1. Caro Visitante, por que não gastar alguns segundos e criar uma Conta no Fórum Valinor? Desta forma, além de não ver este aviso novamente, poderá participar de nossa comunidade, inserir suas opiniões e sugestões, fazendo parte deste que é um maiores Fóruns de Discussão do Brasil! Aproveite e cadastre-se já!

Dismiss Notice
Visitante, junte-se ao Grupo de Discussão da Valinor no Telegram! Basta clicar AQUI. No WhatsApp é AQUI. Estes grupos tem como objetivo principal discutir, conversar e tirar dúvidas sobre as obras de J. R. R. Tolkien (sejam os livros ou obras derivadas como os filmes)

Wraith: The Oblivion

Tópico em 'RPG' iniciado por Olórin of Lórien, 22 Nov 2002.

  1. Eu estava lendo o Vampire Terceira Edição semana passada e, ao chegar no Capítulo Nove - Antagonistas, fiquei muito interessados nas Aparições (Wraiths), aí fiquei com vontade de saber mais sobre elas...
    O que vcs sabem sobre Wraith? É tão difícil de jogar quanto parece? Ainda existe material disponível? (Faz muito tempo que não vejo um livro de Wraith por aí...) Saiu Terceira Edição dele? Por um milagre existe algum plano de tradução por parte da Devir?
     
  2. Skywalker

    Skywalker Great Old One

    Bom... vamos por partes, como diria meu amigo Jack.

    O Wraith é o jogo mais sério e maduro da linha storyteller. O jogo em si não é tão complicado... o que complica é a forma com que o jogador reage ao jogo. Um wraith bem narrado e bem jogado pode arrasar com a pessoa. Eu mesmo passei um tempo em depressão, na época em que jogava Wraith. Claro, que se o narrador, na crônica, botar 5 jogadores, cada um interpretando uma aparição, a lutar contra soldados de Stygya, tu não vai sentir nada de mais, mas também o jogo não vai ter a mínima graça.

    Os livros de Wraith são raríssimos. Eu recomendo o Wraith: The Great War, em vez do Oblivion.

    Quanto ao plano de tradução: bom, a coisa é um pouco complicada... a Devir traduziu o livro, e estava tudo pronto pra lançar. O que aconteceu foi que um estagiário (ou coisa parecida) da gráfica que estava imprimindo o livro, lançou o livro na internet, acabando com todos os planos da Devir em lançar o livro em português. Tanto é que, se tu procurar bem, tu encontra essa cópia pirata/oficial disponível na net.
     
  3. Legolas o Elfo

    Legolas o Elfo Usuário

    Eu tava procurando na net há uns tempos o Wraith, e vi o Great War à venda no EIRPG em junho, me interessei bastante e saí procurando material. Desde o começo deu pra notar que era um jogo sério, mas não tão forte como você diz...
    Voce acha que se ele tivesse sido lançado, teria feito tanto sucesso quanto um Vampiro ou Lobisomen? Será que ele seria 'banalizado', como de certa forma aocnteceu com o Vampiro?
     
  4. Barlach

    Barlach Verde. E arqueiro

    o jogo foi abandonado nos EUA, naum lançam mais nada novo sobre ele.

    Editado por Skywalker: pirataria é feio, Barlach! :eek:
     
  5. Ptah

    Ptah Usuário

    Nossa! Whraith é um dos mais dificies e melhores jogos da WW, primeiro porque é bem mais facil sacar o lance do World of Darkness, o lance dark da coisa, segundo q é sobre sofrimento mesmo... ah sim, como o Skywalker disse, se vc se deixar levar sofre de verdade. Eu chorei pra caramba no meu preludio ( embora eu já tenho chorado em um sessão de Dark Ages também :roll:).
     
  6. KADU

    KADU Estão vendo esta caneta?

    Vc eh o tipo de jogador(a) que todo mestre sonha...hehe. :D
     
  7. Nossa, é tão psicologicamente forte a ponto de causar choro e depressão nas pessoas? Por que, é por causa do lance de roubar emoções das pessoas pra se manter (a tal Reserva de Paixão)?
     
  8. Skywalker

    Skywalker Great Old One

    Não... ao menos pra mim, o grande problema foi ver a minha mãe definhar e morrer de câncer... e não poder fazer nada...
     
  9. Ptah

    Ptah Usuário

    Eu tenho a mania de entar demais no personagem por issso detesto montar novos e prefiro curtir as campanhas por anos... ai dá nessas... mas o Whraith é muito profundo... joguei somente duas campanhas até hj e elas nunca terminaram... acho nem os mestres aguentam a barra por muito tempo... agora sessão show foi uma q brincamos com o livro dos Spectros! Cada um montou o seu e jogamos um one shot! Massa! Sem palavras mesmo! Ai q droga! Tá me dando vontade de jogaaaaaaaaaaar.
     
  10. Moça, eu tô doido pra jogar RPG tbm! Quem sabe nas férias não rola nada?
    Ultimamente eu estou jogando um live de Vampiro Terceira Edição aqui em Bauru, e está muito legal, só que depois do dia 7 (última sessão do ano) a gente só joga depois das férias...
    Então, pra não ficar parado queria jogar com alguém! Principalmente algo diferente, tipo Mage, Wraith ou Changeling...
     
  11. MalKain

    MalKain Usuário

    Hum droga, naum to tendo mais tempo pra jogaaar. Tenho o Wraith traduzido aki em casa faz um tempão (uns 2 anos) e sempre q eu tento ler, algo me faz parar, acho alguem naum quer q eu leia. Putz! Só o pouco q eu li jah me amarrei no jogo. É viagem pura! é do tipo d ambiente q vc fica vidrado. Ainda mais com um mestre bom. O que esta ficando cada vez mais raro isso aki na minha área.
    Q vontade de comecar e terminar de lê-lo logo...
     
  12. Legolas o Elfo

    Legolas o Elfo Usuário

    Eu comecei a ler o Wraith. É como o Skywalker falou, se não for bem narrado e bem interpretado não tem graça. É profundo demais.
    É mais complicado. Esse jogo trata de emoções muito fortes. Imagine você morrer, mas continuar nesse mundo, vendo as pessoas que você ama sofrerm e sofrer com isso. E não poder fazer nada pra ajudar. E a vida delas vai perdendo a força, e você vê isso, e isso te faz sofrer mais. E esse sofrimento e angústia são tão fortes que você(jogador) absorve tbm, pq vc está ligado ao personagem. E por aí segue...
     
  13. Robin Oiro

    Robin Oiro Usuário

    Aquele poema que introduz o jogo..... putz, muito profundo.

    Wraith é um jogo ótimo, mas que não fez muito sucesso (é uma pena). E a falta de mestres com habilidades pra conduzir uma história com profundidade pode estragar uma tentativa de curtir o jogo totalmente. Eu já lí uma boa parte do livro e morro de vontade de jogar, mas justo esse problema de falta de mestre capaz de conduzir Wraith me impede...

    Ah, e Wraith foi mesmo abandonado nos EUA.
     
  14. Skywalker

    Skywalker Great Old One

    Putz...lembrei de uma coisa muito engraçada que aconteceu comigo e é relacionado ao Wraith... eu comprei o meu usado, é a primeira edição ainda.. e, logo q eu comprei, eu fui dormir e deixei o livro em cima da minha mesa de cabeceira.....no meio da madrugada eu me acordei e tomei o maior susto! Vi uma coisa brilhando do meu lado, na cama! Fiquei apavoradaço! Acendi a luz correndo e vi que o logotipo do livro é fosforecente......putz.....tomei o maior sustão.... :lol:
     
  15. Ptah

    Ptah Usuário

    Arrumei um mestre , lalalala! Acho q em breve estarei jogando Whraith de novo!
     
  16. Goba

    Goba luszt

    Vocês sabem aonde que vende Wraith ainda? O tanto que vocês falaram bem sobre o jogo me cutucou a mente! Ainda mais que gosto de ambientação assim!!! E curto isso de usar a parte psicológica do jogador! Sem zuar, já fim um cra ficar com medo em D&D!! Hehehehe... Foi hilário! :lol:

    Bom, se souberem de algum lugar citem, plz! Gostaria muuuuuito de jogar e quem sabe aprender a mestrar Wraith! :D Valew! :wink:

    Elen síla lúmenn' omentielvo! :beer:
     
  17. Ptah

    Ptah Usuário


    Tem uma loja de rpg meio nova no centro, na galeria do Rock, chama Riverdale. Pode ser q la tenha...
     
  18. Goba

    Goba luszt

    VALEEEUU Ptah Murray!!! Vou procurar lá, mas dependendo do preço que me sair é meio inacessível.... :tsc:

    Mas valeu mesmo assim!!! :wink:

    Elen síla lúmenn' omentielvo! :beer:
     
  19. Faram¡r

    Faram¡r Dr. Benway

    Vamos la de novo ...

    Eu estou com o jogo Wraith, the Oblivion traduzido em mãos, e apesar de ter começado a ler agora ja posso dizer que junto a Mago, a Ascensão é o melhor título de Storyteller. Realmente, o clima é pesado e creio ter sido essa a razão para ter sido cancelado nos Estados Unidos. Uma bobeira, porque apesar de mórbido e depressivo é apenas um jogo, uma forma de diversão, ainda que masoquista, que poderia ter sido facilmente censurada para menores, afim de ainda manter o jogo em produção. Literatura clássica ensinada no segundo grau pode ser as vezes causar mais dor do que isso :P

    Voltando ao assunto, estou lendo o livro gostei mesmo. Gostaria de joga-lo, mas não conheço nenhuma pessoa que o mestre. Devo, então, a longo prazo preparar umas coisas para mestrar ... de sofrimento eu conheço bem, ainda que ele esteje longe de mim agora :D
     
  20. Legolas o Elfo

    Legolas o Elfo Usuário

    É pena q vc mora no Rio cara, pq eu estou lendo e fiquei com vontade de jogar. O difícil é achar mestre capacitado e paciente aqui em SP, já que o jogo é raro e complicado de mestrar... :?
     

Compartilhar