1. Caro Visitante, por que não gastar alguns segundos e criar uma Conta no Fórum Valinor? Desta forma, além de não ver este aviso novamente, poderá participar de nossa comunidade, inserir suas opiniões e sugestões, fazendo parte deste que é um maiores Fóruns de Discussão do Brasil! Aproveite e cadastre-se já!

Dismiss Notice
Visitante, junte-se ao Grupo de Discussão da Valinor no Telegram! Basta clicar AQUI. No WhatsApp é AQUI. Estes grupos tem como objetivo principal discutir, conversar e tirar dúvidas sobre as obras de J. R. R. Tolkien (sejam os livros ou obras derivadas como os filmes)

Shantaram (Gregory David Roberts)

Tópico em 'Literatura Estrangeira' iniciado por Elfo_Surfista, 16 Mar 2006.

  1. Elfo_Surfista

    Elfo_Surfista Peidei...

    Achei esse livro excepcional, fica a sugestão e o tópico aberto para se alguém por acaso já o tiver lido comentar...

    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)


    Em 1978, por causa de seu vício em heroína, Roberts cometeu uma série de roubos e foi condenado a dezenove anos de prisão. Em julho de 1980, em plena luz do dia, ele conseguiu escapar pelo muro da frente da prisão de segurança máxima em Victoria, vindo a ser, nos próximos dez anos, o homem mais procurado da Austrália.
    Sua jornada levou-o a Nova Zelândia, Ásia, África e Europa, mas passou a maior parte do tempo em Bombaim – onde montou uma clínica de atendimento médico gratuito para moradores de favela e trabalhou como traficante de armas, falsificador, contrabandista e membro de um dos mais carismáticos ramos da máfia de Bombaim.
    Shantaram relata tudo isso e muito mais. É uma história épica e hipnótica de favelas super lotadas e hotéis de cinco estrelas, amores românticos e torturas em prisões, guerras entre facções de máfia e filmes de Bollywood, gurus espirituais e sangrentas batalhas. O enredo tece uma teia sem costuras de personagens inesquecíveis, aventuras extraordinárias e evocações magníficas da cultura indiana.
    Este livro notável pode ser lido como um grande e prolongado suspense, assim como uma meditação surpreendentemente bem escrita sobre a natureza do bem e do mal. Trata-se de uma história comovente de um homem foragido que perdeu tudo – lar, família e alma – e voltou a encontrar sua humanidade enquanto vivia no limite selvagem da experiência. Nenhum romance desta grandeza foi escrito antes e ninguém além de Greg Roberts poderia tê-lo escrito agora
     

Compartilhar