1. Caro Visitante, por que não gastar alguns segundos e criar uma Conta no Fórum Valinor? Desta forma, além de não ver este aviso novamente, poderá participar de nossa comunidade, inserir suas opiniões e sugestões, fazendo parte deste que é um maiores Fóruns de Discussão do Brasil! Aproveite e cadastre-se já!

Dismiss Notice
Visitante, junte-se ao Grupo de Discussão da Valinor no Telegram! Basta clicar AQUI. No WhatsApp é AQUI. Estes grupos tem como objetivo principal discutir, conversar e tirar dúvidas sobre as obras de J. R. R. Tolkien (sejam os livros ou obras derivadas como os filmes)

Blade Runner

Tópico em 'Cinema' iniciado por Anica, 29 Mai 2009.

  1. Anica

    Anica Usuário

    [imdb]0083658[/imdb]

    Ontem à noite resolvi dar um tempo nos zumbis e vampiros e comecei a ler "Do Androids Dream of Electric Sheep?" do Philip K. Dick, que é a história na qual Blade Runner é baseada. As diferenças começam já na primeira página, mas fiquei morrendo de vontade de assistir novamente esse que é um dos meus filmes preferidos de todos os tempos, e aproveitando a empolgação resolvi abrir o tópico aqui no Meia :timido:

    É logico que eu adoro o Deckard, mas meu personagem preferido é o Roy Batty (interpretado pelo Rutger Hauer). Não só pela atuação do Hauer, mas porque os diálogos dele eram sempre carregavam 'n' sentidos, especialmente sobre o que é ser humano.

    É um filme muito, muito bom. Eu ouvi dizer que...

    tem uma versão que não deixa claro que o Deckard é um andróide, e outra que deixa.

    sinceramente, acho que só vi uma, e a que vi fica no segundo caso hehe.
     
  2. Pips

    Pips Old School.

    Então, eu vi duas versões do filme, mas nenhuma delas deixa bem claro se o Deckard é ou não um andróide. Claro que tem a última versão em dvd que saiu ano passado com mais coisas. Vai entender.

    Eu tenho a primeira versão do diretor em DVD, gosto bastante do filme, mas não acho um dos melhores de todos os tempos.
     
  3. Anica

    Anica Usuário

    na que eu vi

    tinha aquele origamizinho no final que dava a entender que ele era um andróide

    pelo menos na minha opinião, hehe.
     
  4. imported_Amélie

    imported_Amélie Usuário

    Eu concordo totalmente com a Anica!

    Aquele origami não deixa dúvidas pra mim, porque ele o via nos sonhos... Essa coisa da memória implantada e tal... e acho que esse é o grande lance!

    Alguém já viu aquele final original, que não é o do diretor?
    Tipo numa nave ridícula! hahahah sério é de chorar!!!!
     
  5. Dwarf

    Dwarf Usuário

    ?????

    o filme q eu lembro..... ele vai embora com a androide num carro ... e o fim é um monte de florestas... sei lá.....

    acho q tenho q rever esse filme
     
  6. imported_Amélie

    imported_Amélie Usuário

    tipo é quase isso! (seu spoiler está aparecendo)

    mas dizem as más línguas que esse não era o desejo do diretor! tanto que depois fizeram outras versões!
     
  7. Breno C.

    Breno C. Usuário

    Sugiro que o pessoal que tem dúvidas, escute o Nerdcast sobre o filme, que foi aonde eu tirei as minhas, porque mesmo depois de ver uns dois documentários sobre o filme, ainda tinha muitos questionamentos

    Sobre o D Deckard ser ou não um replicante:
    Existem mais de duas versões do filme, sendo que duas são principais: a primeira com o final do Hotel do Iluminado (sim, eles fogem para o mesmo hotel) e a com o final do origame. Sendo que em nenhuma dessas duas fica claro se houve ou não dicas dele ser um replicando. O problema começa num fato simples: os olhos. Todas as replicantes que aprecem no filme tem os olhos brilhantes e o Deckard não! Só isso já eliminaria o fato dele ser um androide ou não.
     
  8. Anica

    Anica Usuário

    Eu ainda acho que o final

    Com o origami já é prova suficiente de que ele é. Se não é, qual a explicação para aquilo? Nenhuma? Se isso pode ser deixado de lado o lance dos olhos também pode, ué. Além disso, eu acho que o título original do livro também é uma boa dica.
     
  9. Pips

    Pips Old School.

    concordo quanto ao título do livro pender mais para esse lado.
    Como é o final do livro?
    Em A Scanner Darkly o final do livro, apesar de apenas descrever, mostra o que aconteceu com Bob na sua rehab.
     
  10. imported_Wilson

    imported_Wilson Please understand...

    no livro ele não é um replicant
     
  11. Breno C.

    Breno C. Usuário

    Enfim...

    Acho o que o Philipe Dick quis passar com o livro é que não existe uma diferença psicológica entre replicantes e humanos, como o teste feito nos replicantes quer provar e que se um replicante não conhece sua situação, pode ser considerado e o mesmo aconteceria com um humano que pensa ser um replicante. Deckard é a prova viva de que o contato contunio com seres de outro gênero etéreo(uma quintessência), pode desencadear um questionamento sobre sua real natureza. O texto final do replicante soldado também deixa claro que ele salva a vida do Deckard por saber que ele tem mais tempo de vida, logo não é um replicante.
     
  12. Dwarf

    Dwarf Usuário

    Me lemvro q no livro ele nao parece ser androide mesmo...
    acho q a questao q o K. Dick deixou é ate q ponto uma maquina pode ser viva e realmente humana? como diferenciar esse estado? um humano nao é aflingido pelas mesmas duvidas?
     
  13. Anica

    Anica Usuário

    eu acabei de ler o livro e não tem nada de conclusivo sobre o Deckard. mas acho que quanto ao livro eu vou criar um tópico lá no literatura estrangeira para comentarmos, até porque o livro é bem diferente do livro, no final das contas.
     
  14. Felipe Sanches

    Felipe Sanches Usuário

    Eu vi o final com o origami também, e achei a hipótese de ele ser replicante muito mais divertida do que ele fugindo por pastozinho tosco

    Muito maneiro mesmo!Só não é melhor que Star Wars porque não tem o Darth Vader, mas mesmo assim fica só a 1 milímetro atrás.
     
  15. aces4r

    aces4r Usuário

    Blade Runner é mais um daqueles filmes que marcaram minha infância.
     
  16. Rodovalho

    Rodovalho Usuário

    A longevidade limitada dos replicantes foi inserida por questão de segurança. Pode ser que se tenha criado alguns replicantes sem esse limite.

    Acho que o maior medo da humanidade é criar algo melhor que ela e se tornar obsoleta. E os replicantes eram melhores. Assim como os mutantes dos X-Men. Instinto de preservação. Por causa disso temos loiras, mesmo com todos os genes recessivos dizendo não. E é claro, a água oxigenada.
     
  17. Lucas_Deschain

    Lucas_Deschain Biblionauta

    [align=justify]É exatamente aí que está o drama, porque não é de hoje que a humanidade criou um mundo de máquinas, cálculos, exatidão e perspectivas em que ela se tornou obsoleta. Tem um artigo da Stella Bresciani (que não tem na Internet, infelizmente) que diz que essa questão das máquinas é um dilema prometeico, porque os homens criaram um mundo em que eles acabam se tornando imperfeitos e praticamente desnecessários.[/align]
     
  18. imported_Rafaela

    imported_Rafaela Usuário

    Eu nunca vi o filme, mas como comprei o livro vou terminar de lê-lo primeiro. Comecei mas parei, não pq o livro é chato, mas estava estudando e não tinha tempo, o livro é bem interessante. E quero assistir o filme pq é com o eterno Han Solo e Indiana Jones! XD
     
  19. Breno C.

    Breno C. Usuário

    O que eu quiz dizer é que o dialogo do Roy Batty com o Deckard, deixa claro que ele vê no caçador uma possibilidade maior de vida e não se acha no direito de tirar (mesmo que por omissão) esse tempo dele. E chega num ponto onde é preciso lembrar que se o Deckard for mesmo um replicante, então ele é a esseção das esseções.

    é, pode até ser, mas esse conceito de que já criamos algo que nos torna "imperfeitos", para mim, ainda é muito ficção, porque não existem máquinas com a única qualidade que nos difere do todas elas: livre arbitrio.

    er.... no filme ele tá canastrão como sempre, mas tá muito diferente dos dois personagens XD
     

Compartilhar