1. Caro Visitante, por que não gastar alguns segundos e criar uma Conta no Fórum Valinor? Desta forma, além de não ver este aviso novamente, poderá participar de nossa comunidade, inserir suas opiniões e sugestões, fazendo parte deste que é um maiores Fóruns de Discussão do Brasil! Aproveite e cadastre-se já!

Dismiss Notice
Visitante, junte-se ao Grupo de Discussão da Valinor no Telegram! Basta clicar AQUI. No WhatsApp é AQUI. Estes grupos tem como objetivo principal discutir, conversar e tirar dúvidas sobre as obras de J. R. R. Tolkien (sejam os livros ou obras derivadas como os filmes)

Impérios da 4ª Era

Tópico em 'J.R.R. Tolkien e suas Obras (Diga Amigo e Entre!)' iniciado por Elessar Hyarmen, 23 Jan 2009.

  1. Elessar Hyarmen

    Elessar Hyarmen Senhor de Bri

    Como se tornou o mundo da Terra média após a derrota de Sauron?

    Como foi que teve um novo ordenamento no continente?

    Aragorn restaurou o reino do Norte assim como oficializou a soberania do Condado.

    Gondor foi restabelecida em regiões mais ao leste e ao sul e houve guerras em Harad. Ao mesmo tempo Rohan apoiou Gondor nas campanhas contra outros reinos.

    Isso seria uma forma de dizer que Rohan e Gondor eram os grandes impérios da Terra média na 4ª Era? :think:

    Rohan aumentou de tamanho? :think:
     
    • Gostei! Gostei! x 2
  2. Neithan

    Neithan Ele não sabe brincar. Ele é Mito

    Rohan continuou igual. A única coisa mencionada é que os cavalos e pessoas multiplicaram-se. Provavelmente a cavalaria Rohirin chegou a possuir cerca de 20, 25mil lanças. Mas sem comparacão com o reino de Elessar.

    Gondor reconquistou os territórios da Terra Parda, Arnor, Rhovanion e Umbar. Fez-se paz com os Haradrin (que pagavam tributo a Gondor), e também Khând. Se eu não me engano, Gondor conquistou até mesmo Rhûn, ao leste, chegando a sua extensão máxima (já que além dos antigos territórios conqusitados por Gondor no início da TE (com exceção de Calenardhon, que se tornou Rohan), Aragorn conquistou os territórios da Antiga Arnor, ao norte de Eriador). Inclusive o nome de seu reino, era o Reino Re-Unido. Uma união entre o sul e o norte.

    A extensão desse reino era gigante. O reino existia desde Harondor e Umbar (ao sul), até os territórios ao norte de Fornost e Annúminas. Ao oeste fazia fronteira com Lindon, e ao leste, com Rhûn, ou até mais além.

    Os vales do Anduin, ao norte do Rauros, não eram terras de Elessar, mas reconheciam sua majestade. Era territótio dos Beornings. Valle e a Cidade do Lago, mesma coisa, assim como o Condado. Tinham seus governantes, mas todos sabiam e reconhecia o poder dos Senhores do Oeste. Orthanc era de Gondor, mas Isengard foi dada aos Ents.

    A Floresta das Trevas foi dividade: Ao norte reinava Thranduil, e ao sul Celeborn. Dol Guldur foi destruída.

    Erebor, as Colinas de Ferro, as Montanhas Azuis, as Cavernas Cintilantes e até mesmo Moria, depois de um tempo, foram (ou continuaram sendo) colonizadas pelos anões.

    A região ao redor do Nurn foi dada aos antigos escravos de Mordor, mas Gorgoroth continuou desabitada (óbvio). Minas Morgul foi destruída.

    Esse era o mapa do Norte da TM: Gondor (ou Reino Re-Unido) dominada quase todos os espaços abertos, seja de Eriador , Harondor, Ithilien ou Rhovanion.

    Ao sul ou ao leste, só é dito que fez-se paz, mas mais nada.
     
    • Ótimo Ótimo x 1
    • Gostei! Gostei! x 1
  3. Roy Batty

    Roy Batty "Inconsertável"

    Bom....se considerarmos a visão de Império que temos de acordo com a nossa história, não vejo paralelos...

    O que eu gosto de imaginar é como dilui-se Gondor e Rohan ao longo da Quarta Era. Como se deu o desaparecimento total do sangue élfico entre os humanos (lembrando que Eldarion tinha sangue élfico e, possivelmente, seus descendentes não mais o teriam).

    Gosto de imaginar tbm que os "bárbaros" que conhecemos da nossa História, sejam Hunos, Visigodos, Francos, Alamanos, Jutos etc....sejam os verdadeiros "herdeiros" do povo de Rohan....claro, isso por louca imaginação e fantasia! Adoro pensar assim...

    E penso que os escandinavos, seriam os descendentes direto dos últimos gondorianos....
     
  4. Excluído028

    Excluído028 Excluído a pedido

    Por definição, a grosso modo, um Rei é o soberano de um povo enquanto um Imperador tem soberania sobre vários povos.
    Desse modo, acredito eu que Gondor possa ser considerada um Império, embora o mesmo caso não valha para Rohan.
     
  5. Neithan

    Neithan Ele não sabe brincar. Ele é Mito

    Sim, até porque ela não mudou de tamanho. Se eu Não me engano, até mudou sim, mas foi só uma pequena porção, na região do Desfilareiro de Rohan. Mas mesmo sem aumentar de tamanho, Rohan cumpria seu juramento com Gondor, e em todas as guerras do início da QE, Rohan participou, integrande a cavalaria de Gondor.

    Uma pena que não descreveram as batalhas. Os exércitos de Gondor deveriam lembrar os de antigamente, do auge de Gondor, ainda na TE. Uma vanguarda com 10mil soldados, uma cavalaria com 20mil lanças. De encher os olhos.
     
  6. Ravanoc

    Ravanoc The ring has been lost.

    Você pode ver mais sobre a continuação dos acontecimentos por parte de Aragorn, a continuação que se dá ao Condado e muitas outras regiões, nos apêndices e escrituras no final do livro O Senhor dos Anéis.Lá tem escrito o que aconteceu após a derrota de Sauron, o que o Aragorn fez e como os territórios permaneceram.É bem bacana ler, e dá mais curiosidade ainda ponderando sobre o assunto!
    ps¹ : to sem o livro aqui, portanto, não sei ao certo o que se desenrola.Desculpe!
     
  7. Excluído024

    Excluído024 Excluído a pedido


    Essa informação seria dos Contos Inacabados ou dos Home? :think:


    Na Quarta Era houve campanhas do Rohan e Gondor contra alguns povos ao sul e leste.
    Acho que neste caso foi apenas uma campanha para mostrar que Gondor estava restaurada com antes e limitando-se apenas a recuperar as antigas regiões que pertenciam a Gondor, somente isso.

    No norte Arnor foi restaurada e Aragorn se tornou rei do norte.
    Rohan permaneceu com o mesmo tamanho e se fortalecendo ainda mais.

    Acho que não eram imperilistas, até porque essas características cabem mais a um ditador e Eomer e Aragorn não tinham esse perfil.
     
  8. Excluído028

    Excluído028 Excluído a pedido

    Permita-me discordar. Imperialismo é uma prática de expansão política, econômica, territorial e/ou mesmo cultural. Foi um termo criado pela historiografia do início do século XX, comumente associado ao colonialismo e ao neocolonialismo, embora tenha-se usado e abusado do termo, considerado por muitos anacrônico em determinados empregos.
    O Imperialismo tanto no período colonial como no período neocolonial nunca foi exclusividade de ditadores. Tais casos não podem nem ao menos ser considerados maioria. Monarquias Absolutistas, como a Inglaterra da "Era Moderna" para tomarmos um exemplo, adotaram políticas imperialistas. E não era Gondor um Reino Absolutista? Não acumulava Aragorn a Chefia de Estado e a Chefia de Governo? Por que não teria Aragorn esse perfil? Ele não deveria zelar pelo interesse de seu povo, seja na esfera econômica, política ou social?
     
  9. Falcão Branco

    Falcão Branco Sacrifiquei um

    Não tem nada a ver, ser imperialista não é nescessariamente ser ditadorial.
     
    Última edição: 24 Jan 2009
  10. Ravanoc

    Ravanoc The ring has been lost.

    Realmente, não tem muita relação com a política ditatorial com uma expansão de um estado de território.De qualquer forma, você poderá excluir muitas dúvidas lendo as últimas escrituras de O Senhor dos Anéis, nos apêndices e pequenas minunciosidades.Mas já disse isso :yep:
     
    Última edição: 24 Jan 2009
  11. Elrond

    Elrond "OFF" it will last two months

    Tanto Rohan quanto Gondor e Arnor fizeram incursões, ou as chamadas campanhas para o leste e sul no sentido de retomar regiões que antes eram suas e que estavam ainda sob controle dos povos de Rhûn e Harad.

    Não há menção a respeito de um império dos rohirrim. Ficaram estabelecidos em seus terriórios já conhecidos como o Westfold, Eastfold, Dunharrow, Eastemnet, Westemnet, Wold, Forbs of Isen e o Desfiladeiro.

    O mesmo se aplica a Arnor. Este reino do norte estava se restabelecendo como um "Estado" soberano, o que automaticamente as suas dimensões territoriais voltariam ou pelos menos assim se espera, a ser o que eram antes.
    Se verificar a nova configuração de Arnor, o Condado é novamente consagrado e reconhecido como um domínio independente tendo seus limites respeitados e protegidos por Arnor.

    Talvez pudéssemos pensar em uma expansão de suas terras para o oeste, quando do total abandono dos elfos de Mithlond. Mas neste caso, não se configura um império.

    O mesmo se daria ao reino do sul, em Gondor, e como eu disse anteriormente, estavam reclamando terras que eram suas, mas que foram tomadas por Harad ao longo da Terceira Era, quando da queda do último rei e períodos da regência. Como prova temos a grande província de Gondor do Sul, popularmente chamada pelos povos da região sul de Harondor. Mas nada além disso.

    As investidas de Gondor para o sul e leste foram no sentido de um reordenamento e equilíbrio de forças, forças tais conhecidas como "Assimétricas", nas relações entre Estados e/ou reinos.

    A meu ver com Éomer e Aragorn, não é citado algum resquício de imperialismo na Quarta Era, até mesmo com seu Eldarion, não entendo Gondor e Arnor desta maneira.
     
    Última edição: 22 Abr 2009
    • Ótimo Ótimo x 1
    • Gostei! Gostei! x 1
  12. tolfalas

    tolfalas Usuário

    Não, eu acho que não. Essa não era uma característica de Aragorn ou de Éomer. Imperialismo como ja disseram, é um termo mais complexo.
    Eu diria que seriam dois grandes reinos que se estabeleceram e tiveram muita influência política durante a Quarta Era. A princípio isso.
    Não foi imperialismo porque Gondor e Arnor não dominaram politicamente e militarmente outros reinos.
     

Compartilhar