1. Caro Visitante, por que não gastar alguns segundos e criar uma Conta no Fórum Valinor? Desta forma, além de não ver este aviso novamente, poderá participar de nossa comunidade, inserir suas opiniões e sugestões, fazendo parte deste que é um maiores Fóruns de Discussão do Brasil! Aproveite e cadastre-se já!

Dismiss Notice
Visitante, junte-se ao Grupo de Discussão da Valinor no Telegram! Basta clicar AQUI. No WhatsApp é AQUI. Estes grupos tem como objetivo principal discutir, conversar e tirar dúvidas sobre as obras de J. R. R. Tolkien (sejam os livros ou obras derivadas como os filmes)

Sobre o princípio da incerteza

Tópico em 'Ciência & Tecnologia' iniciado por Lord Meneltar, 19 Dez 2003.

  1. Lord Meneltar

    Lord Meneltar Argerich

    Bom,aproveitando que voltaram com isso aqui(ah,que benção!), vou aproveitar pra expor uma duvida.


    O Princípo da incerteza de Heisenberg nos diz que não é possível calcular com prescisão,num dado instante,a posição e a velocidade de uma particula,pois,para medi-las,usa-se ondas eletromagnéticas.Para medir-se com prescisão a posição,são usadas ondas de alta frequência,que perturbam a velocidade da partícula em proporção direta à frequência.Ou seja,quanto mais exatamente você souber a posição,menos exatamente vai saber a velocidade.Mas,e,se você calcular essa perturbação na velocidade? Então,você saberia a posição e a velocidade.


    Isso é possível?
     
  2. Undead Kurt

    Undead Kurt Usuário

    Pelo pouco que eu sei de física posso dizer que se você calcular a pertubação na realidade o valor da velocidade. O que tornaria válido o P.I.H., pois você teria a velocidade, mas não a posição.
    Estas partículas possuem trajetórias aleatórias, por isso que se sabe um dos dois, mas não os dois ao mesmo tempo...
     
  3. Lord Meneltar

    Lord Meneltar Argerich

    Mas, o que impossibilita o cálculo da posição então?
     
  4. Deriel

    Deriel Administrador

    Olha... não é querer desanimar, mas esses conceitos avançados em ciências exatas não são atingidos facilmente ou com frases simplórias. Leva-se quase três décadas de estudo intensivo pra se chegar lá. Mas a explicação está na constante de Planck.

     
  5. Lord Meneltar

    Lord Meneltar Argerich

    Agora eu entendi.Eu não tinha entendido outra parte,anterior(bem anterior) a essa.Brigadão :wink:
     
  6. Logan Mcloud

    Logan Mcloud Usuário

    meu deus.... eu nao queria explicar isso aki nao..... mas como niguem se pronunciou aki vou eu :


    como vc nao sabia o S0 vc nao sabe onde a onda atingiu a particula portanto vc nao pode calcular quanta energia ela recebeu portanto vc nao pode calcular onde ela foi parar e ainda tem mais em fisica quantica vc nao tem uma tragetoria exata de nada.... vc tem algumas probabilidades de onde essa particula possa estar...


    existem outras formas de explicar isso mas seria necessario mais matematica do q disponho e mais saco do q eu poderia carregar..


    dwarf
     
  7. Lord Meneltar

    Lord Meneltar Argerich

    Hmm...sim...sim...era isso que eu nao tinha entendido (a parte da colisao da onda com a particula).

    Falando nisso,alguem tem à mão aí o paradoxo do gato do Schrödinger?
     

Compartilhar