1. Caro Visitante, por que não gastar alguns segundos e criar uma Conta no Fórum Valinor? Desta forma, além de não ver este aviso novamente, poderá participar de nossa comunidade, inserir suas opiniões e sugestões, fazendo parte deste que é um maiores Fóruns de Discussão do Brasil! Aproveite e cadastre-se já!

Dismiss Notice
Visitante, junte-se ao Grupo de Discussão da Valinor no Telegram! Basta clicar AQUI. No WhatsApp é AQUI. Estes grupos tem como objetivo principal discutir, conversar e tirar dúvidas sobre as obras de J. R. R. Tolkien (sejam os livros ou obras derivadas como os filmes)

Atualização do MUD - (IMPORTANTE: Alguns comandos mudaram!)

Tópico em 'MUD Valinor' iniciado por dermeister, 7 Dez 2003.

  1. dermeister

    dermeister Ent cara-de-pau

    A partir de 07/12 (a partir das 6h, para os mais ansiosos), teremos uma nova série de recursos disponíveis no MUD. São algumas coisas bastante interessantes que foram discutivas pela equipe de desenvolvimento nas últimas semanas:



    * A Floresta de Haon Dor, e a Vila de Archet foram readaptadas pelo Cildraemoth;

    * O Bosque Sagrado, a Creche Anã e as Galerias Subterrãneas de Bri foram adaptadas pelo Neithan;

    * Fizemos um progresso significativo na troca do nome 'Imortal' por 'Maia', restam poucos lugares, ainda. Isto inclui as Políticas de Jogo, cujo texto foi alterado com a troca, porém, não houve nenhuma mudança em seus propósitos ou significados.

    * O comando WIZLIST foi substituído pelo comando MAIAR

    * O comando DEITIES foi substituído pelo comando VALAR

    * O comando IMMTALK foi substituído pelo comando MTALK (de MaiaTALK). O atalho ":" permanece.

    * Agora os Valar dos Salões de Mandos irão dar um manto para os renascidos. (Tivemos reclamações dos guardas das cidades e de algumas senhoras extremamente pudicas sobre renascidos andando "ao natural" pelas ruas)

    * Foi adicionado o comando RAP, bater em portas (RAP <direção>). Futuramente será usado por NPCs do MUD.

    * Foi adicionado um completo sistema de escrita e edição de livros para o MUD. Este sistema é exclusivo do MUD Valinor (nunca vi nada assim em nenhum outro MUD). Abaixo há algumas instruções datalhadas a seu respeito. As capas para os livros estão a venda inicialmente em Bri, porém em breve estarão em outras cidades. Os livros das bibliotecas serão adaptados para usar o novo sistema.





    Código:
    Sintaxe: BOOK <livro> READ              Lê a primeira página do livro
    
             BOOK <livro> READ <página>     Lê a página indicada
             BOOK <livro> TITLE <título>    Define o título do livro
             BOOK <livro> INSERT            Insere uma página ao livro
             BOOK <livro> INSERT <página>   Insere uma página na posição indicada
    
             BOOK <livro> TAKE <página>     Retira uma página do livro
             BOOK <livro> SIGN              Assina o livro
             BOOK <livro> SEAL              Lacra o livro (impede novas edições)
    
    
    O comando BOOK permite ler e editar livros no MUD. Se seu personagem
    tiver os insumos adequados (papel, caneta ou pena, e uma capa) você
    poderá escrever seus próprios livros. Os comandos de escrita de livros
    funcionam de forma conjunta com os comandos para escrita de folhas de
    papel (de fato, o livro nada mais é do que várias folhas escritas com o
    comando NOTE unidas a uma capa). O processo de escrita de um livro pode
    parecer complexo a primeira vista, motivo pelo qual elaboramos um guia
    mais detalhado sobre isto. Nas páginas finais desta ajuda, elaboramos
    um exemplo completo (passo a passo) da escrita de um livro.
     
    
    
    
    BOOK <livro> READ
    BOOK <livro> READ <página>
        
    Estes comandos são usados para ler livros do seu inventário. Usando a
    primeira forma do comando, você irá ler a primeira página do livro. Nesta
    condição, uma lista de todas as páginas escritas será exibida. Usando a
    segunda forma do comando, você poderá ler uma página específica do livro.
    
    Exemplos:
    
        BOOK 'As aventuras de Tom Bombadil' READ
            Lê a primeira página do livro)
    
        BOOK 'As aventuras de Tom Bombadil' READ 22
            Lê a 22ª página do livro)
    
        BOOK aventuras READ
            Esta é uma forma simplificada dos comandos anteriores, que
            desobriga você de digitar o título completo. Este comando terá o
            mesmo efeito dos anteriores caso você tenha apenas um livro com a
            palavra 'aventuras' no título em seu inventário. Caso contrário,
            o primeiro deles será lido.
    
    
    
    BOOK <livro> TITLE <título>
        
    Este comando permite definir o título de um livro. Sendo um comando de
    edição, ele só funcionará em livros que não tenham sido lacrados. Os
    livros intitulados serão referenciados pelo MUD através da palavra
    'livro' e de qualquer palavra que conste em seu título. Títulos podem
    ter no máximo 60 caracteres.
    
    Exemplo:
    
        BOOK caderno TITLE O diário de Fredegar Bolger
    
            Considerando que você tenha um caderno em branco que atenda pelo
            nome 'caderno' em seu inventário, este comando irá transformá-lo
            em um livro intitulado 'O diário de Fredegar Bolger'. A partir de
            então, o livro será referenciado pelos nomes 'livro' e qualquer
    
            palavra do título.
    
    
    
    BOOK <livro> INSERT
    BOOK <livro> INSERT <página>
            
    Estes comandos permitem inserir páginas em livros. As páginas nada mais
    são que folhas de papel previamente escritas com o comando NOTE. Seu
    personagem precisará estar segurando a página em suas mãos para poder usar
    este comando. Sendo um comando de edição, ele só funcionará em livros
    que não tenham sido lacrados. A primeira forma do comando irá inserir
    
    a página logo após a última página do livro, atribuindo automaticamente
    o número. A segunda forma permitirá inserir páginas no meio de outras,
    desde que não exista nenhuma página com o número indicado (Lembre-se:
    isto é papel, e papel não tem renumeração automática :) . O número máximo
    de páginas que podem ser inseridas em livros depende da capa (caderno,
    bloco, etc) que você usou quando começou a escrever o livro (em geral,
    é possível encontrar para compra itens como "Um caderno de 50 folhas",
    ou "uma capa para livros de até 50 folhas").
    
    Exemplos:
                
        BOOK diário INSERT
            Este comando irá inserir a página que seu personagem está segurando
            no final do livro que atende por 'diário'. A página irá assumir
            automaticamente o número imediatamente superior ao número da última
            página do livro.
    
        BOOK diário INSERT 5
            Considerando que seu personagem possua um livro chamado 
            'diário' com as páginas 1, 2, 3, 4, 6, 7 e 8 escritas, será
            possível inserir a 5ª página faltante com este comando. Não é
            possível adicionar uma página com o mesmo número de uma página
            já existente.
    
        BOOK diário INSERT 120
            Considerando que seu livro tenha as páginas 1, 2 e 3 escritas,
            este comando irá adicionar a página 120, deixando-o com as páginas
            1, 2, 3 e 120 escritas. Estas quebras propositais na numeração
            das páginas não tem muita utilidade, porém, é um recurso que
            está disponível.
    
    
    
    BOOK <livro> TAKE <página>
    
    Este comando permite extrair (arrancar) uma folha de um livro. A folha
    será colocada no inventário do seu personagem, podendo então ser editada
    ou reutilizada. Sendo um comando de edição, ele só funcionará em livros
    que não tenham sido lacrados. A extração de uma folha deixará um "furo"
    na sequência de páginas escritas do livro (Novamente lembramos: isto é
    papel, e papel não tem renumeração automática :)
    
    Exemplo:
    
        BOOK diário TAKE 5
            Considerando que o livro tenha as páginas 1, 2, 3, 4, 5 e
            6 escritas, este comando irá retirar a 5ª página do livro,
            colocando-a em no inventário do seu personagem. A numeração das
            páginas ficará então 1, 2, 3, 4 e 6.
    
    
    
    BOOK <livro> SIGN
    
    
    Este comando permite assinar um livro. A assinatura fará com que o nome e
    sobrenome do seu personagem seja exibidos antes da contagem de páginas do
    livro, no READ. Assinando o livro, você removerá qualquer outra assinatura
    existente (a única forma de criar uma assinatua indelével é lacrando
    o livro, o que impedirá qualquer edição futura). Sendo um comando de
    edição, ele só funcionará em livros que não tenham sido lacrados.
    
    Exemplo:
    
        BOOK diário SIGN
            Assina o livro que atende pelo nome de 'diário' (obviamente,
    
            ele deve estar no inventário do seu personagem).
    
    
    
    BOOK <livro> SEAL
    
    Este comando permite lacrar um livro. Após lacrados, os livros não poderão
    mais ser editados de forma alguma (o que inclui a inserção e extração de
    páginas, assinaturas e edição do título). Este comando é IRREVERSÍVEL:
    uma vez adicionado, o lacre não pode mais ser removido (nem mesmo pelo
    autor do livro). Use este comando caso queira escrever livros para venda,
    ou criar livros imutáveis, com páginas e assinaturas indeléveis.
    
    
    Exemplo:
    
        BOOK diário SEAL
            Lacra o livro que atende pelo nome de 'diário' (obviamente,
            ele deve estar no inventário do seu personagem).
    
    
    
    
    EXEMPLO DA ESCRITA DE UM LIVRO PASSO A PASSO.
    
    Elaboramos este exemplo para demonstrar o processo de edição de um livro
    da forma mais simples possível. Em geral, são estes os passos que você
    precisará seguir quando for escrever sua obra.
    
    Seu personagem precisará ter em seu inverntário os seguintes itens:
    
        * Uma capa para livros ou caderno
        * Uma caneta
        * Alguma quantidade de folhas de papel (dependendo de quantas páginas
          terá seu livro)
    
    Inicialmente, tendo o caderno no inventário do personagem, você precisará
    definir o título do livro. Assumindo que seu livro será escrito a partir
    de um caderno que é referenciado simplesmente pelo nome 'caderno',
    isto deve ser feito com o comando
    
        BOOK caderno TITLE O diário de Fredegar Bolger
    
    a partir deste momento, o caderno passará a ser refereciado pelos nomes
    'livro' e 'Diário de Fredegar Bolger', ou qualquer palavra deste.
    
    Em seguida, você poderá assinar o livro. Isto não é obrigatório, e em
    livros escritos por mais de um autor geralmente não é desejável (afinal,
    apenas um deles poderá assinar o livro). Isto pode ser feito com
    
        BOOK diário SIGN
    
    Agora a primeira página do livro poderá ser inserida. Para isto, é
    necessário primeiro escrevê-la com os comandos para escrita em folhas
    de papel (NOTE). Inicialmente seu personagem precisará segurar a folha
    em suas mãos
    
        HOLD papel
    
    e em seguida, escrever o texto digitando
    
        NOTE WRITE
    
    Isto colocará o personagem no Editor de Texto, que pode ser finalizado
    digitando '/s' no início de uma linha. Convém verificar se o texto
    escrito está correto com
    
        NOTE SHOW
    
    antes de inserir definitivamente a página no livro com o comando
    
    
        BOOK diário INSERT
    
    A partir deste momento, a folha de papel foi retirada das mãos do seu
    personagem e inserida no livro.
    
    O processo acima (HOLD papel / NOTE WRITE / BOOK diário INSERT) deve
    ser repetido com todas as páginas que você deseja adicionar ao livro. Ao
    fim ou durante o processo, você poderá ler o livro digitando
    
        BOOK diário READ
    
    ou ainda
    
        BOOK diário READ <número da página>
    
    
    Maiores informações a respeito do comando NOTE podem ser encontradas
    digitando HELP NOTE.
    
     

Compartilhar