1. Caro Visitante, por que não gastar alguns segundos e criar uma Conta no Fórum Valinor? Desta forma, além de não ver este aviso novamente, poderá participar de nossa comunidade, inserir suas opiniões e sugestões, fazendo parte deste que é um maiores Fóruns de Discussão do Brasil! Aproveite e cadastre-se já!

Dismiss Notice
Visitante, junte-se ao Grupo de Discussão da Valinor no Telegram! Basta clicar AQUI. No WhatsApp é AQUI. Estes grupos tem como objetivo principal discutir, conversar e tirar dúvidas sobre as obras de J. R. R. Tolkien (sejam os livros ou obras derivadas como os filmes)

O Olhar da Mente (Oliver Sacks)

Tópico em 'Literatura Estrangeira' iniciado por Meia Palavra, 18 Dez 2010.

  1. Meia Palavra

    Meia Palavra Usuário

    O neurologista britânico Oliver Sacks ficou famoso pelos seus relatos sobre pessoas que desenvolveram distúrbios em campos básicos da percepção, como (acho que este é o caso mais famoso) do pintor que perdeu sua capacidade de distinguir cores e que, no entanto, continuava a pintar grandes painéis coloridos, ou do pianista cuja memória recente não ultrapassava os trinta segundos, casos descritos em livros como “A Homem que confundiu sua mulher com um chapéu”, “Um Antropólogo em Marte” ou “Alucinações musicais”. Seus textos sempre captam uma dimensão quase irônica da relação entre a doença e o paciente: como aquela parece vir contra a capacidade essencial daquele indivíduo específico, e como, numa espécie de convivência tensa, tal indivíduo é capaz de desenvolver estratégias que não só fazem com que volte as suas atividades normais, mas que transformam essas atividades em seus fundamentos mais básicos. Talvez por isso, Sacks tenha uma grande preferência em descrever casos de músicos, pintores, escritores ou esportistas – nesses, a dependência dos sentidos e dos movimentos corporais é tão desenvolvida e, ao mesmo tempo, tão frágil, que a sua privação é absolutamente desastrosa. Tão desastrosa quanto a forma encontrada para compensá-la é formidável.
    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)

     

Compartilhar