• Caro Visitante, por que não gastar alguns segundos e criar uma Conta no Fórum Valinor? Desta forma, além de não ver este aviso novamente, poderá participar de nossa comunidade, inserir suas opiniões e sugestões, fazendo parte deste que é um maiores Fóruns de Discussão do Brasil! Aproveite e cadastre-se já!

Twitter lança plataforma @anywhere, que integra serviço a qualquer site da web

Menegroth

Bocó-de-Mola
RIO - O Twitter inaugurou nesta quarta-feira a sua plataforma "@anywhere" (em qualquer lugar, numa tradução direta), que permitirá o acesso ao site de microblogging a partir de qualquer site da web. Entre os parceiros já confirmados que integrarão seus sites com a ferramenta estão gigantes como a Microsoft (Bing), a Amazon, o Wall Street Journal e queridinhos da web como o Foursquare e o Huffington Post.

O @anywhere foi apresentado no mês passado durante a conferência SxSw em São Francisco. A ideia é que internautas possam enviar mensagens para o Twitter de forma mais natural enquanto navegam, sem precisar sair do site que estão no momento. Biz Stone, cofundador do Twitter, diz que o Foursquare definiu o @anywhere como "agressivamente simples", enquanto a Amazon elogiou a possibilidade de consumidores poderem "convenientemente seguir sugestões de contas no Twitter sem nunca deixar" o site de compras.

Biz revelou também uma extensa lista de sites que já trabalham com implementações do @anywhere: AdAge, Amazon, Bing, Citysearch, Digg, Disqus, eBay, Foursquare, Gawker, Google, Gowalla, The Guardian, The Huffington Post, Hunch, Mashable, Meebo, MSNBC.com, The New York Times, Salesforce.com, WSJ.com, Yahoo! e YouTube.

Fonte: http://oglobo.globo.com/tecnologia/...ra-servico-qualquer-site-da-web-916346879.asp
Pronto...agora tá mais fácil twittar. E o melhor, duvido que vão conseguir bloquear isso na sua empresa. :cool:
 

Tilion

Administrador
O que banaliza é o uso que as pessoas fazem da ferramenta, o que elas postam lá, não o lugar onde se encontra a ferramenta.
 

Menegroth

Bocó-de-Mola
O que banaliza é o uso que as pessoas fazem da ferramenta, o que elas postam lá, não o lugar onde se encontra a ferramenta.
Ahh mas ajuda Tilion.
Concordo que existem coisas bem mais fáceis que não ocorrem esses tipo de banalização.

Mas, só de pensar que existem pessoas que só postam quando estão em casa e agora vão poder postar o dia inteiro porque provavelmente não será bloqueado pelas empresas...enfim.

PEnsa naquele seu amigo chato que só posta quando chega em casa:
Comi.
Arrotei.
Peidei.
Bati na mesa.

Agora ele vai poder fazer o dia inteiro.
Acordei.
Arrotei.
Peidei.
Tirei a cueca.


:blah:
 

Tilion

Administrador
Ninguém é obrigado a seguir gente chata por lá. =]

Se tá ruim, é só parar. De vez em quando faço umas limpas nas criaturas que sigo justamente por isso.
 
Última edição:

Menegroth

Bocó-de-Mola
Ninguém é obrigado a seguir gente chata por lá. =]

Se tá ruim, é só parar. De vez em quando faço umas limpas nas criatura que sigo justamente por isso.
Isso é verdade...

Mas dá trabalho...:lol:

Tem gente que não era chata mas fica, tem gente que era chata e melhora...:roll:
 

dermeister

Ent cara-de-pau
Penso o contrário; acho que essa enorme coleção de trivialidades e tosquices do Twitter realmente inspirou interesse dos arquivistas da Biblioteca do Congresso dos EUA. Informações sobre banalidades do dia a dia, aquelas que ninguém se dá ao trabalho de registrar, são fundamentais para entender como era a vida no passado. O Twitter dará um pedaço dessa informação para os historiadores do futuro -- só um pedaço e, que fique claro, bem enviesado: a rotina daquelas pessoas que tem acesso ao twitter e tempo/vontade/paciência/etc. para passarinhar essas coisas; daí o meu medo de ser comparado, no futuro, a 90% desse povo *risos*

Claro que os historiadores do futuro terão muito trabalho para entender como vivemos hoje, e não falo só do trabalho de separar os tweets interessantes entre os bilhões existentes; nossa civilização gera mais registros que nunca, a grande maioria em formato digital, que sequer sabemos até que ponto estará acessível -- sorte daquilo que foi impresso e espalhado, em milhares de exemplares, pelo mundo todo. Azar daquilo que nunca saiu de discos magnéticos, óticos, memórias diversas, talvez ainda não inventadas, e outras mídias que não durarão mais que algumas décadas; as mídias que sobreviverem ainda darão aos historiadores o trabalho de recuperar a informação (sabe-se lá como), interpretar sistemas de arquivo, formatos de dados, codificação, etc. Droga! Sempre me alongo quando começo a pensar nisso...
 

Valinor 2020

Total arrecadado
R$1.470,00
Meta
R$4.800,00
Termina em:
Topo