1. Caro Visitante, por que não gastar alguns segundos e criar uma Conta no Fórum Valinor? Desta forma, além de não ver este aviso novamente, poderá participar de nossa comunidade, inserir suas opiniões e sugestões, fazendo parte deste que é um maiores Fóruns de Discussão do Brasil! Aproveite e cadastre-se já!

Dismiss Notice
Visitante, junte-se ao Grupo de Discussão da Valinor no Telegram! Basta clicar AQUI. No WhatsApp é AQUI. Estes grupos tem como objetivo principal discutir, conversar e tirar dúvidas sobre as obras de J. R. R. Tolkien (sejam os livros ou obras derivadas como os filmes)

We Have a Pope (Habemus Papam, 2011)

Tópico em 'Cinema' iniciado por Siker, 2 Nov 2011.

  1. Siker

    Siker Artista Comercial / Projetista Gráfico

    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)

    Sinopse: A história é centrada nos questionamentos existenciais do recém escolhido novo Papa, enquanto este entra em uma jornada para descobrir se está ou não apto para tanta responsabilidade.
    Direção: Nanni Moretti (O Quarto do Filho e A Missa Acabou).
    Roteiro: Nanni Moretti, Francesco Piccolo e Federica Pontremoli.
    Atores: Michel Piccoli (o novo Papa) e Nanni Moretti (O psicanalista).

    "Não quis mostrar mais uma vez aquele Vaticano já visto tantas vezes no cinema ou na TV. Minha vontade foi de humanizar aquele mundo ali.", disse Nanni Moretti, e foi exatamente o que conseguiu, eu ainda esperava algum filme com polêmicas mas o que encontrei foi um Vaticano com pessoas de fé e humanas, não diferente de qualquer um de nós, principalmente o próprio Papa que sofre com o enorme peso imposto sobre ele. Habemus Papam é um filme com humor inteligente, até a eleição do Papa no começo trará risadas a todos nos mostrando qual será o clima do filme, as diversas cenas do psicanalista (Nanni Moretti) com o grupo de cardeais são hilárias além de abordar também algumas posições da igreja que diferem da dele, mas em outro ponto vemos o drama com o novo Papa, cheio de dúvidas e vontades que precisavam ser liberadas devido a pressão para que ele decida logo se apresentar diante aos fiéis, e isso ainda dá espaço para vermos a política do Vaticano escondendo o que o público não pode saber e o esforço para aparentar que tudo está bem.
    Uma referência interessante é quando falam de teatro, a cena onde o novo Papa responde para uma outra psicanalista: "Sou ator" traz uma reflexão sobre toda a situação que está ocorrendo.
    Genialmente bem escrito e dirigido, Habemus Papam é uma ótima escolha para aqueles que desejam rir e ver um bom filme.

    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)
    ,
    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)
    .​
     

Compartilhar