1. Caro Visitante, por que não gastar alguns segundos e criar uma Conta no Fórum Valinor? Desta forma, além de não ver este aviso novamente, poderá participar de nossa comunidade, inserir suas opiniões e sugestões, fazendo parte deste que é um maiores Fóruns de Discussão do Brasil! Aproveite e cadastre-se já!

Dismiss Notice
Visitante, junte-se ao Grupo de Discussão da Valinor no Telegram! Basta clicar AQUI. No WhatsApp é AQUI. Estes grupos tem como objetivo principal discutir, conversar e tirar dúvidas sobre as obras de J. R. R. Tolkien (sejam os livros ou obras derivadas como os filmes)

Z (França/Argélia, 1969)

Tópico em 'Cinema' iniciado por Morfindel Werwulf Rúnarmo, 13 Set 2015.

?

Sua nota para o filme:

  1. 10

    0 voto(s)
    0,0%
  2. 9

    0 voto(s)
    0,0%
  3. 8

    100,0%
  4. 7

    0 voto(s)
    0,0%
  5. 6

    0 voto(s)
    0,0%
  6. 5

    0 voto(s)
    0,0%
  7. 4

    0 voto(s)
    0,0%
  8. 3

    0 voto(s)
    0,0%
  9. 2

    0 voto(s)
    0,0%
  10. 1

    0 voto(s)
    0,0%
  1. Morfindel Werwulf Rúnarmo

    Morfindel Werwulf Rúnarmo Geofísico entende de terremoto

    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)

    Sinopse: O filme se inicia com a advertência nos créditos iniciais de Costa-Gavras e Jorge Semprún que qualquer semelhança com eventos e pessoas da vida real não é coincidência - é intencional.

    Suspense político, trata de fatos reais ocorridos em 1963 na Grécia. Em cenário político tenso, professor de medicina e deputado grego, um dos líderes da oposição esquerdista, organiza juntamente com os correligionários Shoula, Matt e Manuel e o deputado George Pirou, uma reunião pela paz e contra a permissão de instalação de mísseis balísticos americanos em território grego. Com dificuldades, a reunião é realizada mas ao concluir sua fala, o deputado é atropelado e acaba morrendo dias depois. A polícia conclui que foi um acidente mas há indícios que levam o juiz de instrução a suspeitar da versão da polícia e aprofunda a investigação. Com ajuda indireta de um fotojornalista, e testemunhas como Nick, ele consegue revelar uma trama de membros do governo grego, como o general de polícia, o coronel da polícia, outros militares e Yago e Vago, os autores do crime. São todos indiciados mas as testemunhas morrem em circunstâncias estranhas e os envolvidos são condenados a penas leves. Pouco tempo depois os militares lançam um golpe militar. O novo regime persegue os aliados do deputado morto, o fotojornalista e o juiz de instrução. Proíbem comportamentos e assuntos como a matemática moderna, liberdade de expressão, e a letra
    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)
    , em grego antigo significa "ele está vivo".

    Direção: Costa-Gavras

    Elenco: Yves Montand, Jean-Louis Trintignant, Irène Papas

    Trailer
    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)


    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)


    Curiosidade

    - Foi o primeiro filme a ser indicado nas categorias de melhor filme e melhor filme estrangeiro no Oscar. Apenas outros 2 filmes repetiram o feito: A Vida É Bela e O Tigre e o Dragão.
     
    • Ótimo Ótimo x 1
    • Gostei! Gostei! x 1
  2. G.

    G. Ai, que preguiça!

    Amour, do Haneke, também :)

    Nem sei sobre o que é o filme, mas alguns meses atrás vi falando do lançamento em bluray pela criterion de outros dois dele (State of Siege e The Confession) no rogerebert.com aí fiquei curioso ^^
     
    Última edição: 13 Set 2015
    • Gostei! Gostei! x 2
  3. Fëanor

    Fëanor Fnord Usuário Premium

    Z e Sessão Especial de Justiça (1975) são os únicos que vi do Costa-Gavras. Ambos tem sua qualidade, e são filmes bastante políticos. Dentre os dois, a pegada política do Z é mais forte (o Sessão Especial é mais histórico), já que é o Costa-Gavras falando de eventos mais recentes de seu país. Por ser o filme mais icônico do diretor, acho que vale a recomendação. Mas não chega a ser um filme excepcional.
     
  4. Bruce Torres

    Bruce Torres Let's be alone together.

    Vi Amém e O Quarto Poder. Em ambos os casos, não são filmes excepcionais, o diferencial é o tema e a forma como são abordados. Pretendo ver todos dele se possível.
     

Compartilhar