1. Caro Visitante, por que não gastar alguns segundos e criar uma Conta no Fórum Valinor? Desta forma, além de não ver este aviso novamente, poderá participar de nossa comunidade, inserir suas opiniões e sugestões, fazendo parte deste que é um maiores Fóruns de Discussão do Brasil! Aproveite e cadastre-se já!

Dismiss Notice
Visitante, junte-se ao Grupo de Discussão da Valinor no Telegram! Basta clicar AQUI. No WhatsApp é AQUI. Estes grupos tem como objetivo principal discutir, conversar e tirar dúvidas sobre as obras de J. R. R. Tolkien (sejam os livros ou obras derivadas como os filmes)

Boêmios Errantes (John Steinbeck)

Tópico em 'Literatura Estrangeira' iniciado por Lucas_Deschain, 30 Jun 2010.

  1. Lucas_Deschain

    Lucas_Deschain Biblionauta

    [size=medium][align=center]Boêmios Errantes (John Steinbeck)[/align][/size]

    [align=justify]Tortilla Flat é uma novela escrita por John Steinbeck.
    Foi traduzida para o português sob o nome "Boêmios Errantes" - é um romance leve, divertido e com doses de dramaticidade, trazendo como personagens principais Danny e seus amigos em seu dia-a-dia nada produtivo.
    Danny herda uma propriedade, e com ela uma boa quantia em dinheiro, se tornando rapidamente o centro dos acontecimentos em Tortilla Flat. Não sendo por natureza um bom empreendedor, o mesmo trata de dilapidar esse patrimônio juntamente com seus companheiros, seja para matar a interminável sede de vinho ou para conseguir uma moça interessante. Ao longo do percurso várias figuras passam pela vida de Danny, sempre participando de seus dias de ócio e de não raras confusões. Steinbeck utilizou-se de uma boa dose de seu tom irônico aliada a um humor inteligente, dando vida a este livro e tornando-o um de seus clássicos.
    Foi filmado nos aos 40 com Spencer Tracy no papel principal.[/align]

    Fonte:
    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)


    [align=justify]
    Li recentemente e achei leve e divertido. Não se vê aquela percepção social tão forte quanto em As Vinhas da Ira, nem aqueles breves trechos mais profundos de A Leste do Éden, mas essa "despretensão" não vulgariza a obra, mas sim trata da situação dos paisanos em Monterey com sensibilidade e humor típicos de Steinbeck.[/align]
     
  2. Lucas_Deschain

    Lucas_Deschain Biblionauta

    [align=justify]Mesmo que o ápice da percepção social através da narrativa literária tenha somente se consolidado em As Vinhas da Ira, Steinbeck revelou uma sensibilidade e capacidade de transmissão desse sentimento por meio das palavras em outras obras que antecederam o famoso romance de 39. Alguns exemplos disso são Luta Incerta (1936), Ratos e Homens (1937) e Boêmios Errantes, publicado em 1935.

    Foi a partir desse último que Steinbeck começou a chamar a atenção dos grandes senhores do universo literário, notabilidade que ele ainda não havia angariado com outros romances anteriores, como A Taça de Ouro (1929) e As Pastagens do Céu (1932) e A Um Deus Desconhecido (1933). Boêmios Errantes amealhou diversos prêmios literários, encaminhou Steinbeck no caminho da fama e reconhecimento, e consolidou uma temática muito recorrente em suas obras: as paragens norte-americanas e a situação daqueles “outros” que esse território habitavam.[/align]

    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)
     

Compartilhar