1. Caro Visitante, por que não gastar alguns segundos e criar uma Conta no Fórum Valinor? Desta forma, além de não ver este aviso novamente, poderá participar de nossa comunidade, inserir suas opiniões e sugestões, fazendo parte deste que é um maiores Fóruns de Discussão do Brasil! Aproveite e cadastre-se já!

Dismiss Notice
Visitante, junte-se ao Grupo de Discussão da Valinor no Telegram! Basta clicar AQUI. No WhatsApp é AQUI. Estes grupos tem como objetivo principal discutir, conversar e tirar dúvidas sobre as obras de J. R. R. Tolkien (sejam os livros ou obras derivadas como os filmes)

Xadrez no Espelho

Tópico em 'Clube dos Bardos' iniciado por imported_Daniel_, 24 Set 2008.

  1. imported_Daniel_

    imported_Daniel_ Usuário

    Xadrez no Espelho

    [align=justify]O desafio mais quimérico,
    Onde não há roda da fortuna,
    É aquele quando pára e fica,
    Jogando Xadrez com a vida.

    Eu luto, e sou todo emoção,
    Fúria, ira, graça, paixão,
    Ela invoca toda frieza,
    Do tempo tem a aspereza

    No fim, não mais agüento,
    Levanto sem deitar o rei,
    Ligo a chave correndo,
    Fujo, pois não serenei.

    Corro com toda velocidade,
    Cem, cento e vinte, duzentos,
    Até que ouço, ao lado,
    O sussuro do vento:[/align]

    (Que eu só ouço d'Ele)

    Eu te amo, meu amado. Estou contigo, agora.


    (E viva d. Sebastião).
     
  2. Fernando Giacon

    Fernando Giacon [[[ ÚLTIMO CAPÍTULO ]]]

    Quem será que vence esse jogo, nós ou a vida? Talvez um dos maiores erros seja fazer esse jogo contra, pois ela jamais esteve como uma adversária, e sim como nossa eterna aliada...sendo nosso mais puro reflexo no espelho. Muito bom mesmo Daniel.
     
  3. Costumo jogar xadrez comigo mesmo ...
    (Às vezes ganho, às vezes perco ...)

    Num espelho, a coisa ia ficar ainda mais ... [size=x-small]como dizer?[/size] :sacou:

    (Hoje, ganhei duas vezes! ... Mas ontem, perdi uma, e a outra acho que empatou. Dá muito empate ...)


    ferreiro
    :pipoca:
    [size=xx-small]sortidos[/size]


    __________

    [size=x-small]Ps. Faz lembrar também "O Sétimo Selo", em que um cavaleiro joga xadrez com a Morte ... Lúgubre. Jogar xadrez é mais alegre do que isso, para mim :sim:[/size]
     
  4. [size=x-small]contudo,[/size]

    Apesar de algo barroco :lendo:
    o poema está bem maneiro! :sim:


    f.
    :)
     
  5. imported_Daniel_

    imported_Daniel_ Usuário

    Bem, colegas, obrigado pelos comentários. Esse não é uma das obras que eu mais gosto, mas é o que de melhor saiu nesses últimos meses, com duas honrosas exceções.

    Fernando, talvez o caminho seja realmente esse. Tê-la como aliada seria ótimo. Mas acho que, paara muitas coisas, o eu poético é demasiado briguento.

    ferreiro, jogar na frente de um espelho é complicado, porquê você vê tudo invertido.

    Como assim barroco?

    Bom, já me falaram muito desse filme, mas eu confesso que não assisti. Você gostou?
     
  6. Fernando Giacon

    Fernando Giacon [[[ ÚLTIMO CAPÍTULO ]]]

    Se é...eu conheço já a peça. O eu poético é desconfiado até de si mesmo rsrsr.
     
  7. Olá, Dan!

    Confesso que não pensei em jogar em frente a um, mas em cima de um :g:

    (Sou um jogador de xadrez em fase intermediária ... I.e., estou aprendendo; sei jogar até a metade. Jogo muito comigo mesmo, gosto de fazer exercícios ... & Absoluta mente não jogo virtual!)


    Tem um toque de "cristão". Sempre que eu percebo consciência literária com (pre)ocupações "cristãs" (ou religiosas ocidentais, em geral (...)), me vem em mente o vocábulo (barroco).

    Digo isso porque eu, de minha parte, sou um pouco barroco eu mesmo, então não é uma crítica destrutiva, apenas uma observação.


    ferreiro
    :pipoca:
    [size=xx-small]biscoitos[/size]
     

Compartilhar