• Caro Visitante, por que não gastar alguns segundos e criar uma Conta no Fórum Valinor? Desta forma, além de não ver este aviso novamente, poderá participar de nossa comunidade, inserir suas opiniões e sugestões, fazendo parte deste que é um maiores Fóruns de Discussão do Brasil! Aproveite e cadastre-se já!

Picasso e Portinari roubados do Masp

Olha ai o que eu disse:


G1 disse:
Bandidos tentaram invadir Masp três dias antes de furto

Após o furto de duas obras do Museu de Arte de São Paulo (Masp), na quinta-feira (20), a polícia foi informada que três dias antes, bandidos já haviam tentado arrombar o museu. Na tentativa, ocorrida segunda-feira (17), os criminosos usaram um maçarico para poder forçar porta.



Apesar da ação, não foi registrado boletim de ocorrência. "Eles não registraram nada. Ficamos sabendo só depois", afirmou o delegado Marcos Gomes Moura, titular do 78º Distrito Policial, dos Jardins. ´



Na manhã desta sexta-feira (21), Moura foi orientado a passar o caso para a 1ª Delegacia Seccional de Policial, localizada no Centro de São Paulo. "No fim, foi melhor mesmo. Eles têm mais estrutura e mais gente para trabalhar no caso", disse o titular.



Os depoimentos de funcionários do Masp, que aconteceriam ao longo do dia, serão transferidos para a Seccional. "Nós seguimos ajudando com o caso, mas a investigação agora é deles", explica Moura. Pouco antes de receber a orientação, o delegado disse que pretendia ouvir cerca de 15 empregados do museu.



Furto
Na madrugada de quinta-feira (20), os quadros “O lavrador de café”, de Cândido Portinari, e “Retrato de Suzanne Bloch”, de Pablo Picasso, foram levados do museu. Os bandidos usaram um pé-de-cabra e um macaco hidráulico na invasão.



No dia 29 de outubro, dois homens conseguiram invadir o museu. Eles renderam seguranças e tentaram chegar ao segundo andar, onde está o acervo. Segundo a Secretaria de Segurança Pública (SSP), a dupla fugiu sem levar nada.

Seguro
As duas obras furtadas não tinham seguro. Juntas, elas valem cerca de US$ 55,5 milhões (aproximadamente R$ 100 milhões). Segundo a assessoria de imprensa do museu, “não é comum segurar as obras de arte e seria inviável segurar obras tão caras”. As telas foram levadas com moldura.

Três minutos
Três assaltantes, de acordo com a polícia, teriam invadido o prédio e, em apenas três minutos, levado os dois quadros. Há a suspeita de que uma quarta pessoa tenha participado do furto. De acordo com os policiais, ela teria permanecido do lado de fora do prédio, sentinela que poderia avisar os colegas se algo saísse errado. Os policiais chegaram a essa conclusão logo após um fone de ouvido ter sido encontrado no local. O equipamento teria sido usado como meio de comunicação.



De acordo com Pinho, “os quadros ficavam em salas separadas e distantes, caracterizando, portanto, alvos específicos da ação”.

Às 5h09 o circuito interno do prédio registrou a entrada dos assaltantes. Se as luzes estivessem acesas, a polícia teria como identificar um homem que não escondeu o rosto. Com base em depoimentos de funcionários da segurança, o delegado Marcos Gomes de Moura, titular do 78º DP, nos Jardins, afirmou que não há alarme na porta de entrada e nem nas salas onde estavam os quadros furtados.

Moura também acredita que o furto foi uma ação encomendada e orquestrada por profissionais. “Não são obras vendidas em qualquer feira. São raridades. Isso é encomendado e não vai para galeria de arte”, disse.

Moura vai encaminhar ao Instituto de Criminalística (IC) o CD com as imagens do circuito interno de TV para torná-las mais nítidas. Elas serão tratadas em computador. O delegado contou que haveria 30 vigilantes no total. Segundo ele, “a segurança é boa”, pois nem mesmo os vigias têm acesso a algumas salas.

A polícia investiga se a quadrilha é a mesma que tentou invadir o museu em 29 de outubro. “Há fortes indícios de que seja a mesma turma. Tentaram uma vez e não conseguiram. Essa foi uma ação orquestrada, cronometrada, coisa de profissional, não é amador. Foi estudada, porque os quadros estavam em salas diferentes”.

“Eles passaram por outras peças importantíssimas, e foram furtar as duas que provavelmente alguém tenha encomendado para eles”, acrescenta o supervisor da PF, Jaber Saadi.

Procurada pelo G1, a assessoria de imprensa do Masp informou que não vai se manifestar sobre as afirmações do delegado. Devido ao roubo, o museu não abre as portas desde quinta-feira (20).
 
Brasil um país que não dar valor nenhum pra esse tipo de cultura. Como é que pode um museu como o MASP ter instalações de segurança tão pitorescas. É triste mesmo. Espero que os quadros estejam bem.
 
nem pelo valor em MOEDA q eu digo e sim pelo valor HISTORICO; meu foram pedaços de movimentos artisticos q levaram embora. Infelizmente isso é uma realidade triste do nosso pais;
 
Isso acontece em todo o mundo, roubos assim são premeditados... pode até ser mais um "sequestro de obras" eles vão pedir uma grana pra devolver os quadros, ou vender no mercado negro e daqui a uns 5 ou 10 anos eles reaparecem. Dificilmente vão destruir ou sequer descuidar dos quadros, pq perderiam o seu valor.

Mas realmente, fiquei chocado... se soubesse que era tão fácil teria feito Eu o roubo... :think: heuheuheuehuhuehuehue
 
Dificilmente vão destruir ou sequer descuidar dos quadros, pq perderiam o seu valor.

Mas realmente, fiquei chocado... se soubesse que era tão fácil teria feito Eu o roubo... :think: heuheuheuehuhuehuehue


doente...hauhauhaua

qqr obra de arte q é roubada ja perde o valor sabia cabeçao;?
 
Pior é que tudo isso em 3 minutos!

Eu acho que foi um roubo encomendado, mas como um admirador d arte consegue ser tão ignorante? Privar o mundo de uma obra de arte, para ser contemplada por tão poucos?

Espero que essas investigações não acabem em pizza!
 
Eu acho que foi um roubo encomendado, mas como um admirador d arte consegue ser tão ignorante? Privar o mundo de uma obra de arte, para ser contemplada por tão poucos?

Resposta: ele não é um "admirador de arte".

Se esses quadros realmente sumirem, pode crer que eles não vão estar sendo contemplados por ninguém. Vão ficar é mofando em algum cofre.
 
Resposta: ele não é um "admirador de arte".

Se esses quadros realmente sumirem, pode crer que eles não vão estar sendo contemplados por ninguém. Vão ficar é mofando em algum cofre.

:yep:
às vezes, foi um só cara (rico-feliz) que quis só para dizer: - Eu tenho e vc não tem lelolelo...
:lol:
 
O MASP esta caindo aos pedaços faz tempo, além da administração incompetente do malufista Júlio Neves o museu não recebe um centavo de doadores privados, já que a elite paulista prefere pagar R$10 mil numa bolsa na Daslu a investir em cultura.
 
Vocês viram as imagens do circuito interno? Os 3 ladrões de terno, com luvas brancas, com cuidado de colocar as pinturas viradas pra cima, sendo que o Picasso nem puseram no chão! E depois disseram que eram "pés de chinelo" :roll:
 
Vocês viram as imagens do circuito interno? Os 3 ladrões de terno, com luvas brancas, com cuidado de colocar as pinturas viradas pra cima, sendo que o Picasso nem puseram no chão! E depois disseram que eram "pés de chinelo" :roll:

Tá explicado.
 
É... agora vão reabrir o museu na quarta-feira e reforçar a segurança.

Ouvi no jornal que é a mesma administração à 14 anos. Será que eles não poderiam ter ido atrás de recursos privados, financiadores, etc, alguém que colaborasse com a manutenção do museu?
 
É muito estranho, porque há uma lei que faz ser descontado do Imposto de Renda o incentivo dado a cultura por empresas privadas. Ou seja, não tem porque não investir em algo como o MASP. Deve ter alguma coisa que não sabemos =)

Porque não tem ninguém no fórum que trabalha lá? lol
 
Polícia recupera telas furtadas do Masp na zona leste de SP

Policiais do Deic (Departamento de Investigações Sobre o Crime Organizado) da Polícia Civil de São Paulo localizaram na zona leste da capital as telas "O Lavrador de Café" (1939), de Candido Portinari, e "Retrato de Suzanne Bloch", de Pablo Picasso (1904). Ambas estavam intactas.

Um dos envolvidos com o furto foi preso nesta terça, também na zona leste, e indicou o local onde as telas estavam escondidas.

A polícia já havia prendido duas pessoas - uma há três dias e outra há dez dias.

http://noticias.uol.com.br/ultnot/2008/01/08/ult23u899.jhtm



Polícia localiza telas furtadas do Masp
Segundo a Secretaria de Segurança Pública (SSP), dois suspeitos foram detidos.
Telas de Portinari e Picasso foram furtadas em 20 de dezembro, em São Paulo


A Polícia Civil de São Paulo localizou as duas telas furtadas do Museu de Arte de São Paulo (Masp) no dia 20 de dezembro. Dois suspeitos foram detidos. A Secretaria de Segurança Pública (SSP) informou que mais informações sobre a localização das telas serão apresentadas na sede do Departamento de Investigações sobre Crime Organizado (Deic) ainda na noite desta terça-feira (8).

O crime ocorreu durante a madrugada durante a troca de turno dos vigias. Três ladrões invadiram o prédio e roubaram ''O lavrador de café'', de Candido Portinari, e ''Retrato de Suzanne Bloch'', de Pablo Picasso. As obras são avaliadas em US$ 55 milhões, ou cerca de R$ 100 milhões. As telas estão estão entre as mais importantes e famosas do acervo do museu. Elas não tinham seguro, assim como todo o acervo de 8 mil obras do Masp. Segundo a assessoria do museu, seria invável pagar o seguro por obras tão caras.

http://g1.globo.com/Noticias/PopArte/0,,MUL251957-7084,00-POLICIA+LOCALIZA+TELAS+FURTADAS+DO+MASP.html
 
Como será que chegaram até os caras??

Enfim, o pessoal tava aliviado porque as telas não foram danificadas. Encontraram manta enrolada e tudo isso.
 
Eu sei que acionaram até a interpol pra procurar os quadros, mas como acharam n sei. Sei tbm que os caras ligaram lá pra pedir um resgate dos quadros...talvez rastrearam os safados.
 
Pedir resgate de quadros é dose. Eles poderiam ter faturado muito mais vendendo para algum ricaço europeu!

Pelo menos estão de volta, agora só falta tirar o Julio Neves de lá.
 
No mínimo os ladrões não sabiam o que estavam roubando. Depois não tinham para quem vender, quando tiveram a brilhante idéia de pedir um resgate... como se o museu tivesse dinheiro para isso (piada!:lol:).
 
Esta claro queé praticamente impossivel que o Masp albergue obras de tão importância como aquelas,isso é um absurdo,como um MUSEU de ARTE,com obras de valor tanto comercial e histórico enormes são deixadas ao léu numa galeria sem alarme ou qualquer tipo de sistema de segurança.Eu acho que o Masp deveria fechar as portas e avaliar sua situação em conjunto com a Prefeitura de São Paulo para que essa situação melhore!!!!
 

Valinor 2023

Total arrecadado
R$2.464,79
Termina em:
Back
Topo