1. Caro Visitante, por que não gastar alguns segundos e criar uma Conta no Fórum Valinor? Desta forma, além de não ver este aviso novamente, poderá participar de nossa comunidade, inserir suas opiniões e sugestões, fazendo parte deste que é um maiores Fóruns de Discussão do Brasil! Aproveite e cadastre-se já!

Dismiss Notice
Visitante, junte-se ao Grupo de Discussão da Valinor no Telegram! Basta clicar AQUI. No WhatsApp é AQUI. Estes grupos tem como objetivo principal discutir, conversar e tirar dúvidas sobre as obras de J. R. R. Tolkien (sejam os livros ou obras derivadas como os filmes)

Torcida cria disque denúncia para flagrar baladeiros do Galo

Tópico em 'Esportes' iniciado por Morfindel Werwulf Rúnarmo, 1 Set 2010.

  1. Morfindel Werwulf Rúnarmo

    Morfindel Werwulf Rúnarmo Geofísico entende de terremoto

    Considerada a principal torcida organizada do Atlético-MG, a Galoucura criou um mecanismo no mínimo inusitado para tentar ajudar o clube a sair da situação ruim em que se encontra no Campeonato Brasileiro, onde ocupa a 18ª colocação, com 14 pontos. Desconfiada de que o mau desempenho do time está relacionado a possíveis excessos cometidos fora de campo, a torcida ativou um "serviço" para flagrar possíveis notívagos do atual grupo alvinegro. Trata-se do "Disque Denúncia - A Festa Acabou".

    "A respeito dos jogadores, devido a várias denúncias, somos forçados a reativar o Disque Denúncia, uma situação extrema precisa de ações extremas. O Disque Denúncia é totalmente pacífico, nossa intenção é divulgar e mostrar à imprensa e à torcida quem é jogador profissional e quem é baladeiro, palavras que jamais podem ser sinônimos", diz um trecho do comunicado, publicado nesta terça-feira no site da torcida.

    Apesar de ressaltar que o ato "é totalmente pacífico", outra parte do texto assume um tom ameaçador. "Jogar no Galo, melhor CT, torcida fanática, salários em dia, o profissional tem de ter no mínimo empenho, aqueles que querem baladas, talvez ainda não conheçam bem a Galoucura e a torcida do Galo. Vão conhecer agora", promete.

    Para levar sua ação adiante, a torcida disponibilizou contatos por telefones, emails, twitter e rádios. Além disso, a organizada pede aos atleticanos que registrem possíveis deslizes dos jogadores atleticanos na noite belo-horizontina. "Pedimos a todos os atleticanos que encontrem jogadores na balada que nos liguem, batam fotos. Enfim, chegou a hora de a massa também participar desta campanha. Sabemos de vários torcedores que são amigos de copo de jogadores, mas não denunciam. Chegou a hora: ou você é amigo de baladeiro ou atleticano", enfatiza o comunicado.

    Ironias à parte, o primeiro atleticano "flagrado" seria membro da comissão técnica do Galo. Segundo um torcedor que prefere não se identificar, o profissional esteve na noite dessa segunda-feira, em companhia de dois homens e duas mulheres, em um restaurante na avenida Fleming, na região da Pampulha, em Belo Horizonte.

    Indignado com a postura do funcionário do clube, diante do mau momento em que atravessa a equipe, o torcedor desabafou. "Ele era um dos mais animados no restaurante e aparentava estar bem alegrinho (bêbado). Não tem nada a ver o cara sair e beber. Mas, neste momento, pega muito mal. Como que ele vai poder cobrar de algum jogador, se não dá o exemplo", reclamou o torcedor, que prometeu "denunciar"o caso.

    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)

     

Compartilhar