1. Caro Visitante, por que não gastar alguns segundos e criar uma Conta no Fórum Valinor? Desta forma, além de não ver este aviso novamente, poderá participar de nossa comunidade, inserir suas opiniões e sugestões, fazendo parte deste que é um maiores Fóruns de Discussão do Brasil! Aproveite e cadastre-se já!

Dismiss Notice
Visitante, junte-se ao Grupo de Discussão da Valinor no Telegram! Basta clicar AQUI. No WhatsApp é AQUI. Estes grupos tem como objetivo principal discutir, conversar e tirar dúvidas sobre as obras de J. R. R. Tolkien (sejam os livros ou obras derivadas como os filmes)

Anões do leste

Tópico em 'De Fã Para Fã' iniciado por Radagast O Marrom 17, 18 Ago 2018.

  1. Como muitos aqui já sabem
    Os anões que viviam ao leste na terra média não são muito citados nas obras de Tolkien então eu criei isso aqui pra teorizar como seriam suas casas e seus tesouros e em que montanhas viveriam estes anões que não eram de Nogrod e Belegost e nem de Khazad-Dum. Ps: no grupo Laurelin eu já teorizei sobre isso
     
  2. Neoghoster Akira

    Neoghoster Akira Brandebuque

    Pela referência podemos hipotetizar e citar algumas coisas interessantes com relação ao assunto. Dos povos anões que viviam ao leste citam-se os seguintes:
    Do History of Middle Earth (HoME) sabemos que havia montanhas vermelhas e amarelas no esboço de Tolkien e que apontavam para a presença de grandes maciços rochosos ao leste do mundo que poderiam ser economicamente atraentes para os anões. Considerando que não estamos falando de anões em tempos recentes quando ficaram com as características diluídas iguais aos dos homens podemos mesmo assim imaginar conjuntos de montanhas e obras menos grandiosas do que dos seus sofisticados parentes do oeste.

    Também na direção do leste foram dois magos azuis para tratar de assuntos locais e a influência da sombra do inimigo (que também corrompeu a região) era intensa. Na periferia das sete casas maiores havia os anões nanicos que foram exilados e caçados até a extinção.

    Especulando do ponto de vista de nosso mundo e do qual Tolkien procurou projetar o passado, teve uma passado "lítico" e pedregoso que deixou restos por onde quer que se olhe seja nas influências nórdicas dos anões, seja da zona árida do oriente próximo. No "nosso oriente" há povos que deixaram estruturas bastante próximas do que os anões apreciavam. Na Ásia há templos construídos de cima a baixo a partir de um um bloco único de rocha, sem qualquer emenda, conferindo uma estabilidade a mais e oferecendo opções típicas de estilo muito parecidas com obras da Terra Média como a torre de Orthanc que parecia ter sido escavada da montanha.

    As estradas deviam se parecer em certos trechos a estradas européias romanas que ainda ainda estão em utilização (embora alguns destinos estejam há muito perdidos em desvios destruídos), com marcos de pedra aqui e ali em bosques ou vias:

    Pontes e outras obras deviam fazer parte do legado do mundo antigo:

    Outra questão parece tratar da diferença entre mapas de anões e elfos. Conforme apontado pelo Tolkien Gateway mapas de anões colocavam o Leste no topo da página igual ao que é mostrado no documento trazido por Thror:

    Conquanto eles estivessem presos também a influência medievalista de Tolkien que lhes emprestava ares mágicos ou de pregadores de peças (à moda hobbit) de gnomos os parentes do leste tenderiam a travar um contato mais próximo dos homens do que com elfos pela raridade destes naquelas partes do mundo e o que significa dizer "anões com influências de homens orientais".
     
    • Ótimo Ótimo x 1
    • Gostei! Gostei! x 1

Compartilhar