1. Caro Visitante, por que não gastar alguns segundos e criar uma Conta no Fórum Valinor? Desta forma, além de não ver este aviso novamente, poderá participar de nossa comunidade, inserir suas opiniões e sugestões, fazendo parte deste que é um maiores Fóruns de Discussão do Brasil! Aproveite e cadastre-se já!

Dismiss Notice
Visitante, junte-se ao Grupo de Discussão da Valinor no Telegram! Basta clicar AQUI. No WhatsApp é AQUI. Estes grupos tem como objetivo principal discutir, conversar e tirar dúvidas sobre as obras de J. R. R. Tolkien (sejam os livros ou obras derivadas como os filmes)

Os meios para o fim

Tópico em 'Atualidades e Generalidades' iniciado por Regente, 23 Abr 2005.

  1. Regente

    Regente Serenity Painted Death

    Filosofando um bocado...

    Dois esquiadores descem uma montanha.
    Um está tão preocupado com o fim do caminho que tropeça num tronco e desce rolando.
    Outro se preocupa tanto com o caminho e em superar os obstáculos que quando percebe está indo para um precipício.

    Por outras palavras, vale tudo para fazer algo bom ou são as intenções que valem, e não os resultados finais?

    P.S: Eu queria criar o tópico como enquete, mas não tenho poder pra tal :disgusti:
     
  2. Denethor II

    Denethor II Pontífice Inquisidor de Gondor

    Creio que o importante chega a chegada. Como você chega é problema seu, e se nao conseguir? pelo menos tente e não tenha vergonha de não ter conseguido, ter força é voce fazer algo que parece impossivel e não simplesmente conseguir!
     
  3. Logan Mcloud

    Logan Mcloud Usuário

    varios filosofos dizem q eh o caminho q importa.... mas o caminho tb se refere aos meios de como vencer as dificuldades do mesmo.... portanto eu acredito q o fim justifica os meios. mas o fim eh apenas o inicio.



    Dwarf
     
  4. Regente

    Regente Serenity Painted Death

    Dúvida: Por que não é permitido criar enquetes nesta pasta?
     
  5. Lordpas

    Lordpas Le Pastie de la Bourgeoisie

  6. Regente

    Regente Serenity Painted Death

    Vou dar o meu parecer. Seguindo o exemplo que eu dei.
    Para mim a questão está no "foco". Quando nos planejamos para uma ação, devemos lembrar-nos em focar o "todo da tarefa" e não parte dela.
    O esquiador não pode focar só na meta, nem só nos obstáculos que encontra no caminho, o equilíbrio entre a forma de trabalhar os meios, sem se desviar da meta é que garante o melhor resultado.
    Mas de qualquer forma, uma coisa nunca justifica a outra.
    Um ato só pode ser justificado por ele mesmo.
     
  7. Deriel

    Deriel Administrador

    Dúvida: por que você não leu as regras?

    :obiggraz:
     
  8. Regente

    Regente Serenity Painted Death

    ¬¬
     
  9. Primula

    Primula Moda, mediana, média...

    Loser :twisted:

    Tanto faz os meios e os fins... o que importa é aguentar o tranco.

    Tipo, as coisas que a gente faz tem consequências. Quer fazer de um jeito, vai ter consequências, quer fazer de outro, vai ter outras consequências.

    Consequencias que vão desde neguinho querendo arrancar couro ou neguinho tirando sarro por ser lerdo.
     
  10. ombudsman

    ombudsman O Eto'o brasileiro

    E como se separa os fins dos meios?
    Nao faz tudo parte do que chamamos de "ação", ou "conduta"? Neste caso, fico com o que a primula falou. Se valem, eu nao sei. Mas que deve haver uma responsabilidade sobre a ação, nao tenho duvida
     

Compartilhar