1. Caro Visitante, por que não gastar alguns segundos e criar uma Conta no Fórum Valinor? Desta forma, além de não ver este aviso novamente, poderá participar de nossa comunidade, inserir suas opiniões e sugestões, fazendo parte deste que é um maiores Fóruns de Discussão do Brasil! Aproveite e cadastre-se já!

Dismiss Notice
Visitante, junte-se ao Grupo de Discussão da Valinor no Telegram! Basta clicar AQUI. No WhatsApp é AQUI. Estes grupos tem como objetivo principal discutir, conversar e tirar dúvidas sobre as obras de J. R. R. Tolkien (sejam os livros ou obras derivadas como os filmes)

Sinopses

Tópico em 'Generalidades Literárias' iniciado por imported_Shiryu, 24 Jan 2011.

  1. imported_Shiryu

    imported_Shiryu Yippie-ki-yay...

    Criei este tópico só para mostrar minha indignação com alguns lazarentos que escrevem a sinopse de um livro. Li a sinopse atrás de um livro que falava que o protagonista seria raptado, daí pensei "deve ser no começo do livro", mas fui lendo e nada de acontecer. Resultado: O livro tinha 380p, e o fato acontece na 290. Sem comentários né?

    Tá louco, parece que as editoras até pegam uns ignorantes para escrever as sinopses...
     
  2. imported_Rafaela

    imported_Rafaela Usuário

    Tem umas sinopses que são bem ruinzinhas mesmo. Mas o meu negócio é com capas, não dizem que uma imagem vale mais que mil palavras? Então, pra mim conta muito a capa, quando gosto da capa e do título evito ler a sinopse até terminar o livro, não gosto de saber das coisas que vão acontecer até terem acontecido! Vai me entender! ¬¬
     
  3. JLM

    JLM mata o branquelo detta walker

    já comprei livro pela sinopse e me enganei totalmente: atlantis, do david gibbins. ou seja, quem escreveu a sinopse é 10x + escritor q quem escreveu o livro.
     
  4. Anica

    Anica Usuário

    a sinopse que a rocco fez para world war z foi uma caca tb. dá a entender que é comédia, qdo não tem nada a ver com isso.
     
  5. Lucas_Deschain

    Lucas_Deschain Biblionauta

    [align=justify]O que não curto das sinopses, principalmente as de orelha de livro, é que elas são tendenciosíssimas, ou seja, elas querem vender o peixe delas, no caso o livro. Resumindo: o livro pode ser uma m****, mas mesmo assim vão dizer que tem um tom dostoievskiano ou kafkiano ou um epopéia homérica ou um quê balzaquiano e assim por diante.

    edit: e isso leva a outro problema bem irritante, as pessoas que desconhecem as obras desses autores citados ficam achando que aquele livro m**** é comparável aos supracitados.[/align]
     
  6. imported_Shiryu

    imported_Shiryu Yippie-ki-yay...

    O que eu acho engraçado e vi em não sei que livro, "blablabla: o novo Dan Brown", como diria o profeta, com o perdão da palavra: "grandes merda".
     
  7. nanamft

    nanamft Usuário

    :rofl: Esse foi um dos poucos livros que li asinopse antes, e me arrependo muito! Normalmente eu só leio a sinopse, orelha e, às vezes, até mesmo a introdução e comentários do tradutor, após terminar a leitura do livro (meio doido, né?)
     
  8. Anica

    Anica Usuário

    é o tipo de informação que faz com que eu deixe o livro de lado =F
     
  9. JLM

    JLM mata o branquelo detta walker

    já foi a época em q escritores d verdade escreviam as orelhas, com informações úteis e relevantes e atuando até como críticos da obra em questão, e revelando alguns detalhes q o leitor comum desconheceria sozinho.
     
  10. Izze.

    Izze. What? o.O

    Né. Ou então quando colocam a opinião de um escritor meio suspeito. Tipo Jogos Vorazes, que tinha uma frase da Stephenie Meyer. Quase desisti de ler o livro xD
     
  11. Lucas_Deschain

    Lucas_Deschain Biblionauta

    [align=justify]Não sou tão radical assim JLM, mas o que você disse sobre revelar alguns detalhes da obra e escrever uma micro-crítica, isso é bem verdade. Li semana passada Demian, uma edição da editora Civilização Brasileira (putz, como eu gosto das edições dela), com orelha de Otto Maria Carpeaux. Que primor, em poucas linhas ele descortinou Demian sem revelar nada do enredo e nem interpretar de modo decisivo a obra, apresentando a obra mas deixando espaço para o leitor. Ele contextualizou, acrescentou informações importantes e situou-a dentro do quadro literário maior, identificando tendências e estabelecendo analogias com outros autores, livros e movimento. Muito bom![/align]
     
  12. .Penny Lane.

    .Penny Lane. Usuário

    Se eu visse uma coisa dessas, acho que não ligaria. Não culpo a Meyer por querer ganhar dinheiro escrevendo um livro que supostamente é fraco.(não afirmo nada com certeza pois não o li)
    Além disso, "o livro preferido de Edward e Bella" é O Morro dos Ventos Uivantes. =P
    Engaçado como nossos preconceitos literários se estendem aos autores... isso me lembra da revolta dos fãs do Led quando a banda de axé babado novo fez cover deles. Aparentemente a Cláudia Leite é fã confessa de rock e blues...
     
  13. imported_Shiryu

    imported_Shiryu Yippie-ki-yay...

    Deve ter ficado uma beleza esse cover... :rofl:
     
  14. kika_FIL

    kika_FIL Usuário

    eu leio tudo.... tudo mesmo, comentários, ficha bibliográfica, prefácio(s), introdução....até pq o Gaiman tem MANIA de esconder pérolas nesses pedacinhos de texto
     
  15. Haleth

    Haleth Call me Bolga #CdLXI

    Sou exatamente assim, Nana! Resenhas também só leio depois de ter lido o livro (o mesmo pra filme).
    Mas o q mais me mata - e o que me fez ser desse jeito - é a quantidade de spoiler que deixam em sinopse ¬¬ e a falsa indicação de "o q esperar" do livro. Já li romance achando que era aventura, drama achando q era ficção etc. E não, não eram híbridos.
     
  16. nanamft

    nanamft Usuário

    Quando li sua resposta me lembrei q até quando alugo ou compro filmes eu só leio a sinopse atrás da capa depois de assistir ao filme! Acho q até agora não tinha me dado conta disso! :rofl:

    E sim... acredito que eu faça isso, até mesmo de modo inconsciente, para não ter a surpresa de descobrir algum fato da trama (spoilers) sem querer.
     
  17. Fúria da cidade

    Fúria da cidade ㅤㅤ ㅤㅤ ㅤㅤ

    Sinopse é algo muitas vezes raso e vago pra despertar meu interesse. Prefiro ver resenhas mais elaboradas.
     
  18. Giuseppe

    Giuseppe Eternamente humano.

    A sinopse não deve revelar coisas que só acontecem da metade pra frente do livro, né? Tem uma edição de Em Busca do Tempo Perdido, do Marcel Proust, que apesar de ser uma edição bela e muito bem feita tem um porém: tem notas de rodapé com spoilers! WTF?!
     

Compartilhar