• Caro Visitante, por que não gastar alguns segundos e criar uma Conta no Fórum Valinor? Desta forma, além de não ver este aviso novamente, poderá participar de nossa comunidade, inserir suas opiniões e sugestões, fazendo parte deste que é um maiores Fóruns de Discussão do Brasil! Aproveite e cadastre-se já!

Astrônomos acham planeta habitável "perto" da Terra

Morfindel Werwulf Rúnarmo

Geofísico entende de terremoto
Astrônomos americanos anunciaram ontem a descoberta de um planeta quase do tamanho da Terra que, segundo eles, teria grandes chances de ser habitável. A descoberta fica a 20 anos-luz daqui. Ou seja: em termos espaciais, ele é nosso vizinho.

O planeta recém-descoberto fica na chamada "zona habitável" --local que reúne condições para que haja água em estado líquido-- de uma estrela anã conhecida como Gliese 581. Embora os cientistas ainda não tenham encontrado indícios de que realmente exista água por lá, eles já demonstram entusiasmo.


Astrônomos americanos anunciaram descoberta de planeta quase do tamanho da Terra que poderia ser habitável

"As chances de que exista vida neste planeta é de 100%",
afirma Steven Vogt, um dos autores do trabalho, publicado na revista científica "Astrophysical Journal".

Os astrônomos determinaram que o planeta, batizado de Gliese 581g, tem uma massa de três a quatro vezes a da Terra e um período orbital de pouco menos de 37 dias.

Sua massa indica que provavelmente é um planeta rochoso e com gravidade suficiente para ter uma atmosfera, segundo Steven Vogt.

A gravidade superficial seria quase a mesma ou um pouco maior que a terrestre. Portanto, uma pessoa poderia facilmente caminhar em posição ereta pelo planeta, dizem os cientistas.

O Gliese 581g foi descoberto por cientistas que trabalhavam no Lick-Carnegie Exoplanet Survey, após 11 anos de pesquisa. Para vasculhar o espaço, eles usaram telescópios baseados aqui mesmo na Terra.

"O fato de termos conseguido detectar este planeta tão rapidamente e tão próximo nos mostra que planetas como este devem realmente ser comuns",
disse Vogt.

O planeta tem uma de suas faces sempre voltada para a sua estrela e sob influência de uma luz diária perpétua, enquanto a outra fica na escuridão eterna, porque está voltada para o lado oposto.

Consequentemente, as temperaturas decrescem do lado oposto à estrela e se elevam do lado iluminado. A área mais habitável do novo planeta seria a parte intermediária entre luz e escuridão

Fonte
 

Elrond

"OFF" it will last two months
Sensacional!

Uma excelente notícia e já pensou se realmente existe vida neste planeta?

Olha o Avatar se tornando realidade :mrgreen:
 

Náring

Mad Hatter
Olha o Predador aí geeente!

Brincadeira, mas, de fato, a maior probabilidade é que tenha só um monte de bactérias, como sempre acontece quando encontram um planeta habitável.
 

Fúria da cidade

ㅤㅤ ㅤㅤ ㅤㅤ
Usuário Premium
O planeta tem uma de suas faces sempre voltada para a sua estrela e sob influência de uma luz diária perpétua, enquanto a outra fica na escuridão eterna, porque está voltada para o lado oposto.

Caramba então sem haver transição de dias e noites (claro e escuro) não tem a menor graça pra se ter vida.
 
C

cpm22

Visitante
Vejam, só!!
Milhões de estudos, e vasculhações no espaço e só agora esse planeta foi descoberto? afirma que ele está bem próximo ao planeta terra, como só agora foi visto? poderia este planeta está andando pelo espaço? poderia ele estar perdido, de sua órbita?? Bom não sei, penso que existem milhares e milhares de planetas em nossa galáxia, ela é imensa, infinita. Poderia até mesmo haver um planeta com seres vivos, parecidos conosco. Acho que ainda à muitos planetas para serem descobertos, muitos e muitos outros mistérios estão escondidos pela fasta escuridão do universo LOL .... Viva o Guerra nas estralas =).
 
C

cpm22

Visitante
Outra coisa que, eu quero postar aqui!! coloquem o Morfindel como moderador desta área, poxa o cara sempre esta trazendo algo legal para discutir no fórum, ele se esforça pra caramba, se agum administrador ler isso, pensa no caso, o cara merece, dou total apoio é acho que todos do fórum iriam apoiar. =)
 

darth-zemnas

Hearts scarred by envy
Achar um planeta relativamente perto da Terra com altas chances de suportar vida,é maravilhoso por assim provar que nossa ''jóia azulada'' não é a única( que apesar de todos especularem que não estamos sozinhos em termos planetários,ninguém conseguiu até então provar que outro planeta similar ao ''nosso'' exista).

Mas temos três problemas fundamentais sobre o planeta em questão.
*como chegar la? A atual tecnologia não suporta viagens de longa distancia (afinal a sonda que mais longe foi ou vai estar no momento é a sonda que vai investigar Plutão e verificar se ele tem realmente anéis feitos de rochas ou poeira)e temos a nuvem de Orth que será um grande obstáculo.

*O planeta realmente suporta a vida Humana? Supondo que o homem consiga arrumar um meio de chegar até o planeta. Ele então seria realmente bom para suportar a vida humana? Sabendo que ele não tem rotação um lado sempre para o dia e outro sempre para a noite, causaria problemas no metabolismo humano (pois necessitamos de ambos para estarmos fisicamente e mentalmente saudáveis).E pequenas mudanças de Atmosfera,pressão,rotação e gravidade pode no futuro fazer com que os colonos de Gliese se tornem uma Subespécie humana.

*Estamos realmente preparados para arcar com tudo isso? Sabemos que levaria infinitos recursos para irmos até la, teríamos crises aqui no planeta com fanáticos religiosos(exemplo meu professor de química ontem discutindo sobre esse assunto “ O fim se aproxima,Deus esta preparando o caminho e mostrando ao mundo o novo lar , 2012 esta ai”),política por quem colonizara primeiro ,quem fará de Gliese seu “novo mundo” nesse caminho todo,até guerra poderia acontecer.

De todos os meios foi um achado raro e tão perto de nós que deve ser estudado e num futuro próximo colonizado, mas para que esse planeta possa ser um dia a nova Terra,temos que resolver os problemas da antiga! Por que senão só será uma expansão da Ignorância humana.
 

Finwë

Alto Oficial de Erebor
Já conseguiram 250.000 km/h com o Helios, e como essas velocidades ainda são conseguidas com com a ajuda da gravidade fica bem difícil para tripulá-las.
 
Última edição:

Morfindel Werwulf Rúnarmo

Geofísico entende de terremoto
Já conseguiram 250.000 km/h com o Helios, e como essas velocidades ainda são conseguidas com com a ajuda da gravidade fica bem difícil para tripulá-las.

Mas com nave tripuladas não podem ir em uma velocidade muito alta, eles tem que acelerar muito lentamente, 1 g (gravidade terrestre) já é um pouco forte e até que atinjam a velocidade de cruzeiro vai demorar um pouco, ou seja, esqueçam ese planeta e vamos tentar consertar o nosso.
 

Finwë

Alto Oficial de Erebor
Mas com nave tripuladas não podem ir em uma velocidade muito alta, eles tem que acelerar muito lentamente, 1 g (gravidade terrestre) já é um pouco forte e até que atinjam a velocidade de cruzeiro vai demorar um pouco, ou seja, esqueçam ese planeta e vamos tentar consertar o nosso.

Um piloto da aeronáutica deve suportar de 2g a 3g, mas um astronauta suporta muito mais. O recorde é de John Stapp, que experimentou 45g até sua pele começar a rasgar.
 

Oromë

Purge 'em all

Isso não é tão preocupante. Seria basicamente impossível que civis fossem mandados para lá antes de militares e cientistas que já tivessem passado por todo o treinamento.

Assim que a viagem de civis se tornasse possível, o treinamento deles certamente faria parte do processo.

A pergunta é: quantos civis poderiam arcar com os prováveis custos dessa viagem?
 

Valinor 2021

Total arrecadado
R$100,00
Meta
R$4.800,00
Termina em:
Topo