1. Caro Visitante, por que não gastar alguns segundos e criar uma Conta no Fórum Valinor? Desta forma, além de não ver este aviso novamente, poderá participar de nossa comunidade, inserir suas opiniões e sugestões, fazendo parte deste que é um maiores Fóruns de Discussão do Brasil! Aproveite e cadastre-se já!

Dismiss Notice
Visitante, junte-se ao Grupo de Discussão da Valinor no Telegram! Basta clicar AQUI. No WhatsApp é AQUI. Estes grupos tem como objetivo principal discutir, conversar e tirar dúvidas sobre as obras de J. R. R. Tolkien (sejam os livros ou obras derivadas como os filmes)

Copa 2010 Brasil na Copa 2010

Tópico em 'Esportes' iniciado por Ecthelion, 15 Jun 2010.

  1. Ecthelion

    Ecthelion Mad

    Brasil na Copa

    Tópico destinado a falar da seleção brasileira na Copa 2010.

    No sofrimento, Brasil vence a primeira


    Postado em 15/6/2010 às 17:17 por
    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)

    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)

    Maicon marcou o primeiro gol brasileiro na Copa


    Foi mais sofrido do que muita gente imaginava. Nesta terça-feira, no estádio Soccer City, em Joanesburgo, o Brasil estreou na Copa do Mundo da África do Sul e derrotou a Coreia do Norte por 2 a 1.
    Presa na marcação norte-coreana, a Seleção Brasileira passou toda a primeira etapa sem marcar. Abriu o placar somente no segundo tempo, e mesmo assim, no final, ainda conseguiu levar uma certa pressão do adversário. Com o resultado, o Brasil lidera isolado o Grupo G, com três pontos, à frente de Portugal e Costa do Marfim, ambos com um.
    A Seleção começou tomando a iniciativa do jogo. Robinho, principalmente, era quem mais tentava as jogadas individuais. O primeiro chute a gol veio aos seis minutos, mas Elano, de fora da área, mandou para longe. Após os dez minutos, porém, a empolgação inicial se transformou em um pouco de afobação, com os jogadores chutando de qualquer modo ao gol. Com isso, a Coreia do Norte conseguiu trocar algumas bolas no meio e no ataque.
    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)

    Kaká, em alguns lances, apanhou da bola

    Aos 20 minutos, Robinho recebeu um bom passe pela direita da área. O jogador do Santos dominou a bola, girou sobre o marcador e chutou. Ri Myong Guk, bem colocado, defendeu sem problemas. Quatro minutos depois, foi a vez de Jong Tae Se assustar a defesa brasileira. Pela esquerda, ele driblou Juan, mas na sequência chutou cruzado, forte demais, e a bola subiu muito.
    Até então, os norte-coreanos, com uma linha de cinco defensores atrás, marcavam muito bem os brasileiros. Kaká, preso no meio da marcação, pouco aparecia. As ligações da defesa ao ataque ficavam restritas aos volantes e laterais.
    Aos 31, novamente a Coreia do Norte voltou a criar uma boa jogada. Após cobrança de escanteio, a bola sobrou para Hong Young Jo, que fintou Lúcio e tocou para Ri Kwang Chon, na entrada da área, chutar rasteiro, fraco, para fora. Dois minutos depois, finalmente o Brasil chutou de longe com perigo. Michel Bastos arriscou, a bola desviou na zaga adversária, e passou perto do ângulo.
    Até o final do primeiro tempo, o cenário pouco mudou. O Brasil pressionava, mas a Coreia do Norte marcava muito bem – e criava, de vez em quando, algum contra-ataque. No intervalo, as estatísticas mostravam o domínio brasileiro na posse de bola (66% x 34%), mas o equilíbrio nos chutes ao gol (9 x 6).
    Dunga não fez nenhuma alteração no intervalo e a Seleção voltou para o segundo tempo com a mesma escalação e os mesmos problemas.
    Aos cinco minutos, após um vacilo da defesa norte-coreana, Robinho criou boa jogada pelo meio, mas teve o chute travado. Na sobra, Kaká dominou e foi derrubado perto da meia-lua. Na cobrança da falta, Michel Bastos chutou forte e a Jabulani pegou efeito demais e saiu pela esquerda.
    Empolgado novamente, como no início do jogo, o Brasil foi pra cima. Aos sete minutos, foi a vez de Robinho chutar com perigo. Nos contra-ataques, porém, a Coreia do Norte conseguia criar algumas oportunidades – cenário muito parecido com o da primeira etapa.
    Finalmente, aos nove minutos, o Brasil conseguiu abrir o placar. Felipe Melo, que fazia ótimo jogo, virou da esquerda para a direita, em grande lançamento. Elano dominou, Maicon passou em velocidade e recebeu o passe em profundidade. Olhando para o chão, chutou forte, cruzado. A bola pegou efeito – a Jabulani, desta vez, ajudou – e enganou o goleiro norte-coreano.
    Atrás no placar, a Coreia do Norte precisou sair mais para o jogo e, naturalmente, deu mais espaços atrás. Aos 18 minutos, Robinho tocou para Luís Fabiano, dentro da área, dominar e chutar por cima a chance de ampliar. O placar aumentou pouco tempo depois. Aos 26, Robinho, de novo, voltou para buscar o jogo e fez lindo passe para Elano, por trás da linha de cinco defensores norte-coreanos, tocar com categoria para o fundo do gol.
    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)

    Elano deu a assistência do primeiro gol e marcou o segundo

    Com a vitória aparentemente garantida, o Brasil se manteve no ataque, buscando ampliar a vantagem. Aos 32 minutos, Robinho tentou marcar o dele, chutando de longe, mas a bola subiu demais – outra vez. Na sequência, Nilmar, que acabara de entrar no lugar de Kaká, também arriscou de fora da área.
    Aos 40 minutos, no entanto, Jong Tae Se recebeu longo lançamento, ganhou na corrida de Juan, mas na hora do chute, o zagueiro brasileiro se recuperou e tocou a bola para a linha de fundo. Três minutos depois não teve jeito. Ji Yum Nam dominou pela esquerda da área, passou por Lúcio, que chegou atrasado, e chutou cruzado, sem chances para Julio Cesar.
    No final das contas, a vitória brasileira foi, obviamente, merecida. Dominou toda a partida, criou mais oportunidade e é muito superior ao time norte-coreano. O jogo serviu, porém, para ver algumas falhas e detalhes que precisam ser corrigidos para o restante da Copa do Mundo.
    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)

    No final, os norte-coreanos diminuíram e pressionaram pelo empate

    Ficha técnica

    Brasil 2x1 Coreia do Norte
    Local: Estádio Ellis Park, Joanesburgo
    Data: 13/06, terça-feira
    Árbitro: Viktor Kassai (HUN)
    Público: 54.331
    Gols: Maicon aos 9’/2T e Elano aos 26’/2T (Brasil); Ji Yum Nam aos 44’/2T (Coreia do Norte)
    Cartão amarelo: Ramires (Brasil)
    Brasil
    1-Julio Cesar, 2-Maicon, 3-Lúcio, 4-Juan e 6-Michel Bastos; 8-Gilberto Silva, 5-Felipe Melo (18-Ramires aos 38’/2T), 8-Elano (13-Daniel Alves aos 27’/2T) e 10-Kaká (21-Nilmar aos 32’/2T); 9-Luis Fabiano e 11-Robinho. Técnico: Dunga.
    Coreia do Norte
    1-Ri Myong Guk, 2-Cha Jong Hyok, 13-Pak Chol Jin, 3-Ri Jun Il, 5-Ri Kwang Chon e 8-Ji Yum Nam; 11-Mun In Guk (6-Kim Kum Il aos 34’/2T), 17-An Yong Hak e 4-Pak Nam Chol; 9-Jong Tae Se e 10-Hong Young Jo. Técnico: Kim Jong Hun.

    Confira as notas de Brasil 2x1 Coreia do Norte


    Postado em 15/6/2010 às 17:57 por
    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)

    BRASIL
    Julio Cesar: 5 – Telespectador. Podia ter ficado o jogo inteiro sentado em um sofá.
    Maicon: 6,5 – Precisava ter aparecido mais no ataque, mas quando apareceu, fez com eficiência. Careceu de um companheiro no setor.
    Lúcio: 4,5 – Seu estilo de jogo, baseado na força, não caiu bem. Começou a partida com algumas jogadas violentas e chegou atrasado em outros lances.
    Juan: 6,5 – Não perdeu uma bola, não deu um pontapé. Jogou com classe e categoria, atuação impecável (mas contra adversário fracos, é bem verdade)
    Michel Bastos: 5,5 – Começou muito mal, visivelmente nervoso. Na segunda etapa, coma vantagem no placar, se soltou mais.
    Gilberto Silva: 5 – Sem ter que marcar os adversários, não sabia o que fazer em campo. Ficou perdido à frente da defesa brasileira.
    Felipe Melo: 6 – Depois de algumas atuações fracas, fez uma boa partida. Deu 92 passes e errou somente oito.
    Ramires: 4 – Entrou aos 40 minutos do segundo tempo, mas levou um cartão amarelo bobo.
    Elano: 6,5 – Deu a assistência do primeiro gol, marcou o segundo e se esforçou bastante em buscar o jogo e criar algo.
    Daniel Alves: 5 – Não entrou bem, como de costume. Tentou alguns lançamentos, mas sem brilho algum.
    Kaká: 4 – Está muito fora de forma. Em alguns lances, parecia um carro de passeio em uma corrida de Fórmula 1.
    Nilmar: 5,5 – Entrou com vontade, chutou ao gol e correu bastante. Se tivesse tido mais tempo, talvez tivesse feito alguma diferença.
    Luís Fabiano: 4 – Muita vontade, pouca técnica e algumas faltas, até mesmo violentas. Ansioso demais em sua estreia na Copa.
    Robinho: 7 – Foi o jogador brasileiro que mais teve vontade, iniciativa. Criou muitas jogadas, arriscou chutes e deu a assistência no segundo gol.
    COREIA DO NORTE
    Ri Myong Guk:
    4,5 – No primeiro gol saiu um pouco antes e acabou levando o chute no contra-pé.
    Cha Jong Hyok: 5 – Foi eficiente na marcação na primeira etapa, depois perdeu algumas bolas.
    Pak Chol Jin: 5 – Bom nas bolas aéreas e razoável no chão. Não comprometeu.
    Ri Jun Il: 5,5 – Comandou a defesa do centro. Não falhou e teve boa atuação.
    Ri Kwang Chon: 4,5 - Se confundiu em alguns lances pela direita.
    Ji Yum Nam: 5,5 – Marcou o gol, mas não foi tão bem na marcação de Maicon.
    Mun In Guk: 4 – Deveria ter criado mais jogadas para o ataque, mas não conseguiu sair para o jogo.
    Kim Kum Il: Sem nota – Entrou aos 34 minutos do segundo tempo.
    An Yong Hak: 5,5 – À frente da defesa norte-coreana, foi quem mais desarmou os jogadores brasileiros.
    Pak Nam Chol: 4,5 – Não conseguiu segurar a bola no meio e foi mal nos passes para o ataque.
    Jong Tae Se: 5,5 – Tentou bastante, correu, mas estava isolado. É bom jogador, mas joga de cabeça baixa muitas vezes.
    Hong Yong Jo: 5,5 – Errou somente sete passes de 32, sendo o principal jogador de criação da Coreia do Norte. Fez um bom jogo.


    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)

    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)



    ...............................
    O Brasil jogou mal, e a estréia valeu pelos 3 pontos apenas. De positivo, por incrível que pareça, a presença do Robinho. :joy:
     
    • Gostei! Gostei! x 1
  2. Indu

    Indu In sacanagi we trust

    Correção, falar mal!

    Como postei lá na Bird, Brasil ganha mas não convence. Kaka não jogou nada, o Gol do Maicon foi o mais sem querer da face da terra. E ainda tomou golaço para ficar esperto. :roll:
    Sei não desse tal de Hexa...
     
  3. Snaga

    Snaga Usuário não-confiável!!!

    Teve uma hora que fiquei brincando no celular.

    E num dado momento, um colega que estava do meu lado coxilou.

    Preciso falar mais?
     
  4. Fingolfin

    Fingolfin Feitiço de Áquila

    Um tempo atrás eu previa que essa seleção Brasileira ia atropelas as grandes seleções pra ser eliminada por uma Dinamarca da vida. O time joga muito bem com espaço, velocidade e contra-ataque, mas jogando contra retranca eles tem uma dificuldade absurda. Vide os 0 x 0 das eliminatórias contra Bolívia, Colombia e Venezuela jogando no Brasil
     
  5. [F*U*S*A*|KåMµ§]

    [F*U*S*A*|KåMµ§] Who will define me?

    Eu achei preocupante nem o fato do Brasil não conseguir criar.
    Mas o fato de parecer que eles tavam pouco se f* em se esforçar pra criar algo.
    Todos andando, coçando a bunda e procurando conseguir um escanteio.

    Aí realmente fica complicado.
     
  6. Turgon

    Turgon 孫 悟空

    Eu também. :lol:

    Eu dormi por uns 10 minutos no primeiro tempo. Estava muito devagar o jogo.
     
  7. Eu vi no bar, muito melhor e você se diverte mesmo com o Brasil tendo uma apresentação ridícula como ontem.

    Olha, até por ter visto num lugar desses, não dá pra sair analisando nego individualmente. Mas o Brasil jogou mal. Ok, o Brasil joga mal contra times que apostam na retranca total, mas aí entra o erro da besta que treina o time e ontem usou o paletó igual ao das paquitas (só que preto ao invés de vermelho). Pra que dois volantes cabeçudos contra a poderosíssima Coréia do Norte!?? Pra que me convocar só um meia?!? E bichado total, ainda por cima!!

    Porra velho, vá lá a Itália fazer isso. Só tem cabeçudo ali no meio deles e os únicos jogadores criativos do país são Totti e Del Piero, ambos aposentados por mais de 50 anos de serviços prestados à seleção nacional. Agora, tanta gente que podia ter sido levada pelo Dunga para tocar mais a bola, tentar achar um espaço. Mas nããããão, tem que levar vinte e sete volantes. Afinal, assim o Brasil ficou em primeiro nas eliminatórias e ganhou (de ninguém) a Copa das Confederações.

    Se eu sou o técnico da Costa do Marfim (o Erikson, freguesaço), retranco todo time e foda-se! O Brasil não sabe jogar contra retrancas mesmo. A diferença é que lá a zaga e o ataque são melhores e eles tem chances de ganhar. Mas como ele é burro, vai pra cima do Brasil e vai tomar uns três (ainda bem).
     
  8. Neithan

    Neithan Ele não sabe brincar. Ele é Mito

    Primeiro, corneta:

    Porra, que merda, hein? Luis Fabiano me envergonhou ontem. Que saudade de camisas 9 como Ronaldo e Romário... Kaka esteve muito abaixo do esperado para o Messias do Brasil na Copa...Robinho pedalou, pedalou, pedalou, mas só deu um passe pro gol e pronto, de resto foi só showzinho, nada de eficiente mesmo. O time não soube criar, ficava tocando a bola torcendo por uma brecha da poderosa Alemanha Coréia...e o time até esqueceu de marcar. Tomar um gol da Coréia do norte é piada. E de mal gosto. E o Dunga já percebeu que ele será morto caso o Brasil perca a Copa. Tá com o cú na mão.

    Hora de falar um pouco mais racionalmente: Sei lá, o Brasil sempre sofre contra seleções menores, e tenho uma esperança de que contra Costa do Marfim a coisa melhore.
     
  9. Ka Bral o Negro

    Ka Bral o Negro Tchokwe Pós-Moderno

    Fixed. :hxhx:
     
  10. Neithan

    Neithan Ele não sabe brincar. Ele é Mito

    Acho que o Dunga pensa que pode ganhar essa copa no suor como em 94. Mas em 94 não era Robinho e Luis Fabiano. Era Bebeto e Romário. Bebeto foi craque, Robinho não é. Romário foi gênio, Luis Fabiano nunca será.
     
  11. Mas olha... o menino Róbson até que foi o melhor do Brasil ontem (cara, dói falar isso).

    Quando ele pegava na bola eu torcia pra ele tocar ao invés de chutar, só pra não ter que comemorar gol do maldito. :mrgreen:
     
  12. Roderick

    Roderick Banned

    Esse só critica Dunga e a seleção! Não concordo como o "maioria" do Dunga levar Neymar, Ganso ou que seja Ronaldinho e Adriano, Neymar não tem lugar no time, Robinho é muito melhor e Pato não é atoa que é titular do Milan, e essa história que o Brasil não vai "lonje", se for assim Itlia, Argentina, Inglaterra também não vão, e o Kaka jogou bem o 2º tempo, e ele nem precisa ser aquela "estrela" no Brasil, pois o Kaka leva até 3 para marcá-lo e deixar Robinho e o Fabuloso mais livres, o Brasil não precisa dar show, não é um espetaculo a copa, precisa sim vencer, como fez, o Brasil pode não estar bem em um jogo, mas Brasil é Brasil resolve tudo em um ou dois lançes se preciso, acredito na seleção esse ano, e parabéns Dunga por não convocar jogadores no grito de pessoas que "a maioria nem entende de futebol" que não sabem nem mesmo que um time tem que ter homes de marcação como Julio Batista que não é uma das "estrelas" mas foi com ele jogando que vencemos a copa das Confederações, e que ficamos em 1º nas eliminatórias da copa, o Brasil realmente não jogou bem o 1º jogo, mas venceu isso que importa por enquanto, o Brasil terá mais jogos, e não jogará da mesma maneira que o 1º lógicamente!
    Então bora Basil! Parábens pela vitória e parabéns ao Dunga pela excelente campanha que vem fazendo esses anos no Brasil!
     
    Última edição: 16 Jun 2010
    • Gostei! Gostei! x 1
  13. Neithan

    Neithan Ele não sabe brincar. Ele é Mito

    É isso aí, vamos todos fingirmos de cego, e não vamos mais falar mal dos problemas da seleção, avante Brasil!!!!!!
     
  14. Roderick

    Roderick Banned

    Não temos que ver as falhas, mas ver os acertos também e reconhecer o que o Dunga e a seleção vem fazendo esses anos é bom também receber elogios pelas vitórias e do que só criticar as falhas...
     
  15. Ow Messias, tá uma merda sim, não tenta tapar o sol com a peneira. A questão é que a Copa tá tão lixo que o time do Dunga é sim um dos favoritos. Mas que poderia ser melhor, poderia. Aliás, deveria ser melhor.

    Que saudades do Paulistão...
     
  16. Roderick

    Roderick Banned

    Sim, sim foi uma merda esse jogo contra a Coréia, mas acho que a seleção vai melhorar, melhor jogar mal e vencer do que fazer o papelão que a Espanha acaba de fazer.:D
     
  17. Eu também acho que melhora. A questão é que não tem como piorar e tem que ver se essa melhora será suficiente para o hexa. Eu nem duvido, vide o nível da Copa.
     
  18. Ka Bral o Negro

    Ka Bral o Negro Tchokwe Pós-Moderno

    - Gaúcho ia pipocar e seria corpo morto em campo;

    - Neymar e Ganso são fogo de palha, sentiriam a pressão e não fariam nada - alguém se lembra do tão aclamado Pato?! Cadê ele agora?!

    - Adriano é excelente jogador e um fracasso como ser humano. Ainda bem que caiu fora do Flamengo.


    Pessoal reclama demais. Essa Seleção é horrorosa, mas é a melhor coisa que temos para formar um time. Acredito que seremos campeões - no sufoco, com jogos feios de vitórias mínimas. Mas venceremos.
     
  19. Neithan

    Neithan Ele não sabe brincar. Ele é Mito

    Gaúcho pipocaria, com certeza. Assim como pipocou em 2002.
     
  20. Turgon

    Turgon 孫 悟空

    Ficou claro que faltou um armador nesse time. Quem teve que fazer esse papel foi o Robinho, pois o Kaká não jogou nada, ou seja, complica muito isso!

    Sem contar que o Dunga colocou o Nilmar para armar depois as jogadas, sendo que não é essa a função em que ele sabe jogar.

    O Brasil não está bem. Fez um monte de treinos secretos que não serviram para praticamente nada, pelo visto. Se manter esse padrão, não acredito em vitória contra a Alemanha, Holanda e algumas outras seleções mais fortes da Copa.
     

Compartilhar