• Caro Visitante, por que não gastar alguns segundos e criar uma Conta no Fórum Valinor? Desta forma, além de não ver este aviso novamente, poderá participar de nossa comunidade, inserir suas opiniões e sugestões, fazendo parte deste que é um maiores Fóruns de Discussão do Brasil! Aproveite e cadastre-se já!

Youtubers estrangeiros descobrem (e avaliam) música brasileira na internet

Fúria da cidade

ㅤㅤ ㅤㅤ ㅤㅤ
Usuário Premium


O professor de voz Andy Davis descobriu Elis Regina e gravou sua reação para milhares de espectadores verem  - Reprodução/ YouTube

O professor de voz Andy Davis descobriu Elis Regina e gravou sua reação para milhares de espectadores verem Imagem: Reprodução/ YouTube

"Eu amo a emoção que ela está nos entregando, não apenas visualmente em sua apresentação, através de seu rosto e sua linguagem corporal, mas você pode sentir as diferenças em sua voz através do refrão também", diz em inglês um homem em frente a uma câmera após pausar um vídeo. Em seguida, ele arremata: "O mundo a perdeu cedo demais, ela era tão talentosa. Eu sei que ela se tornou uma grande estrela no Brasil e estou tão impressionado em ouvi-la hoje".

O homem em questão é o professor de canto estadunidense Andy Davis, 46, e a mulher de quem ele fala é a cantora Elis Regina — que, ali, cantava uma versão de "Como nossos pais", em apresentação de TV nos anos 1970. Era a primeira vez que ele conferia uma canção da artista, e fez questão que qualquer pessoa interessada acompanhasse sua experiência em tempo real.

Os vídeos de reação — também chamados de react, que trazem a resposta de pessoas em tempo real — são febre no YouTube. Pode-se dizer que o início de tudo foi em 2006, com o compartilhamento de sustos de crianças a idosos que caíram na pegadinha do jogo do labirinto Scary Maze, aquele em que aparece uma foto da protagonista do filme "O Exorcista" acompanhada de gritos estridentes.

No ano seguinte, milhares de pessoas se colocaram à frente de uma câmera e gravaram suas reações ao assistirem ao vídeo 2 Girls 1 Cup, um clássico escatológico da internet que mistura pornô e coprofagia. De lá para cá, o interesse do público foi amplificado com temas menos controversos, como filmes, séries e, claro, muitas músicas. Uma simples busca por "react music" gera mais de 60 milhões de resultados no YouTube.

Na onda da permanente popularidade, youtubers gringos têm usado a plataforma para descobrir a música mundial, em especial a brasileira, e ganhar milhares de seguidores com suas análises técnicas e quase sempre elogiosas.

Yes, nós temos MPB!


Mestre em performance vocal, Davis se dedica a música há mais de 25 anos, mas seu contato com artistas do Brasil é recente, depois de inúmeras sugestões de usuários do seu canal. O vídeo de reação do clássico do repertório de Elis rendeu mais de 1,2 milhão de acessos em quatro meses — um dos dez entre os mais de 200 publicados a ultrapassar a simbólica marca de um milhão. Seu canal conta com cerca de 300 mil inscritos em todo o mundo.

Além de rasgar elogios à intérprete gaúcha, o professor emplacou um segundo react em que comenta os atributos vocais de Maria Rita, na mesma canção cantada por sua mãe. Alerta de spoiler: ele ficou tão estupefato quanto na estreia com a eterna Pimentinha.


De sua casa na Flórida, Davis conta ao TAB que os brasileiros estão entre os mais ativos em seu canal — o que é possível verificar observando os comentários dos vídeos. Gal Costa, Milton Nascimento e Tim Maia estão entre os mais pedidos. "Eu não escuto as músicas antes [de gravar um vídeo]. Você pode até me ouvir dizer 'não sei se estou em sincronia com a letra', porque estou também lendo pela primeira vez. Gosto de dar uma primeira reação verdadeira. Entretanto, sinto que conhecer mais a letra é bem importante para entender e aproveitar uma canção. Então, eu faço uma pequena pesquisa sem dar spoiler à minha reação inicial à música", explica.

Do clássico ao atual


O músico italiano Frank Valchiria, 44, recuperou um canal que havia criado há nove anos para gravar seus vídeos de react nos últimos 12 meses. A entrada da música brasileira como parte de seus conteúdos se deu no meio da quarentena, mas ele não é iniciante nos sons produzidos por aqui. Quando adolescente, na década de 1990, era fã de Sepultura. "Eu ia dormir com fones de ouvido e ouvia as músicas deles", recorda.

Radicado em Amsterdã, o youtuber divulga, diariamente, de quatro a cinco vídeos novos aos seus inscritos. Com uma aproximação bem-humorada, Valchiria vai além de avaliar clássicos do cancioneiro da MPB e se aventura em artistas com forte apelo comercial nas últimas décadas, reagindo a músicas de artistas como Chitãozinho e Xororó, Mamonas Assassinas, Marília Mendonça e Nego do Borel.


Para se ter uma ideia, no intervalo da última semana, Valchiria compartilhou 24 vídeos de reações de artistas brasileiros. Isso pode ajudar a explicar por que, dos mais de 180 mil inscritos em seu canal, mais 25 mil são nossos compatriotas. Seus conteúdos também já foram compartilhados nos perfis oficiais de Alceu Valença e Djavan. Por mais que não compreenda totalmente as letras em português, o youtuber se apoia em sua experiência como músico para ler os significados nas entrelinhas - e conta com uma pequena ajuda dos seus amigos.

"Sentir uma música sem entender o idioma pode ser complicado, mas, geralmente, grandes artistas realmente conseguem transmitir tantas emoções e significados por meio de suas vozes e instrumentos que você entende mesmo sem conseguir explicar. Meu público, por exemplo, compartilhou comigo as nuances da poesia de Chico Buarque, algo que talvez eu tenha perdido enquanto reagia ao vídeo", detalha.

Nossas particularidades


A treinadora vocal escocesa Beth Roars, 31, também entrou na dobradinha de reações a Elis Regina e Maria Rita em interpretações de "Como Nossos Pais". Com um forte sotaque britânico, ela já anotou suas observações sobre as vozes de Cássia Eller e André Matos — esse último em inglês — para mais de 460 mil inscritos.

Ainda que sua opinião seja baseada em questões técnicas, Roars se diz mais atônita pela emoção impressa nas performances dos brasileiros. Não à toa, a youtuber que hoje vive em Londres faz caras e bocas ao ver a presença de palco de Elis e Cássia, glosando a importância das feições e pausas vocais para a interpretação artística. Ela afirma que esse é um ponto diferencial do português falado e cantado no Brasil em relação a outros idiomas. "A língua portuguesa tem vogais abertas que são muito úteis para o canto. Elas permitem que a música seja suave e lírica sem que o cantor tenha que adaptar muito as formas de vogal em comparação com sua fala natural. Amo também as consoantes percussivas em português, que muitas vezes vêm no início de uma palavra em vez de virem no fim."


"Isso ajuda a definir e trazer clareza aos belos ritmos usados na música brasileira, e geralmente mantém o cantor naquela vogal aberta ao fim de suas palavras. Essa combinação de vogais e consoantes afiadas faz do português uma língua muito versátil para a interpretação da música e ao idioma, que auxilia o cantor a expressar plenamente a emoção de uma peça", diz Roars, em entrevista ao TAB.

Inicialmente avesso aos vídeos de reação, Andy Davis só criou seu canal depois da insistência de seu melhor amigo. Hoje, ele até exibe em segundo plano uma placa que recebeu do YouTube por ter passado a marca de 100 mil inscritos no seu canal enquanto grava suas respostas ao som de um artista. Surpreso com o alcance de seu trabalho na internet, o professor de voz relata que a popularidade dos reacts pode ser explicada na possibilidade que os espectadores têm de ver alguém, especialista ou não, validar seu gosto pessoal. "A maioria dos usuários apoia seu artista favorito, gosta ou confronta o que os profissionais da voz têm a dizer sobre os cantores, especialmente artistas famosos."

À parte da aprovação de um desconhecido, esses conteúdos têm como objetivo a surpresa — com a expectativa maior de ser positiva. Esses brasileiros anônimos se esforçam para levar a música feita aqui para além das nossas fronteiras, com uma seleção de clássicos do presente e, claro, de um passado não muito distante com o propósito de tocar seus ouvidos e corações.
Frank Valchiria relata ter descoberto "uma conexão inexplicável com o Brasil" depois de conhecer nossos artistas. O youtuber conta que sente vontade de sair da frente do computador para conhecer a terra onde nasceu Elis Regina, Maria Rita, Tim Maia e tantos outros. "Cresci perto do mar, amo a energia do verão. Acho que visitaria o Rio de Janeiro quando as coisas melhorarem", finaliza, aludindo a pandemia.

 

Valinor 2020

Total arrecadado
R$1.870,00
Meta
R$4.800,00
Termina em:
Topo