1. Caro Visitante, por que não gastar alguns segundos e criar uma Conta no Fórum Valinor? Desta forma, além de não ver este aviso novamente, poderá participar de nossa comunidade, inserir suas opiniões e sugestões, fazendo parte deste que é um maiores Fóruns de Discussão do Brasil! Aproveite e cadastre-se já!

Dismiss Notice
Visitante, junte-se ao Grupo de Discussão da Valinor no Telegram! Basta clicar AQUI. No WhatsApp é AQUI. Estes grupos tem como objetivo principal discutir, conversar e tirar dúvidas sobre as obras de J. R. R. Tolkien (sejam os livros ou obras derivadas como os filmes)

Dothraki - Estudando a lingua

Tópico em 'Westeros' iniciado por Siker, 1 Set 2011.

  1. Siker

    Siker Artista Comercial / Projetista Gráfico

    Não sei se existe por ai outras aulas, só conheço esse Dothraki 101, então se alguém souber de mais algum material poste aqui e vamos aprender mais sobre esta lingua. :D

    "O texto Dothraki 101 foi escrito por David Peterson, o próprio criador do idioma Dothraki.

    Visão geral:

    Antes de mergulhar na gramática do Dothraki, vamos ver alguns detalhes básicos. Uma das primeiras coisas a aprender sobre um idioma é como os elementos básicos do idioma se encaixam pra formar frases e sentenças. Pra começar, vamos dar uma olhada em alguma terminologia que você vai lembrar das aulas de Português:

    Sujeito: uma relação gramatical mais comumente associada com quem pratica a ação (por exemplo: "O homem" em "O homem abriu a caixa").

    Objeto: uma relação gramatical mais comumente associada com a parte que sofre a ação (por exemplo, "a caixa" em "O homem abriu a caixa").

    Verbo: a própria ação (por exemplo, "abriu" em "O homem abriu a caixa").

    --------------------

    Ordem das palavras:

    Em uma sentença básica, a ordem desses elementos (quando todos os três estão presentes) é como em português*: primeiro vem o sujeito (S), então vem o verbo (V) e depois o objeto (O). Um exemplo:

    Khal ahhas arakh.
    "O Khal (S) afia (V) o arakh (O)".

    Quando apenas o sujeito está presente, o sujeito precede o verbo, assim como em português:

    Arakh hasa.
    "O arakh (S) é afiado (V)."

    Duas das palavras acima já devem ser bem familiares, o que espera-se que faça desses exemplos bem claros. Essa informação não cobre todos os casos relacionados à ordem das palavras em Dothraki, mas cobre as sentenças mais básicas.

    --------------------

    Ordem das palavras - Avançado:

    O sujeito ou o objeto de uma sentença podem consistir de apenas um substantivo (como exemplificados acima, com "khal" e "arakh"). Mas também podem conter outros elementos, e esses elementos são organizados em uma ordem particular. Por exemplo:

    ave.
    "um/o pai"
    (apenas o substantivo)

    ave erin.
    (um/o pai gentil)
    (o substantivo modificado pelo adjetivo erin, "gentil")

    ave sekke erin.
    (um/o pai muito gentil)
    (agora o adjetivo é modificado pelo advérbio sekke, "muito")

    jin ave sekke erin.
    (este pai muito gentil)
    (a palavra jin, "este/esta", foi adicionada à frente)

    jin ave sekke erin anni.
    "este meu pai muito gentil"
    (um possessivo, anni, que significa "meu", especifica apenas o pai de quem estamos falando)
    (NT: em português, não é comum usar pronomes possessivos após o substantivo. A tradução para inglês seria "this very kind father of mine". A ordem das palavras ou fica meio bagunçada em português, ou teríamos que traduzir horrivelmente como "este pai muito gentil de mim").

    jin ave sekke erin anni ma dorvoon .
    "este meu pai muito gentil com uma cabra"
    (e agora o pai está com uma cabra, ou ma dorvoon)

    Peraí, isso não soa muito Dothraki... Vamos dar uma arrumada:

    jin ave sekke verven anni m'orvikoon.
    "este meu pai muito violento com um chicote"

    Bem melhor.

    --------------------

    Traduções Dothraki

    Algumas palavras pra enriquecer seu vocabulário.

    Substantivos
    sino - ayena
    planície(s) - ramasar
    mulher - chiori
    sol - shekh
    garanhão (cavalo) - vezh

    Verbos
    sangrar - qiyalat
    cortar (fatiar) - rissat
    comer - adakhat
    ser útil - davralat
    falar - astat

    Advérbios
    novamente - save
    da mesma forma - akka
    somente - disse
    amanhã - silokh
    à noite - ajjalan

    --------------------

    Advérbios:

    Finalmente, advérbios (palavras que modificam adjetivos, verbos ou outros advérbios) vêm no final da sentença, na maior parte das vezes. Eles podem vir no início da sentença se o emissor usa o advérbio para fornecer alguma informação suplementar relevante ao entendimento da mensagem, mas a posição natural dele é o fim da sentença. Um exemplo com e sem um advérbio está a seguir:

    Me oge oqet.
    "Ele abateu uma ovelha"

    Me oge oqet oskikh.
    "Ele abateu uma ovelha ontem"

    Alguns outros advérbios ocorrem logo após o verbo. Um deles é o enfático negativo "vosecchi", exibido abaixo (primeiro sem, depois com):

    Yer ofrakhi sajoes mae.
    "Você não vai tocar na montaria dela"

    Yer ofrakhi vosechhi sajoes mae!
    "Você NUNCA vai tocar na montaria dela!".

    Um conselho a se seguir.

    --------------------

    Advérbios avançados:
    Por fim, há uma classe de palavras de aspecto adverbial que modificam o caráter da sentença de formas particulares. Alguns exemplos abaixo:

    Me kaffe rek tokikes.
    "Aquilo esmagou aquele tolo"

    Me ray kaffe rek tokikes.
    "Aquilo já esmagou aquele tolo".

    Me laz kaffe ret tokikes.
    "Aquilo poderia esmagar aquele tolo"

    Me vil kaffe rek tokikes.
    "Aquilo conseguiu esmagar aquele tolo".

    (nota: "me", em Dothraki, é o pronome da terceira pessoa do singular. Em inglês, temos he/she/it para isso, com o it para substituir coisas, animais e servir de sujeito para o que em português são orações sem sujeito. Aqui, eu traduzi "me" para "aquilo", baseando-me da tradução inglesa, que utilizou it, por necessidade de passar a idéia de coisa. Além disso, o verbo kaffe em inglês é "crush", e eu achei por bem traduzir como "esmagou", mas não dá pra ter uma idéia clara se é no sentido figurado, com sentido de "destruir", por exemplo. De qualquer forma, esse significado também pode ser extraído)."

    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)
     
    Última edição: 18 Set 2011
    • Gostei! Gostei! x 6
    • Ótimo Ótimo x 4
  2. Siker

    Siker Artista Comercial / Projetista Gráfico

    A linguagem Dothraki foi criada por David J. Peterson para Guerra dos Tronos da HBO (uma adaptação de As Crônicas de Gelo e Fogo de George R. R. Martin), e é falado pelos Dothraki. No universo de Martin, os Dothraki são uma raça nômade de guerreiros montados que vivem além do Mar Estreito em uma vasta planície de grama conhecida como Mar Dothraki. Apesar de terem uma cidade (Vaes Dothrak), eles vão lá apenas para o comércio, e nunca ficam por muito tempo, variando através do Mar Dothraki e parando nas cidades da costa (as Cidades Livres, Bay Slaver, etc).
    A língua (como é hoje) é uma expansão de pequenos pedaços de Dothraki encontrados nos três primeiros livros de As Crõnicas de Gelo e Fogo. É agora totalmente funcional, uma linguagem humana utilizável com um vocabulário de mais de 3.000 palavras (e crescendo).

    Para obter informações introdutórias sobre a linguagem, confira:
    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)
    - onde você pode entender mais sobre o idioma Dothraki, baixar o dicionário Dothraki e estudar os tutoriais, o vocabulário, a gramática (pronomes, verbos, adjetivos, etc.), a fonologia, etc.
    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)
    - para os estudantes iniciantes da linguagem ou que queiram se manter atualizados com a lingua.
    E acompanhe o blog
    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)
    feito pelo próprio David J. Peterson, ainda está recente porém é o espaço oficial para discussões sobre a linguagem Dothraki e tudo o que for relacionado a ela.

    Todo este material está em inglês, então quem não souber inglês e quiser aprender Dothraki é só pedir que eu mesmo ou alguém que se disponha traduzirá algum tutorial ou aula e postará neste tópico.
    Podem também acompanhar este site oficial não-oficial
    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)


    Aqui uma série de vídeo-aulas do canal oficial do site não-oficial dothraki.org que ajudam com a pronúncia:

    1ª aula - Números em Dothraki
    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)

    1 - at
    2 - akat
    3 - sen
    4 - tor
    5 - mek
    6 - zhinda
    7 - fekh
    8 - ori
    9 - qazat
    10 - thi
    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)
    para mais informações.

    2ª aula - Sobre o post acima "Dothraki 101"
    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)


    3ª aula - Pronúncia Dothraki e as consoantes
    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)


    Ou acessem direto o canal e vejam todos os vídeos:
    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)
     
    Última edição por um moderador: 6 Out 2013
    • Gostei! Gostei! x 2
  3. Siker

    Siker Artista Comercial / Projetista Gráfico

    Dando sequência ao "Dothraki 101" existe o "
    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)
    " exemplificando como utilizar o idioma 'na prática':

    Embora não seja aconselhável viajar no Havazh (Mar Dothraki) sem escolta, se você faz isso, é bem provável que encontre uma fonakasar (caçada) Dothraki. Em tal situação, não deve-se entrar em pânico: Os Dothraki desprezam o medo. Desde que não seja morto no local, pode ter a sorte de ser cumprimentado pelo idrik (o líder da caça), da forma que se segue:

    Achrakh yeroon zireyesee hrazef anni, zhey ifak!
    "Seu fedor ofende meu cavalo, estrangeiro!"

    Responder da maneira certa é crucial. Deve-se ser respeitoso, mas firme. Ofenda um lajak (guerreiro) Dothraki, e é provável que ele responda com seu arakh; curve-se como fraco ou submisso, porém, e provavelmente será tomado como um escravo. Uma possível resposta seria:

    Athchomar chomakea, zhey lajaki vezhveni. Anha goshok mehrazef shafki athiroe; me haja lekhaan k'athtihari.
    "Respeito-vos, grandes guerreiros. Tenho certeza que o seu cavalo vai sobreviver; ele parece forte o suficiente."

    Se a sua cabeça ainda estiver unida aos ombros, neste ponto, seria melhor oferecer ao idrik, no mínimo, um presente (qualquer coisa, menos sua espada, a menos que tenha alguma reserva à mão):

    Fichi jin hlak kherikhi. Mori nroji ma nizhi. Me azho anni shafkea.
    "Levem estas luvas de couro. Elas são grossas e resistentes. É meu presente para você".

    E se isto correr bem:

    Hash anha laz adothrak shafki, hash ashilok khal shafki.
    "Caso eu ande ao seu lado, então eu deveria conhecer seu khal".

    Delicadezas como "posso" e "por favor" são estranhas aos Dothraki: Apenas exigências respeitosas são atendidas.

    Neste ponto, o idrak (assim se espera) será o caminho para o resto do khalasar. Se isso será um golpe de sorte ou azar, veremos!

    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)



    E para quem tiver interesse, conheça aqui a origem da lingua Dothraki:
    No livro, o autor George R.R. Martin criou o que foi o início de uma língua original, em nada parecida com outras que já tenhamos conhecido. Em sua obra, o autor usou esta língua apenas para tratar de nomes.
    Quando a adaptação foi programada, a produção da série sentiu a necessidade de transformar as poucas palavras do autor em uma língua oficial na trama, para que nos identificássemos ainda mais com os Dothraki.
    Foi aí que entrou a LCS.
    A Language Creation Society foi contratada pela HBO para que enviassem propostas da estrutura desta nova língua.
    Foram repassadas para a HBO 3 propostas. Apenas uma agradou de fato os produtores da série e o autor dos livros do arco de histórias "A Song of Ice and Fire" ("As Crônicas de Gelo e Fogo").
    O abençoado que está dando vida a essa língua se chama David Peterson.
    O mais legal é que Martin não se sentiu a vontade para dar continuidade à sua criação. Segundo ele:
    "Eu não tenho uma língua imaginária toda aqui na minha mesa, como Tolkien."
    "A mesma coisa com o Dothraki. Vários personagens falam a língua dos senhores dos cavalos em meus romances e , de fato, eu temperei o texto com algumas poucas palavras Dothraki como 'khal' (rei, líder) e 'arakh' (a espada curva Dothraki)... mas na maior parte do tempo eu fiquei satisfeito em dizer 'Eles estão falando em Dothraki', e dei uma idéia do que era dito, mexendo um pouquinho com a sintaxe e o com ritmo da sentença pra passar um pouco do sabor da língua."


    Outra coisa muito interessante é que o Dothraki foi a primeira língua que a LCS foi contratada para criar. É muita responsabilidade, mas podemos ver que a tarefa está sendo muito bem executada.
    A HBO ficou muito satisfeita:
    "Estamos tremendamente animados por trabalhar com David e com a LCS", disse o produtor D. B. Weiss. "O idioma que ele está desenvolvendo é fenomenal. Captura a essência do Dothraki, e traz um outro nível de riqueza ao mundo deles. Estamos ansiando pela primeira coleção de sonetos de amor Dothraki".

    Agora, com a palavra, o criador da magnífica língua Dothraki, David Peterson:
    "Não há o bastante aqui, no entanto, para passar a alguém uma noção de como o idioma deveria soar se ele fosse estendido. Isso não quer dizer que há apenas uma maneira de como o Dothraki poderia ser (as propostas iniciais eram bem divergentes), mas pra mim, há material suficiente pra imaginar que direção eu queria tomar."
    "Ao projetar o Dothraki, eu queria continuar tão fiel quanto possível ao material existente na saga de George R. R. Martin", diz Peterson. "Mesmo que não haja muita informação, há evidência de uma ordem dominante das palavras [sujeito-verbo-objeto], de adjetivos aparecendo depois de substantivos, e da ausência de verbos de ligação. Eu segui à risca estes elementos, criando uma estética sonora que vai ser familiar aos leitores, enquanto dá à língua profundidade e autencidade. Meu desejo maior é de que os fãs da saga olhem para uma palavra do idioma Dothraki e não consigam afirmar se ela veio dos livros ou foi criada por mim - e que os espectadores sequer imaginem que é um idioma construído."
     
    • Gostei! Gostei! x 1
  4. Siker

    Siker Artista Comercial / Projetista Gráfico

    Aprender a falar Dothraki não é tarefa fácil. Jason Momoa, que interpreta o guerreiro Khal Drogo, passou por uma provação durante um mês para fazer um discurso bastante épico na série.
    "Foi a coisa mais difícil que eu já tinha feito", admite. "Eu literalmente me tranquei em um quarto de hotel com um pouco de cerveja e pizza. Tive de dividir como se fosse uma canção. É como memorizar uma canção da por#. Tentando obter uma melodia para ela e, em seguida, aprender todas as palavras e como dizê-las. Isso é o que funcionou para mim."

    Não precisamos começar com discursos Dothraki enormes. Na verdade, podemos começar com frases simples e essenciais que todo mundo que aprende uma língua quer saber.
    Não, não é "Onde é o banheiro?" ou "Eu tenho um lápis azul". Estamos falando de palavrões. Estes virão em boa hora para qualquer aspirante Dothraki lajak (guerreiro), que sabe que é tudo uma questão de atitude e condescendência, quando se trata de lidar com pessoas fracas de fora.

    Três palavrões/insultos para iniciantes:

    Ifak - estrangeiro (Peterson: "É literalmente traduzido como 'andarilho, alguém que anda.', a idéia é que os Dothraki cavalgam. Pessoas de fora são andarilhos. Qualquer um que venha de alguma das cidades eles chamam de ifak, zombando.")

    Choyo - Termo engraçado para se referenciar a bunda de alguém.

    Graddakh - Esta palavra se refere a desperdicio (de tempo talvez), e podemos liga-la com palavras que falamos quando estamos aborrecidos ou frustrados, mas não necessariamente insultando ou xingando alguém.

    Estudantes avançados podem passar para as frases completas.
    Três frases para mostrar o seu know-how Dothraki:

    Nem me Nesa - É sabido. (Peterson: "Uma das coisas que os Dothrakis dizem o tempo todo nos livros é: 'É sabido.' Isso provavelmente te marcará como um Dothraki nativo.")

    Yer affesi anna - Em tradução livre, quer dizer “Você me faz sentir coceira”. Normalmente é usada para se dirigir a alguém que você não gosta ou que faz com que se sinta desconfortável. (Peterson: "os Dothraki não costumam usar roupas. A roupa que eles usam é feita por eles mesmos, em couro grosso. Alguns dos adornos elaborados que são vistos nas cidades livres são feitos de coisas como a lã e coisas assim eles acreditam dar coceira.")

    Fichas jahakes lua - Literalmente "Pegue a trança dele" (Útil em uma luta quando você quer incentivar seu parceiro lajaki a "Pega-lo!". Um guerreiro Dothraki usa uma longa trança para indicar o seu sucesso em combate.)


    Por agora, tornar-se evidente que saber algo sobre a cultura Dothraki ajudará a aprender as frases. Para o longo discurso de Drogo, Peterson foi chamado para criar várias novas palavras que não estavam no material de origem, e então ele virou-se para o que sabia sobre a cultura para se inspirar.
    "Eu acho que foi neste ponto que eu tive que trazer uma palavra para deus, uma divindade", explica ele. "Os Dothraki tem uma coleção completa dessas estátuas de deuses de outras civilizações que têm derrubado, e tomam suas estátuas e as colocam em exposição em Vaes Dothrak para quebra-las. Então, vojjor, a palavra para divindade, na verdade deriva da palavra de estátua. Isso foi um divertimento."

    Nem toda frase na cultura Dothraki é inspirada pelas suas conquistas. Para sentimentos de amor e desejar sorte a alguém, os nômades olham para o céu para expressar tais nobres e benevolentes sentimentos.

    Três frases para aquecer o coração:

    Yer jalan atthirari anni - Em tradução livre, quer dizer “Você é a lua da minha vida”. (Usado quando se trata de uma mulher amada, já que a lua é visto como feminino)

    Shekh ma shieraki anni - Meu sol e estrelas (Referindo-se a um homem amado, já que o sol é a contrapartida do sexo masculino para a lua)

    Shieraki gori ha yeraan! - As estrelas estão brilhando para você! (Dito para alguém que está indo para a batalha. Peterson: "Os Dothraki acreditam que quando morre um guerreiro, ele se torna uma estrela no céu montado em um corcel celestial.")

    Quanto à pronúncia, não há muitos exemplos de áudio lá fora, além deste
    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)
    e o canal do youtube já citado. A melhor maneira de aprender é escutar como a língua é falada em Game of Thrones. Dos atores interpretando os Dothraki, Peterson diz que aqueles com a melhor pronúncia são Elyes Gabel, que interpreta bloodrider Rakharo e Amrita Acharia, que interpreta o IRRI, a serva de ensino de Daenerys (Emilia Clarke ) da linguagem Dothraki e sua cultura.

    Embora aprender a falar Dothraki pode parecer assustador, um pouco de prática, pizza e cerveja pode ajudar com o processo. E basta ter em mente estas palavras inspiradoras: Shieraki gori ha yeraan!

    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)
     
    • Ótimo Ótimo x 1
    • Gostei! Gostei! x 1
  5. Siker

    Siker Artista Comercial / Projetista Gráfico

    curiosidades:

    O nome da nação Dothraki — e, consequentemente, de sua língua — deriva do verbo “dothralat”, que significa “cavalgar”.

    O novo idioma possui quatro palavras diferentes para “carregar”, três para “empurrar”, três para “puxar” e oito para “cavalo”; porém, não possui nenhuma palavra para “por favor” ou “seguir”.

    A palavra mais longa do idioma é “athastokhdeveshizaroon” que significa “absurdo”.

    Os vocábulos para “parentes”, “pesado”, “eclipse”, “disputa”, “ruiva”, “juramento”, “pira funerária”, “prova”, “presságio”, “presa” e “lua cheia” têm um elemento em comum entre si: o termo “qoy”, que significa “sangue”.

    A designação Dothraki para “sonho” — atthiraride thirat — significa literalmente “para viver uma vida falsa”.

    A palavra “orgulho” — athjahakar — é derivada de “jahak”, a longa trança tradicionalmente usada pelos guerreiros Dothraki [“lajaki”].

    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)
     
    • Gostei! Gostei! x 1
  6. Oooi! Você pode me ajudar?? Estou tentando formular uma frase, mas estou com dificuldade com alguns verbos.
    Cheguei a isso:
    Yer ? ave! Anha ? athayozar enta! Shekh ma shieraki anni!

    Quero dizer: Você será pai! Eu estou esperando um bebê! Meu sol e estrelas!
     
  7. Alguém me ajudaaaa, please T-T quero preparar uma surpresa pra avisar que ele vai ser pai!! Mas não posso demorar muito, hehehe!
     
  8. Grimnir

    Grimnir Usuário

    Acho q ning aqui manja o suficiente p ajudar muito...
     

Compartilhar