1. Caro Visitante, por que não gastar alguns segundos e criar uma Conta no Fórum Valinor? Desta forma, além de não ver este aviso novamente, poderá participar de nossa comunidade, inserir suas opiniões e sugestões, fazendo parte deste que é um maiores Fóruns de Discussão do Brasil! Aproveite e cadastre-se já!

Dismiss Notice
Visitante, junte-se ao Grupo de Discussão da Valinor no Telegram! Basta clicar AQUI. No WhatsApp é AQUI. Estes grupos tem como objetivo principal discutir, conversar e tirar dúvidas sobre as obras de J. R. R. Tolkien (sejam os livros ou obras derivadas como os filmes)

EUA anunciam a mais sólida evidência do bóson de Higgs

Tópico em 'Ciência & Tecnologia' iniciado por Morfindel Werwulf Rúnarmo, 3 Jul 2012.

  1. Morfindel Werwulf Rúnarmo

    Morfindel Werwulf Rúnarmo Geofísico entende de terremoto

    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)

    Gráfico divulgado pelo CERN mostra uma experiência usada na busca pelo bóson de Higgs (Foto: AFP)​

    Físicos do Laboratório Nacional Fermi, dos Estados Unidos, disseram nesta segunda-feira estar absurdamente próximos de provarem a existência da partícula subatômica chamada bóson de Higgs, apelidada de "partícula de Deus" por conferir ordem e massa ao universo.

    Mas os resíduos de trilhões de colisões entre feixes de prótons e antiprótons promovidos ao longo de dez anos no já desativado acelerador de partículas Tevatron, nos arredores de Chicago, ainda estão aquém do limite científico para que a descoberta seja tida como provada. Os mesmos resíduos dessas colisões que sugerem a existência do bóson podem provir de outras partículas subatômicas.

    Na quarta-feira, físicos do acelerador chamado Grande Colisor de Hádrons, pertencente à organização europeia Cern, nos arredores de Genebra, devem anunciar suas próprias descobertas na caçada pelo Higgs.

    disse o físico Rob Roser, do Fermilab.
    Físicos não relacionados ao Fermilab também manifestaram um otimismo cauteloso sobre o fim da prolongada busca à partícula.

    disse Don Tovey, professor de Física das Partículas na Universidade de Sheffield.

    Mas ninguém se arrisca a cantar vitória.
    disse Tovey.

    Tom LeCompte, cientista norte-americano que trabalha no Cern e conhece os resultados, disse estar confiante de que a existência (ou não) do bóson de Higgs será comprovada neste ano, mas não quis antecipar se os resultados de quarta-feira serão definitivos.
    Outros foram menos circunspectos.
    disse o físico teórico Joe Lykken, do Fermilab.

    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)
     
    • Gostei! Gostei! x 2

Compartilhar