1. Caro Visitante, por que não gastar alguns segundos e criar uma Conta no Fórum Valinor? Desta forma, além de não ver este aviso novamente, poderá participar de nossa comunidade, inserir suas opiniões e sugestões, fazendo parte deste que é um maiores Fóruns de Discussão do Brasil! Aproveite e cadastre-se já!

Dismiss Notice
Visitante, junte-se ao Grupo de Discussão da Valinor no Telegram! Basta clicar AQUI. No WhatsApp é AQUI. Estes grupos tem como objetivo principal discutir, conversar e tirar dúvidas sobre as obras de J. R. R. Tolkien (sejam os livros ou obras derivadas como os filmes)

Atena e a arte da justiça

Tópico em 'Clube dos Bardos' iniciado por Breno C., 14 Jan 2008.

  1. Breno C.

    Breno C. Usuário

    Cem Mil flechas aos que querem meu reino,
    Que o sabor da sangue seja doce e cremoso,
    Que as lagrimas escorram e limpem a boca.
    pois é suja, as dos homens que tramam contra min.
    Agora que vingados, tragam a min seus pecados
    E, quem sabe, os perdoarei, se não perpetuo a sentença
    e as flechas voltarão a fazer seu balé no céu
    Indo de encontro aos corpos ou ao nada.

    Mares de fúria pesam sobre min,
    Porém ainda acho pouco, e não sinto pena
    afinal não fiz alarde sobre as flechas?
    Não disse o que ocorreria aos traidores?
    foi sabia a minha decisão
    Disso sei mais que qualquer um
    Caminho nas trilhas da justiça e justiceiro sou,
    Pois de fato sentencio.
    Quem haverá de sentenciar, se não eu ?
    Quem haverá de punir?

    Não preciso ser julgado, por julgador ser.
    Assim me faço assim da lei
    E minha espada é a ordem.
    Sou a lei que trabalha com a ordem
    Não a lei que se referencia a ordem
    Quem há de me julgar?
    quem julgará aquele que julga?
     
  2. Fernando Giacon

    Fernando Giacon [[[ ÚLTIMO CAPÍTULO ]]]

    Nossa cara, como eu não tinha visto esse teu escrito por aqui? Muito bom mesmo, essa imagem que você faz sobre os princípios de uma figura, de uma imagem da lei, da soberania, muito da hora. Não merecia estar esquecido esse poema, de jeito algum.
     
  3. Vail Martins

    Vail Martins Usuário

    Putz !!!... :susto:

    Cara, animal este teu poema. Muito bom mesmo!!! :babar:

    Enquanto a gente lê vem imagens à cabeça, coisas antigas, eras de reis, de titãs, guerras, deuses...
    Não entendo tanto de poesia quanto queria mas este aqui é demais.
    Minha nota 10! :pray:
     
  4. imported_Cabal

    imported_Cabal O Poeta Aprendiz

    Ninguém há de julgar-te então.
    parabéns Brenão.
     
  5. Breno C.

    Breno C. Usuário

    Valeu gente, ainda não tinha visto os três comentários.
    Obrigado mesmo.
     

Compartilhar