1. Caro Visitante, por que não gastar alguns segundos e criar uma Conta no Fórum Valinor? Desta forma, além de não ver este aviso novamente, poderá participar de nossa comunidade, inserir suas opiniões e sugestões, fazendo parte deste que é um maiores Fóruns de Discussão do Brasil! Aproveite e cadastre-se já!

Dismiss Notice
Visitante, junte-se ao Grupo de Discussão da Valinor no Telegram! Basta clicar AQUI. No WhatsApp é AQUI. Estes grupos tem como objetivo principal discutir, conversar e tirar dúvidas sobre as obras de J. R. R. Tolkien (sejam os livros ou obras derivadas como os filmes)

[folhasp informática] Por dentro do Gooooooooooooooooogle

Tópico em 'Ciência & Tecnologia' iniciado por RSS, 27 Jun 2005.

  1. RSS

    RSS Usuário

    SÉRGIO DÁVILAda Folha de S. PauloA cada vez que digita uma palavra ou expressão na caixinha da já clássica página branca do Google e clica "pesquisar", o internauta sabe o que acontece com essa informação? Pouca gente sabe.
    Leia mais (26/06/2005 - 09h13)

    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)

     
  2. Todo esse clima misterioso e ao mesmo tempo divertido passa a sensação de que deve ser mó foda trabalhar no lugar. O que me chamou atenção foi a parte em que diz que os salários dos funcionários da empresa são menores que daqueles que têm o mesmo cargo numa outra. Provavelmente deve haver uma série de compensações. :think:

    Ah sim, isso foi engraçado:
     
    Última edição: 27 Jun 2005
  3. Lukaz Drakon

    Lukaz Drakon Souls. I Eets Them.

    Eu acho que não. Tipo, não, mas no estilo das empresas do vale do silício. Como o próprio texto diz, o carinha lá dizia que o seguro saúde era pior que o da antiga empresa dele.

    Tem todas aquelas mordomias de poder trabalhar a hora que quiser, ter comida grátis, jogos, etc, etc, etc, mas a grande maioria das empresas que alguma reportagem mostra tem esse mesmo tipo de coisa.
     
  4. FURIA Da Rossa

    FURIA Da Rossa Rank Configurável??

    Meus Deus tô ficando com medo do Gugle!! O troço se expande exponencialmente, já deve ter pelo menos 20 andares subterrãneos, podem estar desenvolvendo armas mortais!! :P

    Serio o Google é uma empresa que eu admiro. Vejam a taxa de crescimento deles em tão pouco tempo, putz.
     
  5. Regente

    Regente Serenity Painted Death

    Estou sem ação. Não imaginava que um negócio de buscas online debandasse tanta segurança. Aliás, acho isso um pouco de exagero.
     
  6. Erulasto

    Erulasto Equipe Valinor

    Quando eu ainda fazia graduação, lembro-me que houve um chamado "Desafio Google" (ou algo parecido)... Eles abriram uma parte do código da máquina de busca e ofereceram um prêmio (acho que eram US$ 10.000,00) para quem conseguisse otimizá-la. Alunos que tinha feito Programação Paralela e Distribuída (junto com o professor dessa disciplina e a professora de Banco de Dados) gastaram quase todo o tempo do desafio para entender o algoritmo paralelo de busca. Muito complexo, por sinal...

    Trabalhar lá deve exigir uma dose alta de fosfato todos os dias :-)

    Se analisarmos friamente, não é. O Google não faz a busca em todas as páginas da Web no momento em que você clica em "Buscar". Ele armazena uma cópia de todas as páginas alcançáveis da Web de tempos em tempos (se não me engano, há alguns anos, eram a cada 72 horas) em sua base de dados, aplica várias técnicas de recuperação de informação em dados não estruturados, etc., etc., etc. Ele possui cache de páginas (inclusive, já tive que usar essa cache, pois páginas que eu procurava já tinham saído do ar).

    Estamos lidando com informações do mundo todo, armazenadas num imenso parque de máquinas (ou talvez um supercomputador, não sabemos o que eles escondem na área restrita) que pode ser um prato cheio para qualquer pessoa com segundas intenções. Isso, levando em consideração que especialistas acreditam que apenas algo em torno de 20% da Web é alcançável (e portanto, pode ser pesquisada). Não sei se a informação que está na notícia, dizendo que podem verificar se um sujeito casado visita páginas homosexuais tem algum fundamento pela análise apenas da pesquisa (a informação que ele é casado deve estar em algum lugar), mas não é difícil imaginar o tipo de cruzamento de dados que eles podem fazer simplesmente usando os endereços IP (quem pesquisou a palavra "banana" procurou, no mesmo dia, por "frutas tropicais", "Cuba", etc...). Dá para traçar um belo perfil de um sujeito usando essas informações e partir para um marketing agressivo... Haja spam...
     

Compartilhar