1. Caro Visitante, por que não gastar alguns segundos e criar uma Conta no Fórum Valinor? Desta forma, além de não ver este aviso novamente, poderá participar de nossa comunidade, inserir suas opiniões e sugestões, fazendo parte deste que é um maiores Fóruns de Discussão do Brasil! Aproveite e cadastre-se já!

Dismiss Notice
Visitante, junte-se ao Grupo de Discussão da Valinor no Telegram! Basta clicar AQUI. No WhatsApp é AQUI. Estes grupos tem como objetivo principal discutir, conversar e tirar dúvidas sobre as obras de J. R. R. Tolkien (sejam os livros ou obras derivadas como os filmes)

Zenfone 2

Tópico em 'Ciência & Tecnologia' iniciado por Turgon, 8 Jan 2015.

  1. Turgon

    Turgon 孫 悟空

    O
    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)
    é o perfeito sucessor da Asus. Ele segue a mesma linha de design do
    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)
    , tem um hardware de ponta - a começar pelos assustadores 4 GB de RAM - e chega aos Estados Unidos por US$ 199, o que é menos da metade do usualmente cobrado por celulares top de linha. Vimos de perto a novidade, apresentada durante a
    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)
    , feira de tecnologia que acontece em Las Vegas, Estados Unidos, e trazemos agora as primeiras impressões.

    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)


    É fácil confundir o Zenfone 2 com os antecessores da linha. Ele tem a mesma "carinha", no estilo quadradão que virou característica da companhia na geração anterior. Essa mesma marca registrada faz dele superdesconfortável de ser usado com uma única mão, ainda mais por conta do telão de 5,5 polegadas.

    Por sorte, a Asus adicionou nele uma solução de software: dois toques no botão home e a interface é automaticamente "espremida" em uma das laterais, deixando tudo ao alcance de um dedo. Não é uma saída inédita no mercado, mas é uma muito bem-vinda.

    Por dentro, o Zenfone 2 é um monstro. Roda nele um chip Intel quad-core de 1,8 ou 2,3 GHz, dependendo da versão, e 2 ou impressionantes 4 GB de RAM. O conjunto é mais do que suficiente para rodar o
    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)
    com a personalização ZenUI 2.0 da Asus sem o menor sinal de engasgo. A bateria de 3.000 mAh promete segurar o conjunto com certa tranquilidade, tanta na versão com tela HD quanto na com Full HD.

    A Asus "pegou emprestado" da LG a ideia dos botões na traseira, uma boa saída para um celular grande. Eles são fáceis de alcançar e levemente texturizados. O visual deles é semelhante ao visto no resto da traseira, em especial na versão preta do aparelho, feito de plástico que imita metal. Falando em traseira, a Asus colocou o Zenfone no mercado com cinco opções de cor: branca, preta, prata, vermelha e dourada.

    Não pudemos testar a câmera do Zenfone em diferentes situações, mas ela parece promissora. O sensor tem 13 megapixels de resolução e vem acompanhado do flash LED duplo, que fica logo acima da lente. A câmera tem capacidade de filmar em Full HD a 30fps, um número bem respeitável. Há ainda a câmera frontal de 5 megapixels, que fecha o pacote.

    O Zenfone 2 será fabricado no Brasil e deve chegar às lojas no segundo semestre, mas ainda é cedo para "cravar" por quanto. Podemos tomar como ponto de referência o
    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)
    , que custa cerca de US$ 180 atualmente nos Estados Unidos, mais taxas locais, e é vendido por aproximadamente R$ 700 no Brasil. A US$ 199 a versão mais barata nos EUA (tela HD, 2 GB de RAM e processador de 1,8 GHz), fica fácil ser otimista em relação aos preços do Zenfone 2. O smartphone chega nas lojas americanas em março.

    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)

    _____________________

    Boa configuração para o preço. O sistema dele é o android, certo? Parece que será uma boa alternativa para quem está procurando um celular novo.
     
  2. Deriel

    Deriel Administrador

    Parece um concorrente direto do Moto X (não do Moto G) - mas precisamos saber do preço. E esses 4 GB de RAM temos que analisar a CPU fornecida, se for 32 bits é jogar 1 Gb no lixo por marketing mas creio que não seja o caso.

    Quem quiser espiar a comparação que eu fiz:
    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)


    (e TechTudo sux)
     
  3. dermeister

    dermeister Ent cara-de-pau

    Mas se o processador desse telefone suportar PAE (physical address extension), o sistema conseguirá endereçar essa memória, ainda que limitando cada processo a endereçar apenas os "seus" 4 GB (o que não é problema em um desktop 32 bits, muito menos num celular). Há muitas versões de ARMs que não suportam, por mais antigo que o recurso seja no mundo x86 (se não me engano, nasceu nos temos do Pentium Pro). O Linux tem suporte a PAE desde o kernel 2.4 e não acho que iriam desabilitar isso nesse Android à toa.
     
  4. fcm

    fcm Visitante

    Pelo visto é 64 bits:
    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)


    Por mim tá cada vez melhor o mercado de smartphones. E olha que os chineses ainda não chegaram com força no Brasil.
     
  5. Deriel

    Deriel Administrador

    Bom, nenhum celular 32 bits com Android tem mais de 3 GB de RAM, nem os Note da Samsung. Então alguma coisa no angu tem
     
  6. Kurt

    Kurt El Doctor

    A arquitetura do processador é x64, esses 4 GB são um exagero tremendo para os padrões atuais de consumo de memória, tiro por base o meu Nexus 4 que roda tudo de forma lisa e sempre tem 1 GB de ram disponível, mesmo com uso hard.
     
  7. Deriel

    Deriel Administrador

    Eu nem vou pelo caminho da necessidade*, fico mais preocupado com a possibilidade real de utilização (vide que no meu trabalho ainda temos uma série de Windows XP com 4GB de memória, que podem usar apenas 3 GB na prática). Tendo memória, um dia usa, mas ter só por marketing como poderia ser o caso, pra ser mais que os Samsung, isso é imperdoável

    *vide os famosos 640kB do Bill Gates
     
  8. Kurt

    Kurt El Doctor

    Verdade, mas acredito que rodando no processador Intel Atom 64-bit Z3580 “Super Quad-Core” 2,3 GHz que é que está na especificação dele você consiga usufruir dos 4 gb de RAM.

    Porém, é claro que tem todo o marketing e mídia espontânea para quem lança uma tecnologia primeiro. A Asus tem investido muito nos últimos tempos em smartphones e tem tido muito sucesso, vide a venda da primeira geração do Zen Fone por aqui, na qual o aparelho esgotou na estreia.

    O preço de US$199 é bastante competitivo. Vai pelo menos fazer a Samsung pensar melhor nas estratégias dela para não perder parte da sua fatia de mercado para a ASUS, o que é muito bom para nós consumidores.
     
  9. fcm

    fcm Visitante

    A Samsung já perdeu muito da sua fatia pra Motorola, pelo o que eu vi recentemente, o celular mais vendido no Brasil é o Moto G que tem um ótimo custo benefício. A ASUS também tá chegando muito bem e a Coreana Samsung está mal, parece que o ano passado foi um dos piores dos últimos anos e ela irá redefinir sua estratégia de smarts, acho que diminuindo a quantidade infinita de modelos. Aguardemos! E como você disse, pra nós quanto mais competição, melhor!
     
  10. Fúria da cidade

    Fúria da cidade ㅤㅤ ㅤㅤ ㅤㅤ

    Levando em conta que a Nokia foi comprada, é bom ver mais uma empresa do porte da Asus investindo na área de telefonia, pois torço sempre pelo aumento da competitividade.
     

Compartilhar