss Notice
Visitante, junte-se ao Grupo de Discussão da Valinor no Telegram! Basta clicar AQUI. No WhatsApp é AQUI. Estes grupos tem como objetivo principal discutir, conversar e tirar dúvidas sobre as obras de J. R. R. Tolkien (sejam os livros ou obras derivadas como os filmes)

Notícias Carrie, a Estranha (Carrie, 2013)

Tópico em 'Cinema' iniciado por Morfindel Werwulf Rúnarmo, 8 Out 2013.

  1. Morfindel Werwulf Rúnarmo

    Morfindel Werwulf Rúnarmo Geofísico entende de terremoto

    Pra promover o filme Carrie, a Estranha que vai ser lançado ainda esse ano filmaram um falso evento paranormal, no estilo de uma pegadinha.

    Vocês cairiam?

    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)


    Aqui no Brasil ele está programado pra ser lançado em 6 de dezembro.

    Atuam a
    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)
    como a Carrie e a
    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)
    como a mãe do personagem-título.

    Direção de
    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)
    .

    O procurar não retornou nenhum tópico pra esse filme.
     
  2. Neithan

    Neithan Ele não sabe brincar. Ele é Mito

    Chloë. <3
     
    • Gostei! Gostei! x 1
  3. Ana Lovejoy

    Ana Lovejoy Administrador

    legal isso da pegadinha. fizeram algo do tipo para promover the conjuring também, não? anyway, sobre o filme, não entendo essa pira de remake com filme de terror, mas como me surpreendi (positivamente) com evil dead, acho que esse eu até assistirei.
     
  4. Fúria da cidade

    Fúria da cidade ㅤㅤ ㅤㅤ ㅤㅤ

    Carrie é um clássico de 1976 que já tinha sido refilmado em 2002. Se fizerem mais outras, tende a virar um porre.
     
  5. Morfindel Werwulf Rúnarmo

    Morfindel Werwulf Rúnarmo Geofísico entende de terremoto

    Mas esse de 2002 era Made For TV.
     
  6. Ana Lovejoy

    Ana Lovejoy Administrador


    mas é filme de qualquer maneira. eu vi, btw. é um lixo. e tem aquele "carrie 2" que é pior ainda. enfim, eu realmente não entendo esse lance dos remakes. quando é de filme de outro país até dá para entender (americano odeia filme com legenda, questões culturais a serem adaptadas, etc.), mas remake de filme americano foda? não entendo mesmo.
     
    • Ótimo Ótimo x 1
  7. Grimnir

    Grimnir Usuário

    Talvez eu precise rever o filme original, mas vendo o trailer ontem (sim, só ontem eu realmente vi), tive a impressão que vão dar um mega destaque para os poderes psíquicos desde o começo do filme. é curioso, mas até onde eu me lembro, a gente só ve uma real demonstração dos poderes na sequencia final - e isso pq é uma explosão totalmente involuntária. pelo trailer (que basicamente mostra o filme todo, o que achei um defeito), parece que a nova carrie realmente terá noção dos poderes e tentará dominá-los e etc.
     
  8. Quickbeam

    Quickbeam Rock & Roll

    Acho que a questão toda desses remakes está primordialmente ligada ao fator risco: para os estúdios, é menos arriscado investir num remake (vale também para sequels e reboots) de um título conhecido do que produzir um filme inédito. Assim como para filmes produzidos a partir de material pré-existente (livros, HQs, games, animes, brinquedos... :roll:), o filme já nasce com um público consumidor em potencial, algo que sempre é valorizado pelos estúdios. Há que se lembrar também que parece que as gerações atuais têm mais relutância em assistir filmes do passado (tipo, de 10 anos atrás XD), mas clássicos como Carrie ainda carregam uma reputação, o que os tornam alvo desse tipo de remake, ou seja, podem atrair tanto as pessoas que assistiram o original, quanto aqueles curiosos pela fama da "franquia", a um custo relativamente baixo (que é o padrão atual em filmes de terror).
     
    • Gostei! Gostei! x 3
  9. Indu

    Indu In sacanagi we trust

    Sou fã da Carrie, o livro e a versão de '76 são perfeitos. O livro é tão bom e completo que dispensa uma versão cinematográfica. Os relatos descritos no livro ocorrem de modo que os eventos ocorreram de verdade e coloca o evento em tabu.
    Na verdade estou com medo de ver esse filme, soou muito o remake de Evil Dead, terrorzão, sangue e efeitos. Quando na verdade o Legado da TC é algo mais sombrio e paranormal do que poderzinho e coisas voando.
     
    • Gostei! Gostei! x 1
  10. Fúria da cidade

    Fúria da cidade ㅤㅤ ㅤㅤ ㅤㅤ

    É bem como o Indu colocou. Por mim o livro já vale tudo e já foi retratado no cinema duas vezes (o que já deveria ter parado por ali). Um terceiro filme já é exagero.
     
  11. bregolas

    bregolas Usuário

    Grimnir na versão de 76 ela tem demonstrações de poder já no início. Ela faz um cinzeiro voar quando o diretor chama ela de Cassie pela 47ª vez, depois ela faz um nenino cair de bicicleta que a chamava de louca e acho que teve uma lâmpada estourada também no início, na cena do chuveiro. Mas realmente nessa nova versão ela treina os poderes e pesquisa sobre o tema, o que não aconteceu na versão antiga.

    Sobre este novo remake, eu até que gostei! Tinha lido várias críticas negativas e estava desanimado, por isso não fui ao cinema. Achei que eles fizeram quase uma cópia da versão de 76. Vários diálogos idênticos. A cena na qual os estudantes vão comprar as roupas do baile, as meninas no cabeleireiro igualzinho o que acontece no outro filme, inclusive a musiquinha engraçadinha. Achei legal terem incluído a cena da tempestade de pedras no final, aproximando um pouco do livro. A Chloe eu estranhei um pouco no início, achei um pouco forçadas as suas expressões, mas depois da cena do chuveiro ela se destaca.

    Enfim, melhor copiar o que estava bom do que querer inovar e fazer uma porcaria.
     
    • Gostei! Gostei! x 1

Compartilhar