1. Caro Visitante, por que não gastar alguns segundos e criar uma Conta no Fórum Valinor? Desta forma, além de não ver este aviso novamente, poderá participar de nossa comunidade, inserir suas opiniões e sugestões, fazendo parte deste que é um maiores Fóruns de Discussão do Brasil! Aproveite e cadastre-se já!

Dismiss Notice
Visitante, junte-se ao Grupo de Discussão da Valinor no Telegram! Basta clicar AQUI. No WhatsApp é AQUI. Estes grupos tem como objetivo principal discutir, conversar e tirar dúvidas sobre as obras de J. R. R. Tolkien (sejam os livros ou obras derivadas como os filmes)

Eventos Yoshihiro Togashi - Mangaká da 3ª Semana

Tópico em 'Anime & Mangá' iniciado por Turgon, 9 Jan 2012.

  1. Turgon

    Turgon 孫 悟空

    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)

    Yoshihiro Togashi nasceu em 26 de abril de 1966, em Yamagata, é um mangaká japonês. Ele é mais conhecido como o criador das séries de Anime & Mangá Yu Yu Hakusho e Hunter x Hunter. É irmão de Hideaki Togashi, outro mangaká. Togashi também é conhecido pelos apelidos Yoshirin e Togashi Ouji.

    Como muitos outros mangakás, Yoshihiro Togashi começou a desenhar ainda pequeno enquanto estava no colegial. Participou de algumas competições da revista Young Jump, o que lhe deu a oportunidade de trabalhar com a editora Shueisha.

    Seu primeiro mangá serializado foi Sense wa Toshishita!!, aos 20 anos. Depois disso passou a trabalhar ocasionalmente em algumas one-shots. Em 1987 lançou Jura no Midzuki, que lhe concedeu uma menção honrosa na premiação HopStep. No mesmo ano publicou Buttobi Straight, que aliás, ganhou o prêmio Tezuka.

    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)


    Após tantos prêmios, Togashi abandonou sua faculdade e seu sonho de ser professor para seguir a carreira de mangaká. Acabou se mudando para Tóquio e firmando um acordo com a Shueisha. A partir daí passou a escrever mais histórias curtas (one-shots), até que em 1989 teve seu primeiro volume publicado, a coletânea Ookami Nante Kowakunai!!. Foi também em 1989 que ele começou sua primeira série regular, Ten de Shouwaru Cupid, sendo esta terminada em 1990 com 4 volumes.

    Mas foi em 1990 que Togashi conquistou o mundo publicando Yu Yu Hakusho. Foram no total 175 capítulos em 19 volumes, que venderam mais de 40 milhões de cópias só no Japão e foi adaptada para anime.

    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)


    Continuou sua carreira com Level E (1995-1997), que foi adaptado para anime em 2011. Em 1998 começou sua segunda grande obra, HUNTER×HUNTER, ainda em publicação. Os primeiros 20 volumes da série venderam cerca de 55 milhões de cópias só no Japão. H×H teve várias adaptações em anime e OVA, sendo uma mais recente sendo publicada no Japão que iniciou no final do ano passado. O mangá também teve sua volta, depois de alguns anos em pausa.

    Em 1999 Togashi se casou com Naoko Takeuchi, autora de Sailor Moon, com quem teve 2 filhos.

    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)


    Alguns anos atrás, em 2005, ele e sua esposa produziram um livro infantil ilustrado, chamado Oobo— Nu— Tochiibo— Nu—, como presente de aniversário para um de seus filhos.

    Participou também na produção de artbooks e guidebooks, entre eles Resident Evil 3 Guide Book, Naruto Hiden – Mina no Shi – Official Premium Fan Book e Mori no Yousei no Hanashi. Além dos das próprias séries: YuYu Hakusho Illustrations e Official HUNTER×HUNTER Guide.

    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)


    Mangrafia:

    1986 – Sense wa Toshishita!! (one-shot)
    1987 – Jura no Midzuki (one-shot)
    1987 – Buttobi Straight (one-shot)
    1987 – Tonda Birthday Present (one-shot)
    1988 – HORROR ANGEL (one-shot)
    1988 – Occult Tanteidan (one-shot)
    1989 – Occult Tanteidan 2 (one-shot)
    1989 - Ookami Nante Kowakunai!! (one-shot)
    1989 – Ookami Nante Kowakunai!! (antologia)
    Incluso: Ookami Nante Kowakunai!!, Occult Tanteidan, Occult Tanteidan 2, HORROR ANGEL, Tonda Birthday Present e Buttobi Straight.
    1989/90 – Ten de Shouwaru Cupid (4 volumes tankoubon, 3 volumes wideban (1994), 2 volumes bunkoban (2002))
    1990/94 – Yu☆Yu☆Hakusho (Yu Yu Hakusho) (19 volumes tankoubon, 15 volumes kanzenban (2004/05), 9 volumes aizouban, 12 volumes bunkoban (2010, ainda em publicação))
    1995/97 – Level E (3 volumes)
    1998 – HUNTER×HUNTER (29 volumes, em publicação)

    E já tivemos duas obras publicas aqui no Brasil que são
    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)
    e
    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)
    , ambos pela editora JBC.


    Yoshihiro Togashi fez uma entrevista para a Shonen Jump em 2003 e pode ser conferida abaixo:

    A infância de Yoshihiro:

    P: Como você era quando mais novo?
    R: Quando estava no fundamental, eu era uma criança esperta e otimista. E durante o colegial, era um rapaz sombrio e pessimista.

    P: Quantos anos você tinha quando começou a desenhar? Que tipo de coisa você desenhava?
    R: Comecei a desenhar na primeira~segunda série. Naquela época já desenhava mangás.

    P: Conte algumas de suas influências artísticas.
    R: Conheci o trabalho de H. R. Giger através do filme Alien, e ele me influenciou muito.

    P: Como você se tornou um mangaká profissional?
    R: Eu enviei meu trabalho para a competição da Shounen Jump e um de seus editores me contactou.

    Passatempos e interesses:

    P: Quais são seus hobbies? O que você faz com o seu tempo livre?
    R: Jogo boliche, o que considero um exercício. E uso meu tempo livre para ficar com minha família.

    P: Soubemos que você é um fã de filmes de terror. Quais seus favoritos, sejam eles do Japão, Estados Unidos ou outros lugares?
    R: Entre os japoneses: Joyuurei [de Hideo Nakata, 1996]. E dos estrangeiros: Dawn of the Dead [Despertar dos Mortos, de George A. Romero, 1978].

    P: Também soubemos que você é fã de video games. Que tipo de jogos você curte? Está jogando algum no momento?
    R: Gosto de video games de tabuleiro. Neste momento estou jogando Culdcept (um game japonês de estratégia multiplayer).

    P: Se você tivesse que ordenar por interesse esses três gêneros: Ficção Científica, Fantasia e Terror, como os organizaria por ordem de preferência? No seu próprio trabalho, você acredita que são gêneros separados ou tudo parte de uma mesma coisa?
    R: Depende do momento, mas neste momento: 1. Fantasia, 2. Ficção Científica e 3. Terror. Mas eu realmente não dou muito valor a essas classificações.

    P: Você lê muita ficção (livros, não mangá)?
    R: Não sei se posso me comparar à outras pessoas, mas eu leio, sim, alguns livros. Mistérios, Ficção Científica, não ficção etc.

    P: Que lugares no mundo você já visitou? Qual seus lugares favoritos e por quê?
    R: Turquia, Egito, Espanha, além de outros lugares. Gosto de ver paisagens que não existem no Japão.

    P: Que tipo de material de desenho você usa agora em HUNTER×HUNTER, comparado ao que usava para Yu Yu Hakusho?
    R: Não mudou muito, uso nanquim e canetas Kabura (canetas-tenteiro). Entretanto, em H×H, comecei a user Mac para colorir às vezes.

    P: Você já pensou em fazer um mangá não-shounen? Algo para leitores mais velhos, como talvez um mangá seinen?
    R: Já pensei, sim. Gostaria de tentar algo diferente pelo menos uma vez.

    P: Você é muito bom em desenhar retratos realistas das pessoas. Você já desenhou coisas reais ou basea seus personagens em pessoas reais?
    R: Quase tudo vem da minha imaginação, mas não é incomum que eu pegue imagens de pessoas de verdade e as coloque nos meus trabalhos.

    P: Você tem muito talento em desenhar monstros e criaturas esquisitas, desde as assustadores em YuYu Hakusho e Level E, às extravagantes em HUNTER×HUNTER. Como você consegue?
    R: Na verdade eu meio que desenho eles naturalmente, sem pensar muito profundamente.

    P: Em mangás de luta é necessário inventar muitos efeitos visuais para mostrar movimento e poder. Como você consegue?
    R: Não importa o quê, tento deixar fácil para o leitor entender o que está acontecendo.

    E para finalizar um pequeno vídeo do Yoshihiro Togashi mostrando um pouco de sua arte em um vídeo bem bacana.

    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)



    Fontes:
    • Wikipédia pt e engl
    • JBox
     

    Arquivos Anexados:

    • togashi.jpg
      togashi.jpg
      Tamanho do arquivo:
      73,1 KB
      Visualizações:
      191
    • yu yu.jpg
      yu yu.jpg
      Tamanho do arquivo:
      65,2 KB
      Visualizações:
      192
    • togashi2.jpg
      togashi2.jpg
      Tamanho do arquivo:
      48,9 KB
      Visualizações:
      238
    • togashi3.jpg
      togashi3.jpg
      Tamanho do arquivo:
      81 KB
      Visualizações:
      201
    • togashi4.png
      togashi4.png
      Tamanho do arquivo:
      264,3 KB
      Visualizações:
      284
    Última edição por um moderador: 6 Out 2013
    • Ótimo Ótimo x 4
    • Gostei! Gostei! x 1
  2. Arringa Hrívë

    Arringa Hrívë um papo e um bom chimarrão... Usuário Premium

    Parabéns Tugz, o post ficou muito bom, pensei que tu não faria tão bem! =D
    Brinks, sei que tu faz direitinho!

    OBS: Já conhecia o trabalho desse mangaká por Yu yu Hakusho, não tinha muito conhecimento sobre os demais, além de HUNTER×HUNTER, são os mais conhecidos dele, eu acredito!
     
    Última edição: 10 Jan 2012
  3. Excluído045

    Excluído045 Banned

    Também conheço só os mais badalados: Yu Yu Hakusho e Hunter x Hunter. Mas o primeiro eu acompanhei pela TV quando pequeno, mal me lembro, enquanto que acompanho a série Hunter x Hunter, que eu adoro pelo traço simples e também pela simplicidade da narrativa, dos personagens, caracterização etc. Isso eu admirei bastante no mangá, a simplicidade contagiante.

    Isso resume minha opinião sobre como um mangá é desenhado. Ele pode ser profundamente pensado, mas o desenho é uma questão de instinto. É natural.
     

Compartilhar